Postagens

Mostrando postagens com o rótulo HPE

Depois de 4 anos, Geely pretende retornar ao Brasil, com produção nacional e parceria com HPE

Imagem
Segundo o jornalista Fernando Calmon, da Coluna Alta Roda, disse Geely está estudando retornar ao mercado brasileiro. A marca chinesa que esteve presente no Brasil entre 2014 a 2016 estaria estudando produzir em nosso mercado. Isso leva a Geely a conversar com a HPE, que atualmente produz carros da Mitsubishi e da Suzuki em Catalão (GO). Segundo Calmon, no site UOL Carros , a empresa não revelou detalhes do estudo, que se mantém em sigilo. O anúncio, que deve ser feito em breve, pode fazer com que a marca produza seus carros no país. A aproximação da Geely com a HPE veio depois de uma análise, onde a gigante chinesa viu que o grupo brasileiro possui sua própria fábrica e que a mesma já recebeu diversos investimentos, contando ainda com um processo produtivo moderno. Representada antigamente pelo Grupo Gandini, a Geely vendeu o GC2 e o EC7 em nosso mercado, mas o Inovar-Auto meio que estragou os planos da marca no país. Os planos de Gandini na época ainda previam o lançamento de car

JAC fecha parceria com a HPE para produção do T40 na fábrica de Catalão, em Goiás

Imagem
Tanto a JAC como a representante da Mitsubishi e da Suzuki no Brasil, a HPE, não confirmam a veracidade dessas informações, mas a proximidade do grupo com a marca chinesa faz muito sentido. Enquanto a JAC comprou a fábrica de Itumbiara (GO) da HPE para a produção de T40 e T50, a JAC testou a produção do T40 na fábrica de Catalão (GO), onde são produzidos os automóveis e comerciais leves de Mitsubishi e Suzuki. O mesmo processo aconteceu com o Suzuki Jimny em 2015, no processo de nacionalização do jipinho. Com isso, a SHC, controladora da JAC no Brasil, demonstrou interesse em usar a locação para a montagem do T40, com a parte de solda e pintura feita pela HPE. Segundo fontes internas da HPE, unidades do T40 saíram da linha de produção para verificar se atrapalharia em algum momento os processos dos Mitsubishi e Suzuki. Agora tudo depende da burocracia das duas empresas, já que a produção não causou problemas. No fim, ambos saem no lucro. A HPE aumenta a capacidade produtiva de Cata

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030