Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Saiu de Linha

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Imagem
Após a Chery confirmar que vai fechar a unidade de Jacareí (SP) até meados de 2025, a Chery deve ajustar novamente o seu lineup no mercado brasileiro. O Tiggo 3X, produzido na unidade de Jacareí, deve sair de linha. Apresentado no ano passado como um evolução do Tiggo 2, o Tiggo 3X não chegou a fechar um ano de mercado. O SUV subcompacto era a porta de entrada da marca e se destacava por oferecer o motor 1.0 12v Turbo Flex que desenvolve 102/98cv de potência com torque de 17,1/16,8kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT, que simula 9 marchas. Segundo a marca, ele acelera de 0 a 100km/h em 14,2 segundos. Ele deve contar com os modos de condução Eco e Sport. Basicamente uma reestilização do Tiggo 2, o 3X trazia um novo design, com novos faróis afilados e com a grade dianteira bem destacada, com acabamento preto e detalhes cromados. Os faróis tinham dois andares, sendo o superior bem afilado e com as iluminações diurnas em LED e os repetidores de seta. Os faróis principais ficam em posi

Última unidade produzida do Lamborghini Aventador Ultimae tem imagens reveladas

Imagem
A Lamborghini apresentou as primeiras Aventador Ultimae, que foi vendido junto de uma NFT (token não fungível). A parceria foi feita em parceria entre a Lamborghini, os artistas contemporâneos Krista Kim e Steve Aoki, além da agência de storytelling da Lambo, a Invent Group. “Quando estados mais elevados de consciência encontram tecnologia e design de ponta, vemos beleza elevada em outro nível. No meu sonho Lamborghini NFT, eu imagino meditando em frente a um sublime pôr do sol de Marte com Steve, enquanto ele transforma o som do motor em uma vibração meditativa. Eu não poderia estar mais animado para dar vida a essa visão no carro físico e NFT.”, destacou Kim. “Cada elemento de design deste carro tem um propósito. Ele realmente tem sua própria história e, portanto, eu queria que minha faixa de música refletisse sua energia com alma – a vibração, o espírito e o poder.”, disse o músico Aoki. “A Lamborghini e a comunidade NFT se encaixam muito bem, pois compartilhamos muitos valores. Som

Citroën retira de linha, oficialmente, a Grand C4 Spacetourer de linha e marca fim da era Picasso

Imagem
Depois de três bem sucedidas gerações de minivans médias com o nome Picasso (Xsara Picasso e C4 Picasso), a Citroën retirou de cena a sua clássica minivan média de linha, oficialmente. Apesar de ter sido rebatizada em 2018 como C4 Spacetourer e Grand C4 Spacetourer, popularmente ela continuou a ser chamada de C4 Picasso. Por conta das baixas vendas que o segmento de minivan teve nos últimos anos, em favor do SUVs, a minivan foi descontinuada. Em 2019, a C4 Spacetourer, versão de cinco lugares, já tinha deixado o mercado a fim de não concorrer diretamente espaço com o C5 AirCross e agora a Grand C4 Spacetourer marca o fim de linha oficial. Além do C5 AirCross, a Citroën trouxe a station C5 X, que deve ocupar a vaga de modelo familiar da marca. Nos últimos anos, a Grand C4 SpaceTourer já estava longe dos seus melhores dias. Vendeu apenas 10 mil unidades no primeiro semestre de 2021 na Europa, contra as 34 mil unidades do C5 AirCross no mesmo período. Considerado um produto específico, a

Ford Fiesta perde opção de três portas na Europa, por conta da falta de semicondutores

Imagem
Reestilizado no ano passado, o Ford Fiesta agora só será vendido com a carroceria de quatro portas. Isso porque o modelo de duas portas não será mais oferecido na Europa, por conta das baixas vendas e ampla preferência pelos modelos de quatro portas. A informação foi confirmada pelo site Automotive News Europe , que confirmou que o modelo deixará de ser produzido na unidade de Colônia, na Alemanha. Outro motivo do fim de linha dessa variante é que a Ford vem enfrentando a falta de peças como semicondutores e vai focar nas variantes mais vendidas do hatch compacto. De acordo com a Ford ao site, a linha de produção “agilizará ainda mais a linha Fiesta para acelerar a produção”. "Estamos restringindo alguns pedidos do Fiesta devido ao volume de pedidos existentes que temos" , disse um porta-voz da empresa, confirmando ainda o fim do Fiesta 3p. A reestilização trouxe novos faróis dianteiros, que passam a contar com luzes diurnas em Matrix LED em todas as versões, nova grade diant

Ford Mondeo se despede da linha de produção de Valência, na Espanha, depois de 29 anos

Imagem
Depois de 29 anos na linha de produção, o Ford Mondeo não é mais produzido na Espanha. O sedã grande da marca do oval azul começou a ser produzido em novembro de 1992 e em quatro gerações feitas em Valência, na Espanha. Em toda a Europa, o Mondeo vendeu apenas 12.584 unidades em 2021, um número muito baixo para um modelo que já vendeu tão bem, o que mostra o desinteresse do consumidor por sedãs deste porte, substituídos na preferência por SUVs. O sedã deixou de ser produzido no dia 4 de abril e foi publicada fotos no LinkedIn por um Engenheiro de Produção. De acordo com um Porta-Voz da Ford, em entrevista ao site Autocar, o motivo do Mondeo sair de linha é justamente pela “mudança de preferência do cliente” e que a Ford está “evoluindo nossa gama de veículos de passageiros na Europa para atender às mudanças nas necessidades dos clientes à medida que avançamos para um futuro totalmente elétrico” . Desde o anúncio do fim da produção do Mondeo na Europa, a Ford passou a vender o Mondeo e

Chery Arrizo 5 segue os passos do Tiggo 2 e também sai de linha oficialmente no Brasil

Imagem
A Chery também deixou de vender oficialmente o Arrizo 5 no mercado brasileiro. O sedã já deixou de figurar no site da marca, ficando apenas a sua versão elétrica, que é importada. O fim de linha do sedã compacto era estimado desde setembro do ano passado. O fim de linha do sedã, inclusive, já deveria ter acontecido há muito tempo. Se analisar os dados de vendas de 2021, o melhor resultado foi em janeiro, quando ele vendeu 116 unidades. Mas as vendas caem constantemente desde dezembro de 2020, quando ele vendeu 173 unidades. O problema do Arrizo 5 é que ele nunca ganhou um protagonismo dentro da própria Chery. Nunca ganhou um comercial e nunca teve um espaço de protagonismo dentro da empresa para poder vingar no mercado. Sua situação ainda complicou ainda mais com a chegada do Arrizo 6, que é maior e trazia equipamentos de série mais interessantes. Na época do lançamento do sedã mais novo, os preços de ambos tinha uma diferença pequena, de fato. Lançado no Salão do Automóvel de São Paul

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

Imagem
A Ford confirmou que o EcoSport deve sair de linha também na sua fábrica da Romênia. Recentemente, o EcoSport saiu de linha no Brasil, Índia, Rússia, Tailândia e China, ficando apenas com a Romênia. Por lá, a unidade abastece toda a Europa e que a produção será descontinuada em definitivo. O EcoSport sairá de cena também na unidade de Craiova, sendo a última fábrica no mundo a ainda produzir o SUV compacto. No lugar do EcoSport, a Ford deve passar por um processo de renovação na unidade romena. O EcoSport só sai de linha no final deste ano e a fábrica de Craiova deve produzir elétricos depois disso, com o e-Puma. Além disso, a unidade vai produzir as novas gerações de Transit Courier e Tourneo Courier. O EcoSport feito lá chegou a abastecer cerca de 56 países, especialmente os mercados europeus. Fora dele, foi enviado para Ásia, África e Oceania. Hoje, ele é oferecido basicamente apenas na Europa, onde vendeu cerca de 31.000 unidades em 2021, uma queda frente as 45.000 unidades de 2020

Depois do S60, Volvo mata S90 no Brasil e encerra vendas de sedãs para focar em SUVs

Imagem
Além do fim de linha do S60 ( veja aqui ), a Volvo confirmou o fim da importação do S90 no mercado brasileiro. Na verdade, a Volvo encerrou as vendas dos dois modelos juntos, mas o S90 ainda possui algumas unidades em estoque. Com isso, a Volvo encerra a venda de sedãs no momento, mas não descarta que eles voltem em uma nova geração – com motores elétricos. Por enquanto, a marca quis manter apenas os elétricos XC40 e C40, além dos híbridos XC60 e XC90. Lançado em 2018 no Brasil, o S90 foi um dos primeiros a estrear a nova identidade visual, depois do XC90 e XC60. Ele era equipado com motor é um 2.0 Turbo a gasolina que desenvolve 320cv de potência auxiliando por um elétrico que desenvolve 90cv de potência e um gerador de 50cv ligado ao virabrequim, que juntos entregas 410cv de potência e torque de 65,2kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 velocidades. Com o motor elétrico ele roda 45km. Segundo a Volvo, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,9 segundos. Híbrido, ele possuía 4,96 metros d

Renault Talisman e Talisman Estate saíram de linha no final do mês passado na Europa

Imagem
A Renault deu o adeus definitivo ao Talisman e Talisman Estate na Europa. A dupla formada pelo sedã e a station wagon saiu de cena depois de sete anos desta geração. Lançado pela primeira vez em 2012, o Talisman ganhou uma segunda geração em 2015, quando ele desembarcou na Europa para ser um concorrente de modelos como Volkswagen Passat/Passat Variant, Skoda Octavia/Octavia Combi, Peugeot 508/508 SW, Ford Mondeo/Mondeo Estate e outros. A produção foi encerrada no final do mês passado. A linha Talisman teve o melhor ano na Europa em 2016, quando a dupla emplacou 34.344 unidades e desde então vem caindo. Em 2019 foram 16.405 unidades e em 2020 caiu para 8.025 unidades. A segunda geração, apresentada em 2020, ganhou uma reestilização em 2020, na expectativa de melhorar os resultados comerciais. Desde meados de março de 2021 que o modelo já enfrentava dificuldades para ser encomendado por conta da crise de semicondutores. Com o fim do Talisman, a Renault encerra seu ciclo de sedãs grandes

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7

Imagem
Considerado o primeiro automóvel que marcou a renovação da Chery no mercado brasileiro e o primeiro lançamento sobre a gestão Caoa, o Tiggo 2 oficialmente deixou de ser oferecido. Lançado em 2018, o SUV subcompacto foi uma das apostas do segmento que ganha popularidade agora. O modelo já teria sido substituído pelo Tiggo 3X, mas por conta da diferença de preços entre os modelos, ambos se mantiveram em linha. Por conta do Proconve L7, o fim de linha do Tiggo 2 era inegável por conta do seu motor 1.5 16v Flex. No lançamento do modelo, esse motor tinha sido retrabalhado pela engenharia da Caoa. O motor era o mesmo que foi usado pelo Celer, desenvolvendo 115/110cv de potência (contra 113/108cv do Celer), com torque de 14,9/13,8kgfm, acoplado sempre ao câmbio manual de 5 marchas. Alguns meses após recebeu uma opção de câmbio automático de 4 marchas. O Tiggo 2 ficava logo abaixo do Tiggo 5X, com 4,20 metros de comprimento, 2,55 metros de entre-eixos, 1,76 metro de largura e 1,57 metro de alt

Hyundai ix35 sai de linha na fábrica de Anápolis (GO), depois de quase 12 anos à venda

Imagem
A Hyundai está se despedindo tardiamente da segunda geração do Tucson, vendido no Brasil como ix35. Lançado em 2010, o SUV chegou importado mas pouco tempo depois se tornou nacional, sendo produzido em Anápolis (GO), ao lado da primeira geração do Tucson. Antes disso, em 2012, ele passou a ser equipado com motor 2.0 16v Flex e em 2013 se tornou nacional. A única mudança visual foi apresentada em 2015, quando ele foi reestilizado. Em seus 11 anos e meio de mercado, o ix35 vendeu 111.925 unidades, sendo que ainda existem unidades no estoque que o farão passar das 112 mil unidades. Por aqui, o seu melhor desempenho foi registrado em 2014, quando vendeu 15.316 unidades. No entanto, desde 2017 suas vendas vem caindo ano após ano. A única contrarregra ficou por 2021, quando ele vendeu 2.597 unidades contra as 2.583 unidades de 2020 (lembrando que este ano foi fortemente prejudicado pelo fechamento das concessionárias). O fim do ix35 era esperado por conta do Proconve L7 e o motor 2.0 16v Fle

Acura ILX sai de linha depois de nove anos, para ser substituído pelo novo Integra

Imagem
A Acura confirmou o fim de linha do seu sedã, o ILX. O modelo sairá de cena em favor da chegada do Integra, que será o seu substituto. A informação foi confirmada por Chris Naughton, porta-voz da Acura, que confirmou que o modelo será produzido até o fim deste ano, com ano/modelo 2022.  "O novo Integra foi desenvolvido desde o primeiro dia para entregar a linhagem original que começou com Integra em 1986. É uma continuação dessa fórmula que trouxe tantos compradores de primeira viagem para a família Acura e será o novo ponto de entrada para a marca" , disse Naughton ao site Motor1 . Os pedidos pelo carro foram aceitos até o dia 10 de março e o restante do estoque será vendido até o fim do ano. O ILX foi apresentado pela primeira vez em 2013, quando foi lançada a geração única do sedã e a primeira reestilização chegou em 2016. Em 2019 ganhou uma mudança visual bem profunda, que lembra até mesmo uma nova geração, pelas pesadas alterações que ele recebeu. Visualmente, essa mudan

Com baixas vendas, Volvo S60 deixa o site da sueca e aparenta ter saído de linha no Brasil

Imagem
O Volvo S60 aparentemente saiu de linha no mercado brasileiro. O que diz isso é que o sedã deixou de estar no site da marca, indicando que o sedã deixou de ser importado ao nosso mercado. Por aqui, o S60 erroneamente era vendido apenas com suas opções de motor mais potentes, o que o deixava caro contra seus maiores rivais, BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C e Audi A4. Tentamos entrar em contato com a assessoria de imprensa da Volvo para perguntar se o sedã estava fora do mercado ou estava com importação suspensa, mas não obtivemos retorno. Mas, devido a saída do S60 do site, tudo indica que ele realmente tenha saído de linha. A atual geração do S60 foi lançado em 2019, sendo um modelo puramente híbrido. Nos primeiros meses, o S60 vendeu muito bem, com mais de 100 unidades mensais. Pouco tempo depois, a sueca decidiu tirar as versões mais em conta e deixou as versões mais caras em linha, o que derrubou as vendas do S60 para além dos problemas enfrentados pela pandemia, em 2020. Nas ven

Renault confirma que última unidade do Sandero RS ficará em Acervo Renault, no Paraná

Imagem
A Renault confirmou que a última unidade produzida do Sandero RS ficará no Acervo da Renault em São José dos Pinhais (PR), onde a marca possui a sua fábrica. Recentemente, surgiu informações de que o Acervo da Renault contaria com um Renault Gordini, produzido pela Willys no Brasil, e o primeiro carro nacional da Renault em 1998, uma Scénic. Agora, o Sandero RS com o pacote RS Finale, com a plaqueta 100/100 no console, chega na unidade fabril para lembrar a história do primeiro carro da Renault Sport desenvolvido fora da Europa. O hatch se junta aos outros 15 veículos que são expostos de forma rotativa nas quatro fábricas e na recepção principal do Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais. São modelos que contam diferentes momentos e nuances da marca, passando por veículos produzidos localmente, ícones globais, carros-conceito e até modelos de competição, como um carro de Fórmula 1. “O Sandero R.S. 2.0 é um modelo emblemático e merece um espaço neste acervo tão representativo da

Volkswagen encerra vendas dos motores 1.6 8v de Gol, Voyage e Saveiro pelo Proconve L7

Imagem
Depois de correr contra o tempo para produzir as últimas unidades de acordo com as regras do Proconve L7, a Volkswagen decidiu matar o motor 1.6 8v Flex, que era usado por Fox, Gol, Voyage e Saveiro até o ano passado. Regulamentado pelo Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), a marca tinha que estar dentro das metas de estabelecer novos padrões de emissão de veículos, incluindo a redução da poluição do ar e a economia de combustível, a engenharia da marca trabalhou no desenvolvimento da adequação dos motores. O Proconve L7 estabeleceu novos limites para a emissão de poluentes, tendo que reduzir 38% para compostos orgânicos voláteis e óxidos de nitrogênio, em 23% para monóxido de carbono e em 25% para aldeídos em relação à legislação anterior, o PL6. Para estar de acordo com as regras, a Volkswagen trabalhou em softwares de motor, transmissão e ar-condicionado, a adoção de pneus com compostos de baixa resistência ao rolamento, sistema de combustível, sistema de escapamento e catali

Mercedes-Benz encerra a produção do AMG GT Black Series, versão do esportivo de 730cv

Imagem
Apresentado em julho de 2020, a Mercedes-Benz confirmou o fim da produção da versão Black Series do AMG GT. São cerca de 1.700 unidades produzidas do esportivo, depois das 275 unidades iniciais que estavam previstas. Voltando com a assinatura Black Series, o modelo é equipado com o motor 4.0 V8 biturbo que desenvolve 730cv de potência e torque de 81,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem AMG SPEEDSHIFT de 7 marchas, que ganha novas relações e possui trocas de marchas mais rápidas. De acordo com a Mercedes-Benz, o modelo acelera de 0 a 100km/h em 3,2 segundos e chega aos 200km/h em menos de 9 segundos. A velocidade máxima é de 325km/h (comparado com os 3,6 segundos do GT R Pro e os 318km/h de máxima). A marca confirmou que esse motor foi preparado e é batizado de M178 LS2. Recebendo uma série de novidades, o motor possui virabrequim plano, sistema de lubrificação por cárter seco, intercoolers maiores e escape virado para a zona interna do V. Visualmente, o superesport

Honda confirma fim de linha da atual geração do HR-V e WR-V se despede oficialmente

Imagem
A Honda confirmou o fim de linha de mais modelos. O primeiro deles é o fim de linha definitivo do WR-V, que deixa de ser vendido assim como o carro que deu vida ao modelo – o Fit. O WR-V foi lançado em 2017 e ganhou uma reestilização em 2020 e agora o modelo sai de linha em pouco menos de cinco anos de mercado. Como ele é derivado diretamente do Fit, usando a mesma plataforma, boa parte da carroceria e da mecânica, o modelo foi produzido até 31 de dezembro de 2021. Com o fim do City de geração anterior e o fim de linha do Fit pelo novo City Hatch e a chegada de um novo HR-V para 2022, o SUV subcompacto ficaria inviável de ser o único a ser feito sobre essa plataforma. Outro fator que se une a este seria o fato de que a Honda ainda teria que investir no atual 1.5 para ele se manter apto ao Proconve L7, ou seja, pelo baixo volume de vendas e o custo exigido, não vale a pena a produção. Entre 2017 a janeiro de 2022, o WR-V vendeu 63.847 unidades, tendo o próprio mês de 2017 como o melhor

Postagens mais visitadas deste blog

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos