Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Autoescola

BYD apresenta o e3, elétrico, com câmbio manual na China, exclusivo para autoescolas

Imagem
A BYD apresentou na China uma versão do e3 com câmbio manual. Elétrico, o sedã compacto da marca chinesa deve ser oferecido para as autoescolas. O sedã foi desenvolvido com câmbio manual e embreagem, como um carro a combustão convencional. Na China, existe as habilitações C1 e C2, sendo que a C2 é a habilitação em carros automáticos e a C1 em manuais, que é a mais procura por ser mais completa. Para isso, a BYD desenvolveu a versão manual do e3 e o carro conta com um mecanismo de troca de marcha que imita uma caixa de câmbio manual de 5 marchas. O sedã ainda foi desenvolvido com um freio de estacionamento por alavanca, mecânico. Como se trata de um carro de auto escola, o modelo possui um pedal de freio para o instrutor, além de um botão adicional para buzina e espelhos especiais. O sedã já conta com a pintura original nas colunas e no teto, marrom no capô, tampa do porta-malas e parte superior das portas e amarelo para para-choque e parte inferior das portas. O e3 Autoescola possui um

Postagens mais visitadas deste blog

BYD comemora mês recorde de vendas no Brasil, graças ao resultado de vendas do T3

Retrômobilismo#80: Botinha ortopédica? Fiat Uno tem mais de 30 anos de boas histórias - Parte 02!

Fiat Pulse tem as primeiras imagens do seu interior revelado antes da sua estreia

Xpeng apresenta a reestilização do G3 na China, que recebe a nova identidade visual da chinesa

Mercedes-Benz revela as primeiras imagens teaser do EQE, que estreia no Salão de Munique

Toyota Aqua ganha segunda geração no Japão, que estreia com ótimo consumo de 35,8km/l

Toyota e Panasonic devem trabalhar para reduzir custo das baterias em joint-venture PPES

Chevrolet já vende a linha 2022 de Cruze e Cruze Sport6, que chega ao país por R$120.680

Novo Volkswagen Lamando é registrado em imagens de patentes, na China, com design polêmico

CAOA ganha ação sobre a Hyundai e renova parceria por mais 10 anos a operação de importados