Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Câmbio CVT

Fiat Strada CVT estreia ainda neste ano, diz revista; câmbio pode chegar em dezembro

Imagem
Depois de apresentar o Pulse no mercado brasileiro, a Fiat pode reservar mais algumas novidades ainda para 2021. A primeira delas será a série especial de despedida do Uno e a segunda opção é a versão S-Design para a Toro. No entanto, a mais importante daqui em diante até o fim do ano pode ser a estreia da Strada com câmbio automático CVT. Com lançamento que pode acontecer em meados de dezembro, a versão é uma das mais aguardadas para a picape, desde o lançamento desta segunda geração. A picape terá o câmbio automático CVT que simula 7 marchas junto ao motor 1.3 8v Firefly Flex, que vai desenvolver 107/98cv de potência com torque de 13,7/13,2kgfm, o mesmo motor usado pelo Pulse. Esse câmbio deve fazer sua estreia na versão Volcano e deve ser a única opção de Ranch e na possível versão Ultra da Strada. Esse novo câmbio CVT deve ser o mesmo da linha Yaris, da Toyota. A versão Ultra da Strada também deve estar no catálogo da linha 2022. Além da versão com câmbio CVT, a Fiat pode preparar

Chery Tiggo 5X TXS e Pro vão ganhar câmbio automático CVT e estreia no início de 2022

Imagem
A Chery segue o desenvolvimento da sua reestilizada linha de SUVs que vai receber o sobrenome Pro, ao mesmo estilo do Arrizo 6 Pro. Um dos primeiros será o Tiggo 5X Pro, que vai ser lançado dentro de alguns meses, no início de 2022. Além de um novo visual, o carro vai trazer uma nova mecânica, tanto para a versão Pro como para a TXS. O Tiggo 5X deve estrear um novo câmbio automático no mercado, substituindo a caixa automatizada de dupla embreagem de 6 marchas, similar ao PowerShift, com uma versão aperfeiçoada da Ford, da GETRAC. Assim como aconteceu na China, a Chery deve padronizar seus câmbios para o CVT, provavelmente o câmbio que simula 9 marchas, sendo o mesmo que temos em Arrizo 5 e Arrizo 6. O Tiggo 5X Pro brasileiro ainda deve contar com as mesmas mudanças visuais que o modelo chinês apresentou no ano passado. Ele conta com uma nova grade dianteira com elementos, em pontos, cromados, baseado na nova filosofia de design da marca chinesa, a Sundial Galaxy. O desenho transpira um

Fiat Grand Siena e Cronos 1.8 vão sair de linha no final do ano; Cronos terá novidades

Imagem
A Fiat deve fazer mudança no seu lineup de sedãs compactos. De acordo com informações do site Auto+, a Fiat deve fazer com que o Cronos assuma de vez o papel de um sedã compacto da marca. Isso porque o Grand Siena deve se despedir depois de quase dez anos de mercado. Com as regras do Proconve L7, alguns modelos da Fiat devem se despedir da linha de produção. O fim de linha do Grand Siena é cogitado desde o início deste ano, podendo ele sair de cena junto de outros modelos como Uno e Doblò. Lançado em 2012, o Grand Siena é um dos dois modelos da família Palio que ainda continua em linha. Tudo indica que apenas a Strada deve seguir em linha, essa já com uma nova geração revelada no ano passado. Com o lançamento do Cronos em 2018, Grand Siena e Cronos dividiam o consumidor da Fiat, sendo que o sedã mais velho perdeu as versões mais caras e passou a ser vendido com motores 1.0 8v, 1.4 8v ou a GNV de fábrica, ambos com a versão Attractive. Já o Cronos nunca recebeu uma opção de motor 1.0, q

Fiat Strada com câmbio CVT já tem previsão de quando deve ser apresentada no Brasil

Imagem
A Fiat ainda trabalha numa nova opção de câmbio para a Strada, que pela primeira vez receberá um câmbio automático. Com previsão de ser lançado ainda em 2021, esse câmbio será apresentado já como linha 2022. De acordo com o site Autos Segredos, a picape vai ser lançada em novembro com essa opção de câmbio. O motor 1.3 8v Firefly Flex, que desenvolve 109/101cv de potência e torque de 14,2/13,7kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT. Esse câmbio deve fazer sua estreia na versão Volcano e deve ser a única opção de Ranch e na possível versão Ultra da Strada. Esse novo câmbio CVT deve ser o mesmo da linha Yaris, da Toyota. A versão Ultra da Strada também deve estar no catálogo da linha 2022. Para ter o câmbio CVT, a Fiat confirmou que a Fiat deve fazer algumas alterações no motor 1.3 8v Firefly Flex no país, atendendo as novas regras de emissões do Proconve L7. Já a versão Working (que pode ser lançada junto das versões topo de linha), que deve ser a nova versão de entrada da picape compa

Fiat Argo e Cronos só devem receber motor 1.3 8v Firefly com câmbio CVT em 2022

Imagem
A Fiat segue desenvolvendo as novas opções de câmbio automático para Argo e Cronos no mercado brasileiro. As novidades devem ser inseridas nas motorizações 1.3 8v Firefly Flex, com o câmbio automático CVT, que deve estrear na Strada. Com a falta de semicondutores, as novidades de Argo e Cronos só devem ser lançados no primeiro trimestre de 2022. A caixa de câmbio deve ser um CVT que simula 7 marchas, da Aisin, a mesma que equipa o Toyota Yaris. Ao serem apresentados, em 2022, os modelos já chegam com modelo 2023. O câmbio estreia com o motor 1.3 8v que já conhecemos, que desenvolve 109/101cv de potência com torque de 14,2/13,7kgfm, vendido hoje apenas com o câmbio manual de 5 marchas. Até pouco meses, era oferecido o câmbio automatizado GSR. Além deles a Fiat deve trazer o ConnectMe para as centrais multimídia, com conectividade com assistente virtual da Amazon Alexa. O serviço deve oferecer informações sobre assistência mecânica, atualização remota por software, manutenção e notificaç

Bosch testa VW e-Golf com câmbio automático CVT para elétricos e obtém primeiros resultados

Imagem
A Bosch segue testando tecnologias para a produção de elétricos com opção de câmbio automático. De acordo com a empresa, como os elétricos possuem um torque quase que instantâneo, a adoção de câmbio automático passa a ser um problema. Com isso, a Bosch confirma que testa um elétrico com opção de câmbio automático CVT, que não possui marchas e conversor de torque e sim marchas continuamente variáveis. Isso porque a maioria dos carros elétricos não precisa de um câmbio, mas a Bosch disse que, com um câmbio, os carros elétricos devem ter uma maioria autonomia e menor consumo da bateria. Com o câmbio CVT, os modelos podem contar com um câmbio que dá para fazer o carro andar de forma mais eficiente ou permitir que ele aproveite o máximo da potência e o torque. O câmbio para carros elétricos foi chamado de CVT4EV e ainda está em desenvolvimento. De acordo com a marca, ele melhora a aceleração do carro, a velocidade máxima e a demanda de torque no motor e de tração é reduzida, mas isso é troc

Fiat Strada Ranch e Ultra já tem data de estreia e devem ser lançadas com câmbio CVT

Imagem
Prevista para ser lançada ainda neste ano, a Fiat deve trazer uma série de versões para a Strada. A picape deve receber as versões Working, Ranch e Ultra, além da opção de câmbio automático CVT. Segundo informações apuradas pelo site Autos Segredos , a picape deve ser apresentada em nosso mercado no mês de novembro. Entre as diferenças em relação às demais versões da Strada, a Ranch deve receber badges que identificam a versão no para-lama dianteiro e na tampa da caçamba e pode seguir os mesmos caminhos que a Toro seguiu, com uma nova grade dianteira específica para a versão. A principal novidade no entanto deve ficar com a mecânica, com o motor 1.3 8v Firefly Flex, que desenvolve 109/101cv de potência e torque de 14,2/13,7kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT. Esse câmbio deve fazer sua estreia na versão Volcano e deve ser a única opção de Ranch e na possível versão Ultra da Strada. Esse novo câmbio CVT deve ser o mesmo da linha Yaris, da Toyota. A versão Ultra da Strada também de

Fiat Pulse Turbo só deve ser vendido com câmbio automático; 1.3 terá opção manual e CVT

Imagem
A Fiat apresentou as primeiras imagens do Pulse, que deve ser lançado no Brasil dentro de alguns meses, cerca de dois meses, onde já termos o modelo no mercado. O Pulse ainda tem alguns detalhes desconhecidos em nosso país, como seu catálogo e detalhes da sua mecânica, especialmente do motor 1.0 12v Turbo. De acordo com informações com o site Autos Segredos, o Pulse deve ser oferecido com opção de câmbio manual apenas com motor 1.3 8v Firefly Flex. Além do câmbio manual de 5 marchas, ele deve ser oferecido com opção de câmbio automático CVT, da Aisin. O motor 1.3 8v Firefly Flex desenvolve 109/101cv de potência com 14,2/13,7kgfm de torque. Além dele, o Pulse deve ser vendido com o novo motor 1.0 12v Firefly Turbo Flex deve ser produzido também em Betim (MG) e deve render cerca de 120cv a 130cv de potência com torque acima dos 20kgfm, podendo ser chamado de T200 ou T210. O câmbio deve ser o automático de 6 marchas. De série, o Pulse deve ser equipado com alguns equipamentos inexistentes

Chery Tiggo5X deve ser reestilizado ainda este ano, com novo painel e novo câmbio CVT

Imagem
Depois de apresentar oficialmente o Tiggo3X no Brasil, a Chery deve cuidar do seu outro SUV que carrega um “X” em seu nome. Trata-se do Tiggo5X, que deve ganhar uma reestilização, a segunda desde que o modelo foi apresentado aqui, no final de 2018. O SUV compacto deve ser apresentado no mercado com mudanças visuais externas, internas e mecânica. Líder de vendas da Chery no Brasil, o Tiggo5X deve estrear um novo câmbio automático no mercado, substituindo a caixa automática de dupla embreagem de 6 marchas, similar ao PowerShift, com uma versão aperfeiçoada da Ford, da GETRAC. Assim como aconteceu na China, a Chery deve padronizar seus câmbios para o CVT, provavelmente o câmbio que simula 9 marchas, sendo o mesmo que temos em Arrizo5 e Arrizo6. O Tiggo5X brasileiro ainda deve contar com as mesmas mudanças visuais que o modelo chinês apresentou no ano passado. Ele conta com uma nova grade dianteira com elementos, em pontos, cromados, baseado na nova filosofia de design da marca chinesa, a

Fiat Argo e Cronos devem contar com câmbio automático CVT da Aisin, no 2º semestre

Imagem
A Fiat confirmou que a Strada deve receber a versão automática ainda neste ano. Além da picape, o conjunto também deve estrear em Argo e Cronos, que devem receber a nova opção de câmbio quase que simultaneamente. Tanto o hatch como o sedã devem receber ainda o motor 1.0 12v GSE Firefly Turbo Flex, mas isso deve ficar para 2022. As novidades do motor 1.3 8v GSE Firefly Flex chegam ainda neste ano, com o câmbio automático CVT. O câmbio CVT deve ser o mesmo da Toyota, da Aisin. De acordo com o site Autos Segredos, deve ser o mesmo câmbio usado no Toyota Yaris Hatch e Yaris Sedan e a Fiat usa justamente a dupla como comparação do ajuste fino das versões automáticas do Argo e Cronos. O câmbio estreia com o motor 1.3 8v que já conhecemos, que desenvolve 109/101cv de potência com torque de 14,2/13,7kgfm, vendido hoje apenas com o câmbio manual de 5 marchas. Até pouco meses, era oferecido o câmbio automatizado GSR. Além deles a Fiat deve trazer o ConnectMe para as centrais multimídia, com cone

No 2º semestre, Fiat Strada deve receber versão Volcano CVT, Ranch e Ultra na linha 2022

Imagem
A Fiat vai revelar no segundo semestre de 2021 a nova versão topo de linha da Strada, a Ranch. A versão deve estrear o conjunto do motor 1.3 8v Firefly Flex junto ao câmbio automático CVT. Entre as diferenças em relação às demais versões da Strada, a Ranch deve receber badges que identificam a versão no para-lama dianteiro e na tampa da caçamba e pode seguir os mesmos caminhos que a Toro seguiu, com uma nova grade dianteira específica para a versão. A principal novidade no entant deve ficar com a mecânica, com o motor 1.3 8v Firefly Flex, que desenvolve 109/101cv de potência e torque de 14,2/13,7kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT. Esse câmbio deve fazer sua estreia na versão Volcano e deve ser a única opção de Ranch e na possível versão Ultra da Strada. Esse novo câmbio CVT deve ser o mesmo da linha Yaris, da Toyota. A versão Ultra da Strada também deve estar no catálogo da linha 2022. A versão foi confirmada por Herlander Zola, Diretor do Brand Fiat no Brasil, no segundo semest

Fiat Strada com câmbio CVT estreia no segundo semestre; picape terá novas versões

Imagem
A Fiat deve preparar novidades para a nova geração da Strada ainda em 2021. A Fiat deve trazer pelo menos duas novidades para a picape. A primeira delas seria o câmbio automático CVT, que deve estrear como uma opção inédita na Strada, e uma nova versão de acesso, substituindo a Hard Workind que se despediu com a geração anterior. Ambas as novidades devem ser apresentadas no segundo semestre deste ano. A confirmação foi dada por Herlander Zola, Diretor da Fiat no Brasil. A versão Workind deve ser voltada ao Brasil e terá uma lista de equipamentos menor. A Working ainda deve contar com uma capacidade de carga que será 50kg maior, de 770kg. Além dessa nova versão, com o câmbio automático ela pode receber as versões Ranch e Ultra, que nasceram na Toro. “A Strada Ultra está no radar, assim como a versão Ranch, não sabemos quando e se estará disponível. A gente ainda está no período de avaliar as oportunidades que temos para a Strada. Mas como são versões que fazem muito sucesso na irmã maio

Renault reduz ainda mais a gama de Sandero e Logan no país, que quase extingue câmbio CVT

Imagem
A Renault confirmou a redução do lineup da dupla Sandero e Logan no mercado brasileiro. Os compactos passaram por um novo enxugamento das versões. No caso do Sandero, a versão GT Line CVT deixou de ser oferecida. Com isso, coloca-se o fim de linha do câmbio CVT para o Sandero nas suas versões civis, ficando restrito ao StepWay. Com essa mudança, o hatch deve começar o ano apenas com as versões Life 1.0, Zen 1.0, Zen 1.6, GT Line 1.0 e RS 2.0. Com o StepWay, a Renault deve continuar a oferecer as mesmas versões do hatch aventureiro, o Zen 1.6 e o Iconic 1.6 CVT. Seguindo o mesmo ritmo do Sandero, o Logan também perdeu versões neste início de 2021. Assim como o hatch, o sedã perdeu a opção de câmbio automático CVT em quase todas as versões, se mantendo em linha apenas para o público PcD. Em linha, a Renault deve oferecer as versões Life 1.0, Zen 1.0 e Zen 1.6. A dupla é atualmente vendido com motores 1.0 12v SCe e 1.6 16v SCe Flex. O 1.0 desenvolve 82/79cv de potência com torque de 10,5/

Na reestilização, Chery Tiggo5X deve trocar câmbio automático para o CVT, que simula 9 marchas

Imagem
A Chery deve apresentar ao longo de 2021 o reestilizado Tiggo5X (mais uma vez). O SUV compacto e best-seller da Chery em vendas deve passar por mais uma mudança visual e pode estrear um novo câmbio automático no mercado, substituindo a caixa automática de dupla embreagem de 6 marchas, similar ao PowerShift, com uma versão aperfeiçoada da Ford, da GETRAC. Assim como aconteceu na China, a Chery deve padronizar seus câmbios para o CVT, provavelmente o câmbio que simula 9 marchas, sendo o mesmo que temos em Arrizo5 e Arrizo6. Entre as mudanças, o Tiggo5X conta com uma nova grade dianteira com elementos, em pontos, cromados, baseado na nova filosofia de design da marca chinesa, a Sundial Galaxy. O desenho transpira uma maior sofisticação, enquanto o para-choque dianteiro passa a acompanhar as mudanças com um formato aerodinâmico e com novos faróis de neblina e uma nova entrada de ar inferior. Os faróis ganharam um novo layout interno e trazem uma nova assinatura de LED diurno. Nas laterais

Bosch apresenta câmbio automático CVT para carros elétricos, que segue em desenvolvimento

Imagem
A Bosch confirmou o desenvolvimento de uma nova tecnologia para o mercado. A marca fabricante de componentes automotivos deve desenvolver novas tecnologias para modelos elétricos. A Bosch confirmou que trabalha num câmbio automático CVT para os carros elétricos, batizado de CVT4EV. Esse novo câmbio deve maximizar a versatilidade dos sistemas elétricos do carro. Ele possui dimensões compactas e possui um kit completo que pode se adaptar a carros diferentes em porte e desempenho. O câmbio deve funcionar em busca contínua com o compromisso ideal para eficiência e desempenho. O novo câmbio controla a velocidade de rotação e o torque do motor elétrico possa selecionar a relação da transmissão em tempo real, permitindo assim trabalhar nas faixas máximas de potência. Esse câmbio ainda terá um funcionamento que envolve não apenas o consumo de energia do motor em todas as situações, mas a possível exploração de resposta da máxima da motorização, o que faz os carros elétricos sejam equipados com

Renault deve ter Captur reestilizado com motor 1.3 12v TCe e câmbio automático CVT em maio

Imagem
A Renault deve contornar a queda das suas vendas com a chegada do Captur reestilizado no mercado brasileiro. O SUV compacto deve ser apresentado com as primeiras mudanças visuais desde o seu lançamento, em 2017. Entre as mudanças, deve receber layout das rodas e o formato das luzes diurnas de LED. Diferenças, de fato, são vistas apenas nas lentes do faróis, mais sofisticados que o do modelo atual. Nas laterais ele conta com novas rodas de liga leve e novo retrovisor externo. Na traseira, as novidades devem ficar por conta apenas do para-choque traseiro que deve receber apenas retoques. No interior, ele adiciona a central multimídia do novo Duster e traz o novo volante da Renault. O acabamento também deixa de usar tanto plástico rígido e passa a ter um acabamento interno mais sofisticado. O SUV francês vai ganhar o motor 1.3 12v TCe acoplado com um câmbio automático CVT, que simula oito marchas, segundo o site Autos Segredos . Esse novo motor deve desenvolver 170cv de potência e torque

Fiat Strada pode receber motor 1.0 12v Turbo com câmbio automático CVT em 2022

Imagem
Você já sabe que a Fiat desenvolve a opção com câmbio automático CVT na segunda geração da Strada. Essa opção de câmbio chegará ao mercado nacional em 2021, mas pode não ser a única novidade para o ano que vem. Isso porque circulam informações de que a Strada deve ser equipada com um novo motor 1.0 12v Turbo Flex, da família Firefly. Antes, indicava-se que a picape fosse desenvolvida com esse câmbio junto ao motor 1.3 16v Firefly Flex. A confirmação da existência de uma Strada 1.0 Turbo surgiu por Herlander Zola, Diretor da Fiat no Brasil. O executivo confirmou que a picape pode receber o motor e a aposta é dada quase como certa para o motor Turbo. Além disso, ela também deve receber o motor 1.3 Flex com câmbio CVT, sendo o 1.0 Turbo um conjunto adicional da marca. De acordo com Zola, a Strada seria uma das últimas a receber o motor turbinado, deixado Argo e Cronos na linha Fiat como principais, assim como Compass e Renegade na linha Jeep. Além disso, os SUVs da Fiat já virão com motor

Previsto para 2021, Chery Tiggo2 reestilizado terá inédito motor 1.0 12v Turbo Flex

Imagem
A Chery deve apresentar as primeiras mudanças do Tiggo2 no mercado brasileiro em 2021. O SUV subcompacto da marca deve receber mudanças visuais e de conteúdo. Mas o que ninguém ainda sabe é que o SUV deve estrear um novo motor no Brasil. De acordo com informações que a revista Quatro Rodas conseguiu, o Tiggo2 deve receber o motor 1.0 12v TGDI Turbo Flex e um novo câmbio automático. Além de pagar menos imposto, o novo motor deve dar um novo fôlego para o Tiggo2, que atualmente é equipado com o motor 1.5 16v Flex que desenvolve 115/110cv de potência com torque de 14,9/13,8kgfm, acoplado a um câmbio automático de 4 marchas. O motor deve desenvolver algo em torno dos 120cv e 17kgfm, com o mesmo câmbio automático CVT que simula 9 marchas, atualmente usado pelo Arrizo6. O modelo passa a contar com a identidade visual mais moderna da marca, com faróis afilados e com a grade dianteira bem destacada, com acabamento preto e detalhes cromados. Os faróis passam a ser de dois andares, sendo o super

Motor 1.3 12v TCe da Renault deve ser associado ao câmbio automático CVT, diz site

Imagem
A Renault deve apresentar o motor 1.3 12v TCe no Brasil dentro de alguns meses. O novo motor deve estrear em Duster e Captur e deve ser apresentado no início de 2021. Esse motor tinha a previsão de ser produzido no final de 2021, mas a pandemia adiou os planos de produção. Se o câmbio, que ainda era dúvida que fazia termos dúvida sobre o que a Renault associaria ao motor, não é mais. O motor 1.3 12v TCe deve desenvolver cerca de 163cv de potência e 25,5kgfm (assim como desenvolve na Mercedes-Benz, com o Classe A Sedan, que desenvolveu o motor em parceria com a Renault), uma potência que deve servir de base para a calibração da Renault, que pode ser um pouco menor em potência para privilegiar o consumo. O Duster e o Captur deveriam receber esse motor primeiro, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem DCT de 7 marchas, quase o mesmo do Mercedes, ou optando pela caixa automática CVT, de acordo com o pessoal do Autos Segredos . Os franceses optaram pela última opção. O motor deve

Renault Duster Turbo deve ficar para 2021, por causa da pandemia; câmbio ainda é dúvida

Imagem
Depois do próprio Renault Duster ser adiado para 2020 no ano passado, quando deveria ter sido lançado no final do ano, aconteceu mais uma vez. Agora, a Renault confirmou que o motor 1.3 12v TCe que deve ser usado pelo Duster e Captur foi adiado para 2021, segundo o Argentina Autoblog. O motivo do atraso seria por conta da pandemia do Coronavírus, que fez a marca remanejar todos os projetos e isso fez com que os motores TCe ficassem para o início de 2021. Os motores estavam previstos para começarem a ser produzidos em meados de agosto a setembro, mas isso foi atrasado. Tudo indica que os planos tenham ido adiados em cerca de três meses, ou seja, a produção aconteceria apenas entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Mais uns dois meses para ele ser lançado no carro, indica que sua chegada ao mercado seria em meados de março de 2021, quando a atual geração deve completar um ano de mercado. De acordo com informações, esse motor deve ser idêntico ao que a Daimler usa no Mercedes-Benz C

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente