Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Nio

Nio comemora a marca de 200.000 unidades produzidas em quatro anos de fundação

Imagem
A Nio está comemorando a marca de 200.000 unidades produzidas na unidade de Centro de Manufatura Avançada JAC-Nio em Hefei, na China. Em menos de quatro anos, a marca chegou a 200.000 unidades vendidas, após iniciar a produção em maio de 2018. A marca dos 200.000 modelos fabricados aconteceu no mês passado, com uma unidade do ET7. A marca vem crescendo rápido. Em maio do ano passado, a Nio tinha atingido a marca de 100.000 unidades, ou seja, menos de um ano depois chegou a 200 mil unidades. Atualmente a Nio produz cinco modelos: ET5, ET7, EC6, ES6 e ES8. Até o final de 2022, a Nio confirmou que terá 100 novas concessionárias em todo o mundo e outros 50 Centros de Serviços da Nio, para a troca de baterias. A Nio aumentará seu investimento no desenvolvimento de recursos full-stack e tecnologias internas. Espera-se que o investimento em P&D em 2022 mais que dobre ano a ano, com a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento, crescendo para 9.000 pessoas até o final do ano. Enquanto isso,

Nio pode oferecer a ideia de troca de baterias, em 5 minutos, em estações físicas na Europa

Imagem
O sistema de troca de baterias, criado pela Nio, pode acabar sendo copiado por outras montadoras. A tecnologia chegou a bordo da marca na Europa e pode chegar e outras montadoras dentro de alguns anos. De acordo com Hui Zhang, Presidente da Nio na Europa, confirmou que a marca estaria negociando com outras fabricantes chinesas e ocidentais para abrir também suas trocas de baterias. Na Europa, a Nio confirmou a instalação da primeira estação de troca de baterias, localizado na Noruega. Por lá, a Nio confirmou que vai investir em 20 pontos de recarga até o final de 2022. O primeiro foi inaugurado em janeiro deste ano, mas estava pronto desde novembro de 2021 e ficou esses dois meses em testes para conferir se tudo ocorria bem. O sistema que a marca criou faz com que os carros elétricos sejam mais acessíveis aos consumidores, criando estações automatizadas e distribuídas em grandes centros urbanos, onde a Nio acredita que poderá trocar as células de forma rápida nestes locais. Com isso, a

Apresentado em 2021, Nio inicia produção em série do ET7, na fábrica de Hefei, na China

Imagem
A Nio iniciou a produção do ET7, apresentado no início do ano passado. A produção começou na Nio House, na unidade de Hefei, na província de Anhui, na fábrica em que compartilha com a JAC, chamada de Hefei Advanced Manufacturing Center. O sedã começou a ser produzido no último dia 10 de março. As primeiras entregas começam a partir do dia 28 de março aos primeiros proprietários do sedã. O ET7 será vendido com três opções de baterias: 70kWh, 100kWh e 150kWh. A Nio revelou mais informações sobre a mecânica do sedã e quais são as autonomias de cada opção. A bateria mais simples terá autonomia de 500km (70kWh), a bateria intermediária de 100kWh com autonomia de 700km e a maior bateria, de 150kWh, possui autonomia de 1.000km, ambos no ciclo NEDC. O sedã é equipado com dois motores elétricos, com um motor elétrico de 245cv na dianteira e 408cv na traseira. Juntos, o ET7 desenvolver 653cv de potência e um torque de 86,6kgfm. Com esse conjunto o belo sedã da Nio acelera de 0 a 100km/h em 3,9 s

Nio confirma desenvolvimento de plataforma com baterias de estado sólido para 2025

Imagem
A Nio confirmou que vai investir em uma nova plataforma dedicada exclusivamente para modelos elétricos. Essa plataforma deve servir de base para elétricos com baterias de estado sólido. A marca contará com o apoio da WeLion News Energy Technology, que terá o desenvolvimento da primeira plataforma para veículos equipados com baterias de estado sólido na China. A WeLion vai construir essa plataforma em Pequim, na China, de acordo com informações reveladas pelo relatório de trabalho do governo de Pequim. O objetivo da Nio é desenvolver uma plataforma que vai sustentar uma bateria de estado sólido que terá autonomia de cerca de 1.000km. Este mesmo relatório confirmou que a Nio investiu na WeLion para ser a empresa fornecedora da bateria no prazo determinado entre as empresas, que não foi estipulado no documento. De acordo com o mesmo, o indicador de proximidade entre as empresas é Zeng Shuxiang, CEO da XPT, divisão de motores elétricos da Nio, e diretor da WeLion. Essa bateria pode ser apr

Nio continua com sua expansão e prepara sede nos EUA; na Europa, tem 1º estação de baterias

Imagem
A Nio confirmou a sua expansão no mercado global. A marca chinesa vem trabalhando para expandir sua participação em outros mercados e instalou a sua primeira sede nos Estados Unidos. Por lá, a marca assinou um contrato de dez anos com um edifício de escritórios localizado na cidade de San Jose, Califórnia, nos Estados Unidos. A sede da marca possui 18.580m² e a transação provocou rumores que deve começar a vender seus carros nos EUA. Segundo o site Electrek , a Nio fechou esse contrato com esse local, que vai sediar as áreas de Pesquisa & Desenvolvimento Digital, Testes, Montagem, Armazenamento e Operações. A Nio ainda vai operar primeiro em um prédio na 3200 North First Street. A marca deve contar com essa expansão a partir de uma sede que é esperada para ser o lugar de onde a empresa coordenará a sua expansão no mercado norte-americano. Vale lembrar que a Nio confirmou que iria ganhar uma participação em mercados como a Europa Ocidental, China, Japão, Austrália, Emirados Árabes U

Nio abre contratações nos Estados Unidos e indica sua chegada também à América do Norte

Imagem
A Nio começou sua expansão global depois de começar a sua presença no mundo a partir da Noruega, primeiro mercado fora da China a ter uma presença da marca. Depois, Alemanha, Holanda e Países Baixos começaram a receber os modelos da marca. A próxima cartada será os Estados Unidos, onde a marca já contrata pessoal para a sua operação americana. Usando o LinkedIn, a marca está oferecendo 227 vagas de empregos, sendo 46 nos EUA. A marca terá sede em San Jose, Califórnia, mas pode acabar se mudando para Seattle. Por enquanto, a chinesa procura uma equipe de executivos locais nos Estados Unidos e desenvolvedores de software, condução autônoma, desenvolvimento de sistemas de áudio, financeiros e outros. Dentro dos próximos anos, a Nio prevê a sua chegada em 25 países no mundo, mas sem mencionar quais seriam esses países. Alguns já foram revelados como Japão, Austrália, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos, sendo que boa parte da Europa receberá a marca. “Temos uma equipe de desenvolviment

Nio ET5 é apresentado como o menor sedã da marca, mas tem até 1.000km de autonomia

Imagem
A Nio apresentou o seu novo sedã, que ficará abaixo do ET7. A marca apresentou o ET5, um sedã que é quase uma cópia do ET7 e que eles se diferenciam quase que com um olho clínico quando vistos de dianteira e lateral. Brigando com o Tesla Model 3, o Nio ET5 será vendido com três opções de bateria. O sedã mede 4,790 metros de comprimento, 2,888 metros entre os eixos, 1,960 metro de largura e 1,499 metro de altura, tendo um coeficiente aerodinâmico de 0,24Cx. Visualmente, o ET5 possui uma dianteira bem limpa, com destaque para os faróis em LEDs, bem finos e divididos em dois andares, sendo a parte superior com luzes diurnas em LED e luzes de repetição de seta. Mais abaixo estão os faróis principais do ET5, com um farol principal que traz ainda uma entrada de ar inferior aos faróis para refrigerar, possivelmente, os freios. O para-choque ainda tem uma entrada de ar inferior única, que refrigera as baterias. O logotipo da Nio aparece no capô do sedã, que tem linhas bem fluídas. Visto de lat

Nio revela teaser de um novo carro, o ET5, que será apresentado no próximo dia 18/12

Imagem
A Nio revelou uma imagem teaser de um novo carro que será apresentado no próximo dia 18 de dezembro. O modelo será um sedã menor que o ET7, chamado de ET5. O sedã será o segundo carro a ser criado com a plataforma Nio Technology Platform 2.0. Pela imagem teaser revelada, o ET5 contará com lanternas em LED que se interligam por meio de uma faixa, tal qual acontece no ET7. Ao que tudo indica, o Nio ET5 será uma versão mais compacta do ET7, podendo usar muito dos componentes que conhecemos do sedã, no início deste ano. O ET5 pode receber uma bateria de estado sólido de 150kWh, que deve permitir uma autonomia de incríveis 800km a 1.000km, no ciclo WLTP. O ET7 pode ser oferecido com baterias de 70kWh e 100kWh, com cerca de 400km a 600km, também no ciclo WLTP, que podem equipar o ET5. No ET7, ele é equipado com dois motores elétricos, com um motor elétrico de 245cv na dianteira e 408cv na traseira. Juntos, o ET7 desenvolver 653cv de potência e um torque de 86,6kgfm. Com esse conjunto o belo

Nio cria a primeira bateria híbrida, que estreia primeiro com os utilitários ES8, ES6 e EC6

Imagem
A Nio confirmou a estreia da sua nova bateria, chamada de Battery Hybrid que traz um pacote de baterias de 75kWh que substituiu a bateria de 70kWh usada até então. A bateria é chamada de híbrida por contar com células de íon-lítio, mesclando níquel, cobalto e manganês (NCM) e ferro de lítio fosfato (LFP), compartilhando componentes NCM/LFP que não teve uma proporção divulgada. Ao unir os dois estilos de bateria, a Nio confirma que a química da bateria consegue contar com maiores parâmetros da bateria, conhecidas por sua alta densidade de energia (NCM) e a produção mais em conta (LFP). Ao reduzir os custos e melhorar a densidade, a bateria acaba sendo mais em conta de produzir que a que era usada até então, além de ser mais eficiente. A bateria será usada por modelos como ES8, ES6 e EC6. A Nio confirmou que uniu o melhor das químicas da bateria porque a bateria NCM é cara de produzir e a LFP possui dificuldades em temperaturas mais frias. Ao juntar as duas, os problemas de ambas são dim

Nio confirma expansão na Europa com aumento de países onde atua: Alemanha já em 2022

Imagem
Depois de ser lançada em alguns países da Europa como a Noruega, a Nio confirmou que deve começar o seu processo de expansão global. Depois do ES8, a marca vai começar a enviar o ET7 para a Europa a partir de 2022. A chegada do ET7 na Europa ainda vai abrir caminho para a Nio na Alemanha. "Entrar na Alemanha é a meta que queremos alcançar. O interesse que encontramos é muito grande e podemos atingir bons volumes de vendas. É por isso que queremos estar no mercado até o final de 2022" , destaca William Li, CEO da Nio. O ET7 é um sedã de 5,100 metros de comprimento, 1,990 metro de largura, 1,500 metro de altura e relação entre os eixos de 3,100 metros; e possui plenas capacidades de ser um concorrente a altura para os demais sedãs da marca. Visualmente, o ET7 possui uma dianteira bem limpa, com destaque para os faróis em LEDs, bem finos e divididos em dois andares. Mais abaixo estão os faróis principais do ET7, que traz ainda uma entrada de ar inferior para refrigerar as bateri

Nio terá uma marca mais generalista de elétricos que ainda está em desenvolvimento

Imagem
A Nio confirmou que deve criar uma nova marca. Em expansão, a marca pode desenvolver uma marca mais generalista que a Nio, que atua num segmento mais premium. Apesar de focar em carros mais generalistas, a empresa confirmou que esses novos carros devem ser elétricos. A informação foi confirmada por meio de William Li, CEO da Nio, que disse que uma equipe já está trabalhando nacriação da nova marca como um "primeiro passo de uma iniciativa estratégica. A relação entre a NIO e nossa nova marca de mercado de massa será como a da Audi-Volkswagen e Lexus-Toyota. Queremos fornecer produtos e serviços melhores a preços inferiores aos da Tesla Inc" , disse Li. Atualmente, o portfólio da Nio é composto por modelos como ES8, ES6, EC6 e ET7, além de um superesportivo como o EP9. A Nio já confirmou que a sua marca mais simples não deve apostar num segmento que está em ascensão na China: os subcompactos, como o Wuling Hongguang Mini EV. Atualmente, a Nio já possui planos de expansão para

Nio inicia exportação do ES8 para a Europa, que faz sua estreia na Noruega em setembro

Imagem
A Nio começou a exportação do ES8 para o mercado europeu. O primeiro mercado que deve receber a marca deve ser a Noruega, que tem se tornado a porta de entrada de muitas marcas elétricas da China no continente europeu. A marca fez o envio das primeiras unidades do ES8, o maior utilitário esportivo da marca chinesa. Produzido na unidade de Waigaoqiao, em Shanghai, na China, o ES8 recentemente conseguiu a aprovação para ser vendido na Europa. Só na Noruega, que é um mercado pequeno, a Nio já recebeu uma fila de espera de 650 unidades do modelo. As entregas do modelo estão previstas para começar a partir de setembro deste ano. A marca ainda está construindo uma sede na Noruega na capital Oslo e será a primeira sede depois da China. Ainda em setembro, a marca confirmou que deve inaugurar os primeiros Centros de Serviços da Nio e as Estações de Troca de Bateria. Até o final de 2021, serão quatro estações de troca de bateria. Na Noruega também é possível que a marca possa vender seus carros

Surgem imagens de patente do Nio EP9 Spider, que pode ser apresentado em breve na China

Imagem
Apresentado em 2016, o Nio EP9 foi o responsável por ser o primeiro automóvel da então startup da marca. Agora, surge as primeiras imagens de patente do EP9 Spider, que pode ganhar as linhas de produção dentro de alguns meses. Com uma produção bem limitada, o carro foi descoberto por meio do site CNEVPost na Administração Nacional de Propriedade Intelectual Chinesa. Ainda não se sabe se o carro deve ser apresentado com uma versão de produção, visto que o EP9 teve apenas 6 unidades produzidas. O registro de patente mais recente prova que a Nio pode acabar lançando uma versão conversível do hiperesportivo elétrico para voltar com sua produção, visto que o cupê também deve voltar às linhas de produção. Isso porque a Nio confirmou que seriam 10 unidades feitas do EP9. O que pode acontecer são as 6 unidades do cupê e as quatro unidades restantes serem do EP9 Spider. O EP9 conta com duas baterias, uma de cada lado da carroceria, que podem ser substituídas por outras carregadas num processo q

Nio recebe aval para vender seus automóveis na Europa; entregas começam em setembro

Imagem
A Nio conseguiu o “passaporte” para começar a vender seus modelos na Europa. De acordo com a marca chinesa, a Nio recebeu a certificação oficial que permite que ela seja vendida na Europa, no European Whole Vehicle Type Approval (EWVTA). O primeiro automóvel a ser vendido pela marca deve ser o ES8. Ele começa a ser vendido na Noruega, que deve ser o primeiro país a comercializá-lo. "O Regulamento (UE) 2018/858, em vigor desde 1º de setembro de 2020, tornou-se o novo regulamento estatutário para homologação de veículos na UE. O regulamento melhora a independência da qualidade e dos testes e vigilância dos veículos já existentes no mercado da UE." , disse a marca em comunicado. As entregas do modelo estão previstas para começar a partir de setembro deste ano. A marca ainda está construindo uma sede na Noruega na capital Oslo e será a primeira sede depois da China. Ainda em setembro, a marca confirmou que deve inaugurar os primeiros Centros de Serviços da Nio e as Estações de Tr

Postagens mais visitadas deste blog

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos