Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Câmbio Automatizado

Após 12 anos, câmbio Dualogic/GSR sai de linha, oficialmente, com o Fiat Cronos no Brasil

Imagem
Depois de ser oferecido apenas em um único modelo, o último carro com câmbio automatizado deixa de ser oferecido no Brasil. O Fiat Cronos perdeu as opções com o câmbio GSR, a evolução do câmbio Dualogic. Com isso, enterra de vez o uso da transmissão automatizada em nosso mercado, depois de Chevrolet, Renault, Volkswagen e agora a Fiat. Com isso, Argo e Cronos passam a ser vendidos apenas com câmbio manual na versão 1.3, temporariamente, visto que ano que vem eles terão a opção de motor 1.3 com câmbio automático CVT. O Cronos GSR era vendido com a versão Drive, tabelada em R$66.690, que desapareceu do site da Fiat. Após estrear em 2008 com o Stilo, a transmissão Dualogic deixou de ser oferecida oficialmente mas esteve presente em quase toda a linha da Fiat. Após o hatch médio, o câmbio foi usado ainda em Linea, Palio, Strada, Weekend, Idea, Bravo, Punto, Grand Siena e 500. O câmbio foi usado por último com Uno, Mobi, Argo e Cronos, quando foi rebatizado para GSR. Enquanto a Fiat não tra

Fiat começa a se despedir do câmbio automatizado GSR; opção sai para Mobi e Argo

Imagem
A Fiat não vende mais o câmbio automatizado GSR para Mobi e Argo no mercado brasileiro. A opção de câmbio, que vem saindo de cena aos poucos dentro da Fiat, deixou de ser oferecida para dois dos três últimos carros que ainda ofereciam o câmbio. Agora, apenas o Cronos mantém o último câmbio automatizado do mercado. Com isso, as versões Drive 1.3 GSR deixa de ser oferecida no Argo; enquanto no Mobi ele perde a versão Drive 1.0 GSR. O motivo do fim de linha dessas versões vai de encontro com as baixas vendas que o câmbio tinha no mercado e que a versão com câmbio automático CVT deve ser apresentado em 2021 para Argo e Cronos. O Mobi deve se manter apenas com câmbio manual de 5 marchas. O novo câmbio deve ser acoplado sempre com o motor 1.3 8v FireFly Flex. Apresentado em 2008 na reestilização do Stilo, o câmbio logo se espalhou dentro do lineup da marca italiana, chegando também para Punto, Idea, Bravo, Linea, Grand Siena, Strada, entre outros. O câmbio recebeu atualizações em 2016, q

Agora só falta a Fiat: Volkswagen confirma fim de linha do câmbio automatizado I-Motion

Imagem
Depois de alguns anos apostando no câmbio automatizado, a Volkswagen enfim tirou de linha o câmbio I-Motion. O câmbio já foi usado por Gol, Voyage, up!, Fox/CrossFox e SpaceFox/SpaceCross nesses anos. Os seis modelos já foram vendidos com a opção de câmbio com embreagem simples, que era usado somente pelo up! nos últimos meses de vida. Agora, com a chegada da linha 2020, o subcompacto volta a ser vendido somente com câmbio manual. Por outro lado, apenas Gol e Voyage cresceram na vida ao passarem a serem vendidos com câmbio automático de 6 marchas. A SpaceFox saiu de linha e o Fox passou a ser vendido com leque de versões reduzidas e somente com câmbio manual. O up! acaba de passar pelo mesmo enxugamento de versões. Praticamente ignorado pelo público, o câmbio I-Motion deixou de ser interessante há alguns anos desde a ascensão do câmbio automático entre os compactos, com o lançamento de Chevrolet Onix e Hyundai HB20 em 2012. O câmbio automatizado de embreagem simples tem estrutura s

Volkswagen deve tirar câmbio automatizado I-Motion de linha em breve no Brasil

Imagem
A Volkswagen deve retirar do catálogo em breve a opção de câmbio I-Motion para Fox e up! no mercado. Atualmente os últimos remanescentes com o câmbio automatizado no mercado, desde que Gol e Voyage ganharam o câmbio automático de 6 marchas e a SpaceFox saiu de linha, o câmbio deve chegar ao fim assim como o Easy’R da Renault. De acordo com o site AUTOO , clientes entraram em contato com o site dizendo que a Volkswagen não aceita mais pedidos dos hatchs com o câmbio. A Volkswagen ainda não confirma, mas esse parece um caminho sem volta para os câmbios automatizados, que marcaram o início dos automáticos no nosso mercado. A primeira a abandonar esse câmbio foi a Chevrolet com o Easytronic, nos últimos dias foi a Renault e agora parece ser a Volkswagen. Até o final desse ano a Fiat deve se despedir do câmbio GSR, também. Com isso, Fox e up! seguem no mercado até meados de 2021 apenas com câmbio manual, preferência majoritária nas vendas. 

Renault confirma o fim do câmbio automatizado Easy'R e mudanças para Captur e Duster

Imagem
Lançado na linha 2014 de Sandero e Logan, o câmbio automatizado Easy’R chega ao seu fim no mercado brasileiro. Nunca sendo um sucesso comercial, o câmbio se despede para a chegada de uma verdadeira versão automática, que estreia no segundo semestre. O novo câmbio deve ser CVT e será emprestado da Nissan. No seu lançamento, o câmbio Easy’R teria substituído o câmbio automático de 4 marchas pelo automatizado de cinco marchas. Desde a linha 2017 apenas o StepWay ainda usava o câmbio como opção e ele era associado ao motor 1.6 8v Flex e no final de 2016 passou a ser vendida com o motor 1.6 16v SCe Flex. Além do fim da oferta desse câmbio, a Renault ainda confirmou o fim de linha de algumas versões de Captur e Duster. O Captur passa a ser vendido na versão Intense com opção de motor 1.6 16v SCe e 2.0 16v Flex, perdendo a versão de entrada Zen manual e automática. Já o Duster perdeu as versões com motor 2.0 16v Flex com câmbio automático e manual 4x2. Com o motor 2.0, o Duster se mantém

Fiat reduz o preço do Mobi PcD GSR por R$35.990 no mercado brasileiro

Imagem
Lançado em 2017 com essa versão, a Fiat passa a vender o Mobi Drive GSR para o público PcD (Pessoas com Deficiência) com preço menor graças aos benefícios da eliminação de IPI e ICMS. Ele deve ser vendido por R$35.990. Com as isenções ele já é vendido por R$38.766, ante os R$47.590, mas o preço de R$35.990 deve estar disponível apenas para o público PcD. Essa versão usa motor 1.0 6v FireFly Flex que desenvolve 77/72cv de potência com torque de 10,9/10,4kgfm. A transmissão GSR (de Gear Smart Ride) segue o padrão da usada no Uno Dualogic, com comandos do câmbio por botões no console, no lugar da tradicional alavanca. Segundo a Fiat, o câmbio é o GSR-Comfort, uma versão evoluída do Dualogic Plus usada nos outros carros da marca, que segundo a empresa “unifica a conveniência de um câmbio automatizado à eficiência e desempenho do motor Firefly 1.0, elevando ainda mais a economia de combustível, principalmente, em situações de tráfego intenso nas grandes cidades”. Com cinco velocidades,

Segundo concessionários, Ford Fiesta deve perder câmbio PowerShift na linha 2019

Imagem
A Ford deve preparar novidades para o Fiesta no Brasil. O hatch compacto deve deixar de ser oferecido com câmbio automático de dupla embreagem PowerShift. A mudança na linha deve acontecer no lançamento da linha 2019. Se isso se confirmar, o Fiesta deve perder também o motor 1.0 12v EcoBoost, hoje vendido apenas na versão SEL Style e com câmbio PowerShift. Lançada como uma caixa de câmbio que aliasse desempenho e bom consumo de combustível, o Fiesta fez com que o câmbio fosse usado por outros carros no mercado, como o Fiesta Sedan, EcoSport e a linha Focus. Tudo indica que o Fiesta 2019 seja vendido apenas com câmbio manual, indicando ainda um possível fim de linha do Fiesta na região, já que a Ford não nega nem confirma a possibilidade de uma nova geração do hatch para concorrer com os últimos lançamentos do segmento. Enquanto isso, o Fiesta deve se manter no mercado por mais algum tempo e até pode ganhar uma nova geração, mas não é uma prioridade para a Ford no momento. Assim, o

Fiat deve se separar da Magneti Marelli no final deste ano e ganhar independência da FCA

Imagem
Depois de anos, a parceria de Fiat e Magneli Marelli deve acabar no final deste ano. Preparando uma nova fase da FCA, o grupo ítalo-americano confirmou que deve fazer com que a produtora de peças seja separada da FCA. O processo deve ser finalizado apenas no fim deste ano, dado pelo fim do uso da transmissão Dualogic, chamada hoje de GSR. “A separação renderá frutos para os acionistas da FCA, enquanto dará a flexibilidade operação necessária para o crescimento estratégico da Magneti Marelli nos próximos anos. Separar nos negócios também permitir que a FCA foque ainda mais no seu portfólio chave enquanto melhora sua posição financeira. A separação da FCA e Magneti Marelli é um ingrediente-chave para o plano de negócios 2018-2022 que será revelado em junho.” , disse Sergio Marchionne, CEO da FCA. O fim dessa parceria pode fazer com que os carros da Fiat possam ter maior dificuldade de usar os câmbios da Magneti Marelli. Isso pode ser bom pelo motivo de que a Fiat pode procurar outras

Volkswagen retira versão Comfortline do Gol e Highline do Voyage do catálogo e câmbio I-Motion

Imagem
Com a chegada de Polo e Virtus, a Volkswagen coma a arrumar a casa. Depois de resumir o Fox a apenas duas versões e limitar a SpaceFox em versão única, a marca começa a mexer na linha Gol e Voyage, que perdem as versões Comfortline, Comfortline I-Motion e Highline. Agora, o Gol deve ser vendido apenas nas versões Trendline 1.0/1.6 e Track 1.0. Já o Voyage passa a ser vendido nas versões Trendline 1.0/1.6 e Comfortline 1.0/1.6, deixando de oferecer a versão Highline, além de perder a opção de câmbio automatizado I-Motion em ambos, sendo vendido apenas com câmbio manual de 5 marchas. Isso pode indicar a chegada de novidades na linha do hatch e sedã compacto: o câmbio automático Tiptronic de 6 velocidades, que deve ser oferecido em breve. Além disso, alinha Gol e Voyage de acordo com os novos membros da linha Volkswagen até ganharem uma nova geração, prevista para meados de 2019 ou 2020.

Volkswagen Gol e Voyage vão ganhar câmbio automático de 6 velocidades e Fox pode receber novidade

Imagem
A Volkswagen deve apresentar novidades para Gol e Voyage no mercado nacional: câmbio automático de 6 velocidades no lugar do I-Motion. Além dele, o Fox ainda pode receber a novidade mesmo com os dias contados. O câmbio automático de 6 velocidades deve ser oferecido apenas para a versão Comfortline de Gol e Voyage (atualmente cumpre o papel de versão topo de linha) e deve substituir o I-Motion, automatizado de 5 velocidades. Para o Fox, o câmbio automático pode ser adotado pela versão Connect, hoje a única que usa opção de cambio I-Motion. A mecânica não deve mudar segundo a revista Quatro Rodas, ou seja, o trio deve manter o motor 1.6 8v Flex de 104/101cv de potência com torque de 15,6/15,4kgfm ao invés do 1.6 16v MSI Flex usado pelo Polo (e que conta com o mesmo câmbio). A caixa de câmbio é da Aisin e utilizada pela Volkswagen desde o Golf 4,5, com conversor de torque e traz mais conforto que o automatizado já que os trancos são suavizados. A novidade não deve demorar para ser lanç

Vídeos Automotivos: Release do Fiat Mobi Drive 1.0 6v GSR 2018

Imagem

Fiat lança Mobi GSR no Brasil por R$44.780, o automatizado mais barato do nosso mercado

Imagem
Com lançamento anunciado no Salão do Automóvel de São Paulo, a Fiat está apresentando o Mobi com opção de câmbio automatizado Dualogic Plus, que chega ao nosso mercado como o automatizado mais em conta do país. Usando o mesmo câmbio GSR do Uno, com botões, o Mobi chega com a opção de câmbio apenas na versão Drive. Essa versão usa motor 1.0 6v FireFly Flex que desenvolve 77/72cv de potência com torque de 10,9/10,4kgfm. A transmissão GSR (de Gear Smart Ride) segue o padrão da usada no Uno Dualogic, com comandos do câmbio por botões no console, no lugar da tradicional alavanca. Segundo a Fiat, o câmbio é o GSR-Comfort, uma versão evoluída do Dualogic Plus usada nos outros carros da marca, que segundo a empresa “unifica a conveniência de um câmbio automatizado à eficiência e desempenho do motor Firefly 1.0, elevando ainda mais a economia de combustível, principalmente, em situações de tráfego intenso nas grandes cidades”. Com cinco velocidades, o câmbio conta com a função Sport, que aci

Fiat Mobi Dualogic Plus deve ser lançado em Abril, como forma de combater novidade dos rivais

Imagem
A Fiat deve lançar em Abril a opção de câmbio automatizado Dualogic Plus para o Mobi no Brasil. O hatch popular deve trazer a opção de câmbio apenas na versão Drive, equipada com motor 1.0 6v FireFly, de 3 cilindros. O hatch popular com essa opção de câmbio foi confirmado no Salão do Automóvel de São Paulo. Ele deve trazer o mesmo câmbio automatizado usado pelo Uno, através de botões. A previsão é que seu lançamento ocorra dentro de três meses, ou seja, até Fevereiro de 2017. Os preços devem ficar entre R$43.000 a R$45.000 e deve trazer motor motor 1.0 6v FireFly Flex desenvolve 77/72cv de potência mas agrada mais pelo torque de 10,9/10,4kgfm. Ele também está equipado com o sistema HCSS, que elimina o tanquinho extra para partidas a frio. Além do motor tricilíndrico, o Mobi Drive traz direção elétrica com modo City, que deixa o peso leve para manobras e baixas velocidades, e tela no painel de instrumentos em TFT, como no Uno. Segundo a Fiat, o subcompacto assume a posição de 1.0 mai

Sétima geração do Ford Fiesta é o primeiro a abandonar o câmbio PowerShift por um tradicional

Imagem
Parece que a Ford começou uma mudança interna para apagar a má imagem causada pelo câmbio PowerShift não só no Brasil, mas mundialmente. A sétima geração do compacto premium mostra que a Ford está atenta com os novos projetos, que começarão a deixar de lado o câmbio de dupla embreagem que tanto tem dado dor de cabeça para a norte-americana. O Fiesta deve ter um câmbio automático de 6 velocidades tradicional, com conversor de torque, que por mais que tenha uma concepção mais antiga, é mais robusto e aceito pelos consumidores. Não se sabe se o plano é mudar essa transmissão em todo o mundo ou apenas nos mercados em que o novo Fiesta for oferecido, mas a alteração na Europa é bastante significativa. Especialmente considerando o histórico que o Powershift infelizmente teve no mercado brasileiro. As primeiras imagens do novo Fiesta já mostram que o hatch sanou um dos principais problemas da atual geração, que era o entre-eixos curto, que impossibilitava o espaço traseiro adequado. Além d

Fiat Mobi deve ganhar câmbio automatizado Dualogic igual ao do Uno Sporting, por botão, em 2017

Imagem
Depois de ganhar a nova opção de motor nos últimos dias, a Fiat deve lançar uma opção de câmbio automatizado para o Mobi em 2017. Segundo o site Autos Segredos, o hatch popular da marca italiana já foi confirmado pela Fiat e o hatch segue em testes. Ele deve trazer o mesmo câmbio automatizado usado pelo Uno, através de botões. A previsão é que seu lançamento ocorra dentro de três meses, ou seja, até Fevereiro de 2017. Os preços devem ficar entre R$43.000 a R$45.000 e deve trazer motor motor 1.0 6v FireFly Flex desenvolve 77/72cv de potência mas agrada mais pelo torque de 10,9/10,4kgfm. Ele também está equipado com o sistema HCSS, que elimina o tanquinho extra para partidas a frio. Além do motor tricilíndrico, o Mobi Drive traz direção elétrica com modo City, que deixa o peso leve para manobras e baixas velocidades, e tela no painel de instrumentos em TFT, como no Uno. Segundo a Fiat, o subcompacto assume a posição de 1.0 mais econômico do país, com 13,6km/l na cidade e 15,8km/l na e

Ford amplia a garantia do câmbio automatizado de dupla embreagem PowerShift para 10 anos

Imagem
Após confirmar problemas com o câmbio PowerShift, parece que a Ford tenta recuperar a confiança dos clientes de alguma maneira. Para isso, a marca norte-americana acaba de aumentar a garantia do câmbio para 10 anos ou 240.000km, o que ocorrer primeiro. Os automóvel devem passar por uma atualização do Módulo de Controle de Transmissão (TCM) dos veículos equipados com câmbio automatizado PowerShift para ampliar a capacidade de autodiagnostico. As unidades que ganharam um extra na garantia foram New Fiesta Hatch, New Fiesta Sedan, EcoSport, Focus Hatch e Focus Sedan produzidos entre 17 de Maio de 2012 a 2 de Fevereiro de 2015. Segundo a Ford, a atualização do software aperfeiçoará o monitoramento contínuo do módulo TCM e antecipará o acendimento de mau funcionamento do motor (LIM) no quadro de instrumentos à ocorrência de qualquer dos sintomas, em caso de intermitência gradual da comunicação entre o módulo TCM e o câmbio.  Em resumo, a atualização fará somente a melhoria na detecção de

Linha 2017 do Volkswagen Golf estreia em Setembro com motor 1.0 TSi e possível volta do DSG

Imagem
A Volkswagen deve lançar a linha 2017 do Golf com novidades importantes para o hatch médio. A primeira delas será a substituição do fraco motor 1.6 16v MSi Flex pelo 1.0 12v TSi. A potência do 1.0 TSi ficaria na casa dos 130cv de potência com torque próximo dos 22kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas ou automático Tiptronic de 6 velocidades. Na Europa, a Volkswagen oferece o Golf com o mesmo motor, mas lá ele oferece 115cv de potência e torque de 20,4kgfm (mesmo torque de alguns motores 2.0 aspirados), com câmbio manual de 6 marchas ou automático DSG de 7 velocidades com dupla embreagem. Oferecido apenas com versão Comfortline, o Golf 1.0 TSi aparece no sistema interno da Volkswagen. As únicas motorizações do Golf são o 1.0 e 1.4 TSi nas versões "civis" e o 2.0 TSi na esportiva GTI. Parece que o MSi não deverá resistir ao mercado brasileiro, que além de ser considerado caro, traz pouca potência e torque, especialmente com o câmbio Tiptronic. Além disso, ao que tud

Ford deve reparar câmbio automático PowerShift que equipa New Fiesta, EcoSport e Focus 2013/2014

Imagem
A Ford diz que irá resolver os problemas do câmbio automático PowerShift de New Fiesta, EcoSport e Focus no Brasil. Alvo de críticas por parte dos proprietários, a Ford reconheceu os problemas do câmbio depois que o Procon acionou a marca para resolver os problemas. Após receber notificação da Fundação Procon-SP, a montadora confirmou que irá notificar todos os donos dos veículos afetados e promover os reparos necessários para solução das falhas da transmissão. Além disso, todas as unidades envolvidas terão a garantia de fábrica ampliada de três para cinco anos. Responsável por 36,3% das vendas do New Fiesta, 37,2% do EcoSport e 83,4% das vendas do Focus, entre os principais defeitos do câmbio PowerShift estão trepidações, ruídos e superaquecimento no sistema. Essas falhas, ainda segundo os consumidores, levam a trocas prematuras de kit embreagem e, em casos mais graves, problemas entre a passagem das marchas ou demora para o sistema responder. Há ainda perdas de força no motor e tr

Vídeos Automotivos: Release - Ford EcoSport 1 6 16v Flex com câmbio PowerShift

Imagem
Inscreva-se:  Canal Mecânica Online

Ford lança câmbio PowerShift para o EcoSport 1.6 16v Flex e motor Sigma é substituído pelo TiVCT!

Imagem
A Ford está lançando no mercado brasileiro o EcoSport 1.6 16v Flex com câmbio automatizado PowerShift. Atualmente, o câmbio só estava a disposição do consumidor com o motor 2.0 16v Flex. Com o lançamento da linha 2016 do SUV Compacto, a Ford também troca de motor 1.6. Sai de cena o 1.6 16v Sigma Flex e entra em seu lugar o 1.6 16v TiVCT Flex, o mesmo usado pelo New Fiesta. Ex-líder do segmento, com essa novidade a Ford tenta pela menos ficar entre os 3 mais vendidos. Até os dados preliminares de Setembro, o Renault Duster segue à frente pelo terceiro mês consecutivo. Com essas novas opções, o EcoSport tenta se armar contra o Renault Duster, já que é impossível chegar perto de Honda HR-V e Jeep Renegade, os novos líderes do segmento. Uma das principais novidades é o novo motor 1.6 TiVCT que possui duplo comando, desenvolvendo 131/126cv de potência e 16,1/15,3kgfm de torque, com etaol e gasolina, respectivamente. Segundo a Ford, o EcoSport 1.6 PowerShift acelera de 0 a 100km/h em 11,8

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

BMW apresenta a nova geração do Série 4 Cabrio no Brasil, que estreia por R$460.950

Renault apresenta o Zoe reestilizado no mercado brasileiro, que chega por R$204.990

Kia passa a vender o Cerato apenas na versão topo com a chegada da linha 2022

Skoda apresenta o reestilizado Kodiaq na Europa, SUV médio de 7 lugares da marca

Fiat apresenta a nova Toro, que estreia por R$114.590 no mercado e traz 1.3 Turbo

Opel confirma que deve expandir na América do Sul para três novos países

Volkswagen revela novo teaser da nova geração da Transporter, que estreia este ano

Honda revela o reestilizado CR-V no Brasil, que ganha mudanças sutis por R$264.900