Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Combustível

Toyota e Exxon se unem em parceria para fazer combustível sintético 75% menos emissor

Imagem
Exxon e Toyota confirmam parceria para desenvolver combustíveis que sejam 75% menos emissões de CO2 e que vão aproveitar infraestrutura de reabastecimento A ExxonMobil, mais conhecida como Exxon, e a Toyota confirmaram uma parceria de desenvolvimento de um combustível que deve ser sintético que será 75% menos emissor de CO2 na atmosfera. A parceria foi clara ao ditar que vai apostar em “explorar misturas de combustíveis inovadoras com potencial para reduzir as emissões de gases de efeito estufa provenientes do transporte” . Isso deve fazer com que os veículos a combustão atuais possam se beneficiar de uma pegada mais próxima da neutralidade das emissões de carbono. Ao Automotive News , o Vice-Presidente de Estratégia e Planejamento da Exxon, Andrew Madden, confirmou que a empresa estaria fazendo progressos com a aposta de um combustível menos agressor. “Ter uma solução para combustíveis líquidos que possamos usar na frota existente, tê-la no tipo de construção de política onde permit

Porsche confirma que vai manter aposta em E-Fuels, que podem representar 20% das vendas

Imagem
CEO da Porsche confirma que a marca espera que 80% das suas vendas sejam de elétricos até o fim de 2030 e que os E-Fuels responderão por os 20% restantes A Porsche parece estar muito confiante em manter os motores a combustão e elétricos enquanto desenvolve seus motores abastecidos com E-Fuel. A informação foi confirmada por meio do CEO da marca, Oliver Blume, em entrevista para membros da imprensa após a divulgação dos resultados financeiros da Porsche. Blume acredita que os modelos com E-Fuel não vão atrapalhar as vendas dos modelos elétricos, muito pelo contrário, dará vida aos esportivos a ter um motor a combustão ainda operante. “Podemos ajustar a política fiscal para tornar os combustíveis eletrificados mais baratos… a política deve apoiar os investimentos para tornar os preços mais atrativos. Vale a pena. Não conheço outra possibilidade de descarbonizar os carros com motor de combustão.” , destacou Blume. Essa, de acordo com o executivo, seria a única maneira de tirar os polue

Fiat lança promoção 'Mês do Tanque Cheio' para o Cronos no Brasil, até o final de maio

Imagem
Fiat venderá o Cronos com condições especiais no mercado brasileiro durante o mês de maio, com promoção de tanque, com um ano de combustível grátis A Fiat venderá o Cronos com condições especiais no Brasil, com preço de R$ 78.990, na versão de entrada do sedã compacto, que não possui um nome e tem apenas o 1.0. Tabela em R$ 84.790, ele será vendido pelo equivalente a R$ 78.990, um desconto de R$ 5.800 sobre o preço de tabela. Não bastasse o desconto, a Fiat ainda vai vender o sedã com uma promoção chamada de ‘Mês do Tanque Cheio Fiat Cronos’. A promoção consiste na ação da compra do Cronos 1.0 e com 12 reabastecimentos gratuitos. Esses reabastecimentos acontecem uma vez ao mês, fazendo o Cronos ter direito a 48 litros de etanol, durante 12 meses, em postos da Rede Shell Box. O crédito será disponibilizado mensalmente, 30 dias após o emplacamento do veículo. O crédito é pessoal e intransferível, destacou a marca italiana em seu site de promoções, além de ser válida apenas para a compr

Audi avança no desenvolvimento de carros movidos a combustíveis sintéticos com o R33

Imagem
Audi aposta em combustível batizado de R33 Blue Diesel, ecológico, ainda em fase de testes e com o A3 Sportback, que ajuda na descarbonização A Audi confirmou o desenvolvimento de tecnologias que vão frisar a sua descarbonização e o R33 Blue Diesel e a R33 Gasoline são uma dessas medidas. Enquanto o R33 Blue Diesel já está na rede de postos para abastecimento, o R33 Gasoline deve ser oferecido em breve. De acordo com a marca alemã, tanto o R33 Diesel como o Gasoline possuem até um terço de componentes renováveis, baseados exclusivamente em resíduos e resíduos, sendo chamados de biocombustíveis de segunda geração. A gasolina do R33 possui a missão de substituir a gasolina E10. Os combustíveis R33 Blue reduzem as emissões de CO 2 em pelo menos 20% em comparação com o diesel fóssil e a gasolina na análise do poço à roda, e o número está aumentando. O combustível funciona nos carros da Audi que usam a gasolina Super 95 E10 pode utilizá-la. O R33 Blue Diesel cumpre a norma mais prevalente

Fiat lança promoção para a Toro, com diesel grátis para quem adquirir versões 2.0

Imagem
Até o dia 31 de março, quem comprar Fiat Toro com motor 2.0 MultiJet Turbo Diesel vai ganhar um ano de combustível grátis, um reabastecimento por mês A Fiat está lançando uma nova promoção no mercado brasileiro, chamada de ‘Mês do tanque cheio Fiat Toro’, que será válida entre os dias 16 a 31 de março, durante essa segunda quinzena do mês. A promoção vai ser para os consumidores que comprarem a Toro com motor 2.0 MultiJet Turbo Diesel, que vão ganhar um reabastecimento grátis por mês. A parceria é feita em parceria com a Rede Shell Box e por meio do aplicativo Cart. A promoção será válida para todas as concessionárias da marca italiana. A campanha permite que os novos proprietários de uma Toro Diesel tenham direito a 60 litros de Diesel por mês, durante 12 meses. O crédito será feito por meio de um aplicativo Cart, na plataforma de e-commerce da central multimídia. A promoção será válida para as versões equipadas com motor 2.0 16v MultiJet Turbo Diesel se mantém o mesmo e desenvolve

Toyota Hilux e Land Cruiser vão poder ser abastecidas com óleo vegetal na Europa

Imagem
A Toyota desenvolve novidades para o motor 2.8 Turbo Diesel para Hilux e Land Cruiser Prado, que virá com motor compatível com HVO100, um tipo de combustível libre de fósseis feito de fontes 100% renováveis. Assim, a dupla poderá ser vendida em conjunto com a ProAce, que também é compatível com o HVO100. O combustível nada mais é que o ‘óleo vegeta hidratado’, que significa que pode ser produzido por óleos vegetais ou óleo de cozinha usado, mas cumprindo o regulamento de qualidade EM 15940 da Europa. Para que o motor não sofre com esse tipo de combustível, a Toyota faz uma atualização em seu sistema de injeção de combustível a fim de aumentar o volume de combustível e confirma que ao usar HVO100 “não exige nenhuma ação especial do cliente e não afeta a capacidade do veículo de funcionar com diesel padrão”, disse a Toyota. Com HVO100, a Toyota disse que o motor fica levemente mais potente, mas sem dizer o quanto. O combustível ainda pode ser raro de ser encontrado na Europa, estando dis

Porsche investe novamente em combustíveis sintéticos eFuel, em Santiago, no Chile

Imagem
A Porsche confirmou um novo investimento para a produção dos eFuels. O novo montante será de US$ 75 milhões na HIF Global LLC. Em troca, o fabricante de carros esportivos está adquirindo uma participação de longo prazo na HIF Global LLC, uma holding de desenvolvedores de projetos internacionalmente ativos de instalações de produção de eFuel. Sediada em Santiago, no Chile, está sendo construindo a planta piloto Haru Oni ​​eFuel em Punta Arenas, Chile. Iniciada pela Porsche e implementada com parceiros como Siemens Energy e ExxonMobil, espera-se que a produção de eFuels a partir de hidrogênio e CO2 usando energia eólica comece em meados de 2022. Esses combustíveis sintéticos à base de eletricidade permitem que os motores de combustão sejam operados de maneira potencialmente quase neutra em CO2. A Porsche está participando de uma rodada de financiamento internacional ao lado da empresa chilena Andes Mining & Energy (AME) e das empresas americanas EIG, Baker Hughes Company e Gemstone I

Volkswagen confirma que terá seu Centro P&D de Biocombustíveis na unidade de Anchieta

Imagem
Anunciado em outubro do ano passado, a Volkswagen vai apostar em seu Biofuel R&B Center, sediado em São Bernardo do Campo (SP) e que será voltado para estudos de tecnologias baseadas no Etanol e outros biocombustíveis que podem ser alternativas à eletrificação da marca na região. Agora, a Volkswagen revelou as primeiras imagens do Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de Biocombustíveis na América Latina. Este centro conta com cerca de 10 engenheiros estarão dedicados, em parceria com universidades locais, ao estudo de soluções de descarbonização usando etanol e outros biocombustíveis para mercados emergentes. O conceito arquitetônico, que será inaugurado em setembro, adota o conceito de espaço aberto inspirado em coworkings, no qual a equipe trabalha em constante colaboração para estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras. O projeto considera também muita iluminação natural, o verde integrado ao ambiente e espaços flexíveis para utilização em diversas situações de inter

Audi confirma que carros 0km com motor 3.0 V6 TDI vão poder ser abastecido com óleo vegetal

Imagem
A Audi confirmou que vai investir em motores a combustão mais limpos ainda em 2022. A marca destaca que o seu motor 3.0 V6 TDI, que desenvolve até 286cv de potência, construídos a partir do mês passado, fevereiro de 2022, poderão ser abastecidos com óleo vegetal hidrotratado (HVO). Com isso, modelos como A4, A5 Sportback, A6, A7 Sportback, A8, Q7 e Q8 vão funcionar com combustíveis mais ecológicos à base de óleo vegetal. “Estamos otimizando nosso portfólio de motores de combustão existente para obter mais eficiência e emissões mais baixas. Uma maneira de fazer isso é criando as bases técnicas necessárias para o uso de combustíveis sustentáveis, como HVO” , disse Oliver Hoffmann, Diretor de Desenvolvimento da Audi. De acordo com a Audi, o HVO reduz a emissão de poluentes entre 70% a 95% em comparação com o diesel normal. O combustível a base de óleo vegetal ainda pode ser feito a partir de materiais residuais, como óleo de cozinha ou resíduos de materiais usados na agricultura. Os óleos

Porsche inicia construção de fábrica de metanol sintético no Chile, com produção em 2022

Imagem
A Porsche iniciou a construção da sua fábrica de combustíveis sintéticos, que deve ser localizada no Chile, aqui perto. Por lá, a marca confirma que vai produzir o metanol sintético para o uso de seus carros de corrida Porsche Mobil 1 Supercup de 2022, primeiramente. Cerca de 40% da produção de metanol seja convertida em gasolina sintética para carros comuns. O complexo será erguido em apoio com a Siemens. Com produção a partir de 2022, a Porsche tem meta de produzir cerca de 220.000 litros de metanol, chegando a 55 milhões de litros em meados de 2024 e 550 milhões de litros em 2026, com dois quintos disso sendo usado como gasolina sintética. De acordo com estimativas da empresa alemã, a iniciativa prevê que se reduza em 90% a emissão de CO2 e a fábrica seja totalmente sustentável, com aerogerador responsável por dar energia para a produção de energia elétrica da unidade. Chamado também de eFuel, o combustível será usado em competições que a empresa participa, sendo o combustível que s

BMW começa os testes de rodagem com o X5 iHydrogen Next na Europa; SUV estreia em 2022

Imagem
A BMW segue o desenvolvimento da sua nova opção mecânica para o X5, o movido a células de combustível de hidrogênio. O modelo ainda segue em estágio de desenvolvimento e anunciou que uma frota de unidades do utilitário esportivo alemão deve começar a ser testado pela Europa. A marca confirmou que nas próximas semanas devem ser avaliado o desempenho do carro, bem como a força do motor, chassis e sistemas eletrônicos. Previsto para ser lançado no final de 2022, a nova opção mecânica do X5 deve ser produzido em pequena escala. "A tecnologia de célula de combustível de hidrogênio pode ser uma opção atraente para trens de força sustentáveis, especialmente em categorias de veículos grandes. É por isso que o teste de rodagem de protótipos equipados com um trem de força de célula de combustível de hidrogênio é uma etapa importante em nossos esforços de pesquisa e desenvolvimento." , destaca Frank Weber, Membro do Conselho da BMW Responsável pelo Desenvolvimento. Segundo a BMW, o moto

GM confirma um novo investimento para elétricos e chega a US$35 bilhões investidos até 2025

Imagem
A General Motors acaba de aumentar o montante de dinheiro que deve investir no desenvolvimento dos seus carros elétricos. Agora, a GM revelou que investir US$35 bilhões entre 2020 a 2025, o que representa um aumento de 75% em relação ao plano inicial, antes da pandemia, com um volume de US$20 bilhões. Em fevereiro deste ano, o montante passou para US$27 bilhões e agora deve chegar aos US$35 bilhões, um aumento de US$8 bilhões. Todo esse investimento deve ser fracionado em modelos novos, a plataforma Ultium e as células de combustível e hidrogênio, chamado pelo grupo de Hydrotec. A GM ainda confirmou que deve preparar para ser a primeira empresa a vender a condução autônoma em grande escala, que deve estrear em meados de 2023. "Estamos investindo agressivamente em um plano abrangente e altamente integrado para garantir que a GM lidere em todos os aspectos da transformação para um futuro mais sustentável" , disse a Presidente e CEO da GM, Mary Barra. Até 2025, Barra possui como

Koenigsegg quer desenvolver biocombustível que usa dióxido emitido de vulcões para o Gemera

Imagem
Depois de apresentar o Gemera no ano passado, a Koenigsegg voltou a apresentar novidades e informações sobre o seu futuro. A marca confirmou que deve investir pesado em um tipo de combustível não-poluente. Segundo Christian von Koenigsegg, fundador e CEO da marca, disse que existem planos detalhados em entrevista à Agência Bloomberg e ao Jalopnik . O executivo confirmou recentemente que deve apostar em modelos com uma estratégia de produzir novidades com células de energia de alta tensão para o seu processo de eletrificação, o que deve ajudar a marca com a redução de emissões de poluentes. “Sou fã dos elétricos puros. Na maioria dos aspectos, eles são melhores que os carros que substituem; principalmente em modelos pequenos, onde as baterias são compactas. O problema é que são mais pesados e de recarga demorada. Além disso, as baterias geram resistência à rolagem e não ficam mais leves à medida que se descarregam, sem diminuição de massa à medida que são gastas” , disse o Sr. Koenigseg

Geely pode desenvolver motores com tecnologias usando metanol na China, reduzindo emissões

Imagem
A Geely apresentou oficialmente alguns detalhes sobre o seu futuro na China. Isso porque a marca pode apresentar novidades nas opções de motores. Além dos carros a combustão, híbridos e elétricos, a marca também pode acabar apostando em motores elétricos movidos a etanol. Curiosamente, no Brasil, essa tecnologia já parece ser o alvo de desenvolvimento da Nissan. Aqui se comenta que o etanol pode ser o combustível usado como gerador de energia para a bateria dos carros elétricos. Segundo a Geely, o metanol pode ser uma opção também para a China, como uma forma de eletrificar sua linha de forma mais acessível que partir diretamente para os carros puramente elétricos. A Geely já usa o metanol em alguns dos seus carros na China, usando em uma frota de táxis movidos a metanol, além de usá-los em caminhões e comerciais leves. Segundo o Presidente da Geely, Li Shufu, a Geely já produziu 10 mil automóveis com este tipo de combustível rodando na China. “Continuaremos explorando tecnologias de m

Bentley revela o Continental GT3 Pikes Peak, que deve subir a famosa estrada no dia 27/06

Imagem
A Bentley apresentou oficialmente as primeiras imagens do seu Continental GT3 Pikes Peak. Previsto para subir a famosa estrada no próximo dia 27 de junho, a Bentley apresentou o seu modelo que vai participar do evento. A largada do Continental GT3 Pikes Peak começa em uma altitude de 2,835 metros acima do nível do mar e a chegada está a 4,298 metros na altura do mar, onde o ar é mais denso. O evento ainda é conhecido por trazer inovações na mecânica, onde vários modelos elétricos já foram testados nos últimos anos. No caso da Bentley, a marca apresentou o Continental GT3 com um motor abastecido com combustível renovável, chamada pela marca inglesa de eFuel. O carro ainda conta com uma série de modificações em seu chassi, pacote aerodinâmico e no motor. Falando em motor, ele estreia com o motor 4.0 V8 biturbo que desenvolve 750cv de potência com torque de 101,9kgfm. Para chegar a essa potência, o esportivo inglês ganha novos pistões e bielas para converter a pressão de sobrealiemtnação

Argentina deve desenvolver plano para exportação do hidrogênio dentro de 10 anos

Imagem
A Argentina confirmou um plano de início de exportação de hidrogênio para automóveis dentro de dez anos. O plano prevê que o nosso país vizinho se tornar um dos países fornecedores de hidrogênio. A novidade foi apresentada por meio do Presidente Argentino, Alberto Fernández, durante o “Rumo a uma Estratégia Nacional do Hidrogênio 2030”. Tido como um plano de mobilidade a hidrogênio, Fernández confirmou que a Argentina espera apresentar mais detalhes do projeto dentro de alguns meses. Segundo informações da Agência Telám o presidente confirmou que vai defender uma “política econômica baseada no hidrogênio com amplo potencial”. “A Argentina tem um enorme potencial para a produção de hidrogênio verde, extraído, dessa forma, com auxílio de energia eólica ou solar. A energia limpa e livre de carbono é a energia do futuro. O desenvolvimento de uma política do hidrogênio é, portanto, uma questão com amplo potencial econômico e ambiental para nosso país” , disse Fernández. Com esse investiment

Mazda deve apostar em desenvolver motores movidos a combustíveis sintéticos

Imagem
A Mazda confirmou a sua parceria com a eFuel Alliance, que deve ajudar a desenvolver combustíveis sintéticos e que são menos poluidores A marca japonesa se tornou a primeira a se juntar para criar combustíveis renováveis, como os biocombustíveis e os combustíveis sintéticos. Essa aparece como uma nova opção aos motores elétricos e substitutos dos motores a combustão fóssil. Isso porque a Mazda acredita que os motores a combustão possuem muito a se desenvolver antes de partir para uma eletrificação pura, até porque nem todos os países devem aderir aos carros elétricos. Os combustíveis sintéticos envolveram a fabricação de hidrocarbonetos de combustíveis em fábricas de produtos químicos do dióxido de carbono atmosférico e do hidrogênio. Quando queimados, a mesma quantidade de dióxido de carbono do efeito estufa é emitida para a atmosfera e absorvida por plantas. Esses combustíveis deve fazer com que a proporção de CO2 na composição da atmosfera terrestre não se altera, fazendo com que a

Vídeos Automotivos - Drops #52: A tecnologia dos combustíveis (Interlagos)

Imagem

Audi desenvolve diesel sintético para seus modelos na Europa, a fim de manter os motores a combustão

Imagem
A Audi segue suas tentativas de manter o motor a combustão. Apesar de também apostar nos modelos verdes, a marca aposta no diesel sintético, chamado de e-Diesel. A busca da marca alemã é por combustíveis sintéticos, que diminuíram os índices de emissões de CO2 e retardariam os ditos 100% elétricos, aproveitando ainda a matriz energética em vigor e atendendo à frota de carros de motor a combustão que ainda estão sendo vendidos. A marca construiu uma usina de produção em Laufenburg, Suíça, feita em parceria com empresas locais Ineratec e Energiedienst. O investimento prevê produção de 400 mil litros por ano de diesel sintético. Segundo o chefe de desenvolvimento de produtos sustentáveis da Audi, Reiner Mangold, “no projeto de Laufenburg, graças às novas tecnologias, seremos capazes de produzir o e-Diesel com eficiência em unidades compactas, tornando-a mais econômica. O complexo piloto combina potência, calor e mobilidade, tornando possível armazenar energia renovável”. Embora tenha p

Desde lançamento do C-HR, Toyota não deve mais vender automóveis com motor diesel na Europa

Imagem
A Toyota já começou a mudar seu lineup na Europa a fim de substituir as opções de motor a diesel. Desde o lançamento do C-HR no velho continente que um modelo inédito não conta com opção diesel. Segundo a revista britânica AutoExpress, a Toyota não deve oferecer mais as opções por uma decisão de estratégia de longo prazo, no sentido de priorizar o lançamento de modelos menos poluentes, com uma pegada mais ecológica. "Minha opinião pessoal é de que não devemos lançar novos carros a diesel. Consideramos, há muito tempo, que não venderíamos o C-HR com motor a diesel. Na época, os distribuidores estavam contra a minha decisão. Eles disseram que precisavam de diesel para o mercado. Mas precisávamos seguir a tendência de longo prazo dos veículos ecológicos" , disse Didier Leroy, vice-presidente executivo da marca. Ainda existe alguns modelos que contam com opção de motor diesel, como o Yaris. "Existem algumas versões a diesel oferecidas apenas para frotistas, porque eles pe

Postagens mais visitadas deste blog

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

BYD Dolphin Mini pode ser lançado no Brasil com preço inicial de R$ 89.800 ou R$ 99.800

BYD Dolphin Mini abre regime de pré-venda no Brasil com sinal de R$ 10.000; estreia é dia 28

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Ford diz que foi a Volkswagen que não quis produzir a nova Amarok junto da Ranger

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize