Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Plano Estratégico

Kia confirma a vinda do EV9 ao Brasil e define estreia para o primeiro semestre de 2024

Imagem
Kia confirma lançamento do EV9 no Brasil ainda para esse primeiro semestre de 2024; SUV elétrico deve furar a fila e chegar antes mesmo do EV6 A Kia apresentou o EV9 como uma das suas novidades em 2023 e parece que já o prepara para ser vendido aqui na América do Sul, inclusive no Brasil. O SUV grande elétrico é um dos primeiros do mundo a contar com espaço para sete ocupantes e deve vir ao nosso mercado para concorrer com o BYD Tan. Aqui, a Kia já tem uma linha totalmente eletrificado, com produtos híbridos, mas nenhum elétrico. O EV6, que já era para ter sido lançado aqui, deve chegar após a reestilização que receberá neste ano. Com isso, o EV9 pula na frente e será o primeiro elétrico da marca em nosso país, marcando a estreia da linha EV. Maior que um Sorento, o EV9 deve desembarcar em nosso país com a sua versão mais potente, com motor duplo que entrega 384cv e 61,1kgfm (com OverBoost chega aos 71,4kgfm). Em evento de lançamento do EV9 da Kia América Central e do Sul houve a con

Toyota vai em busca de vender 500.000 unidades na América Latina, diz CEO da região

Imagem
Toyota quer vender 500.000 unidades na América Central e do Sul em apenas um ano; marca já teve crescimento de 0,9% em 2023 e se aproxima da meta A Toyota tem um plano para o seu crescimento na região. A marca quer avançar nas vendas na América Central e na América do Sul, onde planos vender 500.000 unidades ao ano. Com o México sendo contabilizado como América do Norte apenas, o ‘América Latina’ conta com todos os países, com exceção do México, que seria o segundo maior mercado da região – atrás só do Brasil. De acordo com Mesahiro Inoue, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe, a marca está na trilha para vender 500 mil unidades na região. Essa teria sido uma meta de Koji Sato, novo CEO da Toyota para a região. Em 2022, a Toyota alcançou a marca de 474.564 unidades, um novo recorde que a japonesa alcançou, depois de ter vendido 385.246 unidades em 2021. Esse ganho na produção se deu principalmente ao Corolla Cross, produzido no Brasil e enviado para mais de 40 mercados vizinho

Honda confirma que é adepta a uma eletrificação mais lenta aos carros elétricos

Imagem
Honda confirma que adesão ao elétrico será lenta por conta da falta de uma melhor infraestrutura, que na Europa não deve ficar pronta até meados de 2040  A Honda, assim como todas as demais marcas japonesas, está dando passos iniciais na chegada de elétricos no portfólio da marca. A marca confirmou que vai apostar em mais veículos elétricos, no entanto a adesão a eles será gradual. Atualmente vende apenas o e EV e o e:Ny1 na Europa, sendo um hatch subcompacto e um SUV compacto elétrico, esse último baseado no HR-V. A marca tem apostado cada vez mais em modelos híbridos, com a chegada de mais veículos da linha e:HEV e e:PHEV. De acordo com o Presidente da Honda Motor Europe, Katsuhisa Okuda, a chegada de elétricos será mais lenta por conta da falta de infraestrutura para esses carros e por isso que a Honda defende uma transição mais lenta. “O ritmo do nosso desenvolvimento de EV é igual ao do desenvolvimento de infraestruturas, em termos de carregamento público. disponibilidade."

Kia confirma que espera produzir 1 milhão de unidades da sua linha comercial PBV até 2030

Imagem
Kia confirma que pretende vender 1.000.000 de unidades ao ano da sua linha de comerciais leves elétricos, chamados pela marca de PBV, até meados de 2030 A Kia recentemente apresentou as primeiras imagens e informações sobre a sua linha de comerciais leves elétricos, que a sul-coreana chama de Purpose-Built Electric Vehicles (PBV) e que começam a ser lançados nos próximos anos. Sabe-se até o momento que serão cerca de quatro produtos que serão lançados, todos puramente elétricos. A Kia não comenta qual será a ordem de lançamentos, mas estima que até meados de 2030 todos já estejam lançados e ajudando a marca em trazer 1.000.000 de unidades adicionais por ano. Os veículos serão produzidos por demanda, permitindo que o consumidor possa adaptar a seu gosto do seu comercial leve de acordo com a sua utilidade. Desenvolvidos a partir de uma plataforma tipo Skate, chamada de ‘eS’, ela será dedicada e exclusiva dos comerciais leves e não será aplicada na linha de automóveis. A fábrica destes

Nos EUA, Chevrolet Trax é visto como sucessor do Cruze, mas não há planos para nós

Imagem
Chevrolet confirma que novo Trax aparece na América do Norte como substituto do Cruze; será que SUV médio pode chegar em outros mercados? Apresentado no final de 2022, a Chevrolet apresentou o Trax como um substituto global do Cruze e Cruze Sport6 como uma opção acessível na América do Norte. Fora de linha desde 2019 nos Estados Unidos, o Cruze só foi substituído pelo Trax três anos depois. A informação foi confirmada por Brad Franz, Diretor de Marketing de Crossovers da Chevrolet disse em uma recente entrevista ao GM Authority, que o Trax foi lançado para fechar um buraco no lineup da marca nos EUA e apostando na fórmula de um SUV. “Demos a notícia do fim do Cruze e o ciclo de vida de nossos produtos é de cinco a seis anos, começando com o planejamento. Percebemos que 'ei, temos um buraco no portfólio, o que vamos fazer?' Há um pouco desse espaço em branco e da migração de carros, então o que podemos fazer? À medida que realmente começamos a nos firmar nessa direção, isso no

Honda começa a se mexer em busca de novos parceiros para produzir mais elétricos

Imagem
Honda confirma que vai investir no aumento da produção de baterias para elétricos em parceria com a GS Yuasa e a Taiwan Semiconductor Manufacturing Co A Honda confirmou que vai aumentar suas capacidades de firmar parceria para o desenvolvimento de uma nova linha de automóveis elétricos, o que é mais que necessário para a chegada destes novos produtos. A produção vai garantir que a japonesa tenha contatos com fornecedores diretos que vai contribuir com a sua cadeira de suprimentos. Tanto que a empresa negociou com duas empresas uma parceria para fornecimento de componentes. A primeira delas é a GS Yuasa e a segunda é a Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. (TSMC). De acordo com o Nikkei Asia , a primeira relação, da Honda com a GS Yuasa, permite que a Honda tenha baterias para seus modelos elétricos. A relação entre as duas empresas prevê o fornecimento de baterias de íons de lítio para veículos elétricos no Japão. O investimento na parceria foi de 434,1 bilhões de ienes, auxiliado p

Subaru confirma quatro novos elétricos entre 2026 a 2028, que serão feitos no Japão

Imagem
Subaru vai desenvolver novos veículos elétricos com a chegada de quatro novidades até meados de 2028; todos devem ser utilitários esportivos, diz marca Depois do Solterra, a Subaru deve continuar desenvolvendo novos produtos elétricos, confirmou a marca em comunicado. O desenvolvimento de novos elétricos vai acontecer nos próximos anos, quando a marca terá quatro novos utilitários esportivos puramente elétricos que vão fazer uma companhia ao primeiro elétrico da marca, apresentado em 2021. A informação foi confirmada pelo CEO da Subaru, Atsuki Osaki, que antes era Chefe de Qualidade da marca. A produção de elétricos será na fábrica de Yajima, próximo de Tóquio, no Japão. Os primeiros elétricos serão produzidos em 2026 na unidade, enquanto a fábrica de Oizumi, também no Japão, vai começar a produzir elétricos em 2027, de acordo com informações reveladas pelo Automotive News . Cada uma das fábricas possui capacidade de produzir 200.000 unidades ao ano, além de continuar produzindo mode

CEO da Alfa Romeo confirma que estuda produzir elétricos nos Estados Unidos

Imagem
Alfa Romeo não descarta produzir elétricos nos Estados Unidos pela primeira vez em 113 anos de existência da marca italiana, destaca CEO durante entrevista A Alfa Romeo em toda a sua história sempre foi uma marca muito tradicional às suas origens italianas. Tanto, que a marca nunca produziu em alguns mercados que são considerados estratégicos para o crescimento de uma empresa, como os Estados Unidos e a China. No entanto, isso pode mudar de acordo com o novo plano estratégico de reestruturação da Stellantis, que prevê que suas marcas precisam expandir não só em vendas, mas também em mercados. Recentemente, o CEO da marca, Jean-Philippe Imparato, confirmou detalhes dessa expansão. De acordo com o executivo, a italiana poderia passar a produzir nos Estados Unidos. Ainda em estudos, a ida da Alfa Romeo para produzir nos EUA pode acontecer com a chegada de elétricos no lineup. O Stelvio de nova geração, por exemplo, já nasce como um produto puramente elétrico. A chegada da Alfa com uma p

Aston Martin confirma oito lançamentos no período que vai de 2023 até o final de 2025

Imagem
Aston Martin confirma que terá oito lançamentos no ciclo 2023-2025, com uma renovação quase completa do portfólio; DB12 foi a primeira novidade  A Aston Martin confirmou que nos próximos anos já tem um plano bem definido de quantos produtos vai apresentar ao mundo. No ciclo entre 2023-2025, a marca inglesa apresentará um total de oito novidades, praticamente com uma renovação completa do portfólio atual. As primeiras novidades vieram com o DB12, que antecipa muito do que veremos nos futuros carros da marca. A informação desse novo ciclo foi confirmado pelo próprio Presidente da Aston Martin, Lawrence Stroll, durante a cúpula do Futuro do Carro, evento do Financial Times. “É como ver a tinta secar ou a grama crescer, mas depois de três anos temos nossa próxima geração de carros esportivos e lançaremos oito nos próximos 24 meses. Traremos novas tecnologias, teremos o desempenho de nossa equipe de F1 integrado ao negócio e daremos continuidade ao grande luxo [dos carros de hoje].” , dis

Fora desde 2017, GM confirma retorno para a Europa, possivelmente com Chevrolet e Cadillac

Imagem
General Motors vai voltar a ter presença na Europa, mas dessa vez com Chevrolet e Cadillac, que terão vendas iniciadas com elétricos em países nórdicos Desde que vendeu Opel e Vauxhall para a antiga PSA (hoje Stellantis, após a fusão com a FCA), a General Motors (GM) voltará para a Europa com modelos 100% elétricos, que vão atuar como importados em mercados específicos, inicialmente. O grupo norte-americano confirmou que vai começar sua presença em mercados nórdicos, que são os principais consumidores de veículos elétricos na Europa. Por lá, as marcas Chevrolet e Cadillac são as marcas com maior potencial de sucesso. Isso porque a GMC vende produtos considerados muito grandes para os consumidores europeus e a Buick não possui muitos veículos eletrificados até o momento, mas pode ir depois. Com isso, Chevrolet e Cadillac entram como as principais marcas a desembarcar no Velho Continente. A informação foi confirmada pelo Presidente da GM Europa, Jaclyn McQuaid, em entrevista ao Automot

Lexus quer desenvolver um rival elétrico para Porsche Taycan, com um sedã cupê em 2026

Imagem
Lexus prepara o desenvolvimento de um sedã cupê esportivo e puramente elétrico que vai concorrer diretamente com o Porsche Taycan que chega até 2026 A Lexus parece que está desenvolvendo um novo sedã esportivo, que será apresentado até meados de 2026. A novidade será criada mirando no sucesso do Porsche Taycan, com um sedã cupê elétrico e esportivo que será apresentado nos próximos anos. A informação foi confirmada pelo plano estratégico em conjunto com a Toyota, que prevê a estreia de dez novos produtos que serão lançados no período 2024-2026. Os detalhes foram confirmados em uma coletiva de imprensa que confirmou as novidades. Dentro de dois anos, sabe-se que a Lexus apresentará três veículos, a maioria deles eletrificados e muito provavelmente com um motor elétrico. Até que surgiu a foto abaixo. Aparece a silhueta de três novos produtos que são desconhecidos e todos eles são modelos da Lexus. Porque os demais foram todos nomeados como Toyota. Tanto que aparece dois SUVs conceituai

Mitsubishi confirma seis produtos que serão lançados no futuro breve, nos próximos meses

Imagem
Depois de confirmar seu plano estratégico Challenge 2025, Mitsubishi confirma lançamento de seis produtos que vão estrear em breve no mundo A Mitsubishi apresentou as primeiras informações do seu plano estratégico Challenge 2025, anunciado no ano passado. Nos próximos meses, a marca vai apresentar novos produtos que vão ser lançados em mercados asiáticos, mas com alguns produtos que devem ser globais. Em uma das imagens, a marca confirmou que nos próximos meses vai apresentar seis produtos, sendo o Delica Mini, Colt e ASX, já apresentados, além da nova geração da Triton e um inédito SUV compacto, baseado no XFC Concept, apresentado em 2022. Além desses dois, a marca japonesa vai apresentar uma nova opção de motor para a Xander, com um conjunto híbrido (HEV). Esse deve ser um período cheio de novidades para a marca, com produtos que serão lançados na Europa, graças ao apoio da Renault, por conta da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. As novas gerações de Colt e ASX, por exemplo, são pr

Seat terá um destino selado até 2030 e pode se transformar em marca de mobilidade urbana

Imagem
Coexistência de Seat e Cupra segue como um problema para a Volkswagen resolver; Seat pode se transformar em marca focada em mobilidade, para se manter viva Faz alguns meses que existe uma grande nuvem carregada sobre a Seat, que tem um futuro bem incerto dentro do Volkswagen AG (VAG). Desde a ascensão da Cupra como uma divisão esportiva da Seat para uma marca esportiva independente, a VAG possui um problema para resolver com a coexistência de ambas. Sabe-se que muitos veículos da Seat são, hoje, absorvidos gradativamente pela Cupra, inclusive com versões mais acessíveis (como aconteceu recentemente com o caso do Cupra Ateca, que ganha motor 1.5 TSI, veja aqui). Com um futuro incerto na linha, os alemães da Volkswagen já definiram que não podem manter as duas marcas coexistindo – pelo menos não da maneira que está hoje. Os rumores mais fortes apontam para que a velha Seat se torne uma marca de mobilidade urbana, apostando em soluções elétricas acessíveis, como um concorrente para o Re

Smart abriu rodada de financiamentos de até US$ 300 milhões para garantir novos produtos

Imagem
Smart lança plano de financiamento para arrecadar cerca de US$ 250 a US$ 300 milhões, com liderança da Tianqi Lithium, que investirá US$ 150 milhões na marca A Smart recentemente passou a ser uma marca dividida igualmente entre a Mercedes-Benz Group e a Geely Group, apostando em uma nova gama de produtos que passou a ter as mãos da Geely, com a chegada de dois utilitários esportivos na marca, com o #1 e o #3. Esses dois novos modelos são elétricos e aumentam um lineup que era limitado apenas ao ForTwo, que segue à venda em mercados como a Europa – enquanto o ForFour já saiu de cena. Para financiar a marca, a Smart confirmou que está lançando uma nova rodada de investimentos de marcas interessadas, a fim de arrecadar cerca de US$ 250 milhões a US$ 300 milhões para garantir novos produtos na sua linha. A rodada de investimentos foi liderada pela Tianqi Lithium, empresa chinesa de mineração. A empresa liderou os investimentos com US$ 150 milhões em capital na marca sino-alemã. Tanto a M

Crescem os rumores da vinda da Cadillac ao Brasil nos próximos anos, com elétricos

Imagem
GM pode trazer a Cadillac ao Brasil como forma de aumentar lucratividade com produtos premium, mercado que a norte-americano não tem presença aqui Muita gente confunde General Motors (GM) com Chevrolet no Brasil. Isso acontece porque a GM possui apenas a Chevrolet no Brasil. Mas a GM é um grupo, assim como a Stellantis é. Por ser um grupo, ela possui marcas, como a Chevrolet, GMC, Buick, Cadillac e a BrightDrop. Ao mesmo tempo, a GM estuda a vinda de uma nova marca ao nosso mercado com a Cadillac. A clássica marca premium norte-americana pode aterrissar oficialmente em nosso país como uma forma de aumentar a lucratividade com produtos de valor agregado. E não é de hoje que existem rumores sobre a vinda da Cadillac ao Brasil. Especialmente com a gama de elétricos da marca, que vem crescendo rapidamente. Com elétricos, a GM poderia facilitar a vinda da marca, por não ter muita homologação dos motores a combustão. Com o mercado premium tendo cerca de 150.000 unidades vendidas ao ano, a

McLaren revela primeiras imagens teaser de um futuro da marca, com nova filosofia de design

Imagem
McLaren provoca primeiras imagens teaser de um novo esportivo que será apresentado em alguns anos que antecipa a nova filosofia de design da marca A McLaren apresentou as primeiras imagens teaser de um novo esportivo que será apresentado dentro de alguns meses ou anos. A novidade vai ser a responsável por trazer a nova identidade visual da marca em termos de design. Junto com a imagem da novidade, a marca apresentou as primeiras imagens que mostraram as antigas identidades visuais da inglesa, até chegarmos aos atuais esportivos da empresa. Em evolução desde o lançamento do 12C, primeiro McLaren da marca desde o icônico F1. Junto com a nova imagem de perfil, a McLaren apresentou cinco novos conceitos que vão fazer parte dos seus novos carros. De acordo com Tobias Sühlmann, Chefe de Design da McLaren, a nova identidade visual será chamada de ‘Performance by Design’, que vai solucionar as críticas ao design dos carros da marca, visto por muitos como mais do mesmo, por ser sempre visto c

Ford espera crescer 30% no Brasil com a renovação completa de lineup nos últimos anos

Imagem
Com renovação de quase todo lineup, Ford espera crescer 30% e recuperar mercado para esquecer abandono da produção local no mercado brasileiro  Com a chegada da nova geração da Ranger no Brasil, a Ford parece que tem um lineup quase completamente renovado em nosso mercado – a chegada do novo Mustang encerra seu ciclo de renovação completa no país. Este começou ainda em 2021, logo após anunciar sua saída da produção nacional e informar investimentos pesados na fábrica de General Pacheco, na Argentina. Naquele ano, a Ford anunciou a chegada do Bronco Sport, Transit e preparava novidades para 2022 e 2023. O lançamento mais esperado, claro, seria a nova geração da Ranger, que desembarcou aqui ano passado com uma mudança importante que a recoloca como uma das principais picapes médias do país. De acordo com Daniel Justo, Presidente da Ford na América do Sul, diz que a picape tem um papel muito promissor na região. Sua chegada vai ser o pontapé inicial para a marca norte-americana retomar

Nio venderá as marcas Alps e Firefly na Europa, com preços na casa dos 30 mil euros

Imagem
Apostando em mercado premium, Nio confirma que marcas Alps e Firefly vão ser vendidas na Europa, com elétricos abaixo dos 30.000 euros Enquanto algumas marcas nascem primeiro no mercado mais generalista e partem para produtos mais premium, o caso da Nio é exatamente o oposto. A marca nasceu com uma proposta mais premium e agora quer se aventurar em um mercado mais generalista, com duas marcas: a Alps e a Firefly, que já estão em desenvolvimento. Ambas já rodam com protótipos e vão aparecer dentro de alguns anos. O objetivo é ajudar na expansão global da Nio com a chegada de elétricos mais acessíveis. Além da China, a Nio também olha para mercados como a Europa, que vem recebendo uma série de marcas chinesas com uma boa receptividade, apesar de toda desconfiança. Tanto a Alps como a Firefly já foram confirmadas para chegar na Europa e vão vender produtos elétricos mais acessíveis. De acordo com o Presidente da Nio, William Li, em entrevista para a revista alemã Der S Piegel que um do

Qiyuan é a nova marca da Changan na China e eclipsa marca que estava em desenvolvimento

Imagem
Zhuge, que estava em desenvolvimento pela Changan, morre antes mesmo de estrear com a chegada da Qiyuan, que atuará entre Changan, Shenlan e Avatr A Changan reviu seus projetos e matou uma marca que ainda estava em fase embrionária de desenvolvimento. Trata-se da Zhuge, que tinha sido confirmada há quase um ano na China e que foi apresentada como nova marca ao grupo, ao lado da Changan, Shenlan (Deepal) e Avatr. Isso porque com a revisão do seu planejamento, nasce uma nova marca, chamada de Qiyuan, que eclipsa a Zhuge como se fosse uma nova estrela que ofuscasse completamente o brilho da outra – além de ter engolido a Zhuge. Isso acontece porque a Qiyuan terá três linhas de produtos diferentes e a linha da Zhuge será uma das linhas chamadas de ‘E0’, que vai atuar junto com as linhas ‘A’ e ‘Q’. No seu planejamento, a Qiyuan confirmou, logo de cara, quatro produtos que serão lançados – sendo três deles de origem Changan: A05, A06 e Q05. O A07 está em desenvolvimento pela Qiyuan e será

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Toyota registra imagens de patente de câmbio manual que simula de 14 marchas no USPTO

Chevrolet lança a nova S10 no Brasil, que traz atualizações importantes e parte de R$ 247.860

BMW lança promoção adicional para iX1 e iX no Brasil até o próximo dia 31 de maio

Honda lança promoção no Brasil com ZR-V, que pode ser encontrado por R$ 199.900

Ford tem desconto de R$ 17 mil para a Ranger; Maverick, Bronco Sport e Transit tem promoção

Volkswagen apresenta as primeiras imagens teaser de um possível Golf GTI Edition 50

Chery reajusta o preço do Tiggo 5X em R$ 1.000 e Tiggo 7 Sport pode receber primeiro aumento

Peugeot apresenta a reestilização do 208 na Europa, que ganha opção de motor híbrido

MINI revela imagens teaser do desenvolvimento da condução com uso de óculos VR