Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Avatr

Avatr revela novos detalhes do 11, SUV elétrico que possui motor de 578cv e tração AWD

Imagem
A Avatr revelou mais informações do seu utilitário esportivo 11, que começou a ser vendido com preços entre 349.900 a 369.900 yuans. Voltando ao mercado mais luxuoso, o Avatr 11 aparece com faróis dianteiros em dois andares, sendo que a marca superior e inferior possuem LEDs, que parecem ser LEDs diurnos. A parte inferior dos faróis ainda se conecta com os faróis de neblina e o para-choque dianteiro tem linhas bem lisas. O para-choque dianteiro ainda possui um acabamento inferior onde está a entrada de ar do carro. Nas laterais, o 11 possui um desenho com perfil cupê, com uma ampla área envidraçada e com contorno dos vidros com acabamento cromado. Os retrovisores estão instalados na base das portas, e na parte inferior das portas recebe um acabamento prateada que traz o nome da marca na porta traseira e há um acabamento no para-lama dianteiro, que parece ser o sistema de radares, por se tratar de um carro elétrico com tecnologia autônoma. Ainda são vistosas as grandes rodas de liga lev

Avatr apresenta o 11 de produção na China, para o Salão de Pequim, com motor de 586cv

Imagem
A Avatr apresentou oficialmente a versão de produção do 11, um SUV médio cupê de linhas bem futuristas. O modelo foi apresentado com o nome 011 MMW, por ter sido projetado em colaboração com Matthew M. Williams, designer da Givenchy, uma marca de moda de luxo com sede na França e o modelo será vendido como uma série especial de 500 unidades. Voltamos ao 11, que nasce na Avatr, que é uma marca da Changan e a Huawei e conta com uma joint-venture com a Changan com a CATL, joint-venture essa que é chamada de Changan Nio New Energy Automotive Technology, que também foi criada porque a Changan e a Nio que fundaram a joint-venture. Visualmente, o carro mescla um pouco de futurismo com retro. Na dianteira, o carro conta com faróis dianteiros em dois andares, sendo que a marca superior e inferior possuem LEDs, que parecem ser LEDs diurnos. A parte inferior dos faróis ainda se conecta com os faróis de neblina e o para-choque dianteiro tem linhas bem lisas. O para-choque dianteiro ainda possui um

Avatr é marca que estreia no Salão de Guangzhou, na China, que apresenta o Avatr 11

Imagem
A Avatr Technology é mais uma marca que nasceu no Salão do Automóvel de Guangzhou, na China. Mas se formos parar para pensar quem é a marca que gerou a Avatr. É um Casos de Família. A marca nasce a partir de uma parceria entre a Changan e a Huawei e conta com uma joint-venture com a Changan com a CATL, joint-venture essa que é chamada de Changan Nio New Energy Automotive Technology, que também foi criada porque a Changan e a Nio que fundaram a joint-venture. Assim, a Nio entra como um investidor minoritário e a Huawei entra como investidor tecnológico. A Changan é responsável pelo design e fabricação do carro. E a CATL responde pelo fornecimento de baterias. É um pouco complicado. O primeiro carro desta empresa novata é um utilitário esportivo, chamado de Avatr 11. Visualmente, o carro mescla um pouco de futurismo com retro. Na dianteira, o carro conta com faróis dianteiros em dois andares, sendo que a marca superior e inferior possuem LEDs, que parecem ser LEDs diurnos. A parte inferi

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Egea é o nome oficial do sedã médio da Fiat que deve ser apresentado oficialmente e pode chegar ao Brasil!

GWM revela imagens e informações do nosso Haval H6, que estreia em breve no Brasil

Nova geração do Dacia Duster continua na Renault como 'linha Adventure' na Austrália

Nissan convoca recall da Frontier 2023, com defeito na fixação do freio traseiro

Prevista para 2023, a nova geração do BMW i8 pode ser totalmente elétrica

BMW revela detalhes da sua bateria cilíndrica, que estará nos carros com base Neue Klasse

Peugeot revela teaser de novidades elétricos em evento na Europa, o 'E-Lion Day'

Ford quer fazer com que seus carros elétricos sejam mais competitivos nos Estados Unidos

Mazda já desenvolve uma nova geração do MX-5, que estreia até o fim do ano que vem

Nem elétrico e muito menos um SUV: Bugatti confirma que não terá nenhum em dez anos