Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2020

Terceira geração do Dacia Duster deve ser apresentada em 2024, com plataforma CMF-B

Imagem
A Renault mal apresentou a segunda geração do Duster no mercado brasileiro e lá fora já se fala em... uma terceira geração. Na Europa, a Dacia confirmou que o novo Duster deve ser apresentado por lá em 2024. Apresentado em 2017 na segunda geração, o modelo chegou bem atrasado em nosso mercado. Foram quase três anos de espera pela chegada da segunda geração, que não deve demorar muito para receber uma reestilização, o que deve acontecer em meados de 2021. A razão da pressa do desenvolvimento dessa terceira geração tem muito a ver com a redução do custo para a Renault, que pretende migrar para a plataforma modular CMF-B, que deve reduzir os custos de produção e ainda deve permitir ao Duster, o uso de uma versão híbrida. A informação foi revelada pela revista L’Argus , que entrevistou Marc Suss, Diretor do Programa de Acesso Global do Grupo Renault, durante o lançamento dos novos Dacia Sandero e Logan. A vida mais curta dessa segunda geração é mais pelo lado da plataforma, a velha B0. Des

Chery já desenvolve uma nova bateria para o subcompacto eQ1, que terá autonomia maior

Imagem
A Chery já confirmou que deve desenvolver novidades para o eQ1 na China. O subcompacto elétrico da marca deve receber uma nova bateria ainda neste ano, que deve permitir que ele alcance a marca de 400km com apenas uma carga, um número muito bom para um carro do seu tamanho, com pouco espaço no assoalho para baterias maiores. O modelo atual já possui uma bateria que entrega 301km de autonomia, no ciclo NEDC. Apresentado em 2017 na China e com presença no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018, o hatch foi reestilizado no ano passado. Desde então, mais de 150 mil unidades do eQ1 já foram vendidas na China. Vendido como um elétrico, o pequeno hatch recebe um face-lift que traz novidades com um novo para-choque dianteiro, além de novo layout dos faróis e uma grade dianteira redesenhada. Na traseira, as mudanças são mais sutis e trazem LEDs nas lanternas, que receberam ainda um acabamento escurecido e o para-choque recebe pequenos ajustes. No interior, as novidades ficam por conta de um pa

Hyundai Kona Electric bate recorde de vendas e puxa novo recorde para a Hyundai

Imagem
A Hyundai comemorou o recorde de vendas de modelos eletrificados globalmente. A marca sul-coreana chegou a 8.418 unidades vendidas, aumento de 40,1% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Com esse volume, a Hyundai já cresceu 16,2% no ano, chegando a 142.223 unidades de carros eletrificados no ano. Isso representa quase 6% das vendas totais de carros eletrificados no mundo em 2020. O resultado foi puxado especialmente pelo Kona Electric, que representou 7.050 unidades vendidas apenas em setembro e 42.678 unidades no acumulado de 2020. Além dele, o Ioniq representou por 1.368 unidades vendidas no mundo no mês passado, entre as versões híbridas e a puramente elétrica. No ano, já foram 17.557 unidades do Ioniq vendidas. Isso representa 60.235 unidades apenas da dupla, sem contar ainda com as vendas (restritas) do Nexo e dos demais modelos híbridos da Hyundai. No caso do modelo movido a hidrogênio, o Nexo emplacou 512 unidades em setembro, sendo que ele já chega a 5.274 uni

Tesla aumenta a autonomia do Model X; SUV pode ter recebido mesmas mudanças do Model S

Imagem
A Tesla segue aperfeiçoando os seus carros nos Estados Unidos. Por lá, a marca apresentou novidades para o seu primeiro utilitário esportivo, o Model X. O modelo, assim como o Model S, passa a contar com melhorias no alcance. No ciclo EPA, o modelo passa a contar com uma autonomia de 597km, ante os 565km do modelo anterior. As mudanças ainda não constam no site da Tesla e nem mesmo no site do EPA, mas já está nos adesivos dos carros que saem das fábricas, com a etiqueta sobre dados de consumo, assim como o InMetro no Brasil. Ele continua usando a bateria de 100kWh, que deve ter se tornado mais eficiente. No caso do sedã, as novidades foram apresentadas em junho. No caso do Model S, a versão Long Range Plus passa a contar com 20% a mais de autonomia graças a melhorias que a Tesla introduziu ao seu sedã elétrico. Entre as mudanças, a linha 2021 do Model S passa a contar com uma aerodinâmica melhorada ao contar com novas rodas que diminuem o arrasto aerodinâmico e que melhoraram a autonom

FCA deve produzir seus novos elétricos e híbridos na América do Norte via Canadá

Imagem
A FCA confirmou que deve investir pesado para a produção de modelos eletrificados nos próximos anos. O grupo ítalo-americano confirmou que a unidade de Mirafiori já está produzindo o Fiat 500e e que deve produzir mais carros eletrificados dentro de alguns anos. Além da Itália, a unidade de Windsor, na província de Ontario, no Canadá, deve receber um aporte de US$1,5 bilhão para a produção de carros eletrificados. Por lá, a FCA pretende produzir, além de modelos híbridos plug-in, elétricos. As obras de modernização da unidade da FCA devem iniciar a produção de veículos construídos com base em uma nova plataforma que deve ser apresentada. De acordo com informações de sindicatos locais e pela Agência Reuters , essa plataforma deve ser desenvolvida para carros puramente elétricos e que também deve servir para híbridos. O primeiro modelo com essa base e produzido no Canadá deve ser apresentado em 2025 e a fábrica deve passar por um período de contratação de 2 mil novos funcionários até 2024

Volkswagen inicia produção da nova geração da Golf Variant na fábrica de Wolfsburg, na Alemanha

Imagem
Depois de apresenta-la no mês passado, a Volkswagen deu início à produção da nova geração da Golf Variant. A station wagon passa a ser produzida na unidade de Wolfsburg e passa a ser produzida ao lado do hatch. A nova geração deve contar com 4,63 metros de comprimento e o entre eixos é de 2,68 metros. Além disso, ela conta com 1,78 metro de largura e 1,45 metro de altura. O porta-malas passa a ter uma capacidade de 611 litros, que podem chegar aos 1.642 litros com os bancos traseiros rebatidos. Em teste, a Golf Variant tem 5 centímetros a mais na relação entre os eixos, graças as portas traseiras maiores. Visualmente, a Golf Variant passa a ter linhas evolutivas frente ao modelo anterior. Ela ganha faróis dianteiros mais expressivos que trazem uma pequena linha em LED na parte superior nas versões híbridas e esportivas, enquanto nas versões convencionais são cromadas. Os faróis são Full-LED e as versões topo de linha ainda possuem o IQ.LIGHT, versão da VW para o LED matrix da Audi, com

Com fim da Holden, GM e Austrália ainda acendem discussões no país sobre a GMSV

Imagem
A Holden, após ter o seu fim decretado na Oceania, deve ser substituída pela GMSV (General Motors Special Vehicles), mas parece que nem com isso as coisas estão indo bem por lá. Isso porque a rede de concessionárias da Holden, que seria usada pela GMSV, está fechando. A GMSV até chegou a comunicar à rede Holden que eles precisariam reembolsar os clientes que depositaram dinheiro na reserva do Chevrolet Corvette, um dos carros que seriam lançados por lá. Isso porque a GM resolveu, de última hora, diminuir o lote de modelos que seriam enviados para a Austrália. O mesmo é válido para a Nova Zelândia, que teve apenas 4 concessionárias contratadas até o momento. Em alguns casos, clientes depositaram o dinheiro da pré-venda do superesportivo mas a concessionária onde esse depósito foi feito... fechou! Com isso, esses revendedores podem não ter condições de serem reembolsados. A GMSV tinha confirmado que seriam cerca de 250 a 300 unidades do Corvette enviados para a Austrália e Nova Zelândia,

Audi e FAW devem produzir a plataforma modular PPE no mercado chinês até 2024

Imagem
A Audi confirmou a assinatura de uma carta de intenções na China para a produção da plataforma PPE na China, em parceria com a FAW, um dos seus braços direitos em joint-ventures. Além da plataforma, a parceria entre as duas empresas deve beneficiar a produção de carros totalmente elétricos a partir de 2024, apesar dos planos ainda serem iniciais. A Premium Platform Electric deve ser uma das principais plataformas do Grupo VAG, a ser muito usada por marcas como Audi e Porsche, com modelos dos segmentos B a D. A plataforma conta com sistema de bateria de 800V, tração nas quatro rodas ou apenas tração traseira, com sistema de carregamento de até 350kW. É uma das quatro plataformas que a Audi possui atualmente disponíveis. A Audi já produz carros em parceria com a FAW, em fábricas de Changchun, Foshan, Tianjin e Qingdo. A capacidade de produção de modelos com a plataforma PPE deve ser de 700 mil unidades anuais. Com essa plataforma, a Audi deve começar produzindo modelos como Q2 L e-tron,

Tesla supera autonomia de 1,6 milhão de quilômetros em testes com a nova bateria

Imagem
A Tesla confirmou que segue desenvolvendo a sua bateria com capacidade de rodar 1,6 milhão de quilômetros. De acordo com informações reveladas pela marca norte-americana, Jeff Dahn, Professor Universitário que colabora com o desenvolvimento da bateria, explicou como foram os resultados obtidos pela bateria. A composição da bateria de íons de lítio deve durar mais de 15 mil ciclos, ou seja, dois milhões de milhas, cerca de 3,2 milhões de quilômetros de capacidade. De acordo com o professor da Universidade de Dalhausie, no Canadá, Dahn acredita que a nova bateria pode durar muito mais que o esperado, quando usada com ciclos incompletos de carga e descarga, num nível mais alto que as baterias que já conhecemos. Se você pôr as baterias a carregarem com a autonomia acima dos 80% e nunca deixa a carga abaixo de 25%, o desempenho das células não se deteriora. O resultado apareceu depois de três anos e 10 mil ciclos de teste. Cada ciclo foi desenvolvido como se a bateria estivesse funcionando

Foxconn desenvolve plataforma modular para carros elétricos que pode entregar até 734cv

Imagem
A Foxconn, empresa do ramo da tecnologia e chinesa, a marca confirmou o desenvolvimento da sua primeira plataforma modular para carros elétricos. A empresa, que desenvolve componentes para a Apple, Huawei, Amazon, Microsoft, Intel e Nintendo revelou que deve contar com uma estrutura poderosa como ponto de estar preparada para dar um salto para os carros elétricos. Com essa premissa, a Foxconn revelou a sua plataforma, podendo ser a mais nova fornecedora de bases para carros elétricos, com capacidade de chegar a 10% do total de componentes e serviços para carros elétricos até 2025, no mundo. A marca confirmou que quer ficar nos bastidores e não deve se tornar uma marca de carros elétricos, mas quer ajudar marcas já conhecidas com o desenvolvimento dos seus modelos, com a sua nova plataforma. Atualmente, a Foxconn já produz outros equipamentos de alguns carros, como centrail multimídia. Agora, a empresa chinesa pretende oferecer a sua plataforma, que pode servir a qualquer carro. Ela dev

Volkswagen e-up! pode ser lançado no Brasil em 2021, como 1º elétrico da marca, de acordo com site

Imagem
Parece que a Volkswagen pode achar uma solução de continuar a venda do up! no mercado brasileiro para além de 2021. O subcompcto pode se manter no nosso mercado como o primeiro carro elétrico da marca. De acordo com informações do site Mobiauto , a versão elétrica do up! deve ser apresentada no Brasil em 2021. Por aqui, Pablo Di Si, Presidente da Volkswagen Brasil e CEO da Volkswagen América Latina já tinha deixado claro que o modelo deveria vir ao Brasil. “Adorei esse Up! elétrico. Me reuni com meu time e disse que precisamos deste carro no Brasil, mas que precisamos levantar ele”, disse Di Si no final do ano passado. Vale lembrar que a Volkswagen desenvolve uma nova gama de compacto, onde Gol, Fox e up! podem ser substituídos por um modelo só. Isso nos compactos a combustão, claro. O carro com motor elétrico chegaria em nosso mercado com um lote de 100 unidades do modelo elétrico. O modelo deve ser lançado no Brasil com preços em torno dos R$150 mil, na mesma faixa que modelos do seu

MINI apresenta oficialmente o Countryman reestilizado no Brasil e parte de R$199.990

Imagem
A MINI apresentou oficialmente a reestilização do Countryman no mercado brasileiro. O SUV compacto da marca passa a contar com as mesmas mudanças que o modelo recebeu na Europa, em junho. Por aqui, ele chega em quatro versões. Visualmente, o Countryman passa a contar com novos faróis, com layout interno diferente e que contam com luzes de LED como item de série, além de nova grade e o para-choque dianteiro passa a contar com um novo desenho, trazendo entradas de ar nas extremidades da peça, ganhando novas molduras para os faróis de neblina e nova entrada de ar inferior, com moldura prateada. Os faróis de neblina foram reposicionados e estão em posição mais inferior e estão mais próximos um dos outros, além de ganhar um novo desenho inferior, envolto de um acabamento plástico preto. Nas laterais, as novidades ficam por conta apenas de novas rodas de liga leve, enquanto a traseira passa a contar com uma nova lanterna com nova disposição interna, com iluminação Union Jack, que imita a ban

Fiat Mobi chega à linha 2021 com face-lift e faz a estreia da versão Trekking; parte de R$38.990

Imagem
Depois de quatro anos no mercado brasileiro, a Fiat apresentou uma reestilização leve do seu subcompacto no país. O modelo passa a ser vendido com as versões Easy, Like e a estreante Trekking. O hatch subcompacto passa a ser vendido com novidades visuais pequenas, principalmente na dianteira. O Mobi passa a contar com uma nova grade dianteira, que ostenta o novo logotipo da Fiat, que passa a ser maior e adere ainda ao Fiat Flag, apresentado pela nova geração da Strada e já introduzido no Argo, por exemplo. Além da grade dianteira, que já era algo esperado, o hatch passa a contar com um novo para-choque dianteiro, redesenhado. Entre as novidades, o hatch ganha nova moldura dos faróis de neblina e uma nova entrada de ar inferior. Essas mudanças estão mais visíveis apenas nas versões Like e Trekking, enquanto a Easy deve manter o mesmo para-choque do modelo anterior, ganhando apenas a nova grade dianteira. Nas laterais, além de novas calotas, o compacto passa a contar com moldura plástica

Primeira Quinzena, outubro de 2020: Chevrolet Onix recupera liderança; Renault Oroch acelera

Imagem
O mercado brasileiro tem sofrido uma constância de sobe líder, desce líder. Em junho, o Chevrolet Onix foi líder, mas em julho, astronomicamente o Volkswagen T-Cross foi líder, tendo agosto novamente o Chevrolet Onix de líder e em setembro a Fiat Strada. Quase que seguindo um padrão, em outubro, quem lidera a primeira quinzena, é o Chevrolet Onix. O modelo é o primeiro nos primeiros quinze dias de outubro, com 5.793 unidades, seguida da Fiat Strada em segundo com 5.394 unidades. Novamente em terceiro, o Volkswagen Gol chegou com 4.452 unidades, seguido de perto por Chevrolet Onix Plus (4º, 4.119), Hyundai HB20 (5º, 4.037) e Fiat Argo (6º, 4.015). O Chevrolet Tracker manteve a ponta entre os SUVs mais uma vez e o Ford Ka não está mal na foto. O hatch da marca parece estar recuperando mercado e ficou em oitavo. Primos, Jeep Compass e Fiat Toro fecharam os 10 mais vendidos. O Volkswagen Nivus parece ter estacionado e atingido um patamar de 3 mil unidades mensais. Em outubro foram 1.733 un

Toyota registra primeiras imagens de patente do Corolla Cross no Brasil, no INPI

Imagem
Depois de ser registrado na Argentina, chegou a vez do mercado brasileiro ter registros de patente do modelo que deve estrear por aqui em meados de março e abril de 2021. O Corolla Cross teve as primeiras imagens registradas em imagens de patente no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O nosso Corolla Cross deve ser igual ao modelo tailandês. Igual até por ali, porque o nosso Corolla Cross pode ter a relação entre os eixos ampliada para 2,70 metros de comprimento, contra os 2,64 metros do modelo apresentado em julho (isso deve aumentar o comprimento de 4,46 metros para 4,52 metros). Para a sua produção em Sorocaba (SP), a Toyota investiu o total de R$1 bilhão. As imagens de patente do modelo foram registradas no dia 10 de setembro, na Argentina. As imagens de patente mostram o modelo na versão mais cara, pelo design e pelas rodas de liga leve. Aqui ele terá o mesmo conjunto do Corolla no país, ou seja, o 2.0 16v Flex desenvolve 177/169cv de potência e oferece torque de

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente