Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Etanol

Nissan terá novidades sobre células de combustível movidas com etanol no Brasil

Imagem
A Nissan parece interessada em desenvolver tecnologias de eletrificação que abasteçam o Brasil nos próximos anos. As medidas visam usar o Etanol como uma fonte de energia para o sistema e-Power. Chamado de SOFC, a tecnologia foi apresentada pela primeira vez em 2016 a bordo de uma unidade do NV200. De acordo com informações, a Célula de Combustível de Óxido Sólido foi testada no Japão pela primeira vez, com a Nissan. Essa células de combustível conseguem uma autonomia de cerca de 600km com apenas 30 litros de Etanol, com um consumo de combustível de até 20km/l. Segundo informações da Nissan, “técnicos acompanham de perto a performance dos dois furgões, que seguem em testes no Japão” , disse Ricardo Abe, Gerente Sênior de Engenharia de Produto da Nissan. Segundo informações, Abe deve participar das próximas etapas do desenvolvimento da tecnologia, com inúmeras vantagens em relação ao uso de hidrogênio. “O conhecimento das instituições brasileiras contribui de forma relevante para uma in

Volkswagen acredita que Brasil pode ter elétricos movidos a Etanol como gerador; Nissan

Imagem
A Volkswagen confirmou que no Brasil, a marca pode apostar em carros movidos a células de hidrogênio movidos a Etanol, no lugar da bateria. A informação foi revelada durante a Live Valor, promovida pelo site Valor Econômico. Na ocasião, o CEO da Volkswagen Brasil e América Latina, Pablo Di Si, falou que esse tipo de tecnologia ainda deve envolver pesquisas para o desenvolvimento como uma solução viável para nosso mercado. "Não é importante só ter o carro elétrico, mas como abastecer. E por que não usar o etanol? A tecnologia não existe hoje, mas temos o etanol e, com pesquisas, podemos [alcançar isso]. Precisamos estudar como transformar esse etanol e abastecer o carro elétrico, mas não só no Brasil, mas nos Estados Unidos, na China” , disse Di Si. O executivo ressaltou que a Volkswagen deve apostar em opções mais rentáveis de acordo com cada mercado e isso tem feito com que a marca alemã tenha mais chances de ampliar a sua eletrificação. Como os elétricos são caros de desenvolver

Nissan e Ipen buscam desenvolver motor elétrico abastecido com gerador a etanol no país

Imagem
A Nissan, em parceria com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), assinaram um convênio para o desenvolvimento de carros híbridos movidos a Etanol. Atualmente o Toyota Corolla Hybrid é o único híbrido do mundo que consegue beber Etanol. A tecnologia, chamada de SOFC pela Nissan, é a grande aposta da montadora japonesa para o Brasil e outros mercados. A ideia é utilizar o Etanol, combustível conhecido por sua menor emissão de CO2 e maior rendimento. Isso faria com que a Nissan substituísse o uso do carro movido a células de hidrogênio, que é mais caro de ser desenvolvido e produzido. Desde 2016 que a Nissan vem desenvolvendo um carro com essa mecânica, com base no e-NV200. Na época, a van usava o Etanol como reagente nas células de combustível. Com a parceria do Ipen, a Nissan espera reduzir a quantidade de equipamentos a bordo do carro, aumentar seu desempenho e reduzir os custos, segundo o próprio Ipen. Na época, a Nissan estudava entrar num mercado onde apenas To

FCA revela mais informações do novo motor 1.3 Firefly Turbo movido somente a Etanol

Imagem
A FCA confirmou o desenvolvimento de um motor puramente movido a etanol no mercado nacional. O motor escolhido foi o 1.3 16v FireFly Turbo, que deve ser vendido com as opções Flex e uma movida somente a etanol, que deve cumprir o papel de motor ecológico da linha. De acordo com a revista Quatro Rodas , que teve mais acesso a detalhes do motor, batizado de E4, que só chega ao mercado após 2022. O motor tem a missão de reduzir a diferença entre o consumo de etanol em relação à gasolina, que hoje é em torno dos 30%. Isso deve fazer com que o consumo de combustível fique melhor com o combustível vegetal, que além de mais barato, entrega mais potência e emite menos emissões. O motor deve partir do motor T4, o 1.3 16v FireFly MultiAir Turbo, mas com algumas mudanças. O E4 deve trazer tecnologias inéditas nos motores, como o conceito de downspeeding. Mirando em tecnologias que otimizem a queima de etanol dentro da câmara de combustão sob alta pressão, permitindo o desejado aumento de taxa

Nissan pode apresenta versão de produção da e-NV200 ou confirmar Kicks e-Power no Salão

Imagem
A Nissan confirmou algumas novidades para o nosso Salão do Automóvel, de São Paulo. A marca japonesa confirmou que deve ir ao evento com foco no futuro da mobilidade e da eletrificação. "A Nissan vai eletrificar o Salão. Vamos mostrar a nossa visão sobre o futuro da mobilidade, o Nissan Intelligent Mobility, e revelar algumas novidades para vocês" , disse Marco Silva, Presidente da Nissan do Brasil. Após confirmar a presença do Leaf no evento, a Nissan ainda deve guardar algumas novidades interessantes para o nosso mercado. A marca pode anunciar uma futura versão híbrida do Kicks com o sistema e-Power. O sistema tem motor elétrico é o mesmo do Leaf, que desenvolve 109cv de potência com torque de 25,8kgfm. Embora pareça estranho, frente a modelos híbridos plug-in como o Volt e o Prius, que podem ser recarregados na tomada, os modelos com tecnologia e-Power não oferecem esta opção. Na prática, é um carro elétrico que precisa de gasolina, embora o consumo seja bastante conti

Toyota Mirai pode ser vendido no Brasil com Etanol no lugar do Hidrogênio, caso testes sejam favoráveis

Imagem
Quem diria que a Toyota deve trazer algumas unidades do Mirai para o mercado brasileiro. Segundo o jornal Estado de São Paulo, algumas unidades virão para o Brasil para testes com objetivo de testar a energia elétrica através da combinação de álcool com oxigênio nas referidas células. A ideia é fazer algo parecido com que a Nissan fez com o NV200 para avaliação da tecnologia. Com o uso de 100% de etanol ou este com mistura de até 55% de água, o que reduz ainda mais os custos de operação do veículo. Aqui, ele deve substituir o uso do hidrogênio pelo etanol e caso der certo, as implicações na mudança seriam enormes, tanto no Brasil como nos EUA. O primeiro seria em termos de custo, que mesmo com o etanol americano, obtido pelo milho, teria uma diferença enorme em relação ao hidrogênio. Caso isso der certo, o Brasil pode se tornar um player no desenvolvimento de carros com células de combustível abastecidas com etanol ao invés de hidrogênio, o que dá ao Brasil a possibilidade de export

Postos de Combustíveis passam a receber Gasolina com 27% de Etanol a partir de hoje!

Imagem
O Brasil começou a receber a gasolina com 27% de Etanol a partir de hoje nos postos do Brasil a fora. O percentual foi aumentando de 25% para 27%, aumentando assim o consumo de todos os carros e gerando uma grande crítica ao uso desse combustível com mais Etanol na Gasolina para os veículos mais velhos, que podem apresentar problemas ou um desgaste mais acentuado se não forem abastecidos com gasolina podium. Essa resolução do aumento de 2% de Etanol na Gasolina foi assinada em reunião no Palácio do Planalto conforme o ministro de minas e energia, Eduardo Braga. O percentual de etanol anidro misturado à gasolina é 25%, o que já é um porcentual elevado, mas em Setembro de 2014, a presidenta Dilma Rousseff sancionou projeto de lei autorizando o aumento do percentual para 27,5%, que não foi aprovado, mas aceitaram os 27%. O que aconteceu? Reduziram o "0,5%" para chegar aos 27%. Quem saiu em defesa do consumidor foi a Anfavea, que ressaltou que o aumento no índice do combustíve

Gasolina com 27% de Etanol deve começar a chegar nos postos de combustível a partir do dia 16!

Imagem
O Brasil deve começar a receber a mijolina gasolina com 27% de Etanol a partir do dia 16 de Março nos postos do Brasil. O percentual foi aumentando de 25% para 27%, aumentando assim o consumo de todos os carros e gerando uma grande crítica ao uso desse combustível com mais Etanol na Gasolina para os veículos mais velhos, que devem apresentar problemas se não forem abastecidos com gasolina podium. Essa resolução do aumento de 2% de Etanol na Gasolina deve ser assinada em breve em reunião no Palácio do Planalto conforme o ministro de minas e energia, Eduardo Braga. Atualmente, o percentual de etanol anidro misturado à gasolina é 25%, o que já é um porcentual elevado, mas em Setembro de 2014, a presidenta Dilma Rousseff sancionou projeto de lei autorizando o aumento do percentual para 27,5%. Entretanto, a viabilidade técnica tem de ser comprovada. O que aconteceu? Reduziram o "0,5%" para chegar aos 27%. E perguntas ficam no ar: isso pode ser ruim para motores mais velhos? Qu

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Opel confirma que deve expandir na América do Sul para três novos países

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Pré-venda do Jeep Compass 80 Anos Edition, reestilizado, esgota 1.000 unidades em 48h

VW confirma que Jetta 1.4 TSI sai de cena e sedã é vendido apenas com versão GLI

Substituto do Volkswagen Passat e Arteon, ID.7, aparece na China com pesada camuflagem

Fiat deve revelar o Progetto 363 a conta-gotas e surgem mais alguns detalhes do SUV

Nova geração do Volkswagen Polo pode ser baseado na plataforma MQB-A00

Surgem novas imagens do Nissan 400Z, que deve fazer sua estreia em breve

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!