Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Plano Estratégico

Land Rover confirma nova plataforma EMA e revela mais detalhes da sua renovação

Imagem
Surgiu novas informações acerca do futuro da Land Rover como uma marca de automóveis elétricos. Depois de confirmar que as novas gerações de Discovery Sport e Range Rover Evoque devem se tornar modelos elétricos a partir de 2024, com a plataforma modular EMA, a marca inglesa revelou um pouco mais da sua plataforma. A base ainda poderá ser usada em carros a combustão, ou seja, ela deve ser bem modular. Desenvolvida do zero, a base deve ser usada para se adaptar aos modelos mais avançados da marca, podendo usar uma série de equipamentos como condução autônoma e ampla conectividade com arquivos em nuvem. De acordo com a Land Rover, para o desenvolvimento da plataforma, a marca disse que seu desenvolvimento faz parte do investimento de 10 bilhões de libras, que devem ser investidos até 2026. A novidade é a imagem que a marca revelou junto com a informação. Nesta imagem estão seis modelos cobertos, indicando que não será apenas Discovery Sport e Range Rover Sport com essa mecânica. Além del

Lamborghini anuncia plano de eletrificação que prevê o primeiro elétrico da marca

Imagem
A Lamborghini confirmou a estreia de um novo plano estratégico para o seu futuro breve. A italiana deve desenvolver um modelo elétrico dentro de alguns anos. Foi o que revelou o plano estratégico chamado de Cor Tauri Management. Este carro esportivo deve representar o quarto modelo da linha, ao lado de esportivos com motores conhecidos, como o V8, V10 e o V12. O carro deve ser produzido na segunda metade da década, sendo apresentado entre 2025 a 2029 e será produzido na unidade de Sant’Agata Bolognese. De acordo com a marca italiana, o carro deve marcar o ponto alto da nova estratégia da marca, sendo projetado inteiramente do zero e com o DNA da marca italiana, contando com um desempenho de alto nível. O carro deve se posicionar como um carro topo de linha no segmento de esportivos, criado exclusivamente com baterias. Há quem acredite que o carro possa ser desenvolvido com baterias de estado sólido, visto a recente parceria que a Volkswagen fechou com a QuantumScape. A Lamborghini aind

BMW confirma que carros elétricos deve chegar a 50% do seu mix de vendas em 2030

Imagem
A BMW confirmou que o seu desenvolvimento de modelos elétricos deve permitir que a marca tenha uma parcela bem grande de vendas de carros elétricos dentro de alguns anos. A meta é que a marca possa ter 50% de aumento das suas vendas em elétricos, entre 2021 a 2025. Com base em sua previsão atual, a marca bávara deve ter 50% das suas vendas globais de modelos puramente elétricos em 2030, onde significativamente deve fazer com que a marca possa ter uma parcela maior na venda de elétricos em alguns países. Atualmente a marca conta com BMW i3, BMW iX3, BMW iX e BMW i4, além do MINI Cooper SE dentro do BMW Group. A marca ainda prepara o desenvolvimento de modelos como o i5 e o i7, assim como um MINI Countryman SE. A partir de 2023, a marca terá um modelo totalmente elétrico disponível em cerca de 90% de seus atuais segmentos de mercado. Isso indica que a BMW deve ter pelo menos um modelo eletrificado dentro do mix de versões dos seus carros, podendo passar a desenvolver mais carros purament

Foton confirma a expansão pelo mercado brasileiro, chegando a 46 concessionárias em 2021

Imagem
A Foton confirmou o seu processo de expansão comercial no mercado brasileiro, que chegar a uma nova fase. Depois de crescer nos últimos dez anos, a empresa pretende ter novas concessionárias e novos modelos à disposição do consumidor. A informação foi revelada junto com a Associação Brasileira de Concessionários Foton Caminhões (ABRAFOTON), que definir um novo plano estratégico da Foton no país. Além da expansão da sua rede para a linha de caminhões Auman, que devem desembarcar no país em 2022, a Foton. “Nosso objetivo principal é sempre a nacionalização, pois assim nos livramos de fatores imprevisíveis como variação cambial e problemas logísticos” , comenta Ricardo Mendonça de Barros, Diretor de Vendas e de Desenvolvimento de Concessionárias da Foton. Mendonça ainda destaca que “a partir do ano que vem a empresa aumentará a produção de caminhões no Brasil e passará a montar aqui os modelos que, por enquanto, estão sendo importados” . A Foton ainda confirmou o aumento na rede de conces

Renault confirma que vai elevar o padrão dos carros no Brasil, mais rentáveis, até 2024

Imagem
A Renault confirmou que deve elevar o valor dos carros vendidos no Brasil. Durante uma conferência com Luca de Meo, CEO da Renault, a marca confirmou que os consumidores brasileiros não podem ter produtos abaixo dos consumidores europeus. Com isso, a marca deve apostar em novos modelos no segmento C, o que deve tornar a Renault mais rentável na região. "Não queremos tratar o Brasil diferente do que tratamos do mercado europeu. Os clientes do Brasil não merecem menos do que fazemos para os europeus. São tempos difíceis, mas temos que melhorar a qualidade dos negócios. Buscamos mercado no Brasil (com modelos mais acessíveis e de alto volume) e isso não foi uma boa ideia, agora temos que elevar o patamar. Temos uma visão cada vez mais clara do que pretendemos fazer em toda a região, em toda América Latina" , destacou de Meo. A Renault deve desenvolver um SUV médio que vai concorrer com Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos, baseado no Dacia Bigster. "Para mim

Nio chega oficialmente na Europa, pela Noruega, com o utilitário esportivo grande ES8

Imagem
A Nio confirmou a sua chegada ao mercado europeu depois de alguns meses de espera e da confirmação de que a marca deveria ser apresentada por lá. A marca estreia na Noruega, onde deve começar a vender um dos seus carros mais caros, o ES8. O utilitário esportivo foi o primeiro carro apresentado pela marca, em 2018. A marca deve estrear por lá em julho, quando a Nio deve permitir o download do aplicativo da marca, podendo agendar test-drives. Em agosto deve começar os testes e em setembro a Nio deve começar as reservas pelo carro. A marca ainda está construindo uma sede na Noruega na capital Oslo e será a primeira sede depois da China. Ainda em setembro, a marca confirmou que deve inaugurar os primeiros Centros de Serviços da Nio e as Estações de Troca de Bateria. Até o final de 2021, serão quatro estações de troca de bateria. Na Noruega também é possível que a marca possa vender seus carros sem as baterias com trocas, podendo vender o modelo com uma bateria única, que deve tornar o carr

Lotus confirma plano estratégico para se tornar uma marca puramente elétrica até 2028

Imagem
A Lotus confirmou novidades para o seu futuro nos próximos anos. A marca de Hethel está por apresentar o seu último automóvel a combustão, o Emira, que deve contar com um design muito próximo ao do Evija, primeiro automóvel elétrico da marca inglesa. Finalmente renovando toda a sua linha, a Lotus deve passar por uma das maiores mudanças nos seus 70 anos de história. Adquirida pela Geely Group, a Lotus já recebeu uma injeção de ânimo que deve permitir a renovação e a mudança da matriz energética dos seus carros. Desenvolvidos pela Lotus Engineering, a Lotus deve passar por notáveis alterações dentro de um futuro próximo. A mudança deve ter três pontos fundamentais: produto, infraestrutura e vendas. Além do Evija e do Emira, a Lotus deve trazer novos produtos nos próximos anos, tendo quatro plataformas que deve equipar os quatro tipos de carros da marca: a Hypercar (base usada no Evija), a Sportcar (base que nasce de uma evolução da arquitetura de alumínio do Evora e que estreia no Emira

Até 2025, BMW quer chegar aos 25% de vendas de elétricos na China; em 2020 foram 4%

Imagem
A BMW confirmou que tem um plano ambicioso para a China dentro de apenas quatro anos. A marca alemã confirmou que quer ter cerca de ¼ das suas vendas de modelos puramente elétricos na China. E essa meta deve ser atingida até 2025, de acordo com informações de Jochen Goller, Presidente-Executivo da BMW, em entrevista à Agência Reuters. A prova de fogo da marca é tão grande que em 2020, as vendas de elétricos na China foram de apenas 4%. O executivo ainda confirmou que a marca deve passar por um processo de aceleração no desenvolvimento de elétricos, o que também já foi confirmado para outras regiões do globo. No entanto, em especial na China, a BMW espera apresentar 12 novos carros até 2023 e a alemã já confirmou que quer ter 50% das suas vendas globais de elétricos puros até 2030. Goller confirmou que a expansão do mercado chinês é primordial para a marca testar se é capaz de atingir tais metas pelo seu tamanho. Na China, a BMW ainda possui uma parceria joint-venture com a Great Wall M

Líder de vendas na Europa, Stellantis deve pisar no acelerador da eletrificação no Velho Continente

Imagem
Concluído o processo de fusão entre FCA e PSA, a Stellantis Group deve focar no desenvolvimento do processo de eletrificação das marcas dos dois ex-grupos. Focando na Europa, o grupo deve eletrificar e pisar no acelerador da eletrificação no Velho Continente, ao ponto de conseguir eletrificar todos os seus carros até 2025, sendo com carros elétricos ou híbridos. Atualmente com 14 marcas, Carlos Tavares, CEO da Stellantis, disse que o grupo possui poucos modelos eletrificados, que podem prejudicar a marca em termos de emissões de poluentes. O problema está com as marcas da FCA, que deixaram a eletrificação de lado. Isso porque a PSA teve uma movimentação que aconteceu bem antes. O número de carros elétricos da Stellantis deve passar de 14% para 2021 para 38% em 2025 e chegar aos 70% em 2030. A eletrificação ainda deve ser melhor implementada em carros maiores como picapes e utilitários esportivos. A Stellantis ainda confirmou que deve apostar em novas plataformas eletrificadas para suas

Polestar confirma que vai zerar emissões de CO2 na atmosfera até meados de 2030

Imagem
A Polestar confirmou que quer fazer com que toda a produção dos seus carros sejam 100% sustentável. Para isso, a marca sueca confirmou que deve zerar a emissão de CO2 na atmosfera até 2030. A marca confirmou que deve apresentar um novo modelo que toda a sua produção e até mesmo desenvolvimento seja neutro de carbono. O processo para os próximos anos deve ser para estar no mesmo nível de grupos como a General Motors e a Ford Motor Company, que também estipularem metas para o carbono neutro na produção dos seus carros. Dentro da Polestar, existe um “Projeto 0”, que deve ser o desenvolvimento de um novo carro do qual ainda não se tem muitas informações. “Somos elétricos e não precisamos de nos preocupar com motores a combustão que produzem emissões tóxicas, mas isso não significa que o nosso trabalho está feito. Agora vamos trabalhar para erradicar todas as emissões decorrentes da produção” , disse Fredrika Klarén, Chefe de Sustentabilidade da Polestar. Para chegar ao carbono neutro na pr

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Imagem
Durante o Power Day, a Volkswagen bombardeou o mundo com as informações do Grupo VAG para os próximos anos. Pretendendo se tornar líder entre os carros elétricos até meados de 2025, a VAG confirmou que investirá US$46 bilhões em eletrificação nos próximos cinco anos e ter capacidade de entregar cerca de 1 milhão de elétricos puros a partir deste ano de 2021. Só neste ano, Volkswagen ID.4, Audi e-tron GT, Skoda Enyaq, Audi Q4 e-tron, Audi Q4 Sportback e-tron, Volkswagen ID.6 e Cupra Born devem começar a serem vendidos ou serão apresentados. Até 2030, o grupo prevê que 60% de suas vendas serão de modelos elétricos, apenas na Europa. O plano prevê que a liderança global em mobilidade elétrica deve partir do pressuposto de quatro pilares: Hardware, Software, Baterias e Carregamento e Serviços de Mobilidade. O plano da eletrificação se baseia em três regiões: Estados Unidos, Europa e China. Por enquanto, a VAG possui as plataformas MEB, PPE e J1, sendo que em 2025 deve ser revelada a base S

MINI confirma que deve ser 100% elétrica em 2030 e último carro a combustão estreia em 2025

Imagem
A MINI confirmou detalhes do seu futuro, que deve mudar a matriz energética de todos os carros da marca nos próximos anos. Essas mudanças devem fazer com que a MINI passe a se tornar uma marca puramente elétrica a partir de 2030, ano que a marca definiu como o último ano em que a MINI deve vender seu último carro movido puramente a combustão. A confirmação foi revelada por Oliver Zipse, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, de que o grupo deve iniciar seu processo de eletrificação que será de forma gradual até o final desta década. A MINI ainda destacou que o último carro puramente a combustão deve ser apresentado em 2025. Como a MINI possui modelos mais ligados ao urbano, a MINI espera que cerca de 50% das suas vendas já sejam de modelos elétricos em 2027. Na próxima geração, o Countryman deve receber uma versão SE, puramente elétrica. O carro deve ser produzido na Alemanha e na China, podendo ser revelado em meados de 2023. O novo Countryman ainda deve estrear uma nova p

Lada dá início ao seu processo de expansão comercial com fábrica no Cazaquistão

Imagem
A Lada deve passar por um processo de expansão da sua presença comercial nos próximos anos. A marca, que deve fazer parte do Plano RENUALuTion, do Grupo Renault, deve receber modelos mais modernos (finalmente) e vai ganhar presença em outros mercados. O processo foi iniciado agora e deve ser finalizado em 2025. De acordo com a AvtoVAZ, foi estabelecido um novo acordo de colaboração industrial com o Allur Group of Companies, aliança que deve colocar a Lada no Cazaquistão. Este é um dos pilares sobre os quais a marca deve se expandir globalmente, saindo um pouco da Rússia. Esse sócio da AvtoVAZ deve produzir um amplo leque de modelos da Lada neste mercado, o que deve permitir que a marca chegue a outros mercados, já que as fábricas da Rússia produzem para o país e alguns outros mercados onde a Lada já está presente. A produção deve ficar localizada na cidade de Kostanái, ao norte do Cazaquistão. A assinatura da fábrica foi realizada em cerimônia, que deve permitir uma maior industrializa

Skoda deve crescer em mercados emergentes na Ásia e Sudeste Asiático, diz executivo

Imagem
O Grupo VAG confirmou que a Skoda deve ganhar mais mercados dentro de alguns anos. A marca tcheca deve receber sinal verde para chegar em outros mercados sendo uma marca mais acessível que a Volkswagen. A Skoda começou esse processo de expansão para novos mercados emergentes a partir da Índia, onde apresentou o Kushaq (acima), primeiro automóvel desenvolvido para aquele mercado. Além da Índia, a Skoda deve chegr em outros mercados do Sudeste Asiático, como Filipinas, Indonésia, Malásia, Tailândia, Vietnã e outros. “Vemos um enorme potencial para crescer nos mercados emergentes. Estamos em muito boas conversações em países como o Vietnam” , destacou Thomas Schäfer, CEO da Skoda. Se a marca fizer sucesso em regiões como o Sudeste Asiático, Rússia e o norte do continente africano, a Skoda pode alcançar uma receita maior dentro de alguns anos. “Agora temos a estratégia correta, o equipamento adequado e os produtos certos para crescer na Índia” , complementou Schäfer. A fábrica da Skoda em

Renault confirma novo logotipo, com linhas clássicas; novo Mégane deve estreá-lo

Imagem
A Renault confirmou a estreia do seu novo logotipo na Europa. O novo logotipo da marca francesa é o mesmo que fez sua estreia no Renault 5 Concept e que deve representar a primeira mudança na sua logomarca desde 1992. O logotipo da marca passa a contar com uma identidade mais retro, que lembra bastante o que vimos em meados de 1972 (foto abaixo). Mantendo o formato de losango, ele possui um estilo 2D feito de duas linhas paralelas, com espaço entre elas. O novo logotipo da marca foi apresentado sem muitos detalhes, ele aparece simplesmente num vídeo do Zoe no YouTube e logo em seguida apareceu nas mídias sociais digitais da marca. De acordo com a Renault, a mudança deve ser gradual até chegar aos carros da marca, começando primeiro nos canais de comunicação e que inicialmente nos carros ele não deve ser aderido. O primeiro carro a contar com o novo logotipo deverá ser o Mégane eVision, que deve ser apresentado dentro de alguns meses. O novo logotipo deve fazer parte do Plano RENAULuTio

Opel confirma que deve expandir na América do Sul para três novos países

Imagem
A Opel deu início ao seu processo de expansão no mercado latino. A marca alemã disse que deve expandir sua presença para alguns países da América Latina. Além do Chile, a Opel confirmou sua estreia no Uruguai em março, onde começou a vender o Crossland X. Se for se basear pelo mesmo lineup do mercado chileno, o Uruguai deve receber ainda Corsa, Grandland X, Combo e Vivaro. Até o final deste mês, a Opel deve chegar a mercados como Equador e Colômbia. Além dos modelos já citados, o Mokka também deve ser oferecido para os consumidores. O que ainda não se sabe é quando a Opel deve chegar a países como Argentina e Brasil, os dois maiores mercados da América do Sul. A PSA diz há algum tempo que existia essa possibilidade, mas isso foi antes da fusão com a FCA. Com cinco fábricas nestes dois países, para a Opel chegar por aqui não seria como importadora, mas sim como uma marca que produz na região – e capacidade para isso a marca tem. Tanto as unidades de El Palomar, na Argentina, como Porto

Cupra se tornará uma marca 100% elétrica dentro dos próximos anos, diz CEO

Imagem
A Cupra confirmou que deve se tornar uma marca puramente elétrica dentro de alguns anos. Ainda recém desvinculada da Seat, a marca Cupra deve seguir diretamente para um processo de eletrificação que deve ser mais ágil que as demais marcas do Grupo VAG. A informação foi confirmada por Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, disse que a Cupra deve se tornar puramente elétrica e a fábrica de Martorell, na Espanha, deve passar por um processo de renovação para se tornar capaz de produzir esse tipo de carro. O novo processo já muda com o lançamento do Born, que deve ser o próximo lançamento da marca esportivo espanhola. O processo deve ser rápido, porque a Cupra conta apenas com o Formentor, que já tem motores híbridos no lineup, ou seja, o processo não deve demorar muito para se tornar realidade. O Formentor possui 4,450 metros de comprimento, 2,680 metros entre os eixos, 1,839 metro de largura e 1,511 metro de altura. O porta-malas possui capacidade de 450 litros. O Formentor possui uma s

Mercedes-Benz acredita que possui muitos carros e versões à disposição do consumidor

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que se preocupa com a quantidade de modelos em linha e com várias versões. Desde o Classe A ao Classe S, a Mercedes possui uma infinidade de modelos que podem acabar até mesmo concorrendo entre si. Isso permite que a marca tenha um leque de modelos que atende a uma maior parcela de consumidores, mas a Mercedes quer diminuir a quantidade de mais de 100 versões em linha, incluindo variedades de motores e carrocerias. Já se tinha confirmado que modelos como cupês e conversíveis devem sair do mercado e isso deve tirar Classe C Coupé, Classe C Cabriolet, Classe E Coupé, Classe E Cabriolet, Classe S Coupé Classe S Cabriolet que estão na berlinda de sair de linha. Destes, a linha Classe S deve contar apenas com o sedã, que inclusive já ganhou uma nova geração no ano passado. De acordo com a Mercedes, mesmo assim o sedã deve contar com uma oferta de modelos que é 86% menor em relação à geração anterior. Agora, o sedã deve ser oferecido com um pacote de opcionais que s

Vazam informações do calendário dos lançamentos globais da Volkswagen para 2021

Imagem
A Volkswagen deixou vazar o seu calendário de lançamentos de 2021, que deve ser composto por algumas novidades. Em conferência na Alemanha, surgiu informações de que a Volks terá, em 2021: o indiano Taigun, o Taos (para América do Norte, Central e do Sul), o Tiguan AllSpace reestilizado (América do Norte, Ásia e Europa), o Nivus na Europa, que será chamado de Taigo, o Teramont e Teramont X reestilizado na China, o Polo reestilizado (para a Europa), o Jetta reestilizado (para a América do Norte) e o T-Roc reestilizado (para a Europa). Essas novidades devem ser apresentadas entre o segundo, terceiro e quarto trimestre de 2021. Alguns desses modelos devemos receber apenas no ano que vem, como o Tiguan, Polo e Jetta reestilizados. Em todos os modelos, além da reestilização, as novidades devem ser acompanhadas por melhorias no acabamento e tecnologia, principalmente em questões relacionadas à conectividade dos carros. Ainda em 2021 ainda deve ser apresentado o novo ciclo de investimentos da

Citroën deve anunciar novo plano estratégico para os mercados emergentes

Imagem
A Citroën confirmou que deve apresentar em breve um novo plano estratégico para o mercado brasileiro. A francesa, que vem passando por um grande processo de renovação, o plano deve prever, além de novos modelos, de expansão da rede de concessionárias, ainda mais agora com a Stellantis. “O plano será orientado para a aceleração comercial, qualidade nos serviços e expansão da rede. O SUV Citroën C4 Cactus, produto alinhado às expectativas do consumidor do país, permanece como destaque da marca entre os veículos de passeio. Já para os comerciais leves, Jumpy e Jumper seguem com suas diferentes versões preparadas para atender as mais diversas necessidades dos empreendedores. E para juntar-se a eles, em pouco tempo a marca apresentará uma linha inédita de produtos com design ousado, muita tecnologia e voltada para o bem-estar das pessoas”, disse a marca ao Autos Segredos. Por aqui, a Citroën deve contar com três projetos. O primeiro deles é o CC21, que deve dar vida ao que chamamos de C2 Ai

Postagens mais visitadas deste blog

Ford apresenta oficialmente a Maverick, que estreia como potencial rival à Fiat Toro

Volkswagen terá baterias de estado sólido e fecha parceria com a QuantumScape

Fiat Uno, Grand Siena e Doblò saem de linha em dezembro; Volkswagen Fox deve ir junto

Ford perdeu US$12 bilhões em oito anos no Brasil e perdia R$10 mil a cada carro vendido

Surgem novidades sobre o design do novo Volkswagen Virtus, que terá Nivus como inspiração

Novas gerações de Land Rover Discovery Sport e Range Rover Evoque serão elétricos em 2024

Renault Master deve ser reestilizado ainda neste ano, com um face-lift de meia-vida do furgão

Audi e-tron GT esgota o primeiro lote de unidades em 24h; entregas serão em setembro

Volvo lança promoção no Brasil, com condições especiais de financiamento e descontos

Jaguar apresenta o reestilizado F-Pace no país, que estreia em quatro versões e parte de R$463.750