Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Outros

Mitsubishi pode "voltar para a Europa" e desistir do plano de deixar o continente

Imagem
A Mitsubishi confirmou a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi deve trazer novos rumos para a Mitsubishi na Europa. A marca japonesa não deve mais sair do mercado europeu como tinha se confirmado. Enquanto a Mitsubishi deve se tornar a marca líder na Ásia, na Europa quem deve comandar é a Renault, mas Nissan e Mitsubishi podem continuar no mercado. Essa estratégica de marcas líderes não altera que as demais marcas da aliança precisem deixar aquele continente. Desde 2020, a marca tinha movimentos de interromper novidades no mercado europeu, reduzindo seus custos em 20% nos próximos dois anos, se tornando mais lucrativa. No entanto, o Outlander deve ser lançado na Europa, quebrando esse ciclo de deixar de renovar seus modelos por lá. Segundo o Financial Times, a marca dos diamantes deve colocar alguns dos seus modelos nas linhas de produção da Renault, na França. Esse movimento pode abrir algumas portas para vendas da marca na região. Apesar de não ser oficial, o site disse que uma fonte int

BMW deve manter o design ousado e comemora os 10 anos da divisão i Performance

Imagem
A BMW comemorou a marca de dez anos da linha “i”, de modelos elétricos/híbridos. Inaugurada em fevereiro de 2011, a divisão buscava desenvolver carros eletrificados e que só deve se intensificar nos próximos meses. “Conhecido pelo seu pioneirismo, o BMW Group começou a modelar o futuro da mobilidade sustentável no mundo em 2011 com o lançamento da submarca BMW i. Na vanguarda da mobilidade elétrica, a marca apresentou ao mundo novos conceitos de tecnologias, sustentabilidade e design. No Brasil, BMW i foi a primeira marca a lançar, em 2014, um veículo 100% elétrico, o BMW i3 e um híbrido com tomada, o BMW i8. Um verdadeiro sucesso na liderança da eletrificação da mobilidade brasileira, também implementou o corredor Rio - São Paulo, o mais importante corredor elétrico da América Latina. Parabéns pelos 10 anos, BMW i” , afirma Henrique Miranda, Head de BMW i para a América Latina. Considerado o pontapé inicial da eletrificação da marca, a divisão é vista como uma grande chave para a BMW

Jaguar pode ser colocada à venda após o cenário de 2025, diz fonte

Imagem
A Jaguar-Land Rover apresentou um novo plano estratégico que deve contar com novos modelos elétricos. Além disso, surgiu uma informação na Europa que a Jaguar seria uma empresa 100% elétrica já em 2025, sendo que a inglesa possui atualmente apenas o I-Pace como um modelo puramente elétrico. Todo esse processo deve ser muito rápido e vai exigir um bom esforço dos britânicos para acontecer. Surgiu rumores de que a Jaguar poderia ser vendida pelos indianos da Tata, que gerenciam a JLR. Entre os motivos que reforçam isso estão essa decisão de eletrificar tudo, o cancelamento do desenvolvimento do novo XJ. De acordo com o CEO da Jaguar-Land Rover, Thierry Bolloré, disse que os carros elétricos da Jaguar terão plataforma elétrica própria e que “o SUV será Land Rover” , enquanto “o Jaguar será diferente dos SUVs” . O CEO ainda destaca que “este é o renascimento do Jaguar” , de modo que a empresa “reposicionará completamente a marca Jaguar”. Isso pode indicar que a marca pode ser colocada à ve

BYD coloca seu plano de expansão para mercados internacionais com a Oceania

Imagem
Depois de muitos anos em crescimento interno, a BYD deve começar a se arriscar em novos mercados. A marca quer construir seus sonhos em outros continentes e confirmou que a Oceania deve ser um deles. O processo ambicioso de desenvolvimento e expansão da BYD para além da China deve começar a ser colocado em prática e a marca confirmou sua estreia na Austrália e Nova Zelândia. Além da Ásia e Europa (esse último com uma participação em alguns países), a Oceania parece um continente mais fácil de apostar suas fichas com seus novos modelos. A partir da chegada da BYD em mercados como os dois países deve ser também um termômetro para a recepção da chinesa em mercados internacionais. A BYD pode ter um acordo de colaboração com a australiana Nexport, acordo que foi anunciado há alguns meses e do qual ainda não definido quais são as pretensões. “BYD Auto Industry Co. Ltd. (BYD) e Nexport Pty Ltd. (Nexport) assinaram em 12 de fevereiro um acordo de longo prazo para colaborar no desenvolvimento e

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Imagem
O Grupo Volkswagen AG (VAG) pode abrir novamente uma Initial Public Offering (IPO), ou oferta pública inicial, ou seja, vender ações para o público com a meta de ganhar mais dinheiro. O grupo estuda aumentar o valor de mercado das ações da VAG, incluindo a médio prazo ter uma listagem inicial do criador de lucros da Porsche, de acordo com o que o jornal Finanztreff destaca. A VAG colocaria cerca de 25% das ações da Porsche no mercado, cerca de 20 a 25 bilhões de euros. Segundo informações, um membro não identificado da alta administração do grupo alemão destaca que a VAG não faria isso mais em 2021, mas não descarta o fazer dentro de alguns meses. Isso porque a Volkswagen anunciou que não comentaria sobre esses rumores de vendas de ações da Porsche. Após esses rumores surgirem na imprensa da Europa, as ações do grupo cresceram em pouco mais de 3%. Investidores da VAG especulam essa informação já há alguns anos, sendo que a Porsche se tornaria uma marca que poderia trazer um dinheiro mu

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Imagem
A Volkswagen confirmou, em entrevista, que não acredita nos carros movidos a hidrogênio como uma alternativa para o futuro da eletrificação. A marca alemã disse, por meio do seu CEO, Herbert Diess, que eles não tem futuro. As palavras podem ter soado como algo pesado pela maneira ríspida, até porque várias marcas já demonstraram interesse no desenvolvimento da tecnologia. "Os políticos devem aceitar a ciência: o hidrogênio verde é necessário para a produção do aço, da química e da indústria aeronáutica. Não pode ser usado para carros. É muito caro, ineficiente, lento e difícil de distribuir e transportar. Resumindo: não vejo carros a hidrogênio no horizonte" , disse Diess em sua conta no Twitter. Isso reflete também nas decisões da VAG como um todo, que não deve apostar nessa tecnologia, tanto que a marca deve investir massivamente em modelos elétricos e híbridos, por exemplo. A marca líder do desenvolvimento dos carros movidos a hidrogênio é a Toyota, que vende o Mirai em al

Volvo deve inaugurar 250 eletropostos até o final de março no Brasil, em 23 cidades

Imagem
A Volvo confirmou que deve ter cerca de 250 postos de recargas no Brasil em alguns meses. A marca sueca deve fechar a parceria com a Ecovaga, uma iniciativa com a Estapar, que conta com a maior rede de estacionamentos do Brasil. A empresa de soluções energéticas Enel X que deve criar a primeira rede de carregamento semi-pública para elétricos e híbridos. "Cada dia mais a Volvo Car Brasil quer transformar a indústria com a eletrificação. Estamos investindo na estrutura de carregadores para que possamos dar confiança, quebrar barreiras e possibilitar cada vez mais facilidade para proprietários de veículos híbridos e elétricos, não só da Volvo, mas de qualquer outra marca" , destaca Rafael Ugo, Diretor de Marketing Latam Hub para Volvo Car Brasil. As 250 estações de recarga devem ser instaladas nas regiões do Sul, Sudeste, Nordeste e Distrito Federal. As estações de recarga devem ser instaladas pela Enel X e terão fornecimento de carregamento inteligente, abastecendo cerca de 80

Toyota apresenta Camry GR-S Parts no Japão, com dois novos kits visuais esportivos

Imagem
A Toyota apresentou as primeiras imagens de uma versão mais esportiva do Camry, desenvolvida pela Gazoo Racing. O sedã grande da marca ganhou alguns pacotes visuais lá no Japão. Os pacotes devem ser oferecidos como opcionais e começa a ser vendido primeiro no mercado japonês, mas pode ser oferecido em outros mercados, como os Estados Unidos. Por lá, a Toyota teve ajuda da Modellista para desenvolver a personalização do sedã. A parceria entre a Modellista e a Gazoo Racing Parts gerou o desenvolvimento de kits muito similares que estavam disponíveis para o Camry. Há dois kits diferentes, sendo um mais discreto e outro mais ousado. O primeiro oferecer um para-choque dianteiro um pouco modificado, com novas saias laterais e vários conjuntos de rodas esportivas e maior polegada, assim como novas saídas de escape. O modelo desenvolvido pela Modellista é um pouco mais picante, ao trazer mudanças mais bruscas no para-choque dianteiro (com novas entradas de ar falsas nas extremidades do para-ch

Land Rover comemora marca de 1 milhão de unidades do Range Rover Sport desde 2005

Imagem
A Land Rover comemorou a marca de 1.000.000 de unidades vendidas do Range Rover Sport. Em 15 anos de mercado, o SUV inglês conseguiu atingir essa meta de vendas. Lançado em 2004, o modelo começou as ser vendido em 2005, onde caiu rapidamente no gosto do consumidor. Em sua segunda geração desde então, o utilitário esportivo ganhou um vídeo onde aparece em suas principais conquistas ao longo destes anos. Entre algumas estão a escalada de 999 degraus do Portão dos Céus, na China, em 2018, e a conquista de ser o SUV mais rápido do mundo, título que conseguiu em 2014 no circuito de Nürburgring, com a versão SVR. A terceira geração do Range Rover Sport já está em desenvolvimento e pode ser apresentado ainda em 2021. Ele deve ser desenvolvido sobre a plataforma MLA, que deve permitir o uso de motores eletrificados no modelo, como novas opções híbridas e motor puramente elétrico. Com 4,87 metros de comprimento, 2,92 metros de entre-eixos, 2,07 metros de largura e 1,80 metro de altura, o Range

Lucid deve chegar à Europa no primeiro semestre de 2022, com o sedã elétrico Air

Imagem
Após se apresentar para o mercado norte-americano, a Lucid deve começar a vender seus carros na Europa a partir de 2022. Tentando atingir a mesma meta que a Tesla, a Lucid deve atrair a atenção de uma nova leva de consumidor ávidos por carros elétricos. A marca apenas confirmou que deve vender seus carros por lá no ano que vem, no primeiro semestre, sem estipular datas de apresentação mais definitivas. Nos EUA, o modelo começou a ser vendido no final do ano passado, mas as entregas devem começar apenas no segundo trimestre de 2021, entre abril a junho. O Lucid Air deve ser vendido com preços que começam em US$79.995. Na cotação atual do Dólar em nosso mercado, que está nas alturas, o Lucid Air poderia ser vendido por R$423.973, sem contar impostos de importação. No entanto, o Air só deve começar a ser vendido com as versões Touring e Grand Touring, tabeladas em US$95.000 (R$503.500) e US$139.000 (R$736.700), respectivamente. A versão topo de linha, Dream Edition, que começa a ser vendi

Primeira fábrica com carbono neutro da América Latina é da Stellantis, em Goiana (PE)

Imagem
A Stellantis confirmou que uma fábrica brasileira se tornou a primeira a conseguir o selo de carbono neutro da América Latina. A unidade de Goiana (PE), passou a ser a primeira fábrica do grupo na região a conquistar o feito. Atualmente responsável pela produção de modelos como Jeep Renegade, Fiat Toro e Jeep Compass, a unidade fabril consegue um importante feito de sustentabilidade e compromisso ambiental. De acordo com a Stellantis, a fábrica é a primeiro Complexo Industrial Multi-Plantas a conquistar esse feito. Isso porque não foi apenas a fábrica de Jeep e Fiat, mas também de toda a cadeia de fornecedores. Desde 2017 que as fábricas de fornecedores também tinham aderido para chegar ao carbono neutro. São um total de 16 fábricas no Complexo Industrial de Goiana, onde o Parque Industrial conseguiu atingir a compensação de emissões por meio do programa Amigos do Clima, uma força-tarefa combinada para a redução e compensação de emissões. "Trata-se de uma conquista muito important

Mazda deve apostar em desenvolver motores movidos a combustíveis sintéticos

Imagem
A Mazda confirmou a sua parceria com a eFuel Alliance, que deve ajudar a desenvolver combustíveis sintéticos e que são menos poluidores A marca japonesa se tornou a primeira a se juntar para criar combustíveis renováveis, como os biocombustíveis e os combustíveis sintéticos. Essa aparece como uma nova opção aos motores elétricos e substitutos dos motores a combustão fóssil. Isso porque a Mazda acredita que os motores a combustão possuem muito a se desenvolver antes de partir para uma eletrificação pura, até porque nem todos os países devem aderir aos carros elétricos. Os combustíveis sintéticos envolveram a fabricação de hidrocarbonetos de combustíveis em fábricas de produtos químicos do dióxido de carbono atmosférico e do hidrogênio. Quando queimados, a mesma quantidade de dióxido de carbono do efeito estufa é emitida para a atmosfera e absorvida por plantas. Esses combustíveis deve fazer com que a proporção de CO2 na composição da atmosfera terrestre não se altera, fazendo com que a

MINI deixará de oferecer bancos com couro e pode apostar em reciclagem ou couro vegano

Imagem
A MINI confirmou que deve apostar em um novo material nos bancos do novo Cooper, recém apresentado com uma reestilização. Embora sem ter revelados detalhes muito profundos, a marca inglesa confirmou que não deve mais usar o acabamento em couro nos seus carros. "Nós não precisaremos mais de couro no futuro, porque não acreditamos que é sustentável. Estamos totalmente convencidos de que teremos produtos modernos e de alto valor sem usar couro." , destacou Oliver Heilmer, Chefe de Design da Mini, em entrevista ao site inglês Autocar . A marca estaria de olho em apostar no acabamento em “couro vegano”, assim como marcas como a Tesla tem optado. Apesar de não ter comentado qual seria o material desses novos bancos, a MINI também pode usar materiais reciclados, algo que a Volvo também tem feito em seus carros ultimamente na Europa. De acordo com Heilmer, que divulgou um pouco sobre a nova geração do Cooper, disse que o hatch deve ser um pouco menor e mais divertido de guiar. "

Ford garante, em nota, que não sai do Brasil e mantém concessionários mais calmos

Imagem
A Ford garantiu em comunicado que não deve deixar o mercado brasileiro. O motivo seria o temor das concessionárias de que a marca abandonaria o país com as difíceis decisões de fechar as fábricas de Camaçari (BA) e Taubaté (SP). Os concessionários da marca temiam que a Ford saísse do mercado dentro de dois anos, de acordo com o UOL. Em nota, a Ford comunicou que “continuará fornecendo assistência total ao consumidor com operações de vendas, serviços, peças de reposição e garantia para seus clientes no Brasil e na América do Sul”, ou seja, a Ford não deve nem sair do Brasil nem de nenhum mercado vizinho. Se não fosse o investimento já confirmado pela Ford para a fábrica da Argentina de General Pacheco, ainda teria uma nuvem escura que pairasse sobre esse assunto. Porém nos últimos anos a gente já viu grandes operações fecharem e as marcas abandonarem esses mercados. Isso aconteceu com a Chevrolet na Rússia, Europa, Índia e todo Sudeste Asiático, além da Holden na Austrália (nesse caso a

Curiosidades: os 10 mais vendidos globalmente em 2020; Toyota Group reassume liderança

Imagem
O ano de 2020 deve ser conhecido como o ano da Toyota Group, a marca Toyota e do Corolla. Sim, três vezes Toyota. Esses são os resultados dos mais vendidos de 2020. Começando pela lista dos automóveis, o Toyota Corolla ainda é o carro mais vendido do mundo. Os médios da marca japonesa são vendidos com as carrocerias hatchback, sedã e station wagon, sendo que no Brasil é vendido apenas o Corolla na carroceria sedã. O sedã ainda foi o único automóvel a vender mais de 1 milhão de unidades em um ano vem difícil como foi 2020. Foram 1.134.262 unidades comercializadas em todo o mundo. Depois aparece o Toyota RAV4 com 971.516, que ultrapassou a Ford F-Series com suas 968.179 unidades. O Honda CR-V foi o quarto com 705.651 unidades, seguido pelo Honda Civic com 697.945 unidades. Fecham a lista dos 10 mais vendidos: Chevrolet Silverado, RAM Pickups, Volkswagen Tiguan, Toyota Camry e Nissan Sylphy. Entre as marcas, a Toyota se manteve na liderança, de maneira bem confortável. Foram 7,86 milhões

SSC Tuatara quebra segundo recorde mundial de velocidade ao chegar aos 455,2km/h

Imagem
A SSC confirmou que o Tuatara quebrou o novo recorde de velocidade máxima. O modelo conseguiu atingir a velocidade de 455,2km/h, depois de conseguir 508,7km/h. Dessa vez, o carro usou o Campo de Provas de Nevada (EUA), Johnny Bohmer, no Aeroporto Shuttle Landing Facility da NASA, na Flórida. A pista possui extensão de 4,6km, sendo que em 1,6km, o carro já tinha atingido a velocidade de 393km/h. Apesar do recorde ser da Bugatti, nesse caso ele não é levado em consideração por conta do teste ter sido feito em apenas uma direção, ao contrário dos testes realizados pela SSC. Com isso, o modelo quebrou um recorde que era do Koenigsegg Agera RS, que conseguiu 447,1km/h, em novembro de 2017. Com fábrica em West Richland, em Washington, nos Estados Unidos, a SSC revelou que o primeiro lote de 100 unidades do modelo deve ser produzido nesse terceiro trimestre do ano. A marca revelou detalhes do seu novo motor, um 5.9 V8 duplo turbo Flex Fuel que substitui o 7.0 V8. Ele desenvolve 1.369cv de pot

Nissan quer, até 2050, zerar emissão de CO2 com a neutralidade do carbono

Imagem
A Nissan confirmou que deve começar a se movimentar para ter mais fábricas com carbono zerado no mundo. A marca quer neutralizar a emissão de carbono até meados de 2050. A marca japonesa confirmou que 100% dos seus carros devem ser eletrificados até 2030, entre híbridos e elétricos. A Nissan ainda deve ser uma das pioneiras com a redução de emissões com o Acordo de Paris, que pretende neutralizar as emissões até 2050 e outras montadoras já falaram exatamente o mesmo – algumas até mesmo com chance de conseguir isso antes de 2050. Na Nissan, o prazo dos carros puramente a combustão de sobreviverem é até 2030. A japonesa deve investir massivamente em modelos eletrificados em mercados-chave, como Estados Unidos, Europa, China e Japão. Nos demais mercados, a Nissan deve continuar investindo em modelos híbridos e alguns elétricos, mas sabendo que esses últimos devem ser vendidos como modelos mais de nicho. “Estamos determinados a ajudar a criar uma sociedade neutra em carbono e acelerar a lu

Volvo passa a vender XC60 com opção de bancos com materiais recicláveis no país

Imagem
A Volvo confirmou a chegada de uma versão ainda mais ecológica do XC60 no mercado brasileiro. O modelo híbrido desembarca no nosso mercado com uma opção de interior em tecido sustentável. Disponível na versão Inscription, o estofamento é produzido a partir de um acabamento personalizado, feito de 30% de lã e 70% de poliéster reciclado. “Além de estarmos disponibilizando mais duas opções de tecido exclusivas a nossos clientes, o novo interior do XC60 Recharge Inscription traz muito mais conforto, já que o novo material traz conforto térmico e mais respirabilidade, garantindo muito mais comodidade para o dia a dia” , destaca o Gerente de Produto e Preço da Volvo Car Brasil, Bruno Galli. Esse acabamento deve ser oferecido nas tonalidades Charcoal Midnight Zink Wool Blend, dois tons de cinza claro, e Charcoal Slate Wool, um cinza mais escuro. De acordo com a Volvo, a maioria do material reciclado do poliéster vem de materiais como garrafas PET e lixo removido dos oceanos ou revestimentos d

Porsche Panamera bate recorde que era do Taycan em pista de testes nos EUA

Imagem
A Porsche revelou que o Panamera quebrou um novo recorde. O sedã maior da marca alemã quebrou um recorde com a versão Turbo S, quebrando um recorde que era do irmão Taycan, como o sedã mais rápido do circuito de Road Atlantra, onde a Porsche costuma desenvolver seus esportivos para a América do Norte. De acordo com informações, a Porsche registrou o recorde que foi de mais de 2 segundos de vantagem na pista. De quebra, o Panamera ainda registrou o recorde do circuito entre os carros com produção em série. O seda foi pilotado por Leh Keen, que já disputou provas como Le Mans 24h e também com a SportsCar. O circuito, com 4,1km de extensão, fez com que o sedã cumprisse a prova em 1min31s5, com uma velocidade média de 161km/h e máxima atingida de 257km/h. Isso é 2,4 segundos a menos que o Taycan Turbo S, que conseguiu 1min33s888 na pista. Localizada em Braselton, Geórgia, Estados Unidos, a pista é constantemente usada pela Porsche. “Os engenheiros encontraram o equilíbrio perfeito. (…) A e

CAOA se aventura no mundo dos seguros com a Caoa Seguros, em parceria Wiz Conseg

Imagem
Depois de contar com o Caoa Consórcios, a Caoa ainda é a gestora marcas como a Chery, Subaru e os importados da Hyundai no mercado brasileiro. Dentro de algumas semanas, o grupo quer se tornar uma seguradora também. De acordo com anúncio oficial, a Caoa vai criar a Caoa Seguros, em parceria com a Wiz Conseg. O objetivo seria unificar forças para “constituir a maior operação de seguros automotivos no país”. A Caoa Seguros deve contar com cerca de 20 anos de experiência do grupo com a exploração de oferta, distribuição, promoção e comercialização de seguros e produtos financeiros junto à rede de concessionárias. Atualmente a Caoa conta com 233 concessionários entre Chery, Hyundai, Ford e Subaru. Cerca de 156 concessionárias são próprias. “A parceria com a Wiz irá promover maior intercâmbio de conhecimento técnico, operacional e de vendas para acelerar a entrada do Grupo Caoa no segmento de seguros” , revela Alexandre Kalache, Diretor Executivo da Wiz Conseg. A Caoa Seguros será formada p

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Tesla revela nova informação sobre design da Cybertruck, que estreia no fim do ano

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

Mercedes-Benz apresenta a nova geração da Classe C Estate, que estreia na Europa

Mercedes-Benz apresenta a nova geração do Classe C, que adere aos motores híbridos