Postagens

Mostrando postagens com o rótulo LeECO

LeECO inicia a construção de sua fábrica nos EUA e complexo deve ter capacidade de 400 mil por ano

Imagem
A LeECO, empresa de tecnologias da China, quer entrar no segmento de modelos chineses com a fabricação de sua fábrica no país, que custará nada menos que US$3 bilhões. Até o momento, o CEO da LeECO, Jia Yueting, já aplicou US$2 bilhões no empreendimento, mas o dinheiro não teve sua origem declarada, pois a empresa está em situação precária e não teria como investir por conta própria, segundo um relatório. A LeECO quer produzir automóveis nos EUA a partir de 2018, com capacidade produtiva de 400.000 unidades por ano. Mas, a LeEco não teria conseguido ainda a licença de Pequim para produzir automóveis, o que coloca em dúvida o futuro da operação. Yueting não é popular no governo chinês, o que aumenta as suspeitas de que as autoridades não aprovarão o projeto. Ainda assim, políticos da região onde a fábrica está sendo erguida, querem apoiar o empreendimento. A instalação da fábrica faz parte de um complexo industrial que deve incluir ainda a chamada "Eco Experience Park", do

LeECO consegue levantar montante de US$1,8 bilhão para erguer sua fábrica e produzir elétricos

Imagem
A iniciante LeECO conseguiu levantar o dinheiro para erguer a sua fábrica na China. Com custo de US$1,8 bilhão, a fábrica deve ser responsável por toda a produção de elétricos. A empresa ligada a gigantes da eletrônica e TV pretende produzir automóveis sofisticados para concorrer com a Tesla. A empresa chinesa de automóveis elétricos, a LeECO deve investir cerca de US$1,8 bilhão na construção de uma fábrica em Deqing, cidade próxima a Hangzhou. A fábrica deve ser construída em duas fases e quando estiver pronta produzirá cerca de 400.000 carros por ano. A instalação da fábrica faz parte de um complexo industrial que deve incluir ainda a chamada "Eco Experience Park", do qual fazem parte um parque de diversões temático e um edifício de escritórios conectados e instalação para estacionamento e manutenção de carros elétricos. Na sua visão, este era o LeCar, que ressurge como LeSEE. Com desenvolvimento próprio, o LeSEE Concept teve custo de US$1,2 bilhão, que saiu do próprio b

Rival da Tesla, LeECO deve investir US$1,8 bilhões para erguer fábrica na China e produzir 400 mil por ano

Imagem
A empresa chinesa de automóveis elétricos, a LeECO deve investir cerca de US$1,8 bilhão na construção de uma fábrica em Deqing, cidade próxima a Hangzhou. A fábrica deve ser construída em duas fases e quando estiver pronta produzirá cerca de 400.000 carros por ano. A instalação da fábrica faz parte de um complexo industrial que deve incluir ainda a chamada "Eco Experience Park", do qual fazem parte um parque de diversões temático e um edifício de escritórios conectados e instalação para estacionamento e manutenção de carros elétricos. Na sua visão, este era o LeCar, que ressurge como LeSEE. Com desenvolvimento próprio, o LeSEE Concept teve custo de US$1,2 bilhão, que saiu do próprio bolso do fundador, Yueting. Além de ter motor elétrico, o conceito possui condução autônoma, o que pode explicar aquele "objeto" no teto do conceito. A empresa introduziu um tipo de inteligência artificial (IA) e pretende que o carro seja o primeiro do mundo com capacidade de evoluir

LeECO é a nova marca de elétricos na China e apresenta o LeSEE Concept no Salão de Pequim

Imagem
A Tesla vem inspirando muitas marcas ao redor do mundo. Na China, durante o Salão do Automóvel de Pequim, a LeECO apresentou o seu primeiro conceito, o LeSEE Concept, que deve ser base para a futura versão de produção de seu sedã. O bilionário Jia Yueting é um empresário bem-sucedido com as marcas de TV e smartphone. O grupo LeECO tem grande destaque no mercado chinês de eletrônicos e sua fama agora chega ao mundo das quatro rodas. Yueting quer ter um carro totalmente elétrico e autônomo. Na sua visão, este era o LeCar, que ressurge como LeSEE. Com desenvolvimento próprio, o LeSEE Concept teve custo de US$1,2 bilhão, que saiu do próprio bolso do fundador, Yueting. Além de ter motor elétrico, o conceito possui condução autônoma, o que pode explicar aquele "objeto" no teto do conceito. A empresa introduziu um tipo de inteligência artificial (IA) e pretende que o carro seja o primeiro do mundo com capacidade de evoluir sozinho, apreendendo com a experiência de condução do mot

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Uno, Grand Siena e Doblò saem de linha em dezembro; Volkswagen Fox deve ir junto

Ford perdeu US$12 bilhões em oito anos no Brasil e perdia R$10 mil a cada carro vendido

Chevrolet TrailBlazer chega à linha 2022 no Brasil por R$308.290, sem nenhuma novidade

Ford apresenta oficialmente a Maverick, que estreia como potencial rival à Fiat Toro

Surgem novidades sobre o design do novo Volkswagen Virtus, que terá Nivus como inspiração

Renault Master deve ser reestilizado ainda neste ano, com um face-lift de meia-vida do furgão

Volvo lança promoção no Brasil, com condições especiais de financiamento e descontos

Honda: em 2022, Civic e Fit deixam de ter cidadania nacional e abrem caminho para novos City

Reestilização do Fiat Fiorino deve ser apresentado no segundo semestre ou em 2022

Nosso Volkswagen Polo reestilizado não terá a mesma traseira do hatch europeu, diz site