Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Piëch

Piëch confirma desenvolvimento de cupê e crossover para os próximos anos

Imagem
A mais nova marca suíça, a Piëch, confirmou que deve desenvolver um cupê esportivo e um crossover elétrico. Após a apresentação do Mark Zero Concept no primeiro semestre, a marca confirmou que os novos carros devem ganhar a mesma plataforma com um sistema mecânico similar. Detalhes ainda são bem escassos, mas os executivos da Piëch confirmaram que os dois novos carros devem compartilhar alguns componentes. Entre esses itens compartilháveis estão o esquema mecânico e as baterias, como mostram as imagens reveladas pela marca sueca. O cupê deve ser batizado de GT-4 e parece ser um modelo cupê 2+2, enquanto o crossover é batizado de GT-X. Os dois modelos devem usar o sistema elétrico de três motores elétricos que foi anunciado pela marca em Genebra, quando revelou o Mark Zero. O total é um conjunto com 603cv de potência e com baterias desenvolvidas pelos próprios engenheiros da marca. Ela é capaz de carregar 80% da carga em menos de 5 minutos devido suas características especiais que p

Piëch Mark Zero Concept é revelado para o Salão de Genebra como primeiro carro da marca

Imagem
Estreante do Salão do Automóvel de Genebra, a Piëch apresentou o Mark Zero no evento suíço. Essa é a primeira vez que a família Piëch é dona de sua própria marca, depois de anos na Porsche. Um dos fundadores da marca, Toni Piëch, o filho de Ferdinand Piëch, neto do fundador da Porsche, Ferdinand Porsche. O Mark Zero é o primeiro carro da marca e conta com uma plataforma própria e um sistema de motor junto com conjuntos elétricos que usam misteriosas baterias avançadas. Sabe-se que as baterias são da Desten Group, com sede em Hong Kong. Esse pacote não foi instalado no chassi de maneira habitual, mas ao estilo que geralmente utilizam tantas marcas, mas os módulos foram dispostos em forma de “T”, entre o túnel central e sobre o eixo traseiro. Segundo a marca, essa distribuição permite situar os bancos a uma altura realmente baixa, como em qualquer outro esportivo, e permite que a distribuição de pesos seja similar à de um modelo convencional. De acordo com a Piëch, as baterias são su

Piëch é a nova marca de carros e antecipa teaser do Mark Zero Concept

Imagem
O Salão do Automóvel de Genebra deve ser palco para a estreia de uma nova marca de automóveis, a Piëch. Fundada por Anton Piëch, o nome remete ao ex-presidente do Grupo VAG, Ferdinand Piëch, que foi Presidente do Grupo VW, mas também para o seu bisavô. Afinal, Anton Piëch é bisneto de Ferdinand Porsche, o fundador da marca alemã que é hoje referência nos modelos esportivos. O Mark Zero Concept deve ser o primeiro carro a ser apresentada pela empresa e deve ser uma empresa de carros elétricos esportivos da Suíça. Eles devem apostar ainda em uma nova arquitetura, com baterias sob o piso entre os dois eixos, anunciada como plataforma com as baterias no túnel central e sobre o eixo traseiro, em forma de “T”. As baterias utilizadas também representam mudanças ao padrão conhecido. As unidades de bateria possuem elevado termo de eficiência, o que deve possibilitar o seu arrefecimento com ar, evitando a necessidade de água ou outros líquidos. A autonomia deve ficar em torno dos 500km e o c

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Investimentos da Renault estão congelados para os substitutos de Sandero e Logan

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado