Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Rivian

Rivian confirma que irá inaugurar fábrica, produzir R1T, R1S e R1V e entrar na bolsa em 2021

Imagem
A Rivian confirmou que o ano de 2021 deve ser considerado estratégico para a marca norte-americana. É ainda neste ano que a marca startup deve começar a produzir três modelos de uma só vez: R1T, R1S e R1V, sendo uma picape, um utilitário esportivo e uma van. Todos elétricos. Se conseguir cumprir com seu prévio plano estratégico para este ano, a marca deve fazer sua estreia oficial de sua fábrica, estrear com três modelos elétricos de uma só vez, estrear na bolsa de valores e começar a vender seus automóveis. Seria um ano e tanto. A fábrica de Normal, Illinois, EUA, a Rivian trabalha o início da produção dos seus veículos, tendo uma capacidade de produção de 300.000 unidades ao ano, embora no primeiro ano terá uma capacidade de 40.000 unidades. Além do início na produção da ex-fábrica que era da Mitsubishi, a Rivian já trabalha em achar um local adequado para erguer uma fábrica também na Europa, de acordo com RJ Scaringe, CEO da marca. Ao abrir o capital na bolsa de valores, a Fisker pl

Rivian pode ter fábrica na Europa para poder produzir modelos mais compactos

Imagem
A Rivian deve erguer uma nova fábrica depois que se estabelecer na Europa. A Rivian, de acordo com informações da AgênciaBloomberg , está de olho em uma fábrica na Europa, já imaginando começar a vender elétricos também na Europa. A Rivian já estaria de olho em locais na Europa que seriam mais interessantes para a produção no Velho Continente. Ao que tudo indica, a Rivian está tendo apoio da Amazon, que se tornou a principal compradora de modelos da marca startup, com a van R1V. Entre os principais mercados que a Rivian quer ter uma fábrica, estão: Alemanha, Hungria ou Reino Unido. No momento ainda não está definido, mas os três países são os mais cogitados para receberem mais uma fábrica. Em novembro do ano passado, a Agência Reuters , disse que a Rivian deve criar elétricos menores, adequados para modelos da Europa e China. Nos EUA, terão R1T e R1S, uma picape e um utilitário esportivo de grande porte e que não agradam a maioria dos consumidores desses mercados. “O que realmente impu

Rivian segue desenvolvendo a R1V e revela mais informações do novo furgão

Imagem
A Rivian ainda segue desenvolvendo o seu furgão, o R1V. O modelo, que está em desenvolvimento em conjunto com a Amazon, deve ser apresentado em breve. Além de R1T e R1S, a Rivian deve desenvolver o furgão por mais alguns meses até ganhar a luz do dia. Apesar de já ter divulgado informações desse modelo, a Rivian ainda não revelou tudo sobre o modelo. A van elétrica já vendeu uma frota de 100.000 unidades para a Amazon. O modelo vai ganhar a mesma plataforma dos demais modelos da Rivian, com uma base monopatim, mas ainda sem revelar detalhes sobre autonomia ou desempenho. O carro ainda deve contar com uma série de sistemas de segurança que devem ajudar o condutor a rodar com o modelo, que é bastante alto. A R1V ainda deve ser equipada com câmera de 360º e uma integração completa com a Alexa, além de conectividade com internet e navegação GPS. Nos EUA, a R1V deve rodar em 16 cidades, onde deve servir como modelo de transporte para habituais tarefas de distribuições de entregas com a Amaz

Rivian confirma desenvolvimento de modelos menores, compactos, para chegar na Europa e China

Imagem
A Rivian confirmou que deve desenvolver novos modelos após o lançamento dos carros R1T e R1S. A informação foi confirmada pelo CEO da marca, RJ Scaringe, em entrevista à Agência Reuters. Os novos modelos em desenvolvimento devem ser criados especialmente para atender mercados da China e Europa. Muito provavelmente os novos carros devem ser feitos focados para estes mercados. Com isso, além da fábrica de Normal, estado norte-americano de Illinois, a Rivian pode contar com duas outras fabricas, sendo uma na Europa e outra na China. Ainda não se tem informações de quais seriam esses novos modelos, mas se entende que os modelos R1T e R1S são grandes demais para os padrões europeus. A Rivian, que ainda não conta com presença nestes dois mercados, ainda. Em meados de 2022, a Rivian deve começar a desembarcar nestes mercados, com o R1S. Tudo indica que a marca deve desenvolver um SUV compacto, que pode ser vendido nos três mercados (norte-americano, europeu e chinês). Além dele, um sedã ou um

Rivian esgota toda produção 2021 dos modelos R1T e R1S, ainda em regime pré-venda

Imagem
A Rivian confirmou que já vendeu toda a produção de modelos R1T e R1S previstos para 2021. As entregas, prevista para meados deste ano, já teve todas as unidades previstas comercializadas. Com isso, os interessados pelos modelos da Rivian deverá esperar sua unidade em 2022. A R1T começa a ser entregue em junho deste ano, enquanto a R1S começa a ser entregue em agosto. De acordo com a Rivian, a picape e o SUV possuem autonomia de 482km e em 2022 deve ser oferecida a versão com autonomia de 643km e mais adiante terá uma versão de acesso com autonomia de 400km. No lançamento, o modelo com os preços revelados é da versão com autonomia de 482km, intermediária. A picape terá quatro motores, com aceleração de 0 a 100km/h em 3 segundos e capacidade de reboque de 4.990kg. A R1T deve começar a ser vendida por US$67.500 na versão Explore, chegando aos US$75.000 na Adventure. Esse ainda deve ser o mesmo preço da versão Lauch Edition, que deve oferecer alguns itens a mais de série como diferencial.

Rivian revela mais detalhes da R1T e R1S, que começam as entregas em junho de 2021

Imagem
A Rivian apresentou as primeiras informações sobre a dupla R1T e R1S nos Estados Unidos. Oferecidos em regime de pré-venda, a dupla teve mais informações de preços, autonomia, opcionais e outros equipamentos da dupla. As primeiras entregas estão programadas para junho de 2021. A R1T deve começar a ser vendida por US$67.500 na versão Explore, chegando aos US$75.000 na Adventure. Esse ainda deve ser o mesmo preço da versão Lauch Edition, que deve oferecer alguns itens a mais de série como diferencial. O modelo já pode ser pedido em pré-venda com um sinal de US$1.000. As entregas devem começar em junho, primeiro na edição especial, que será a primeira e única a ser entregue inicialmente. De acordo com a Rivian, a picape possui autonomia de 482km e em 2022 deve ser oferecida a versão com autonomia de 643km e mais adiante terá uma versão de acesso com autonomia de 400km. No lançamento, o modelo com os preços revelados é da versão com autonomia de 482km, intermediária. De série, a marca conf

Rivian revela mais detalhes da van que pode ser batizada de RV1, em parceria com a Amazon

Imagem
Depois de apresentar os modelos R1T e R1S, a Rivian está próxima de apresentar o seu terceiro modelo, desenvolvido em parceria com a Amazon. Esse novo modelo é uma van, que pode ser batizada de R1V, como já foi registrado em patentes recentemente. Assim como a picape (R1T, T de Truck) e o SUV (R1S, S de SUV), a R1V (Van) pode ser apresentada oficialmente dentro de poucos meses. Depois de investir milhões no desenvolvimento da van, a Amazon já comprou cerca de 100 mil unidades da R1V, sendo que até 2030 a Amazon quer eletrificar seus veículos de entrega. Como foi desenvolvida em parceria com a Amazon, a Rivian colocou vários detalhes da empresa no modelo, como o volante com o logotipo da empresa e deve ser equipada com vários recursos de assistência, como monitoramento em 360 graus para proteção de motorista e carga, além da condução. A R1V ainda deve ser integrada à rede de dados da Amazon, principalmente de logística, podendo rastrear a circulação de entrega das mercadorias, assim com

Rivian segue testando a R1T, que passa por testes de reboque em calor de 38º nos EUA

Imagem
A Rivian segue testando a R1T em algumas regiões quentes para testar a durabilidade da picape. A Rivian tem testado a picape no Arizona, um dos trechos mais quentes dos EUA. A picape tem passado pelo trecho da Rota 68, conhecida também com Davis Dam Grade, enquanto carrega um reboque de 4.990kg. A localidade é uma das escolhas das marcas para teste pela Society of Automotive Engineers (SAE) como o padrão para determinar a classificação de reboque de um veículo. O trajeto oferece um duro trajeto que parte dos 168 metros sobre o nível do mar até alcançar os 1.067 metros depois de 18,3km de viagem. O teste foi realizado com uma temperatura média de 37,8 graus. “A autonomia final sempre variará de acordo com a carga e as condições externas, como o vento e a inclinação. Geralmente vemos uma redução de 50% na autonomia quando rebocamos a plena capacidade. Portanto, as autonomias oficiais de suas versões, situadas em 370km, 483km e 645km conforme a bateria, ficariam reduzidas à metade se leva

Rivian revela as primeiras imagens das unidades pré-série da R1T, na fábrica de Normal, EUA

Imagem
Aos poucos a Rivian vai se aproximando de começar a produção e a apresentação oficial dos seus carros ao mundo. A marca, que possui uma fábrica na cidade de Normal, Illinois, Estados Unidos, revelou u vídeo onde mostra a picape R1T em regime de produção pré-série. O vídeo conta com o CEO da Rivian, Rj Scaringe, que falou sobre as novidades e a evolução das instalações. Prevista para começar a ser produzida em 2021 na unidade, a Rivian confirmou que a montadora poderia começar a produzir em série bem antes do cronograma inicial, se quisesse. Em alguns vídeos com a intensão de manter a picape me destaque, o executivo mostra o progresso na sua produção. Os modelos de pré-série devem ser “usados ​​em nossos testes contínuos para garantir que atendamos e superemos as expectativas. Estamos ansiosos para começar as entregas no próximo ano e estamos focados em atingir metas de alta qualidade e durabilidade” . Recentemente, a Rivian confirmou que bateu a marca de 30 mil interessados na fila de

Rivian R1T deve fazer sua estreia em eventos com a participação do rali Rebelle, nos EUA

Imagem
A Rivian confirmou que deve apresentar a versão de produção da R1T dentro de alguns meses. Enquanto o modelo não é apresentado, ela deve participar de um evento de rali. A picape elétrica confirmou sua participação no Rebelle Rally , o rali feminino, anunciando que a picape deve concorrer na categoria de veículos elétricos, híbridos plug-in e híbridos tradicionais. A picape deve ser pilotada pela equipe feminina Emme Hall e Rebecca Donaghe. O evento tem duração de dez dias e possui a extensão de 2.000km. O terreno deve variar entre estradas regulares de terra, trilhas, dunas, percorrendo os estados de Califórnia e Nevada. "Aventuras como o Rally Rebelle são para o que os veículos Rivian são feitos. É significativo participar como o primeiro veículo totalmente elétrico do rali.", disse o Diretor criativo da Rivian, Larry Parker. "Desde que imaginamos o Rebelle Rally, sabíamos que seria o verdadeiro teste definitivo de veículos eletrificados disponíveis para os consumidore

Rivian comemora a marca de 30 mil unidades da R1T e R1S vendidas em regime de pré-venda

Imagem
A Rivian apresentou que a marca já bateu a marca de 30 mil interessados na fila de espera pelos modelos R1T e R1S. A dupla deve ser apresentados em seus modelos de produção e algum momento de 2021. Os modelos serão produzidos na unidade de Normal, Illinois, Estados Unidos. Vendidos em regime de pré-venda, os modelos podem ser adquiridos em pré-venda por US$1.000. A dupla usa quatro motores elétricos que juntos desenvolvem 700cv de potência com capacidade de 180kWh, com autonomia de 640km. Mesmo com todo esse peso, a Rivian diz que a picape e o SUV aceleram de 0 a 100km/h em 3 segundos e conta com velocidade máxima de 200km/h. A Rivian também venderá a R1T com baterias de 105kWh e 135kWh, com uma autonomia menos impressionante, de 370km e 480km, respectivamente. A picape ainda possui arquitetura de um carro elétrico para oferecer mais espaço. Ela conta com caçamba na traseira e um porta-malas na dianteira com espaço para 330 litros, além de um espaço extra na parte de trás da cabine. A

Tesla entra em processo judicial contra a Rivian nos Estados Unidos por roubo de informações sigilosas

Imagem
A briga por picapes elétricas nos Estados Unidos ainda nem começou mas já tem soltado... choques. Ok, trocadilho ruim, mas a verdade é que a Tesla deve entrar com um processo judicial contra a Rivian, por roubo de segredos comerciais da montadora, ao aliciar funcionários que saíram da fábrica da Tesla em Fremont, na Califórnia, levando dados da Tesla. O destino dos informações chegaram... na Rivian. Ao que foi dito, 176 ex-funcionários da Tesla foram contratados pela Rivian e pelo menos quatro deles teriam levado informações sigilosas, tendo a suspeita de que outros dois possam estar envolvidos com informações sigilosas da Tesla. A denúncia foi apresentada ao Tribunal Estadual de San José, onde a Tesla alega apropriação indevida de informações confidenciais levadas da Tesla para um concorrente. “A pessoa se envolveria nesse comportamento apenas por um benefício importante – usá-lo para servir aos interesses competitivos de um novo empregador”, disse a Tesla no texto. A Rivian nega

Rivian revela vídeo-teaser de testes com a picape elétrica R1T em várias condições

Imagem
A Rivian revelou como funciona o desenvolvimento do seu primeiro veículo, a picape elétrica R1T, que deve começar a ser vendida dentro de alguns meses. O vídeo-teaser do desenvolvimento da R1T mostra a picape em vários tipos de pistas e condições off-road para testar ao máximo as capacidades da picape no seu futuro dia-a-dia. A picape é testada em trilhas, terra, pedra solta e desníveis, mostrando que as intenções da Rivian não é desenvolver um modelo que possui um apelo fora-de-estrada. A picape foi testada no estado do Arizona, nos Estados Unidos. A estrutura da R1T deve ser monocasco que conta com suas baterias no centro e os motores sobre os eixos. A picape pesa 2.670kg e usa quatro motores elétricos que juntos desenvolvem 700cv de potência com capacidade de 180kWh, com autonomia de 640km. Mesmo com todo esse peso, a Rivian diz que a picape acelera de 0 a 100km/h em 3 segundos e conta com velocidade máxima de 200km/h. A Rivian também venderá a R1T com baterias de 105kWh e 135kW

Rivian registra patente de dois novos nomes nos Estados Unidos: o R1V e o R2X, os próximas lançamentos

Imagem
A Rivian deve desenvolver novos modelos dentro de alguns meses. Após apresentar os modelos R1T e R1S, a marca norte-americana registrou dois novos nomes de modelos no registro de patente dos Estados Unidos. Nesse caso, a Rivian registrou o nome R1V e R2X, que ainda não se tem certeza para quais modelos eles devem ser usados, principalmente o segundo, R2X. Isso porque o R1V deve ser usado para a nova van da Rivian que está sendo desenvolvida em conjunto com a Amazon. Como o R1S (o “S” vem de Sport Utility Vehicle) e o R1T (o “T” de Truck), o R1V deve ter o “V” de van. Enquanto o “R” vem de Rivian e o número corresponde ao segmento, que nesse caso o “1” é full-size. Isso explica que o R2X deve ser um modelo mais compacto e que pode ser um crossover, provavelmente de tamanho médio e que pode ter um design mais aventureiro. Ele deve ficar abaixo do R1S e deve ser o concorrente da Rivian para o Tesla Model Y, enquanto o R1S é um concorrente do Tesla Model X. Evidentemente, trata-se tã

Rivian confirma que baterias de R1T e R1S podem contar com recarga de 300kW em breve

Imagem
A Rivian pode ter revelado mais algumas informações sobre a sua dupla de elétricos, sendo a picape R1T e o SUV R1S. Isso porque a marca registrou a patente da “Bateria Configurável para Carregamento Rápido”. Esse conjunto conta um mecanismo de comutação de tensão que permite que a bateria seja carregada em tensão 800V em uma bateria de 400V, ou tensão de 900V em uma bateria de 450V. A técnica ainda pode lidar com uma falha no módulo da bateria, sem desconectar a carga. Caso a Rivian consiga essa façanha, a marca deve acelerar o processo de recarga da bateria, tornando os elétricos mais baratos. Atualmente os modelos da Rivian contam com uma autonomia de 643km e uma bateria de 180kWh. A Rivian também tinha confirmado que os modelos da marca possuem autonomia de 321km com uma recarga de 30 minutos por meio de estação de recarga rápida de 160kW. A Rivian confirmou que deve ter 300kW de carga com essa nova bateria, mas por enquanto a marca norte-americana não deve exceder a infraestrutura

Por Corona Vírus, Rivian adia estreia da produção de R1T e R1S nos Estados Unidos para 2021

Imagem
Depois de confirmar que já estava em pré-série de produção da picape R1T, a Rivian confirmou que deve adiar o início da produção da sua picape elétrica. O motivo seria a pandemia de Corona Vírus que atingiu em cheio os Estados Unidos. Diante desta situação, a Rivian confirmou que deve adiar a estreia da picape e consequentemente do utilitário esportivo elétrico. A dupla deve começar a ser produzida a partir de 2021. A produção da dupla começaria ainda neste ano, no último trimestre do ano. Apesar de suspender a produção, a Rivian segue trabalhando na fábrica. A unidade de Normal, Illinois, possui 60 funcionários trabalhando na manutenção dos equipamentos e com distância segura entre as pessoas, a fim de evitar o contágio. A picape pesa 2.670kg e usa quatro motores elétricos que juntos desenvolvem 700cv de potência com capacidade de 180kWh, com autonomia de 640km. Mesmo com todo esse peso, a Rivian diz que a picape acelera de 0 a 100km/h em 3 segundos e conta com velocidade máxima de 20

Lincoln desenvolve um SUV elétrico com plataforma elétrica da Rivian; lançamento será em 2022

Imagem
A Ford confirmou que deve desenvolver mais alguns modelos elétricos nos próximos anos. Entre as novidades, a Ford Group confirmou que deve desenvolver um elétrico para a Lincoln. Esse novo modelo deve ser apresentado em meados de 2022 e deve ter ajuda de desenvolvimento da Rivian. De acordo com a Reuters, esse deve ser um dos três novos elétricos que a Ford desenvolve até 2022. Apesar da não oficialidade da informação, rumores indicam que esse novo modelo deve usar a mesma plataforma da Rivian, o que foi confirmado de maneira oficial com um vídeo divulgado pela Lincoln no início deste ano. O novo modelo deve ser um utilitário esportivo de porte grande. No ano passado, vale destacar que a Ford anunciou um investimento de 500 milhões de dólares na Rivian para ter acesso a sua tecnologia. O novo modelo da Ford Group que está em desenvolvimento pela Rivian é conhecido internamente como Projeto U787. Esse novo SUV deve ser o primeiro carro elétrico puro da Lincoln e deve chegar ao merca

Rivian apresenta furgão elétrico Prime, desenvolvido a pedido da gigante de entregas, Amazon

Imagem
A Rivian revelou as primeiras imagens de sua primeira van comercial. O modelo deve ser desenvolvido em parceria com a Amazon, que deve ser o primeiro consumidor do modelo. A empresa pretende ser a primeira empresa de entregas com frota eletrificada do mundo e, por isso, confirmou a compra de 100 mil unidades do modelo. Depois de investir US$700 milhões na Rivian (a Ford também investiu, uma quantia pouco menor, de US$500 milhões e a Cox Automotive aplicou mais US$350 milhões), a Amazon deve usar esses modelos para entregas urbanas do site de comércio. As primeiras unidades devem ser testadas ainda em 2020, com início da produção em 2021. O modelo deve ser produzido para a Amazon até 2024, quando o lote de 100 mil unidades deve ser entregue. O modelo ainda segue sem nome, mas as primeiras imagens mostram o nome Prime na grade dianteira. Ela deve ser construída sobre uma plataforma skate, onde a base pode receber diversas carrocerias. As baterias devem ser de lítio e terá uma autonom

Rivian inicia pré-produção da R1T na fábrica de Normal, Illinois, nos Estados Unidos

Imagem
A Rivian confirmou o início da produção da R1T, ainda em regime de pré-produção. Destinada à testes, as unidades produzidas devem ser testadas para ver se a linha de produção está de acordo. A produção em escala ainda deve demorar um pouco para acontecer. Com sede em Michigan, a unidade começa a produzir a R1T e o R1S dentro de alguns meses. Com a unidade de Normal, Illinois, a marca já produz as primeiras peças dos modelos, principalmente de estamparia como portas e acabamentos, indicando que a produção em escala não deve demorar para começar. A picape pesa 2.670kg e usa quatro motores elétricos que juntos desenvolvem 700cv de potência com capacidade de 180kWh, com autonomia de 640km. Mesmo com todo esse peso, a Rivian diz que a picape acelera de 0 a 100km/h em 3 segundos e conta com velocidade máxima de 200km/h. A Rivian também venderá a R1T com baterias de 105kWh e 135kWh, com uma autonomia menos impressionante, de 370km e 480km, respectivamente. A picape ainda possui arquitetur

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Chery convoca recall de Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 no Brasil com defeito no motor 1.5 Turbo

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado