Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Joint-Venture

Volvo confirma investimento em bateria de empresa que recupera 160km em 5 minutos

Imagem
A Volvo confirmou que vai apostar em uma empresa que possui baterias que recuperam 160km de autonomia em apenas 5 minutos. A informação é que a Volvo vai investir na empresa israelense StoreDot, que desenvolve uma bateria de recarga bastante rápida. O investimento será feito por meio do braço ‘capital de risco’ da marca. Com esse investimento, a Volvo espera ser uma das montadoras que possam utilizar futuramente a bateria, o que pode acontecer até meados de 2030. Ao trabalhar em conjunto com a Volvo Cars, a StoreDot visa acelerar o tempo de comercialização de sua tecnologia e tem como meta a produção em massa até 2024. A Volvo Cars é a primeira montadora premium a investir na StoreDot. De acordo com informações, a parceria funcionará como uma joint-venture com a Northvolt. “Nosso objetivo é ser o transformador mais rápido em nossa indústria e o Tech Fund desempenha um papel crucial no estabelecimento de parcerias com futuros líderes em tecnologia. Nosso investimento na StoreDot se enca

Ford e SK reforçam parceria com construção de fábrica de baterias na Turquia e nos EUA

Imagem
A Ford e a SK Innovation fecharam uma parceria para a produção de baterias na Europa e também nos Estados Unidos. Na Europa, Ford, SK On Co., Ltd. e Koç Holding assinaram um Memorando de Entendimento não vinculativo para um novo negócio de joint-venture líder do setor na Turquia – sujeito à progressão para um compromisso firme dos três parceiros – que levaria à criação de uma das maiores instalações de baterias elétricas para veículos comerciais na região mais ampla da Europa. “Na Ford, continuamos a intensificar as nossas ações para acelerar e liderar a revolução da eletrificação à medida que continuamos a criar um negócio neutro em carbono e também reforçando a nossa força como marca líder de veículos comerciais da Europa através do nosso novo negócio de distribuição e serviços de veículos Ford Pro” , disse Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa. Em 2021, a Ford foi a marca de veículos comerciais mais vendida na Europa pelo sétimo ano consecutivo e a marca mais vendida em nove merc

Bugatti e Rimac desenvolvem modelo em comum, mostra imagem com executivos

Imagem
A joint-venture entre a Bugatti e a Rimac deve desenvolver novos modelos dentro de alguns anos. De acordo com as primeiras informações, são dois novos hiperesportivos que serão lançados – um para cada marca. A foto, que confirma o que era um rumor, mostra dois cupês cobertos por panos que identificam a Bugatti e a Rimac. A foto foi tirada no Centro de Engenharia e Design, em Berlim, na Alemanha. Na foto, que comemorava a presença de Achim Anscheidt, novo Diretor de Design da Bugatti-Rimac, e o novo Diretor de Tecnologia da joint-venture, Emilio Scervo, confirmaram que vão trabalhar lado a lado para “desenvolver a próxima geração de hipercarros Bugatti e Rimac” . A esquerda de Anscheidt e Scervo aparece um cupê com panos brancos e com o logotipo da Rimac e ao seu lado estão um cupê com panos azuis com logotipo da Bugatti, indicando que os projetos são primos. A imagem de fundo ainda mostra todos os modelos atuais das duas marcas, sendo a Rimac apenas com o Nevera e a Bugatti com todos o

Stellantis e LG fecham acordo de investimento em fábrica de baterias em Windsor, no Canadá

Imagem
A Stellantis e a LG Energy Solution anunciaram acordos para a construção da primeira fábrica de baterias de modelos elétricos no Canadá. A joint-venture entre as duas empresas vai fazer com que as marcas que compõe a Stellantis produzam as baterias para seus carros. As baterias serão de íon-lítio e serão construídas em uma fábrica que custará US$ 5 bilhões (Dólar canadense), na nova fábrica de baterias localizada em Windsor, Ontário, Canadá. As atividades de construção da planta estão programadas para começar ainda este ano, com as operações de produção planejadas para serem lançadas no primeiro trimestre de 2024. A fábrica pretende ter uma capacidade de produção anual superior a 45GWh e criará cerca de 2.500 novos empregos em Windsor e arredores. Cada um dos níveis municipal, provincial e federal do governo canadense concordou em apoiar totalmente a operação bem-sucedida da empresa de joint-venture. Com a fábrica de baterias localizada em Windsor, Ontário, sede do maior polo automotiv

Honda vai produzir os automóveis da Sony a partir de 2025 e criam uma nova joint-venture

Imagem
Agora é oficial. A Sony vai mesmo produzir automóveis e eles serão produzidos em parceria com a Honda. Um acordo foi assinado no último dia 4 de março, indicando que a Sony realmente vai produzir automóveis, após ficar em stand-by a informações e os rumores de que a marca iria investir em automóveis. Com a experiência da Honda na linha de produção, a Honda ainda vai ajudar em serviços de pós-venda. A parceria foi assinada no Japão para a formação de uma aliança estratégica que visa criar uma nova era de mobilidade e serviços de mobilidade. Especificamente, as duas empresas assinaram um memorando de entendimento que descreve sua intenção de estabelecer uma joint-venture, no qual vão produzir modelos elétricos em conjunto. Esta aliança visa reunir as capacidades de desenvolvimento de mobilidade da Honda, tecnologia de fabricação de carrocerias de veículos e experiência de gerenciamento de serviço pós-venda cultivada ao longo de muitos anos, com a experiência da Sony no desenvolvimento e

Surgem novas informações sobre a fábrica da Audi-FAW na China; construção inicia em abril

Imagem
A Audi revelou mais algumas informações sobre a sua nova fábrica da China, que será elétricos em joint-venture com a FAW. A unidade faz parte de um investimento de US$ 3,29 bilhões, com investimento em conjunto entre as duas empresas. Com capacidade de produzir 150.000 unidades ao ano, a fábrica foi anunciada no dia 11 de fevereiro. Instalada em Changhun, a construção da unidade começa a partir do mês que vem, em abril. "O projeto Audi-FAW NEV é uma importante pedra angular da estratégia de eletrificação da Audi na China. Consequentemente, estamos avançando nas obras relevantes deste projeto. A construção da usina está prevista para começar no segundo trimestre de 2022." , disse um porta-voz do Grupo VAG. Com a construção iniciando no mês de abril, a unidade de Changhun fica localizada na província de Jilin. De acordo com o site Automotive News , a produção começa em dezembro de 2024. A imagem que confirmava o investimento da fábrica na China foi acompanhada do A6 e-tron Conc

Stellantis quer adquirir parte majoritária da GAC Group na China, passando de 50% para 75%

Imagem
A Stellantis confirmou que vai aumentar a sua participação na joint-venture entre a GAC-Stellantis de 50% para 75%. O anúnciofoi realizado como um elemento-chave para o grupo ítalo-franco-americano com base em seus negócios na China. Ambas as empresas concordaram em concluir a forma colaborativa. Formada em março de 2010, a joint-venture entre as empresas, foi confirmado pela Stellantis que o grupo criaria uma organização operacional simplificada “Stellantis Jeep” para desenvolver a marca na China. A JV está agora apta a apoiar a eficiência desta estratégia integrada “One Jeep” na China, focada na fábrica de Changsha, que atualmente se prepara para lançar o Jeep Compass. O GAC Group e a Stellantis continuarão colaborando estreitamente para aumentar os negócios lucrativos da marca na China. Detalhes adicionais sobre o plano da Stellantis para o mercado chinês serão anunciados no plano estratégico global em 1º de março de 2022. No último ano, a Stellantis tem feito uma série de parcerias

China dá fim a necessidade de joint-venture para venda no país e encerra incentivo para EVs

Imagem
Depois de muitos anos, a indústria automotiva da China se libertou da necessidade de ter joint-ventures com empresas chinesas para vender carros de marcas estrangeiras no gigante país asiático. De acordo com o Ministério do Comércio e Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma determinaram que a partir do dia 1º de janeiro de 2022, não será mais exigida a participação em fabricantes locais para atuação no Brasil. Desde 1994, a China tinha essa diretriz para permitir o acesso de marcas de outros mercados em seu território, contando com uma porcentagem de 50% e que em 2018 foi aumentada para 70%. Com isso, marcas como Lucid, Rivian e outras empresas menores podem olhar para a China como um mercado possível para expansão, assim como aconteceu com a Europa. Isso traz ainda uma maior competitividade como berço global de fábricas, permitindo ainda que empresas estrangeiras possam atuar de maneira independente. O sistema foi criada na década de 1990 para fazer com que a tecnologia permane

VAG fecha parceria com três empresas para produzir baterias para carros elétricos

Imagem
A Volkswagen AG (VAG) confirmou uma parceria estratégica para a industrialização de tecnologias para baterias de elétricos. De acordo com informações de Thomas Schmall, Membro do Conselho de Administração do Grupo Volkswagen para Tecnologia e CEO da Volkswagen Group Components, confirmou que “a Volkswagen está implementando sua estratégia de bateria de forma muito consistente e em um ritmo acelerado. A célula unificada da Volkswagen deve estar na vanguarda do desempenho, custos e sustentabilidade desde o início. Com nossos novos parceiros, estamos um passo mais perto de atingir essa meta. Juntos, vamos nos concentrar nas principais partes da cadeia de valor da bateria e desenvolver tecnologias de ponta”. A VAG fechou uma parceria com a Umicore, 24M Technologies e a Vulcan Energy. A Volkswagen AG e a Umicore, líder em materiais de mobilidade limpos, planejam estabelecer uma joint venture projetada para fornecer materiais de cátodo às fábricas de células europeias da Volkswagen AG. Para

Foxconn e Arábia Saudita terão joint-venture que pode incluir a BMW para nova marca

Imagem
A BMW e a Foxconn podem firmar uma parceria para o desenvolvimento em conjunto de alguns carros. A Foxconn, que conta com a sua marca Foxtron, confirmou que pode ter uma negociação com a Arábia Saudita para a criação de uma nova joint-venture para a produção de automóveis, destacou o site Automotive News Europe . De acordo com informações de pessoas que estão lidando de maneira mais próxima com o assunto, o Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita vai ser o responsável pela criação da nova empresa chamada Velocity. Esse fundo de investimentos da Arábia Saudita confirmou que essa nova empresa pode contar com materiais usados pela BMW. Essa nova marca seria criada por esse fundo de investimento saudita e os acionistas do fundo querem injetar US$ 450 bilhões, cerca de R$ 2,5 trilhões. Esse investimento é mais do que necessário para criar uma empresa que pode ser considerada uma startup. E a Velocity funcionaria da seguinte forma: os sauditas entrariam com o dinheiro, a Foxconn entr

Seres e Huawei criam a marca premium Aito, que estreia com o M5, com base no Seres SF5

Imagem
Se a Seres já foi criada em parceria com a Huawei, a empresa confirmou a apresentação de uma nova marca que nasce da parceria da Huawei com a Seres: a Aito. A Aito deve ser uma marca premium da Seres e revelou o Aito M5, com base no Seres SF5. A marca nasce da abreviação de Adding Intelligence To Auto (ou Adicionando Inteligência ao Automático/Automóvel). A Aito confirmou que terá mais dois crossovers dentro de alguns anos. Enquanto isso, o Aito M5 começa a ser vendido no próximo dia 23. Ele será apresentado com um sistema operacional da própria Huawei, o HarmonyOS. Ele é criado sobre o sistema Hongmeng, que é quase que os nossos sistemas operacionais Apple e Android. Ele se destaca por contar com conexão com internet 5G, internet das coisas e interação multiterminal, tornando-se um carro bastante conectado. Ele ainda possui um sistema que permite que ele seja comandado por voz, por meio do smartphone. Se estiver em casa ou em um estacionamento, o carro pode ativar algumas funções mesm

Surge novos detalhes sobre a joint-venture entre Bugatti e Rimac, que recebe sinal verde

Imagem
A joint-venture entre Bugatti e Rimac recebeu o sinal verde para ser concretizada. Em conjunto com a Porsche, o desenvolvimento de motores e tecnologias em conjunto vai ajudar as marcas de veículos superesportivos a entrar na era da eletrificação. Com sede em Sveta Nedelja, na Croácia, a joint-venture terá como CEO, Mate Rimac, CEO da Rimac. A Porsche vai entrar na joint-venture com uma posição estrategicamente. Como as marcas de esportivos da VAG possuem uma marca líder, a Bugatti possui a Porsche como líder assim como a Lamborghini é liderada pela Audi. Na joint-venture, a Rimac terá 55% da propriedade e 45% será de propriedade da Porsche, representando a Bugatti. Apesar da joint-venture, cada marca vai desenvolver seus modelos e produzir em suas fábricas. A Rimac mantém a unidade de Zagreb, na Croácia, e a Bugatti em Molsheim, na França. “Conseguimos agregar valor à prestigiosa e tradicional marca Bugatti, orientando-a mais para o futuro. A Bugatti simboliza charme e paixão; A Rimac

Stellantis e LG se unem para criar e produzir células e módulos para baterias nos EUA

Imagem
A Stellantis confirmou uma parceria com a LG Energy Solutions para o desenvolvimento dos seus futuros carros elétricos. Ambas as empresas terão uma joint-venture para produzir módulos e células de baterias para elétricos na América do Norte. A parceria vai fazer com que as empresas construam, juntas, uma fábrica com capacidade anual de 40GWh ao ano, que vai começar a produção em meados de 2024. Na América do Norte, a Stellantis espera que 40% das vendas sejam de modelos elétricos em 2030. A fábrica vai abastecer as fábricas da América do Norte e Central. "O anúncio de hoje é mais uma prova de que estamos implantando nosso agressivo roteiro de eletrificação e estamos cumprindo os compromissos que fizemos durante nosso evento do EV Day em julho. Com isso, determinamos agora a próxima 'gigafactory' que chega ao portfólio da Stellantis para nos ajudar a alcançar um mínimo total de 260 GWh de capacidade até 2030. Quero agradecer calorosamente a cada pessoa envolvida neste proj

Mercedes-Benz e Stellantis vão se unir para desenvolver baterias, junto com a TotalEnergies

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou uma parceria inédita com a Stellantis e a TotalEnergies para o desenvolvimento de uma joint-venture, chamada de Automotive Cells Company (ACC). Cada uma das três empresas terá 33% das ações e a transação ainda depende de aprovações de cada grupo. O deve investir 1,2 bilhão de euros no empreendimento, passando de 48GWh para 120GWh até 2030. Ainda não se tem informações de quanto que deve ser investido por cada marca, mas o investimento total será de 7 bilhões de euros. A primeira fábrica deve ficar com a unidade de Douvrin, no norte da França, que começa a produzir baterias a partir de 2023. Depois, a joint-venture terá uma nova fábrica, em Kaiserlautern, na Alemanha. Toda a produção vai abastecer o mercado europeu, a princípio. Ao que já tinha sido confirmado antes, a Daimler tinha planejado investir 40 bilhões de euros até 2030 nos carros elétricos, construindo um total de oito fábricas no total, espalhadas pelo mundo. O objetivo é conseguir atender a demanda

Ford e BMW iniciam testes de baterias de estado sólido em automóveis a partir de 2022

Imagem
A BMW e a Ford criaram uma joint-venture para o desenvolvimento de baterias, para carros elétricos, em estado sólido, firmada em maio deste ano. As empresas confirmaram que vão começar os testes a partir de 2022. Os testes reais em veículos a partir do ano que vem vai validar se o desenvolvimento está de acordo. De acordo com informações, a joint-venture entre as duas empresas deve permitir a criação de baterias com cerca de 100 amperes. O lançamento destas baterias em modelos vai ocorrer entre 2025 a 2030. Essas baterias vêm se tornando conhecidas por apostarem em menor custo e maior autonomia. A parceria entre a BMW, Ford e a Solid Power ainda tem novidades ao ponto de que a Solid apresentou uma plataforma chamada de All-Solid-State, que deve receber diferentes tipos de baterias. A base ainda é compatível com baterias de íon-lítio e níquel-manganês e cobalto. Até 2026, a marca confirmou que pretende regularizar a comercialização de baterias de estado sólido até 2026, podendo oferecer

Joint-venture entre a GM-SAIC vai produzir seus próprios semicondutores na China até 2026

Imagem
A General Motors confirmou que juntamente com a sua divisão da SAIC na China, vai passar a produzir semicondutores depois da crise que afetou o grupo no mundo todo. De acordo com informações da Agência Reuters, o desenvolvimento do seu componente próprio é feito desde 2018 e as metas é que os chips sejam produzidos na China no prazo de cinco anos. Isso vai permitir que a marca eleve o nível de cooperação com a produção chinesa em uma escala global. Sem sequer imaginar que passariam por uma crise da falta do componente entre 2020 a 2022 (data que deve manter a falta dos componentes no mercado), a GM deve passar a produzir o seu próprio componente, deixando de ficar refém de fornecedores. Além dos semicondutores, GM e SAIC tinham conversado para desenvolver outros componentes como a troca de baterias para seus veículos subcompactos, de acordo com o Congresso Mundial de Veículos de Nova Energia. No Brasil, todas as fábricas da GM pararam a produção. Em comunicado, o grupo disse que "

Marca de carro da Xiaomi ganha força e deve ser desenvolvida com ajuda de algum parceiro

Imagem
Depois de trabalhar em conjunto com a Bestune para o desenvolvimento de tecnologias para o utilitário esportivo T77, a Xiaomi quer entrar de vez no mundo dos automóveis como uma marca – assim como a Apple. Marca de até então eletrônicos, a Xiaomi quer se aproveitar da crescente demanda de um novo tipo de eletrônico: os automóveis. Com a expansão dos carros elétricos, a marca quer investir no segmento. A marca deve ser conhecida como Xiaomi EV Inc e terá 10 bilhões de yuans de investimento, com Lei Jun como CEO da empresa. Cerca de 300 trabalhadores já foram contratados ou transferidos dentro da própria Xiaomi para trabalhar no projeto. A Xiaomi ainda teria um aporte de 8,5 bilhões de euros para aplicar em um projeto nos próximos dez anos. A marca já teria visitado uma série de possíveis parceiros que vão ajudar a marca a criar seu automóvel, como a startup Deepmotion, que vai desenvolver tecnologias como condução autônoma. Além disso, a Evergrande Group poderia ser uma opção de parceir

Rimac deve fazer Bugatti ter híbrido e elétrico até 2030; ambas já trabalham juntas

Imagem
Depois de revelar sua parceria em julho, a Rimac e a Bugatti já trabalham em conjunto para projetos futuros. Ambas as empresas devem anunciar o desenvolvimento de dois esportivos que devem ser eletrificados. De acordo com informações, a Bugatti deve contar com um modelo hibrido e um elétrico até meados de 2030. Os carros das duas empresas ainda vão ganhar sistemas de propulsão elétrica de alto desempenho, com a ajuda da Porsche. Segundo informações do Motor Trend , o primeiro Bugatti eletrificado deve ser um híbrido que será o sucessor do Chiron. O carro deve ficar em linha por cinco anos e será substituído por um elétrico puro. “Com esta plataforma, você pode fazer muito. Talvez um SUV ou um cupê de capô longo, ou algo absolutamente louco em que ninguém pensa” , disse Mate Rimac, CEO da Rimac em entrevista ao site. De acordo com Frank Heyl, Subdiretor de Design da Bugatti, tanto a francesa como a croata trabalham desenvolvendo novas ideias com seus planos de ter o Bolide nas ruas em 2

Stellantis e Foxconn firmam joint-venture Mobile Drive para desenvolverem o digital

Imagem
A Stellantis e a Foxconn firmaram a parceria que tinham confirmado em junho. A joint-venture entre as duas empresas deve ser chamada de Mobile Drive e vai buscar desenvolver tecnologias para carros, principalmente sistema de entretenimento. De acordo com as informações, a parceria assinada no último dia 24 prevê que a parceria trabalhe em criar sistemas como condução autônoma, inteligência artificial, sistemas de navegação, assistência de voz, operações de loja de comércio eletrônico e integração de serviços de pagamento, além de um quadro de instrumentos inteligente. “Hoje há algo que importa tanto quanto um design bonito ou tecnologia inovadora: é o modo como os recursos dentro de nossos veículos melhoram a vida de nossos clientes. Software é um movimento estratégico para nossa indústria e Stellantis pretende liderar com a Mobile Drive, uma empresa que permitirá o rápido desenvolvimento de recursos e serviços de conectividade que marcam a próxima grande evolução de nossa indústria, a

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior