Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Lay-off

Chevrolet paralisou a produção em São José dos Campos e segundo turno para por 10 meses

Imagem
General Motors confirmou que a unidade de São José dos Campos (SP) parou por dez dias em junho e GM toma decisão que segundo turno ficará parado por 10 meses A General Motors (GM) confirmou a parada na produção da Chevrolet S10 e Chevrolet TrailBlazer no mercado brasileiro durante o mês de junho. A parada na unidade afetou 4.000 funcionários durante dez dias, entre os dias 12 a 23 de junho. Isso aconteceu por conta da baixa demanda que a dupla recebeu na unidade. Nesse período, a fábrica poderia ter produzido um total de 3.000 unidades dos dois modelos. Entre os dias 27/03 a 11/04, a fábrica teve férias coletivas. Na época, a parada também estava relacionada com a falta de semicondutores que impediam a produção na unidade. A mesma fábrica ainda recebeu um período extra de parada, entre os dias 19 a 28 de junho em outras áreas, como a linha de produção de transmissão, destacou o Automotive Business . “A fábrica da General Motors em São José dos Campos - SP irá conceder days off aos se

Renault também sobre com a baixa demanda e fábrica do Paraná teve três lay-offs no país

Imagem
Renault também passou por paralizações na fábrica de São José dos Pinhais (PR), para adequar produção com a demanda do mercado brasileiro, e aplica lay-offs A Renault também confirmou que já sofreu com paradas na produção neste ano de 2023. A fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, parou algumas vezes neste ano. As paradas estão relacionadas com a baixa demanda dos produtos e para adequar a produção dos veículos com a demanda do mercado interno e externo. De acordo com informações do Automotive Business , a primeira parada aconteceu ainda em maio, entre os dias 15 a 22 deste mês. A produção de veículos da marca foi afetada, sendo que, hoje, a fábrica é a principal responsável pela produção de uma série de veículos que abastecem a produção em nosso país. Isso porque Kwid, Sandero, Logan, Duster, Oroch, Captur e Master são feitos na unidade. Além dos veículos, a fábrica é responsável pela produção de motores. Nessa primeira parada de maio, a marca francesa confirmou que aplicou um

Volkswagen prepara lay-off na unidade de São José dos Pinhais (PR) no fim deste semestre

Imagem
Volkswagen confirma que a unidade de São José dos Pinhais (PR) vai parar novamente em junho, com lay-off de 2.200 funcionárias na unidade paranaense A Volkswagen confirmou que prepara mais um lay-off na unidade de São José dos Pinhais (PR), para o mês de junho. A parada foi protocolada no Ministério do Trabalho, de acordo com informações do Automotive Business . Isso deve fazer com que a produção do T-Cross seja novamente atingida por uma parada, que será a segunda vez no ano, se a Volkswagen não for obrigada a parar mais uma vez antes disso. O lay-off será de até cinco meses, possivelmente para um dos turnos da unidade. Ao que tudo indica, o turno que será afetado será o segundo turno, não afetando o primeiro turno do SUV, que continua operante. A decisão deve fazer com que 2.200 funcionários fiquem em férias. Além dos funcionários, o site confirmou que a Volkswagen já teria avisado fornecedores que produzem os componentes do SUV compacto. O lay-off, permitido por até cinco meses, d

Volkswagen retoma hoje a produção em Taubaté (SP) e segundo turno retorna em abril

Imagem
A Volkswagen confirmou que vai reduzir o ritmo de produção dos veteranos Gol e Voyage em 2022 em Taubaté (SP). O motivo seria a fabricação apenas em um turno durante todo o ano de 2022, por conta da fábrica contar apenas com os dois modelos na linha. A produção da unidade retomou hoje (3) das férias coletivas, mas apenas em um turno. Depois de ficar parada desde o dia 23 de dezembro, a unidade que já está pronta para produzir modelos com plataforma modular MQB-A0, a fábrica retoma sua operação com cerca de 1.200 funcionários. Os demais funcionários do segundo turno, cerca de 2.000 funcionários, serão colocados em lay-off. Esse lay-off pode durar de dois a cinco meses, de acordo com a legislação. O pedido foi protocolado junto com o Ministério do Trabalho. Segundo o Automotive Business , o motivo disso seria a falta de semicondutores que ainda afeta a produção da Volkswagen, além da saída de linha de Gol e Voyage da Argentina, segundo maior mercado que os compactos tinham na região, por

Postagens mais visitadas deste blog

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

BYD Dolphin Mini abre regime de pré-venda no Brasil com sinal de R$ 10.000; estreia é dia 28

BYD Dolphin Mini pode ser lançado no Brasil com preço inicial de R$ 89.800 ou R$ 99.800

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Ford diz que foi a Volkswagen que não quis produzir a nova Amarok junto da Ranger

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize