Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Magna Steyr

LG e Magna confirmam fábrica no México para fabricar componentes para elétricos da GM

Imagem
A LG e a Magna firmaram a construção de uma nova fábrica no México para o fornecimento de peças e componentes para os futuros modelos elétricos da General Motors que serão produzidos no México. A joint-venture LG-Magna e-Powertrain, firmada em meados de 2020, deve ter uma fábrica com capacidade de empregar cerca de 1.300 funcionários (só a linha de produção das peças vai empregar cerca de 400 funcionários), que será erguida na cidade de Ramos Aripze, mesma cidade onde a GM possui uma fábrica. A nova fábrica terá 24.154 metros quadrados e, de acordo com o Automotive News, a fábrica começa a produzir componentes já a partir de 2023. Ao que tudo indica, a fábrica de Ramos Aripze da General Motors vai produzir três modelos desenvolvidos a partir da plataforma modular BEV3, usando as baterias Ultium: Chevrolet Equinox EV, Chevrolet Blazer EV e Honda Prolongue EV. “No espaço de pouco mais de um ano, adicionamos um acordo de expansão, identificamos um local estratégico para apoiar nossos clie

Magna adquire empresa de condução autônoma Optimus Ride, com sede em Boston, EUA

Imagem
Alguns podem não conhecer, mas a Magna, também conhecida pela sua subsidiária Magna Steyr, é uma montadora de veículos que tem sede em Graz, na Áustria. A empresa canadense adquiriu as ações da Optimus Ride, uma start-up especializada em desenvolver veículos com condução autônoma e com motor elétrico. “Aumentar nossa atuação na engenharia de hardware e software será essencial para acelerar nosso caminho rumo a um crescimento rápido no mercado de ADAS (Advanced Driver Assistance Systems, ou algo como ‘Sistemas de Assistência ao Condutor’)” , disse John O'Hara, Presidente da Magna Electronics. Além da empresa, a Magna vai gerir os cerca de 120 funcionários da Optimus, sendo que a empresa deixará de existir após a aquisição. Os engenheiros da finada empresa vão permanecer na então sede da marca, em Boston, onde ficava a Optimus Ride. A partir dessa sede, a Magna vai criar seu novo centro de engenharia, onde será construído o escritório da Magna, que será voltado para desenvolver áreas

Magna apresenta um conjunto de motores elétricos para picapes grandes e revela no CES

Imagem
A Magna apresentou no CES 2022 algumas informações sobre o que pode acontecer com o futuro e do desenvolvimento de motores para picapes. A empresa criou o motor EtelligentForce, um trem de força de um motor elétrico 4WD desenvolvido para picapes e veículos comerciais leves, junto com a tecnologia da Magna eBeam. Projetado para ser um motor que vá manter o mesmo conjunto da capacidade total do veículo sem comprometer a carga útil ou as capacidades de reboque das picapes atuais. O conjunto é projetado para ser desenvolvido e começar a ser produzido a partir de 2025. “O EtelligentForce chega em um momento crucial – particularmente na indústria automobilística norte-americana, onde as picapes estão no auge da popularidade e um dos últimos segmentos a se tornar totalmente elétricos. A beleza deste poderoso sistema BEV é que ele oferece os benefícios ambientais de um trem de força elétrico, mantendo a capacidade e utilidade dos caminhões convencionais de ¾ e 1 tonelada. Estamos entusiasmados

Fisker revela período de quando o Ocean começa a ser produzido na fábrica da Magna Steyr

Imagem
A Fisker confirmou oficialmente a estreia do Ocean na linha de produção. O primeiro automóvel da marca com essa nova fase, apostando em modelos elétricos, deve fazer o Ocean ser produzido na fábrica de Magna Steyr, em Graz, na Áustria. O acordo de produção foi confirmado no ano passado e o Ocean deve ser o primeiro crossover da marca. O carro deve ser desenvolvido a partir de uma plataforma elétrica desenvolvida pela própria Magna Steyr, chamada de FM29, descartando a criação de uma plataforma específica da Fisker ou de uma parceria com a Volkswagen com a plataforma MEB. Com produção marcada para ainda neste ano, a Fisker confirmou que o Ocean começa a ser feito no final de 2021, mas não se sabe se trata-se das versões de pré-produção ou de produção em série. O Ocean deve ser equipado com baterias de 80kWh que oferecem uma autonomia de 483km e acelera de 0 a 100km/h em 2,9 segundos. O SUV conta com 4,640 metros de comprimento, 1,930 metro de largura e 1,615 metro de altura. O porta-mal

Apple parece se interessar em produzir carro com a Magna Steyr e terá parceria com a LG

Imagem
A Magna Steyr é uma montadora muito famosa de modelos, além de ser uma fornecedora de peças de automóveis. Para algumas marcas, ela funciona com uma fábrica terceirizada, atraindo estruturas especializadas para empresas iniciantes ou empresas que não possuem espaço para produzir em suas próprias fábricas. E isso chamou a atenção da Apple. A marca deve desenvolver seu carro e não achou uma marca parceria para a produção do seu automóvel e a Magna pode ser bastante útil para a empresa ter seu carro. Com uma fábrica em Graz, na Áustria, a fábrica possui capacidade de produzir cerca de 200.00 unidades ao ano. Há ainda uma fábrica na China, ou seja, a Apple pode escolher onde deve ser produzido o seu primeiro automóvel. E a proximidade entre a fabricante e a Apple parece estar caminhando, depois de várias hipóteses de parcerias com a Nissan, Kia e Hyundai. Segundo informações do Korea Times, o jornal sul-coreano disse que a parceria está muito próxima de acontecer. A Apple ainda pode contar

Fisker fecha parceria com a Magna Steyr para a produção do Ocean, a partir de 2021

Imagem
A Fisker enfim confirmou que conseguiu uma parceria para a produção do Ocean, que deve ser feito a partir de 2021. O SUV elétrico poderia ser desenvolvido sobre a plataforma MEB, de origem Volkswagen, mas deve ter produção na unidade de Magna Steyr. Com sede em Graz, na Áustria, a produção do modelo contará com a plataforma FM29, desenvolvida pela própria Magna Steyr. Em troca, a Magna deve contar com 6% das ações da Fisker. “Escolhemos alavancar a arquitetura Magna EV após diligência detalhada em várias opções – e considerando nosso próprio produto e estratégia de tecnologia. Além disso, ter a Magna assumindo uma posição tão comprometida no projeto e na nossa empresa demonstra a profundidade dessa cooperação” , disse Henrik Fisker, CEO da marca. A Magna ainda não confirmou, mas não se sabe onde o modelo deve ser produzido. Atualmente a empresa conta com produção de carros no centro da Europa, mas é provável que a Magna tenha uma unidade fabril nos Estados Unidos ou Canadá. De acordo c

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior