Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Reciclagem

Bentley passa a usar plástico reciclado nos seus plásticos em embalagens de peças e logística

Imagem
A Bentley se credenciou ao Net Zero Plastic to Nature do Polo Sul após se envolver em uma avaliação bem-sucedida de gestão de resíduos. Para refletir as iniciativas ambientais em andamento da empresa e é uma parte fundamental da estratégia Beyond100 da Bentley para alcançar a neutralidade de carbono de ponta a ponta até 2030. A marca vai passar a trazer um plástico em suas embalagens logísticas, proteção veicular e embalagens pós-venda foi analisada por especialistas independentes baseados na Suíça na organização do Polo Sul. A avaliação aprofundada cobriu tudo, desde embalagens de peças macroplásticas operacionais usadas em logística e fabricação, até o descarte de proteção plástica a jusante em concessionárias globais. Também avaliou as emissões de microplásticos da abrasão dos pneus como parte da logística e do ciclo de vida do produto, identificando uma pegada plástica total de 165,4 toneladas. De acordo com a marca, ela vai apostar no desenvolvimento de projetos especializados de

BMW deve trabalhar na reciclagem de baterias na China, em joint-venture com a Brilliance

Imagem
A BMW confirmou que vai conseguir reciclar baterias na China, em parceria com a Brilliance. As duas empresas, que possuem uma joint-venture, fecharam o estabelecimento de um ciclo fechado para reciclagem de materiais importantes para baterias de carros elétricos. Isso deve fazer com que materiais das baterias poderão ser reciclados. O sistema criado pelas duas marcas prevê que as baterias possam ser rastreadas e recicladas no fim do seu ciclo de vida útil. Segundo a BMW, a codificação usada permite rastrear baterias em toda a cadeia de valor, desde o veículo em testes iniciais até carros que já estão no mercado. A empresa alemã vai operar as baterias recicladas com empilhadeiras em suas fábricas BBA. No caso das baterias, será possível reciclar componentes como o níquel, lítio e cobalto para a produção de novas células de baterias. Além de baterias em fim de ciclo útil de vida, a BMW vai aceitar baterias de veículos de desenvolvimento, sistemas de teste e rejeições de produção. O ciclo

Buscando neutralização do carbono, Audi vai usar vidro reciclado no Q4 e-tron futuramente

Imagem
A Audi confirmou que participa de um projeto piloto para colocar nas janelas dos seus carros, uma tecnologia de reciclagem de vidro. Esse projeto deve ajudar a marca a economizar toneladas de CO2 na produção dos carros. O projeto leva em conta primeiro a produção do Q4 e-tron, que será o primeiro a receber os vidros reciclados. A Audi terá uma parceria com indústrias com a Reiling Glas Recycling, Saint-Gobain Glass e Saint-Gobain Sekurit, em um projeto que ainda é piloto e que vai determinar o uso e viabilidade do vidro nas janelas. “Nosso objetivo é usar materiais secundários em todos os lugares em que for tecnicamente possível e economicamente razoável fazê-lo. Estamos trabalhando na introdução de materiais aos quais temos acesso direto em circuitos fechados. Até agora, por exemplo, vidros de carros antigos não estão sendo usados para produzir novos vidros de carros. Queremos mudar isso.” , disse Marco Philippi, Chefe de Estratégia de Compras. A reciclagem de vidro danificado signifi

BMW investe em fibras naturais para fabricar componentes e rodas terão alumínio reciclado

Imagem
A BMW Group confirmou o desenvolvimento de materiais recicláveis para a composição dos seus carros. O grupo alemão confirmou que vai focar na produção sustentável com componentes feitos de materiais naturais. A BMW i Ventures, empresa de capital de risco do grupo, adquiriu a Bcomp, fabricante Suíça líder de peças de alto desempenho feitos de fibras naturais. As peças reforçadas e naturais da Bcomp foram usadas pela primeira vez pela equipe BMW M Motorsport na Fórmula E em 2019. Em seguida foi a vez dos carros de turismo da DTM substituírem componentes de fibra de carbono reforçados com resina plástica (CFRP) pelas peças de fibras naturais. Inspirada nas nervuras das folhas, as peças desenvolvidas pela Bcomp maximizam a rigidez com peso mínimo. Isso permite uma diminuição na quantidade de material base utilizado, reduzindo assim o peso, custos e consumo na produção. Além da peça, camada adicional de reforço, feita de fibras de linho, dão um acabamento refinado à peça. A combinação dos d

BMW investe R$ 3,4 milhões em reciclagem de baterias no Brasil com a Tupy e o Senai

Imagem
A BMW confirmou que já trabalha aqui no Brasil para ter um centro de reciclagem de baterias para seus carros elétricos. O projeto será realizado em parceria com a BMW, a Tupy e o Senai Paraná firmaram uma parceria inédita. Cada uma dos três terá conhecimentos específicos para os estudos, cada um dentro da sua área de atuação. A Tupy, dentro da frente da Tupy Tech, tem dedicado seu conhecimento em materiais, metalurgia e processamento de geometrias complexas ao desenvolvimento de tecnologias que contribuam com a jornada de descarbonização dos clientes. Com isso, a empresa espera trabalhar com a reciclagem das baterias por hidrometalurgia, um processo que é mais sustentável que a tradicional pirometalurgia, mais utilizada atualmente. A hidrometalurgia envolve uma quantidade menor de emissão de gases de efeito e menor necessidade de extração de minerais pelos meios tradicionais de mineração. Já o Senai Paraná vai ser o responsável por executor do projeto de pesquisa e responsável pelas at

Mercedes-Benz planeja que 40% dos seus novos carros possuam materiais recicláveis

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que vai desenvolver uma série de mudanças em seus carros durante o seu processo de eletrificação. Além de passar a fazer carros com motores elétricos, a Mercedes quer fazer com que seus veículos com componentes que provém de materiais reciclados, a fim de atingir a sua meta de ser neutra em carbono até 2039. Cerca de 40% dos seus modelos contarão com materiais reciclados. “Nossa visão é transformar toda a nossa cadeia de valor em um ciclo tão fechado quanto possível. Nossos veículos de produção em série já contêm um grande número de materiais reciclados. Nos próximos dez anos, aumentaremos a participação de matérias-primas secundárias em nossa frota de carros de passeio para uma média de 40%” , disse Markus Schäfer, Diretor de Tecnologia da Mercedes. Isso deve fazer com que a Mercedes-Benz siga os passos de marcas como a Volvo e MINI, que já confirmaram que vão abolir o uso de materiais em couro. Os materiais substitutos que vão aparecer nos carros serão mater

Ford começa a reciclar plásticos dos oceanos para confeccionar bancos do Bronco Sport

Imagem
A Ford é mais uma das marcas que começaram a promover mudanças na confecção dos seus bancos no mercado global. Focando em uso de materiais mais recicláveis, a Ford confirmou que vai passar a oferecer tecidos sintéticos no lugar do couro, visto que a criação de gado em larga escala também impacta em emissões de carbono no meio ambiente. A marca vai usar plástico reciclado que é retirado do fundo dos oceanos no Bronco Sport. Ele será o primeiro carro do oval azul a contar com esse novo padrão de bancos, usando materiais plásticos em pequena escala e com náilon a partir dos plásticos que são despejados nos mares e reciclados. No Bronco Sport, o carro contará ainda com clipes usados para guiar os chicotes elétricos dos airbags laterais de cortina, com clipes que ficam presos nas laterais dos bancos traseiros e pesam cerca de 5 gramas, mas que são tão resistentes quanto muito material plástico feito com petróleo puro. Os materiais reciclados são coletados no Oceano Índico e no Mar da Arábia

Volvo confirma que seus carros não terão mais bancos em couro de origem animal até 2030

Imagem
A Volvo confirmou que o C40 Recharge Electric será o primeiro elétrico (e consequentemente o primeiro automóvel) da marca sueca a vir com novos bancos com couro sintético no acabamento. Ele será o primeiro automóvel da Volvo a não vir com um banco em couro de origem animal. Além de ser uma mudança de padrão para os elétricos da marca, isso deve ser expandido para os automóveis híbridos e a combustão. A decisão está ligada com os novos padrões da Volvo de se tornar uma marca mais sustentável. A Volvo confirmou que o couro que estará em seus carros não será de origem até 2030, quando a Volvo passar a vender apenas elétricos. O couro usado atualmente pela Volvo será substituído por materiais sustentáveis de alta qualidade oriundos de itens reciclados e naturais. Usando a matéria-prima Nordico, que consiste em materiais reciclados de garrafas PET, materiais biológicos de florestas sustentáveis da Suécia e Finlândia. Rolhas de vinho também são alguns dos materiais usados pela Volvo. A marca

Ford já pensa em reciclagem de baterias dos elétricos em parceria com a Redwood Materials

Imagem
A Ford confirmou que já trabalha pensando para a reciclagem das baterias dos seus carros elétricos. Contando com o seu primeiro modelo puramente elétrico, o Mustang Mach-E, substituir as baterias do SUV que possuem garantia, em média, de oito a dez anos, dependendo de cada marca. Em parceria com a empresa Redwood Materials, ela tem o objetivo de incorporar materiais reciclados às baterias de veículos elétricos, diminuindo o custo de produção das baterias e diminuindo a necessidade de importar matérias-primas. De acordo com informações com Lisa Drake, Chefe de Operações da Ford América do Norte, a Ford está criando um ciclo para receber as baterias daqui alguns anos com o propósito de reduzir os custos de fabricação. Assim, os componentes vão ser reutilizados ao fim do ciclo de vida útil da bateria. De acordo com informações com a Redwood Materials, cerca de 95% do níquel, cobalto, lítio e cobre podem ser recuperados. Folhas de cobre e materiais de cátodo ativo vão ser usados para a pro

Postagens mais visitadas deste blog

Única Lamborghini Aventador Ultimae no Brasil está à venda, mas por R$ 8,7 milhões

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Jeep Commander vai receber dupla de motores maiores, com o 2.0 Turbo e o 2.2 Turbo Diesel

Jeep já vende o novo Renegade com descontos para consumidores com CNPJ em até R$ 13.063