Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Plano Estratégico

Hyundai revela seu plano Hydrogen Vision 2040, que vai trazer novos veículos a hidrogênio

Imagem
A Hyundai confirmou detalhes do seu plano de carros movidos a hidrogênio, chamado de Hydrogen Vision 2040, um roteiro de como a marca vai continuar apostando na tecnologia nas próximas décadas. Além do desenvolvimento, a marca confirmou que vai estudar novas tecnologias para tentar fazer o hidrogênio se tornar mais rentável, tanto em autonomia como em questão de custo. Assim, a marca vai ter outros modelos para além do Nexo, único modelo que usa esse tipo de combustível atualmente e vendido em alguns poucos mercados. A Hyundai Motor Group destacou que vai criar um novo sistema de células de combustível com o hidrogênio como protagonista. O desenvolvimento de carros FCEV começou a ser estudado pela Hyundai em 1998 e foram anos de estudos e desenvolvimentos até a chegada do Nexo. O grupo confirmou que as células de hidrogênio vão ser usadas em modelos de turismo e comerciais leves, além de poder ser usado em carros de alto desempenho. O Hydrogen Vision 2040 deve levar em conta que o grup

Ioniq revela nova imagem teaser da sua futura linha de elétricos e Ioniq 7 aparece melhor

Imagem
A Ioniq revelou uma nova imagem do seu lineup para 2023, quando a marca de elétricos da Hyundai terá três modelos: Ioniq 5, Ioniq 6 e Ioniq 7. A marca revelou a primeira imagem mais nítida do Ioniq 7, que será um utilitário esportivo com espaço para sete lugares e com linhas que são bem futuristas. Apesar de ser apresentado em 2023, suas vendas começam em meados de 2024, ou seja, o carro deve ser apresentado meio de 2023 em diante no segundo semestre. O carro terá faróis interligados horizontalmente na parte superior e mais abaixo terá faróis principais em linhas verticais, nas extremidades do para-choque dianteiro. Além disso, o elétrico vai ter uma linha bem aerodinâmica da coluna A e uma linha mais ascendente da linha das janelas, especialmente quando próximo da coluna D. O Ioniq 7 será desenvolvido sobre a plataforma modular E-GMP, com um sistema elétrico de 800V que permite um carregamento em estações de carga rápida de até 350kW. O SUV ainda vai ter autonomia de cerca de 480km e

Grupo Hyundai deve ter toda a sua linha de veículos eletrificada na Europa até 2035

Imagem
A Hyundai Group definiu uma data máxima para manter os motores a combustão em suas marcas na Europa. Contando com Hyundai, Kia, Genesis e Ioniq, o grupo deve manter os motores a combustão até 2035 no Velho Continente. Destes, apenas a Ioniq já é uma marca 100% elétrica por já ter nascido assim. As outras três marcas devem passar por esse processo de eletrificação que deve ser mais avançado nos próximos anos. Além disso, o grupo sul-coreano também planeja ser livre de carbono até 2045, principalmente com seus carros elétricos e movidos a células de hidrogênio. A Europa será o primeiro continente do grupo no mundo a passar por essa alteração. O anuncio foi aconteceu no Salão do Automóvel de Munique, na Alemanha. O grupo tem como meta, até 2040, torna-se puramente elétrica na maioria dos países onde atua, ou seja, além da Europa, o grupo já tem planos para outras regiões. Até o final de 2030, 30% das suas vendas globais já serão de carros elétricos. O Nexo deve seguir como um dos poucos c

Genesis revela imagem que mostra sua linha até 2030, com oito novos carros elétricos

Imagem
A Genesis confirmou mais detalhes da sua eletrificação para os próximos anos. Atualmente entre os carros elétricos, a marca possui o G80 Electric e o GV60, apresentado recentemente. A marca vem trabalhando para se tornar puramente elétrica, assim como outras marcas premium já tem feito. Até meados de 2025, a Genesis confirmou que terá toda a sua gama de carros elétricos ou com motor a células de hidrogênio. A Genesis também almeja chegar à emissão zero de carbono até meados de 2030 e até o final da década confirmou que vai apostar em oito novos carros elétricos, além de almejar vender 400 mil unidades anuais. “Na Genesis, design é marca e marca é design. Nossa nova arquitetura integrará tecnologias audaciosas com designs de tirar o fôlego, proporcionando experiências sinceras orientadas para os detalhes. O atendimento caloroso e requintado será nosso diferencial.” , destacou Luc Donckerwolke, Diretor de Criação da Genesis em uma apresentação junto com o Chefe Global da Genesis, Jay Cha

DS confirma eletrificação completa até 2024 e revela um pouco dos seus planos futuros

Imagem
A DS confirmou que vai se tornar uma marca puramente elétrica dentro de poucos anos. A marca será a primeira dentro da Stellantis que vai ser totalmente elétrica, já em 2024. Desmembrada da Citroën desde 2015, quando ganhou status de marca, a DS passou por uma rápida eletrificação depois de passar por um período de renovação de portfólio, com o fim de DS 3, DS 4 e DS 5 para os novos DS 7 Crossback, DS 3 Crossback, DS 9 e DS 4 atuais. A marca conseguiu fazer com que sua linha fosse eletrificada antes do tempo. A previsão era que a marca premium pudesse se tornar elétrica apenas em 2027, ou seja, a meta foi diminuída em três anos. Todos os carros da marca já contavam com pelo menos uma versão eletrificada desde 2019. Nos próximos meses, a DS vai apresentar a versão elétrica do novo DS 4 e vai apostar numa nova geração do DS 7 Crossback, que já pode ser lançado como um elétrico. O mesmo vai acontecer com o DS 9, que recebe a versão elétrica em breve. Hoje, apenas o DS 3 Crossback possui e

Até o final de 2022, line-up da Ford pode quase duplicar com a chegada de novos modelos

Imagem
Depois que deixou de ser uma marca de automóveis com produção nacional, a Ford passou por uma extensa mudança em seus planos. Apesar em 2021, a Ford perdeu Ka, Ka Sedan, EcoSport e Edge, restando apenas Mustang, Ranger e Territory do lineup antigo. Em contrapartida, apresentou o Bronco Sport, mas mesmo assim o saldo segue bastante negativo. Isso porque a Ford perdeu em três anos outros modelos como Fiesta, Fiesta Sedan, Focus, Focus Fastback e Fusion. Até o final de 2022, a Ford deve receber três novos modelos, quase dobrando o lineup que tem hoje. A chegada de Transit, Maverick e Mustang Mach-E devem ajudar a marca a se reerguer no mercado. Corre por fora ainda as chances de o Escape vir ao Brasil com motor híbrido. A Transit será a próxima novidade da marca no país. Fora de linha desde 2014, a van marca o retorno da Transit ao segmento de vans/furgões, onde é líder na Europa. Com produção CKD no Uruguai, o modelo virá com opções de carroceria furgão, cabine-chassi e van. Já a Maveric

Mercedes-Benz confirma que deve reduzir quantidade de motores pela metade até 2025

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que vai diminuir a quantidade de motores em linha dentro de quatro anos. Com as regras de emissões de poluentes cada vez mais rígidas, em meados de 2025 o mercado europeu deve passar pelo Euro7, que deve apertar ainda mais os motores a combustão. Para isso, a Mercedes-Benz confirmou que vai diminuir a quantidade de motores a combustão em linha. Em entrevista ao Autocar , Markus Schäfe, COO da Mercedes-Benz, disse que a marca deve reduzir pela metade a quantidade de opções de motores a combustão na metade desta década. "Iremos reduzir o número de variantes dos motores, por conta do Euro 7, em cerca de 50%" , disse o executivo. Uma das novidades deve ser o fim do motor V8 em favor de um motor de quatro cilindros turbo. A marca também confirmou que vai criar um sistema de diagnóstico que analisa o motor o tempo todo até 241.400km. As soluções devem fazer com que a marca alemã consiga implementar uma lista de motores que deseja manter em linha, descartan

Lotus revela teaser dos seus quatro novos lançamentos que serão apresentados até 2026

Imagem
A Lotus confirmou algumas informações sobre o seu futuro e uma imagem que mostra os próximos carros da marca, que estão em desenvolvimento. Depois do Evija e do Emira, a Lotus confirmou que terá quatro novos modelos em cinco anos, sendo que a marca britânica terá seu primeiro automóvel puramente elétrico de larga escala em meados de 2026. Uma nova sede em Wuhan, na China, a Lotus deve transferir a sua sede da Inglaterra para a China em 2024, depois da marca ser adquirida pela Geely. A Lotus confirmou que "nas áreas de baterias e gerenciamento de energia, motores elétricos, sistemas de controle eletrônico, direção inteligente, manufatura inteligente e muito mais" . O primeiro carro deve ser apresentado em 2022 e será o primeiro utilitário esportivo da marca. Conhecido internamente como Type 132, o carro será um SUV do segmento E, concorrendo com modelos como Tesla Model X. Em 2023 estreia um sedã cupê de quatro portas conhecido como Type 133. O modelo será criado para concorre

Volkswagen deve mudar abordagem para vender elétricos na China, destaca CEO da marca

Imagem
A Volkswagen confirmou que deve mudar a sua estratégia de vender carros elétricos na China. Depois de ver as vendas patinarem por lá, a empresa deve mudar o seu foco, de acordo com o CEO da Volkswagen, Herbert Diess. Vendendo apenas 18.285 unidades no primeiro semestre de 2021, a marca tem vendido abaixo do esperado e ascendeu um sinal de alerta para a marca alemã – que é líder de vendas por lá. A dupla de modelos ID.4, que na China tem as opções X e Crozz, dependendo da joint-venture, ficaram abaixo das 8.000 unidades até o final de junho, vendendo menos que antigos elétricos da própria Volkswagen. Só na China, a Volkswagen esperava vender entre 80 a 100 mil unidades da linha ID, o que não aconteceu. Para chegar a essa meta até o final de 2021, a Volkswagen teria que dobrar os volumes de vendas. "As vendas estão aumentando, mas requer foco e abordagens diferentes, já que os clientes dos veículos elétricos são muito mais jovens e diferentes da nossa base de clientes que temos com

RAM confirma vinda da 3500, remodelação da rede e comemora crescimento no Brasil

Imagem
A RAM confirmou a chegada de um novo modelo que deve ser lançado no Brasil ainda em 2021. O modelo foi antecipado por uma imagem teaser, acima, que confirma que é a 3500. “Como grandiosidade está no nosso sangue, posso garantir que essa nova picape trará maior capacidade de carga e reboque, mais torque e potência e vai dar show também em acabamento premium e tecnologia” , afirma Breno Kamei, diretor da Ram para a América do Sul. A picape possui capacidade de rebocar cerca de 17.000kg ou reboque de até 10.432kg. Ela deve ser equipada com o motor 6.7 Cummins Turbo Diesel, de seis cilindros em linha, que deve desenvolver 426cv de potência com torque de 148,3kgfm, acoplado ao câmbio automático de 8 marchas. Nos EUA, ela é vendida nas versões LongHorn, Limited e Laramie. O que mais chama atenção na RAM 3500 deve ser o rodado duplo no eixo traseiro, assim como um caminhão. A picape ainda deve precisar de motoristas habilitados com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de categoria C. De sér

Lancia confirma que deve oferecer só modelos elétricos a partir de 2026, diz CEO

Imagem
Depois de revelar parte de seus planos até o primeiro semestre de 2023 e marcas como a Fiat, Lancia, Chrysler e RAM não terem novidades até lá, se acredita que algumas marcas da Stellantis terão novidades só a partir do segundo semestre de 2023. Uma dessas marcas é a Lancia, que terá seus primeiros automóveis eletrificados em meados de 2024. Antes disso, a marca deve passar por uma reestruturação e expansão dentro da Europa, depois de se limitar apenas a Europa. Segundo Luca Napolitano, CEO da Lancia, a marca desenvolve um ambicioso plano de retornar aos principais mercados europeus. Esse plano prevê que a marca tenha mais automóveis na linha que vão além do Ypsilon. O primeiro eletrificado da Lancia será apresentado em 2024, possivelmente já sendo um modelo elétrico. Até 2026, todos os carros da marca italiana devem ser 100% elétricos. Isso nos faz entender que o Ypsilon pode ser mantido até meados de 2024 e deve ser substituído por essa quarta geração, que terá base na plataforma CMP

Nova geração do Lexus RX deve ser apresentado em 2022; plano estratégico revela segredos

Imagem
A Lexus já desenvolve uma nova geração do RX, que deve ser apresentada em meados de 2022 no exterior. Um dos maiores SUVs da marca premium japonesa deve receber a sua quinta geração no segundo semestre de 2022. O SUV deve seguir os mesmos passos da nova geração do NX, será completamente renovado e deve fazer o uso da plataforma modular TNGA, que nesse caso poderá ser a TNGA-K. De acordo com o Automotive News , o novo RX deve trazer um sistema híbrido ainda mais aprimorado, assim como ficará mais seguro com novos sistemas de segurança e assistência à condução. O novo RX ainda deve receber mais tecnologia embarcada, com uma nova geração da central multimídia, com quadro de instrumentos com tela 100% digital, além de uma central multimídia com conectividade com Android Auto, Apple CarPlay, atualização Over-The-Air, carregador wireless e outros. Na mecânica, ele deve estrear um novo motor 2.5 Hybrid, podendo ser o mesmo do Toyota RAV4 Prime, que usa dois motores elétricos. Dentro da imagem

Jeep confirma que seu primeiro veículo elétrico estreia no primeiro semestre de 2023

Imagem
A Jeep confirmou que seu primeiro automóvel elétrico deve ser apresentado dentro de dois anos, em 2023. A Jeep deve se unir com DS e Alfa Romeo com planos para elétricos dentro dos próximos anos. No entanto, diferente das outras duas marcas, a Jeep deve ser a primeira a apresentar um elétrico. A Stellantis confirmou que dentro de dois anos deve apostar em 11 elétricos e 9 modelos híbridos plug-in, sendo que a Jeep deve ter parcela nesses modelos. O elétrico da Jeep será revelado no primeiro semestre de 2023 e que tudo indica que ele seja ou a versão de produção do Wrangler Magneto Concept ou o “Junior”, que deve ser um SUV subcompacto que pode ser apresentado como um veículo puramente elétrico na Europa. Em seu investimento de modelos elétricos, a Jeep confirmou que deve investir 165 milhões de euros na fábrica de Tychy, na Polônia, onde esse SUV subcompacto elétrico pode ser produzido. O investimento deve fazer com que a Stellantis produza eletrificados na unidade. Já o Wrangler 4xe E

Alfa Romeo deve se tornar puramente elétrica em 2027; primeiro elétrico surge em 2024

Imagem
Depois de retirar de linha todos os seus automóveis mais envelhecidos, como Mito, Giulietta e 4C, a Alfa Romeo conta apenas com Giulia e Stelvio em linha. Com um pesado investimento da Stellantis, a Alfa Romeo deve se tornar elétrica por completo até meados de 2027, visto que atualmente a marca não possui nenhum modelo eletrificado. Isso deve mudar já em 2022, com o lançamento do Tonale, que terá uma opção de motor híbrido. O novo SUV deve ser apresentado com a mesma plataforma dos irmãos existentes, a Giorgio. Dentro do cronograma da marca, ainda não se tem informações de um Alfa elétrico a não ser que seja o GTV, que pode se tornar um sedã cupê para concorrer com o BMW i4. O modelo deve ser desenvolvido sobre a plataforma modular STLA Large, que foi desenvolvida inicialmente para automóveis da Peugeot e será adaptada para a Alfa Romeo. Essa plataforma deve permitir que o sedã tenha uma autonomia de até 800km e o desenvolvimento da base está sendo em conjunto com a Nidec e os francese

DS confirma que todo lineup terá uma opção com motor puramente elétrico já em 2024

Imagem
A DS Automobiles confirmou que vai se tornar uma marca puramente elétrica dentro de poucos anos. Dentro da Stellantis, a DS destacou que será puramente elétrica a partir de três anos. Até 2024, todo o lineup terá versões puramente elétricas. Atualmente, a DS conta apenas com o DS 3 Crossback E-Tense. A marca já é 100% eletrificada com a linha atual, que conta com o DS 7 Crossback, DS 3 Crossback, DS 9 e DS 4 Crossback sempre com uma versão híbrida. Além o DS 3 Crossback é o único elétrico, ou seja, os outros três modelos terão este tipo de motorização em três anos. A informação foi confirmada por Jules Tiltone, Diretor Geral da DS no Reino Unido. Ao anunciar a informação, a DS ainda confirmou que chegou a uma margem de lucro de 11,4%. “Tem sido um momento turbulento para a indústria automobilística, mas é genial ver as equipes da Stellantis unindo-se para oferecer um resultado tão fantástico. Também anunciamos que a partir de 2024 todos os modelos novos da DS serão lançados somente com

Great Wall Poer tem chances de ser o primeiro veículo da marca a ser vendido no Brasil

Imagem
Depois de uma série de publicações num perfil da Great Wall no Instagram que era falso, a marca chinesa está bem próxima de anunciar sua chegada no Brasil. Com o desenvolvimento do seu plano estratégico para o Brasil e a região, a marca deve finalizar esse plano em setembro. Por aqui, a picape Poer pode ser o veículo de estreia da chinesa que deve concorrer com picapes médias como Toyota Hilux, Chevrolet S10 e Ford Ranger. Primeiramente, a Great Wall deve fazer a sua estreia como importadora, depois passando a produzir na unidade de Iracemápolis (SP), que foi adquirida da Mercedes-Benz. Mas essa produção deve demorar. Até o momento, a Great Wall ainda confirmou que debate a aquisição da unidade fabril no interior de São Paulo, mas tudo indica que ela possa ter sido adquirida. A Great Wall pode destacar parte dos seus planos ainda neste ano, indicando o início das operações em países onde não atua e também sobre a fábrica. A picape teve as primeiras imagens de patente registradas no Bra

Até 2024, JAC quer ser marca 100% elétrica no Brasil, mas não abandona "térmicos"

Imagem
A JAC confirmou que quer se tornar uma marca puramente elétrica no Brasil dentro de três anos. A chinesa pode ser a primeira montadora a ter apenas elétricos em seu lineup, isso se a Volvo não fizer isso antes. A informação da eletrificação total da JAC foi dada por Sergio Habib, Presidente da JAC no país, para a revista Autoesporte. Isso indica que, a cada lançamento da marca, o carro pode ter versões a gasolina e a diesel, enquanto os comerciais leves devem passar a ser puramente elétricos. A JAC tem como objetivo, ainda em 2021, vender 400 unidades de elétricos. A marca confirmou ainda que não deve deixar de vender os modelos a combustão (chamados de térmicos por Habib) porque os carros elétricos ainda não possuem incentivo suficiente para serem atrativos. Mesmo assim, a empresa deve manter sua eletrificação para o restante da linha. Atualmente, a linha de elétricos da JAC é representada por modelos como e-JS1, iEV20, iEV40, e-JS4, iEV330P, iEV750V e iEV1200T. “Empresas que rodam me

Stellantis confirma que Dodge terá seu primeiro modelo híbrido em 2022 e pode ser o Hornet

Imagem
A Dodge revelou informações que deve apresentar um novo utilitário esportivo, que deve ser um esportivo verdadeiramente. O modelo é conhecido como Hornet e deve ser o substituto do Journey. A diferença é que o modelo deve ser menor, com espaço para cinco ocupantes. Este modelo deve ser apresentado em 2022 e será um híbrido, primeiro eletrificado da Dodge. A informação foi confirmada por conta de uma imagem que mostra os planos da Stellantis nos próximos dois anos. O Dodge Hornet deve ser primo do Alfa Romeo Tonale e também deve ser produzido na Europa. O Dodge Hornet deve ser o primo ainda mais invocado do Alfa Romeo Tonale. Ele deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma do Jeep Compass, a Small Wide 4x4. O modelo da Dodge deve ser construído junto do Tonale, ou seja, ele vai ser produzido na unidade de Pomigliano D’Arco, na Itália. O SUV da Dodge deve ser equipado com o motor 2.0 Turbo da família Hurricane que desenvolve 272cv de potência e 40,7kgfm de torque, acoplado sempre ao c

Lamborghini revela um pouco mais do seu plano estratégico de atuação entre 2022 a 2025

Imagem
A Lamborghini confirmou que deve investir bastante em novidades dentro dos próximos anos. A empresa italiana deve apresentar mudanças nos próximos anos. Por meio de Stephan Winkelmann, CEO da Lamborghini, detalhou os passos da marca para os próximos anos. Já em 2022, a “Lambo” confirmou que deve apresentar novas versões baseadas em Huracán e Urus, que devem ser apresentados. A versão do Huracán pode ser uma versão mais insana ou uma nova versão de competição do superesportivo. Informações dão conta que pode ser uma versão derivada do Super Trofeo Omoloata. No caso do Urus, trata-se da reestilização do SUV, que deve ser apresentado no ano que vem, possivelmente com o sobrenome “Evo”. É também com essa mudança que o Urus pode receber uma opção mecânica híbrida. O sucessor do Aventador deve ser apresentado no ano seguinte, em 2023. O modelo terá um novo motor V12 e terá uma versão híbrida. A italiana confirmou que deve apostar em materiais mais leves para tentar compensar o peso extra das

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Blazer de sete lugares é registrado na Argentina; SUV já foi cotado para o Brasil

Subaru apresenta a nova geração do WRX, que estreia com motor 2.4 Boxer de 275cv

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Chery antecipa lançamento do Arrizo 6 Plus para outubro e ganha primeiro teaser

Ford Bronco Raptor pode acabar usando o motor 3.0 V6 EcoBoost de 406cv de potência

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Novo Opel Astra elétrico será apresentado em 2023, com o mesmo motor do Corsa-e

Volkswagen confirma chegada da atualização remota OTA para ID.3 e ID.4 na Europa

BMW quebra recorde histórico de vendas no Brasil em agosto, com 1.517 unidades vendidas

Wuling terá versão alongada do Hongguang Mini EV na China e surge imagens em patente