Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Nio

Nio ET7 começa a ser exportado para a Europa como segundo elétrico a ser lançado por lá

Imagem
A Nio iniciou a exportação do ET7 para a Europa. O sedã começa a ser exportado para o Velho Continente com a missão de fazer a Nio ganhar terreno no Velho Continente, em mercados onde começa a vender o sedã como Alemanha, Dinamarca, Suécia, Holanda e Noruega. As entregas das primeiras unidades ocorrem ainda neste ano de 2022. O sedã embarca na unidade de Lianyungang, província de Jiangsu, no leste da China. Apresentado em 2021, o sedã conta com 5,100 metros de comprimento, 1,990 metro de largura, 1,500 metro de altura e relação entre os eixos de 3,100 metros; e possui plenas capacidades de ser um concorrente a altura para os demais sedãs da marca. O ET7 deve ser equipado com uma bateria de estado sólido de 150kWh, que deve permitir uma autonomia de incríveis 800km a 1.000km, no ciclo WLTP. O ET7 conta com 0,23Cx de coeficiente aerodinâmico e também deve ser oferecido com baterias de 70kWh e 100kWh, com cerca de 400km a 600km, também no ciclo WLTP. O sedã é equipado com dois motores elé

Nio confirma que vai construir a sua primeira fábrica na Europa; Hungria pode ter unidade

Imagem
A Nio confirmou um investimento de erguer uma fábrica na Europa nos próximos anos. De acordo com as informações, a fábrica será localizada na cidade de Pest, na Hungria. A unidade fabril terá um prédio de 10.000m² e que vai produzir automóveis e também ficará o centro avançado de troca de baterias, assim como é neste local que ficará o treinamento para operações de energia. A Nio também já confirmou que vai construir unidades de estações de troca de bateria em países como Alemanha, Suécia, Holanda e Dinamarca ainda neste ano. Contando com mais de 1.000 estações de troca de baterias na China, a Nio também quer desenvolver uma rede de carregadores ultrarrápidos. As estações terão capacidade de fornecer 500kW, superando outros modelos como o GAC Aion com seu carregador de 480kW. Esse carregador em desenvolvimento pela Nio terá capacidade de corrente de 650 amperes, mas sem informar o quão rápido ele vai poder recuperar uma bateria de um carro da marca. A ideia de criar um carregador poten

Nio desenvolve um carregador de bateria de 500kW, que deve ser lançado na China até 2024

Imagem
A Nio confirmou que desenvolve uma estação de recarga mais rápida para seus carros elétricos. Contando com mais de 1.000 estações de troca de baterias na China, a Nio também quer desenvolver uma rede de carregadores ultrarrápidos. As estações terão capacidade de fornecer 500kW, superando outros modelos como o GAC Aion com seu carregador de 480kW. Esse carregador em desenvolvimento pela Nio terá capacidade de corrente de 650 amperes, mas sem informar o quão rápido ele vai poder recuperar uma bateria de um carro da marca. A ideia de criar um carregador potente vai de encontro com o que a marca pretende lançar em breve: uma bateria de estado sólido de 150kWh, que possa ser a primeira bateria que possa ser carregada neste carregador. A marca contará com o apoio da WeLion News Energy Technology, que terá o desenvolvimento da primeira plataforma para veículos equipados com baterias de estado sólido na China. Esse também pode ser um movimento da marca para iniciar sua chegada em outros mercad

Quatro anos depois do ES8, Nio será processada pela Audi por uso de nomes ES6 e ES8

Imagem
A Nio está expandindo seus negócios na Europa para além da Noruega e isso parece ter incomodado uma marca em específico, a Audi. O motivo seria que a Audi acredita que os nomes dos SUVs da Nio, ES6 e ES8, se aproximam muito de Audi S6 e Audi S8, a versão esportiva intermediária do A6 e a esportiva do A8, respectivamente. Curiosamente, a Nio usa essa nomenclatura para seus SUVs desde 2018, quando apresentou o primeiro deles, o ES8. A marca, que deve começar a vender seus automóveis em mercados como Alemanha, Suécia, Dinamarca e Holanda, não venderá os ES6 e ES8 nestes países. O processo que a Audi moveu contra a Nio já fez com que a chinesa retirasse os nomes dos futuros eventos em que vai apresentar os novos modelos. Vale destacar que a Nio recentemente apresentou o ES7, que se seguir o caminho dos irmãos, também não poderá ser vendido com esse nome em alguns países. De acordo com informações do jornal Handelsblatt, esse não é figurado como um plágio na identificação e sim um técnico-e

Nio apresenta o ES7, um novo utilitário esportivo que possui motor duplo de 653cv

Imagem
A Nio apresentou seu novo utilitário esportivo, o ES7. O modelo será o responsável por ficar entre o EC6 e ES6 e o ES8. Quatro utilitário esportivo, ele chega para ser o SUV do ET7 e é o primeiro SUV a vir com a identidade visual da marca chamada de ‘Design for AD’, sendo mais próxima dos sedãs da marca. Apesar de parecer mais compacto, o ES7 possui 4,912 metros de comprimento, 2,960 metros entre os eixos, 1,987 metro de largura e 1,720 metro de altura. Puramente elétrico, o modelo tem design bem moderno. Na dianteira, ele se destaca por vir com faróis dianteiros finos com luzes diurnas DRL em LED, de traço duplo. Nestes faróis superiores ainda estão as luzes de repetição de seta. Os faróis principais ficam em posição intermediária, com luzes de longo alcance de dois projetores e uma luz mais simples, intermediária. A dianteira tem linhas bem limpas, com um para-choque que tem uma entrada de ar inferior trapezoidal e um acabamento em preto brilhante em toda a parte inferior da carrocer

Nio quer desenvolver suas próprias baterias e vai lançar sua primeira bateria em 2024

Imagem
A Nio confirmou que quer começar a produzir baterias para seus carros a partir de meados de 2024. A marca que está se expandindo no mercado chinês, com a apresentação de novos veículos, pretende ser independente de fornecedores e passar a produzir as suas próprias baterias na China, em parceria com alguma empresa. A Nio destaca que possui uma equipe de 400 funcionários que estão trabalhando apenas no desenvolvimento de tecnologias de baterias e começa a produzir uma bateria de 800V no segundo semestre de 2024. A informação foi confirmada por meio do Presidente da Nio, William Li, que confirmou que as novas baterias criadas pela marca serão usadas por seus novos carros, que vão estrear no pós-2024. Além de produzir as suas próprias baterias (assim como faz a BYD), a Nio ainda vai continuar a produzir seus carros com baterias de fornecedores, confirmou Li para a Agência Reuters . A nível de comparação, a Nio usa hoje as baterias de 75kWh, 100kWh ou 150kWh. Com a primeira, a autonomia ser

Nio comemora a marca de 200.000 unidades produzidas em quatro anos de fundação

Imagem
A Nio está comemorando a marca de 200.000 unidades produzidas na unidade de Centro de Manufatura Avançada JAC-Nio em Hefei, na China. Em menos de quatro anos, a marca chegou a 200.000 unidades vendidas, após iniciar a produção em maio de 2018. A marca dos 200.000 modelos fabricados aconteceu no mês passado, com uma unidade do ET7. A marca vem crescendo rápido. Em maio do ano passado, a Nio tinha atingido a marca de 100.000 unidades, ou seja, menos de um ano depois chegou a 200 mil unidades. Atualmente a Nio produz cinco modelos: ET5, ET7, EC6, ES6 e ES8. Até o final de 2022, a Nio confirmou que terá 100 novas concessionárias em todo o mundo e outros 50 Centros de Serviços da Nio, para a troca de baterias. A Nio aumentará seu investimento no desenvolvimento de recursos full-stack e tecnologias internas. Espera-se que o investimento em P&D em 2022 mais que dobre ano a ano, com a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento, crescendo para 9.000 pessoas até o final do ano. Enquanto isso,

Nio pode oferecer a ideia de troca de baterias, em 5 minutos, em estações físicas na Europa

Imagem
O sistema de troca de baterias, criado pela Nio, pode acabar sendo copiado por outras montadoras. A tecnologia chegou a bordo da marca na Europa e pode chegar e outras montadoras dentro de alguns anos. De acordo com Hui Zhang, Presidente da Nio na Europa, confirmou que a marca estaria negociando com outras fabricantes chinesas e ocidentais para abrir também suas trocas de baterias. Na Europa, a Nio confirmou a instalação da primeira estação de troca de baterias, localizado na Noruega. Por lá, a Nio confirmou que vai investir em 20 pontos de recarga até o final de 2022. O primeiro foi inaugurado em janeiro deste ano, mas estava pronto desde novembro de 2021 e ficou esses dois meses em testes para conferir se tudo ocorria bem. O sistema que a marca criou faz com que os carros elétricos sejam mais acessíveis aos consumidores, criando estações automatizadas e distribuídas em grandes centros urbanos, onde a Nio acredita que poderá trocar as células de forma rápida nestes locais. Com isso, a

Apresentado em 2021, Nio inicia produção em série do ET7, na fábrica de Hefei, na China

Imagem
A Nio iniciou a produção do ET7, apresentado no início do ano passado. A produção começou na Nio House, na unidade de Hefei, na província de Anhui, na fábrica em que compartilha com a JAC, chamada de Hefei Advanced Manufacturing Center. O sedã começou a ser produzido no último dia 10 de março. As primeiras entregas começam a partir do dia 28 de março aos primeiros proprietários do sedã. O ET7 será vendido com três opções de baterias: 70kWh, 100kWh e 150kWh. A Nio revelou mais informações sobre a mecânica do sedã e quais são as autonomias de cada opção. A bateria mais simples terá autonomia de 500km (70kWh), a bateria intermediária de 100kWh com autonomia de 700km e a maior bateria, de 150kWh, possui autonomia de 1.000km, ambos no ciclo NEDC. O sedã é equipado com dois motores elétricos, com um motor elétrico de 245cv na dianteira e 408cv na traseira. Juntos, o ET7 desenvolver 653cv de potência e um torque de 86,6kgfm. Com esse conjunto o belo sedã da Nio acelera de 0 a 100km/h em 3,9 s

Nio confirma desenvolvimento de plataforma com baterias de estado sólido para 2025

Imagem
A Nio confirmou que vai investir em uma nova plataforma dedicada exclusivamente para modelos elétricos. Essa plataforma deve servir de base para elétricos com baterias de estado sólido. A marca contará com o apoio da WeLion News Energy Technology, que terá o desenvolvimento da primeira plataforma para veículos equipados com baterias de estado sólido na China. A WeLion vai construir essa plataforma em Pequim, na China, de acordo com informações reveladas pelo relatório de trabalho do governo de Pequim. O objetivo da Nio é desenvolver uma plataforma que vai sustentar uma bateria de estado sólido que terá autonomia de cerca de 1.000km. Este mesmo relatório confirmou que a Nio investiu na WeLion para ser a empresa fornecedora da bateria no prazo determinado entre as empresas, que não foi estipulado no documento. De acordo com o mesmo, o indicador de proximidade entre as empresas é Zeng Shuxiang, CEO da XPT, divisão de motores elétricos da Nio, e diretor da WeLion. Essa bateria pode ser apr

Nio continua com sua expansão e prepara sede nos EUA; na Europa, tem 1º estação de baterias

Imagem
A Nio confirmou a sua expansão no mercado global. A marca chinesa vem trabalhando para expandir sua participação em outros mercados e instalou a sua primeira sede nos Estados Unidos. Por lá, a marca assinou um contrato de dez anos com um edifício de escritórios localizado na cidade de San Jose, Califórnia, nos Estados Unidos. A sede da marca possui 18.580m² e a transação provocou rumores que deve começar a vender seus carros nos EUA. Segundo o site Electrek , a Nio fechou esse contrato com esse local, que vai sediar as áreas de Pesquisa & Desenvolvimento Digital, Testes, Montagem, Armazenamento e Operações. A Nio ainda vai operar primeiro em um prédio na 3200 North First Street. A marca deve contar com essa expansão a partir de uma sede que é esperada para ser o lugar de onde a empresa coordenará a sua expansão no mercado norte-americano. Vale lembrar que a Nio confirmou que iria ganhar uma participação em mercados como a Europa Ocidental, China, Japão, Austrália, Emirados Árabes U

Nio abre contratações nos Estados Unidos e indica sua chegada também à América do Norte

Imagem
A Nio começou sua expansão global depois de começar a sua presença no mundo a partir da Noruega, primeiro mercado fora da China a ter uma presença da marca. Depois, Alemanha, Holanda e Países Baixos começaram a receber os modelos da marca. A próxima cartada será os Estados Unidos, onde a marca já contrata pessoal para a sua operação americana. Usando o LinkedIn, a marca está oferecendo 227 vagas de empregos, sendo 46 nos EUA. A marca terá sede em San Jose, Califórnia, mas pode acabar se mudando para Seattle. Por enquanto, a chinesa procura uma equipe de executivos locais nos Estados Unidos e desenvolvedores de software, condução autônoma, desenvolvimento de sistemas de áudio, financeiros e outros. Dentro dos próximos anos, a Nio prevê a sua chegada em 25 países no mundo, mas sem mencionar quais seriam esses países. Alguns já foram revelados como Japão, Austrália, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos, sendo que boa parte da Europa receberá a marca. “Temos uma equipe de desenvolviment

Nio ET5 é apresentado como o menor sedã da marca, mas tem até 1.000km de autonomia

Imagem
A Nio apresentou o seu novo sedã, que ficará abaixo do ET7. A marca apresentou o ET5, um sedã que é quase uma cópia do ET7 e que eles se diferenciam quase que com um olho clínico quando vistos de dianteira e lateral. Brigando com o Tesla Model 3, o Nio ET5 será vendido com três opções de bateria. O sedã mede 4,790 metros de comprimento, 2,888 metros entre os eixos, 1,960 metro de largura e 1,499 metro de altura, tendo um coeficiente aerodinâmico de 0,24Cx. Visualmente, o ET5 possui uma dianteira bem limpa, com destaque para os faróis em LEDs, bem finos e divididos em dois andares, sendo a parte superior com luzes diurnas em LED e luzes de repetição de seta. Mais abaixo estão os faróis principais do ET5, com um farol principal que traz ainda uma entrada de ar inferior aos faróis para refrigerar, possivelmente, os freios. O para-choque ainda tem uma entrada de ar inferior única, que refrigera as baterias. O logotipo da Nio aparece no capô do sedã, que tem linhas bem fluídas. Visto de lat

Postagens mais visitadas deste blog

Única Lamborghini Aventador Ultimae no Brasil está à venda, mas por R$ 8,7 milhões

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Jeep Commander vai receber dupla de motores maiores, com o 2.0 Turbo e o 2.2 Turbo Diesel

Jeep já vende o novo Renegade com descontos para consumidores com CNPJ em até R$ 13.063