Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Plataforma

Jeep e Citroën terão maior sinergia no futuro, destaca executivo em entrevista na Índia

Imagem
A Stellantis se uniu recentemente e as marcas ainda parecem um tanto quanto em seus planos iniciais de cooperação. Entre as marcas dos antigos grupos FCA e PSA, Jeep e Citroën parecem que vão contar com uma maior sinergia, pelo menos na Índia. Por lá, a Jeep tem conquistado resultados muito bons com o Compass e é bem possível que Jeep e Citroën possam compartilhar setores como finanças, cadeia de suprimentos, logística, depósitos de peças e outras sinergias a fim de reduzir os custos de produção, simplificando processos e agilizando o desenvolvimento de novos projetos. “Nossa abordagem sempre foi não ser um dinossauro ou querer algo grande. Precisamos primeiro executar e provar, e então seguir em frente. Precisamos permanecer humildes na Índia. São muitas as hipóteses e não estamos falando apenas da Índia” , destacou Roland Bouchara, CEO da Stellantis na Índia, ao Autocar Índia . Além disso, é esperado que Jeep e Citroën tenham uma maior relação quando o assunto for compartilhamento de

Toyota Raize pode ser vendido no Brasil como substituto do Yaris e feito em Sorocaba

Imagem
Parece que o futuro da Toyota vai se desenhando no mercado brasileiro. Depois de surgirem informações de que a reestilização da linha Yaris será a última novidade do hatch e sedã, a Toyota pode apostar no Raize como substituto da dupla. De acordo com informações reveladas pelo Jornal do Carro, o SUV subcompacto pode conviver com Yaris Hatch e Yaris Sedan, sendo lançado entre 2022 a 2023 e com produção em Sorocaba (SP). E recentemente surgiu as informações do retorno da Daihatsu ao Brasil, que pode indicar que a marca de subcompactos pode “estar” no Brasil com a plataforma DNGA, versão simplificada da TNGA, que é usada exatamente no... Raize! O Toyota Raize pode ser uma opção muito interessante contra o Citroën C3 e Fiat Pulse, sendo um SUV subcompacto. Com 3,99 metros de comprimento, 2,52 metros entre os eixos, 1,69 metro de largura e 1,62 metro de altura, o Raize se destaca pela dianteira com faróis retangulares conectados à grade dianteira e a uma enorme grade inferior, que possui ni

Mazda confirma que vai expandir linha de modelos até 2023 com três novos SUVs

Imagem
A Mazda confirmou uma ofensiva de lançamentos para os próximos anos. A marca japonesa confirmou que terá modelos inéditos e a renovação do seu lineup, que começou com a nova geração do Mazda3 em 2019. A Mazda vai desenvolver a sua última leva de motores a combustão, chamados de Skyactiv. Os novos motores são um 3.0 de seis cilindros em linha, podendo chegar a um 3.3, desenvolvidos para serem longitudinais e abastecidos com gasolina, além de um diesel. Entre os modelos que devem usar esses motores estão as novas gerações do Mazda6 e as novas gerações de CX-5 e CX-8. Os carros com esses motores serão criados a partir da plataforma SkyActiv Multi-Solution Scalable Architecture, que pode ser usada para carros de motor a combustão, com construção transversal e longitudinal, podendo ser usada desde modelos compactos até carros de grande porte. Serão 13 veículos eletrificados que devem ser apresentados até meados de 2025. Além destes modelos maiores, a Mazda vai desenvolver novos modelos meno

Porsche revela novas informações do desenvolvimento do Mission R Concept

Imagem
Apresentado como uma das principais novidades da Porsche para o Salão do Automóvel de Munique, na Alemanha, o Mission R Concept se tornou uma prévia de como serão as novas gerações de 718 Boxster e 718 Cayman. Agora, a Porsche apresentou mais algumas informações sobre o desenvolvimento do conceito. Antecipando também uma possível categoria de competição, o carro teve informações reveladas do seu chassi e traz uma série de conceitos futuristas para a sua criação, caso seja um carro de produção. “Essa é a filosofia da Porsche. Este protótipo é, claro, um show car neste momento, mas também atende aos mais altos padrões técnicos. São trabalhos com enorme pressão de prazo, mas, ao mesmo tempo, são os sonhos dos engenheiros que começam com uma folha de papel em branco” , destacou Michel Behr, Gerente Técnico no Projeto Mission R. O Mission R Concept se destaca por contar com potência de 1.088cv com o modo Qualification. O sistema de tração é integral e permite que o esportivo acelere de 0 a

Daihatsu pode não vir, mas base DNGA criada pela marca vem em SUV compacto da Toyota

Imagem
Recentemente surgiu um rumor de que a Daihatsu poderia retornar ao mercado brasileiro. Apesar disso ainda ser incerto, o que já está confirmado é que a Toyota vai usar a plataforma modular criada para marca de baixo custo criadora de subcompactos e compactos, chamada de DNGA. Essa base vai estrear com o Yaris Cross no Brasil e a possível nova geração de Yaris Hatch e Yaris Sedan, que no momento parece congelada/descartada. A nova plataforma é uma versão mais simples da TNGA, que hoje é a base de Corolla e Corolla Cross. É basicamente o mesmo movimento que a Volkswagen faz suas bases MQB e MQB-A0, por exemplo. De acordo com informações do site Auto+ , esse novo SUV ficará abaixo do Corolla Cross e terá a nova plataforma DNGA. Entrando finalmente no segmento de SUVs compactos, a Toyota deve usar o “know-how da Daihatsu mas com a qualidade de um Toyota”, destacou a fonte para o site. O mesmo ainda disse que o carro terá um motor desenvolvido especialmente para ele que não será um 1.0 12v

Lotus confirma detalhes da sua plataforma elétrica, a LEVA, que estreia em 2022

Imagem
A Lotus confirmou mais detalhes da sua nova plataforma, chamada de LEVA (Lightweight Electric Vehicle Architecture ou Arquitetura de Veículo Elétrico Leve) será usada em uma série de carros da marca no futuro. A Lotus já desenvolve o primeiro carro com essa base, a ser lançado dentro de alguns anos. A Lotus desenvolve quatro modelos elétricos: o Type 132, que será um utilitário esportivo aos moldes do Porsche Cayenne e chega em 2022, o Type 133 que será um sedã cupê e estreia em 2023, o Type 134 que será um crossover e será apresentado em 2025 e um novo esportivo que será apresentado em 2026, conhecido como Type 135. Esse esportivo será desenvolvido a partir de uma plataforma que será criada em parceria com a Alpine, sendo que essas bases serão compartilhadas entre as marcas. A plataforma Leva deve ser essencial para a marca, permitindo uma série de projetos com dimensões entre 2,47 metros de entre-eixos e um pacote de baterias de 66,4kWh, com motor de 476cv. A mesma base pode servir p

Toyota vai unificar Tacoma e Hilux até 2024 e picapes vão usar a mesma plataforma TNGA-F

Imagem
A Toyota apresentou recentemente a nova geração da Tundra, a picape grande da marca norte-americana. Agora, a Toyota passa a focar no desenvolvimento de uma nova geração para a Hilux e a Tacoma. As duas picapes serão unificadas e vão seguir com a mesma plataforma modular TNGA-F, de base em chassi. De acordo com informações da revista Motor Trend , a mesma base será usada nas duas picapes, assim como acontece com SW4 e 4Runner. Uma base única para os modelos pode trazer algum tipo de parentesco entre os modelos. A base ainda já chega ao mercado com capacidade de receber motores elétricos para formar um motor híbrido. Entre as opções, a Toyota pode desenvolver modelos HEV e PHEV sem muito esforço. Em quase 30 anos, essa deve ser a primeira aproximação entre as duas picapes, que apenas compartilhar a mesma base. Visualmente e em termos de dimensões, a Toyota deve seguir os diferentes padrões para ambas. Ou seja, a Tacoma pode se tornar uma mini-Tundra e a nova Hilux pode seguir o mesmo ca

GM revela três motores elétricos que serão usados pelos próximos elétricos do grupo

Imagem
Depois de revelar informações sobre o seu futuro elétrico, a General Motors apresentou as primeiras imagens e informações dos motores elétricos dos seus futuros carros, contando com até três motores elétricos. Os motores serão usados em carros que são desenvolvidos a partir da plataforma BEV3 e usando a bateria Ultium. Entre as opções, a Chevrolet possui o motor de 244cv e tração dianteira, o motor de 346cv de tração traseira e o motor de tração integral de 84cv, que se integram ao Ultium Drive. "Os 20 anos de desenvolvimento de sistemas de propulsão elétrica e mais de 100 anos de engenharia de alto volume de veículos estão ajudando a GM a migrar rapidamente dos veículos convencionais para os elétricos. Nossa integração vertical neste espaço, abrangendo tanto hardware como software, nos ajuda no controle sobre nosso próprio destino e a ter uma vantagem competitiva significativa" , disse Mark Reuss, Presidente da GM, em apresentação na Câmara Regional de Detroit. Os motores fo

Honda confirma primeiro elétrico, o Prolongue, com base da GM, para ser apresentado em 2024

Imagem
A Honda confirmou que, após confirmar a sua parceria com a General Motors, vai apresentar o seu primeiro automóvel elétrico com base BEV3 em meados de 2024. Isso porque o Prolongue, primeiro SUV desenvolvido puramente como um modelo elétrico, vai se unir com o e EV e terá capacidade de produção de 70.000 unidades ao ano. Ele será o primeiro elétrico com a base da GM, tanto em plataforma (BEV3) como em bateria (Ultium). Primeiramente, o elétrico será vendido primeiro nos Estados Unidos. "A abordagem inicial da Honda para a venda do Prologue será regional, com foco na Califórnia e nos estados 'ZEV', incluindo os estados 'amigos dos veículos elétricos' com cinturões solares Texas e Flórida. A Honda prevê que essas regiões representarão a maior parte das vendas no início do lançamento devido ao aumento aceitação do cliente e requisitos regulatórios. Conforme a infraestrutura de elétricos se expanda e o interesse cresça em todo o país, a empresa expandirá rapidamente os

Cada novo Mitsubishi nascerá de um carro da Renault ou da Nissan a partir de 2026, diz jornal

Imagem
A Mitsubishi confirmou que vai se tornar uma marca mais dependente da Nissan a partir de 2026. Assim como acontece com outras marcas, como Citroën e Peugeot, a Mitsubishi ficará dependendo do desenvolvimento de plataformas para automóveis. De acordo com informações do jornal Nikkei Asia, a Mitsubishi não vai mais desenvolver plataformas para usar completamente as plataformas da Nissan. Isso deve diminuir os custos para ambas as marcas e faz parte da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. Os carros não devem ser simples cópias um do outro. A Mitsubishi vai desenhar seus carros de acordo com a sua identidade visual, assim como a Nissan. No entanto, a base dos modelos será idêntica ou igual. O que vai acontecer é o que já aconteceu com as novas gerações de Mitsubishi Outlander e Nissan X-Trail. Visualmente eles são bem diferentes, mas compartilham a mesma plataforma CMF-C. Hoje a Mitsubishi possui oito plataformas na ativa e esse número será reduzido para quatro em 2026. Em abril, a Mitsubish

BYD apresenta oficialmente detalhes da sua nova plataforma para elétricos, a e-platform 3.0

Imagem
A BYD confirmou mais detalhes da sua plataforma e-platform 3.0, que já está sendo usada em modelos como o Delphi e o Yuan Plus. A nova base dos seus carros elétricos deve permitir que a BYD crie carros mais eficientes, que promete uma série de avanços em termos de inteligência, eficiência, segurança e estética. Segundo a BYD, a nova plataforma vai permitir que os carros tenham uma chamada de veículos de nova energia, em segurança e autonomia em baixas temperaturas. Essa nova base vai permitir que os carros que tenham a plataforma e-platform 3.0 sejam mais abrangentes de vários tamanhos de veículos com um código aberto que vai facilitar à indústria que promove o desenvolvimento de veículos elétricos mais inteligentes no mundo todo. Isso porque os carros vão contar com um conceito de um sedã que vai antecipar algumas novas informações sobre o desenvolvimento da bateria com desempenho e direção inteligente graças às baterias Blade que são integradas na estrutura do carro, com um trem de f

Volkswagen enfim revela mais informações da plataforma MEB-Small, para compactos

Imagem
A Volkswagen revelou as primeiras imagens e informações sobre a sua nova plataforma modular MEB-Small, que será usada em modelos mais compactos da marca. Revelado com o ID.Life Concept no Salão do Automóvel de Munique, na Alemanha, o carro foi o primeiro revelado com essa plataforma. A MEB-Small será a base da maioria dos compactos do Grupo VAG, que fará a estreia dessa plataforma em 2025. A MEB-Small será usada em carros com modelos com preços entre 20.000 a 25.000 euros, sendo uma versão mais simplificada da plataforma MEB, usada em ID.3, ID.4 e ID.6. A base usará baterias de até 62kWh, com autonomia de 400km, e acomodando também baterias de 48kWh, com autonomia de 300km. A base poderá usar um motor elétrico de até 233cv e 29,5kgfm, que serão usadas em modelos mais caros. Com um carregamento rápido, ele recupera 163km em apenas 10 minutos. Segundo a Volkswagen, ele acelera de 0 a 100km/h em 6,9 segundos e possui autonomia de 400km, no ciclo WLTP. Ao que tudo indica, uma versão de pro

Segunda geração do nosso Toyota Yaris pode ser lançado até 2024, junto de um Yaris Cross

Imagem
Até pode ser cedo para começarmos a falar sobre a nova geração do nosso Toyota Yaris. Mas é fato que a Toyota já trabalha no desenvolvimento de um substituto. Depois da informação de que uma nova geração será apresentada no próximo ano na Ásia, tudo indica que vamos receber a nova geração em meados de 2024. Isso porque no ano que vem, a Toyota recém vai apresentar o modelo reestilizado, apresentado em 2020 na Ásia e que estava com lançamento previsto para este ano no Brasil, mas acabou atrasando por problemas relacionados com a pandemia. Com isso, uma nova geração só chega aqui em 2024. Essa nova geração do Yaris asiático (vendido em mercados como Tailândia, Filipinas e Malásia) deve continuar guiando o futuro do nosso Yaris, que não tem nada a ver com a nova geração apresentada em 2019 para Japão e Europa. Apesar disso, o Yaris europeu deve apenas dar um vislumbre do que o nosso será. Isso porque o Yaris asiático é maior e possui a opção de uma carroceria sedã. É como se o Yaris japon

Bollinger confirma novos modelos com base em duas novas plataformas, Classe 4 e 5

Imagem
A Bollinger confirmou que deve desenvolver novos modelos dentro dos próximos anos. Depois de B1 e B2. Além de novos carros, a Bollinger vai desenvolver uma nova base em chassi para seus carros elétricos. As novas bases são chamadas de Classe 4 e Classe 5, ficando acima da Classe 3 dos B1 e B2, ou seja, essas novas plataformas podem ser de modelos maiores, com chances de ser até caminhões. A linha Chass-ETM da marca está em desenvolvimento em mais de metade de uma década em testes de engenharia no campo de provas. “Agora estamos orgulhosos de realizar este árduo trabalho e oferecer soluções em chassis elétricos para o mercado OEM e clientes comerciais nas Classes 3, 4 e 5, onde as cargas úteis grandes, a grande autonomia e a durabilidade são praticamente obrigatórios” , destacou Robert Bollinger, CEO e fundador da Bollinger Motors. A base Chass-E-3, usada em modelos como B1 e B2 possui capacidade de reboque de 3.629kg, enquanto as bases Chass-E-4 terá 4.082kg de capacidade e a Chass-E5

BMW confirma que elétricos terão autonomia similar a de carros a combustão em alguns anos

Imagem
A BMW confirmou que deve fazer com que os carros elétricos tenham a mesma capacidade de autonomia que os carros a combustão dentro dos próximos anos. De acordo com a marca alemã, os carros elétricos terão plenas capacidades de concorrer com carros a combustão em termos de autonomia, o ponto mais criticado de um elétrico. Isso deve permitir ainda que a tecnologia usada em carros elétricos possa ser barateada no futuro breve, o que vai diminuir os preços. Com as novas baterias em desenvolvimento, a BMW deve cumprir uma meta da marca de elevar as vendas de elétricos em 50% até meados de 2030. Além de melhorias na bateria, a marca pode apostar em uma nova plataforma elétrica plana, que deve atender às necessidades também de espaço interno. A nova base já foi antecipa há alguns dias, chamada de Neue Klasse (nova classe). A nova plataforma deve permitir que seja empregada o máximo de materiais reciclados ou sustentáveis, sendo fácil de reciclar quando o carro estiver próximo do seu fim de ci

BMW promete desenvolver nova plataforma focada em carros elétricos, a Neue Klasse

Imagem
A BMW Group confirmou o desenvolvimento de uma nova plataforma para carros elétricos. A nova base, chamada de Neue Klasse (nova classe). A plataforma deve contar com uma arquitetura modular que estreia em meados de 2025. Segundo Oliver Zipse, CEO da BMW, a nova plataforma vai poder criar um carro elétrico perfeito. “Estamos estabelecendo isso com o design da arquitetura, perguntando como colocar uma bateria de forma eficiente no carro, onde você coloca o sistema de transmissão? Atrás: excelente! Mas também deve ter tração nas quatro rodas, você também deve ser capaz de colocar no eixo dianteiro. Se for um veículo elétrico a bateria (BEV), a configuração do sistema deve estar 100 por cento correta. Mais tarde, você pode colocar outro tipo de motor, a combustão, no eixo dianteiro. A arquitetura ainda é centrada no elétrico a bateria. Isso lhe dará o melhor desempenho de condução elétrica absoluta como qualquer plataforma elétrica pura; não há nenhuma contradição." , disse Zipse. A n

VAG apresenta mais detalhes da plataforma modular PPE em documento vazado pela Audi

Imagem
A VAG confirmou no início de 2021 a criação de uma nova plataforma modular para a maioria de suas marcas, chamada de SSP. A plataforma é uma abreviatura de Scalable Systems Platform ou sistema de plataformas escaláveis deve ser a substituta das bases MEB, J1 e PPE. Prevista para ser apresentada em meados de 2025/2026, a nova plataforma ainda segue em desenvolvimento dentro do grupo alemão. O grupo já definiu que os últimos carros criados a partir da base PPE devem ser o Audi Q6 e-tron (2022), Porsche Macan (2022), Audi A6 e-tron (2023) e o Bentley Mulsanne (2024). E só agora que a Audi revelou um documento interno com as características da base PPE que permite o uso em carros com dimensões de 1,641 metro a 1,714 metro de largura e de 2,890 metros a 3,080 metros para a relação entre os eixos. A altura da carroceria destes carros poderia ser de 1,52 metro a 2,17 metros. Isso deve permitir que as plataformas possam ter uma ampla flexibilidade no desenvolvimento de carros. Essa base, que m

Renault e Geely estreitam parceria para o desenvolvimento de novos híbridos na Ásia

Imagem
A Renault e a Geely assinaram uma parceria inédita na Ásia. As duas empresas confirmaram que vão trabalhar no desenvolvimento de modelos eletrificados e na expansão da atuação das empresas em dois importados mercados daquele continente: China e Coreia do Sul. O foco da parceria deve ser o desenvolvimento de híbridos, possivelmente plug-ins (PHEV) e com a tecnologia E-Tech da Renault. Segundo as empresas, a parceria deve contar com novos híbridos que serão produzidos na China na linha de produção da Geely e usando tecnologias de ambas as marcas. Além disso, terá o compartilhamento de know-how sobre os investimentos. Detalhes dos carros que devem ser desenvolvidos ainda é uma incógnita, mas deve ser de modelos que serão novos. Com isso, a Geely deve ajudar a Renault no mercado chinês, onde a Geely possui uma forte presença e a Renault deve ajudar a Lynk&Co, da Geely, na Coreia do Sul, com a subsidiária da francesa, a Samsung, vende seus carros. É provável que os carros da Samsung use

Jeep "Junior" pode ser desenvolvido já sobre a base STLA Small e estreia em 2022 no exterior

Imagem
Enquanto a Jeep não confirma detalhes do seu novo modelo, conhecido até então como ‘Jeep Junior”, surgem novos rumores sobre o menor SUV já criado pela marca estadunidense. De acordo com informações obtidas por Christian Meunier, CEO da Jeep, o modelo está nos planos e no desenvolvimento dos próximos automóveis da marca. "Acho que posso confirmar que ele está chegando." , disse Meunier. "Com certeza - estamos olhando para além desses projetos. O Renegade pertence ao segmento B, então obviamente há espaço embaixo e isso é algo que estamos olhando. Mas provavelmente não estamos olhando para nada maior do que o Wagoneer - ele é um monstro!" , disse Mark Allen, Chefe de Design da Jeep. Do segmento A, é possível que o modelo da Jeep já seja desenvolvido sobre a nova plataforma modular da Stellantis, chamada de STLA Small. Ele pode ser, inclusive, o primeiro automóvel da marca a contar com essa nova plataforma. Isso porque a plataforma CMP não consegue ter tração nas quat

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Lifan apresenta as primeiras novidades, agora no controle da Geely Group, e retoma produção

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Nova geração do Audi A4 será apresentada em 2023 e será geração de transição para o elétrico

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790