Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Aston Martin

Importados, abril de 2022: vendas caem 7,7% no primeiro quadrimestre; Volvo e Chery lideram

Imagem
A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores – Abeifa, confirmou que o mês de abril respondeu por 5.033 unidades vendidas. Foram 1.500 importadas e 3.533 veículos de produção nacional, o que representa que o mês de abril teve um aumento de 2,5% em relação ao mês de março de 2022, quando foram comercializadas 4.911 unidades. Comparado a abril de 2021, a redução é de 14,1%, quando foram vendidas 5.856 veículos. Levando em conta apenas os importados, foram 1.500 unidades vendidas, o que significa alta de 3,3% ante as 1.452 unidades de março de 2022 e redução de 33,2% ante abril de 2021. Entre os modelos de produção nacional, abril registrou 3.533 unidades, um aumento de vendas foi de 2,1% ante as 3.459 unidades do mês anterior e redução de 2,1% em relação a abril de 2021. Com esse desempenho de abril, as marcas associadas à Abeifa fecharam o primeiro quadrimestre com total de 19.304 unidades licenciadas, queda de 7,7% em relação ao primeiro quadr

Aston Martin confirma que quer vender 10.000 unidades ao ano até 2025 e ser rentável

Imagem
Mais ativa nos últimos anos e com a estreia de novidades, a Aston Martin quer voltar a ser lucrativa e expandir seus mercados e crescer no mercado. De acordo com informações, a marca quer aumentar suas vendas apostando em novos modelos e também na personalização dos seus carros. De acordo com Lawrence Stroll, Presidente da Aston Martin, a marca tem um plano de aproximar sua gestão ao o que a Ferrari tem feito ultimamente. Tendo a Mercedes-Benz como braço direito, a Aston Martin trabalha na sua eletrificação e recentemente confirmou que quer vender apenas elétricos a partir de 2030. Tobias Moers, CEO da Alfa Romeo, será encarregado de aumentar a lucratividade da marca. “Quando entrei, a empresa era dominada pela fabricação em vez de liderada pela engenharia, o que para um negócio de luxo automotivo é insano. Em uma empresa desse porte, você precisa do máximo de flexibilidade e agilidade.” , destacou Moers em entrevista para a Agência Reuters. Desde a chegada do executivo na marca ingles

Aston Martin lança plano estratégico Racing Green, prevê híbrido para 2024 e EV em 2025

Imagem
A Aston Martin apresentou oficialmente as primeiras informações do seu plano estratégico, chamado de Racing Green. De acordo com a Aston Martin, a marca deve começar a pôr em prática seu plano a partir de 2024, com um modelo híbrido que chega em dois anos. Já o primeiro elétrico deve ser apresentado em meados de 2025, tendo uma gama totalmente elétrica a partir de 2030. Para isso, a Aston Martin vai lançar o híbrido plug-in em 2024 e não há informação de um elétrico a partir de 2025, mas pode ser um substituto do DB11 (um possível DB12?) ou até mesmo um substituto do Vantage. Esse modelo pode ser mais um ‘Powered by Mercedes’, com uma plataforma modular EVA2, a mesma do Mercedes-Benz EQS. Até 2026, a Aston Martin confirmou que vai apresentar uma gama completa de modelos eletrificados, com carros híbridos. A Aston Martin ainda confirmou que será parceira da Science Based Targets (SBTi), se alinhando com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Além de eletrificar toda a linha

Importados, março de 2022: vendas caem quase 17% em relação ao mesmo período do ano passado

Imagem
O ranking dos modelos importados fecharam o mês de março de 2022 com 1.452 unidades de modelos importados, o que representa uma queda de 32,9%. Em relação ao mês de fevereiro, houve um crescimento de 20,9%. No acumulado do ano, a queda é de 35,4%, com 3.887 unidades contra as 6.017 unidades vendidas. Entre os modelos importados mas cuja as marcas produzem nacionalmente, as vendas foram de 3.458 unidades em março, queda de 1,4% em relação ao mês anterior e uma queda de 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, no acumulado do ano, as vendas cresceram 13,9%, chegando a 10.297 unidades. Juntos, importados e nacionais, foram 4.910 unidades, das quais 1.452 importadas e 3.458 veículos de produção nacional, anotaram em março último aumento em suas vendas de 4,3% ante fevereiro de 2022, quando foram comercializadas 4.707 unidades. Comparado a março de 2021, no entanto, a queda é de 16,7%: 4.910 unidades contra 5.891 veículos. O ranking das marcas, Kia, Porsche e Volvo fecha

Aston Martin vai desenvolver novo esportivo com motor V8 híbrido, de 843cv, para 2025

Imagem
A Aston Martin já desenvolve um novo superesportivo que deve ser lançado dentro de alguns anos na Europa. O modelo a ser base do novo modelo será o Vanquish Vision Concept, apresentado no Salão do Automóvel de Genebra de 2019. O novo modelo é chamado de ‘nível básico’, de acordo com Tobias Moers, CEO da empresa. O carro, no entanto, não chega antes de 2025. De acordo com informações do site Autocar, o novo modelo deve usar o motor V8 biturbo da Mercedes-AMG, que vai trabalhar junto de um motor elétrico. O Vanquish usará uma configuração mais mansa do motor, que vai desenvolver cerca de 638cv, junto de um motor elétrico que pode fazer com que o motor entregue 841cv. O motor é o mesmo do AMG GT 4-doors 63 E-Performance, o 4.0 V8 biturbo que desenvolve 843cv e torque de 142,7kgfm. O carro possui um gerador de arranque que é aciona por correia que entrega 14cv. Ele é equipado com o mesmo motor 4.0 V8 biturbo que desenvolve 639cv com um torque de 91,4kgfm, acoplado ao câmbio automático de 9

Aston Martin traz ao Brasil o Vantage com a série especial F1 Edition por R$ 2,322 milhões

Imagem
Além dos novos Vantage, DBX, DB11 e DBS Superleggera, a Aston Martin também vai vender o Vantage F1 Edition no Brasil, uma série especial que está à disposição dos consumidores brasileiros por US$ 500 milhões, equivalente a R$ 2,322 milhões. Ele fica logo acima do Vantage V8, vendido por US$ 430.000 (cerca de R$ 2,008 milhões. A série especial é uma homenagem a categoria principal do automobilismo, a Fórmula 1, onde a Aston Martin voltou a ser uma equipe em 2021, quando a série foi apresentada na Europa. Ano passado também, a Aston Martin participou em algumas corridas como Safety Car, que é bem parecido com o modelo das imagens, da série especial. O modelo que foi usado como Safety Car trouxe mudanças no chassi, ganhando um novo acerto da suspensão e na direção, a fim de aumentar a precisão durante a condução. Essas novidades chegam na F1 Edition. A série especial é vendida apenas na cor Aston Martin Racing Green, como o Safety Car, mas também em Lunar White ou Jet Black. Visualmente,

Cumprindo função de topo de linha, Aston Martin DBS chega ao Brasil por R$ 4,8 milhões

Imagem
A Aston Martin também passa a vender em nosso mercado o DBS, o modelo mais caro da marca em linha. Aqui, ele será vendido por US$ 950.000, que dá R$ 4,8 milhões. Aqui ele estreia primeiro como cupê, mas a versão conversível Volante também deve estar nos planos – e chega depois, mas sem preços revelados. Substituto do Vanquish, o novo DBS é um hiperesportivo que segue a identidade visual inaugurada pelo DB11. Ele traz grade dianteira em formato bem avantajada e novo conjunto de faróis e lanternas com novo design, com assinatura em LED em ‘C’, tendo ainda entradas de ar menores nas extremidades do para-choque dianteiro e além do e capô ser mais proeminente. Ele ainda possui saídas de ar no capô, que é bem vincado. Nas laterais, ele traz novos vincos e tem entradas de ar no para-lama dianteiro. O arco das janelas parece com o do DB11, tendo maçanetas retráteis. O desenho da carroceria é maior que do DB11. Na traseira, o carro possui lanternas horizontais, que possui um acabamento em preto

Aston Martin lança o DB11 no Brasil, que chega por R$ 3,3 milhões e com motor de 510cv

Imagem
Com estoque de Vantage e DBX, a Aston Martin também vai vender os modelos DB11 e DBS. Aqui, o DB11 chega ao mercado brasileiro com preço inicial de US$ 650 milhões, cerca de R$ 3,3 milhões. A marca não revelou os preços do DB11 Volante, que é a versão conversível do DB11. No design, o DB11 também impressiona, sendo um dos responsáveis por trazer a atual face-family da marca de superesportivos ingleses, mas que mantém a tradicional grade dianteira e uma carroceria mais musculosa. Na dianteira, além da tradicional carroceria, ele possui novo formato dos faróis, que possui LEDs diurnos em ‘C’ e uma entrada de ar inferior com uma entrada inferior. O capô traz linhas musculosas e bem vincadas, além de ser bem longo. Falando nisso, quando comparado com o DB9, o novo Aston é mais longo, largo, baixo e tem maior distância entre eixos. Com excelente distribuição de peso, seus 1.760kg estão presentes em 51% na parte traseira. Visto de lateral, o superesportivo possui linhas bem aerodinâmicas, co

Aston Martin inaugura oficialmente sua nova concessionária no Brasil, em São Paulo

Imagem
A Aston Martin voltou oficialmente no final do ano passado, quando começou a vender Vantage e DBX. A marca estreou agora a sua primeira concessionária no Brasil. A nova loja está localizada no bairro Itaim Bibi, em São Paulo (SP). Trazida pela UK Motors, joint-venture entre a Eurobike e a Sttugart, a Aston Martin estreia sua loja com uma missão de vender de 30 a 40 modelos por ano. “Estamos começando uma nova fase na história da Aston Martin no Brasil. Anunciamos a representação oficial há exatamente um ano, em 16 de março de 2021, e já tivemos pedidos de clientes. Com a abertura da Aston Martin São Paulo, a marca reafirma sua confiança e ganha ainda mais força no mercado brasileiro de carros esportivos e de luxo. Todo Aston Martin carrega uma aura de tradição, desempenho e muita classe. Esses atributos ficarão ainda mais claros agora, com a abertura deste espaço concebido sob medida para os clientes vivenciarem tudo o que um Aston Martin pode oferecer” , disse Henry Visconde, Presiden

Aston Martin apresenta o início da despedida do motor V12 com a estreia do Vantage V12

Imagem
Depois de uma espera desde o final do ano passado, o Aston Martin Vantage recebeu a opção de motor V12, que marcará a despedida do motor ao superesportivo. Este ainda se torna o Vantage V12 mais potente já desenvolvido, sendo equipado com o 5.2 V12 biturbo que desenvolve 700cv de potência e torque de 76,7kgfm, acoplado a um câmbio automático com conversor de torque de 8 marchas, da ZF. Com esse conjunto, o cupê britânico acelera de 0 a 100km/h em 3,5 segundos e chega a velocidade máxima de 322km/h. Esse motor V12 ainda ajudou a Aston Martin a fazer com que o Vantage tenha uma melhor distribuição de peso/potência em relação ao motor V8, em cerca de 20%. Pesando 1.795kg, o carro teve uma diminuição do seu peso por conta de uma série de componentes mais leves e feitos em fibra de carbono, como para-choque dianteiro e traseiro, capô, arcos das caixas de rodas e sais laterais. Essa redução de peso ainda foi sentida por conta de uma bateria mais leve e um novo sistema de escape, que ganhou u

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior