Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Rimac

Rimac deve trabalhar em baterias para novos elétricos, com módulos e células cilíndricas

Imagem
A Rimac confirmou que vai estar trabalhando em novas baterias, com módulos que vão usar células cilíndricas maiores, de 46 milímetros de diâmetro. Com células maiores, aumenta a densidade de energia dos seus futuros pacotes. A informação foi confirmada em entrevista ao Automotive News Europe, onde o Chefe de Pesquisa e Engenharia Avançada da Rimac Technology, Wasim Sarwar Dilov, disse que a marca trabalha em baterias estruturais, que vão fazer parte da estrutura do carro. A Rimac também confirmou que vai melhorar a ‘eficiência energética de conversão da célula a embalagem’, ou seja, a Rimac quer que as células representem 75% da massa total. A empresa também confirmou que vai introduzir diferentes tipos de baterias em seus carros, além das baterias de 46 milímetros. A Rimac ainda tem parceria com uma fornecedora de baterias, que vai conseguir entregar 40.000 baterias em 2023 e 200.000 baterias até meados de 2028. “Antes, apenas tentávamos encontrar as melhores células que podíamos. Se

Rimac inicia a produção do Nevera na Croácia; hiperesportivo elétrico tem motor de 1.914cv

Imagem
Apresentado oficialmente em sua versão de produção em junho de 2021, o Rimac Nevera começa a ser produzido na Croácia. De acordo com a marca, foram “cinco anos de desenvolvimento e testes, três gerações de tecnologias em powertrain, 18 modelos conceituais, 45 testes de choques e mais de 1.6 milhões de horas de pesquisa e desenvolvimento” . A primeira unidade produzida apareceu na cor Callisto Green junto de um interior em Alcantara bege, um tom mais areia. Só em tons de carroceria, a Rimac confirma que o Nevera será vendido em 36 opções de cores. Chamado de #000, o modelo é o primeiro de 50 unidades que serão feitas por ano, nos próximos três anos. Isso porque a Rimac quer produzir 150 unidades do Nevera. O modelo possui um conjunto de quatro motores elétricos que desenvolvem 1.914cv de potência com torque de 240,7kgfm. Com peso de 2.150kg, o Nevera acelera de 0 a 100km/h em 1,85 segundo, com velocidade máxima de 412km/h, se tornando o elétrico mais rápido do mundo. De acordo com a Rim

Rimac confirma investimento de US$ 532 milhões para contratação de novos funcionários

Imagem
A Rimac confirmou um novo investimento para a sua linha de produção, após confirmar a fusão com a Bugatti, criando a Rimac-Bugatti. O investimento feito foi de US$ 536 milhões e vai ajudar a fazer com que a parceria se desenvolva. A Rimac disse que o montante vai ajudar principalmente em termos de tecnologia, começando com a contratação de cerca de 700 novos funcionários. Além disso, a Rimac está construindo uma nova sede, em Zagreb, na Croácia. “A Rimac tem planos de crescimento ambiciosos nos próximos anos e estamos honrados com o apoio de novos investidores significativos. À medida que procuramos escalar rapidamente o Grupo, estabelecer novos processos de fabricação para atender à demanda automotiva global, recrutar 700 membros talentosos da equipe em 2022, abrir novos escritórios em vários locais da Europa e expandir nossas novas instalações de produção no Campus e além, o apoio de nossos investidores especializados serão um guia inestimável por este território desconhecido. Também

Rimac mostra teaser do desenvolvimento do Nevera, que já está em fase final de criação

Imagem
A Rimac apresentou as primeiras imagens do desenvolvimento do Nevera, que começa a ser produzido em breve. O hiperesportivo elétrico vai se destacar por contar com quatro motores elétricos que desenvolvem 1.914cv de potência com torque de 240,7kgfm. Com peso de 2.150kg, o Nevera acelera de 0 a 100km/h em 1,85 segundo, com velocidade máxima de 412km/h, se tornando o elétrico mais rápido do mundo. De acordo com a Rimac, o carro pode acelera ¼ de milha em 8,6 segundos e chegar de 0 a 300km/h em 9,3 segundos. Contando com uma bateria de 120kWh, ele possui bateria refrigerada a água. O modelo aparece em testes finais na Suécia, onde a marca trabalha em ajustar sistemas como ABS, ESP e vetorização de torque. Os testes também estão relacionados com os pneus no inverno, que são da Pirelli. “Testar em uma superfície de baixa aderência como esta nos permite fazer observações consistentes e precisas sobre o desempenho de nossos sistemas em baixas temperaturas. As coisas acontecem muito mais lenta

Bugatti e Rimac desenvolvem modelo em comum, mostra imagem com executivos

Imagem
A joint-venture entre a Bugatti e a Rimac deve desenvolver novos modelos dentro de alguns anos. De acordo com as primeiras informações, são dois novos hiperesportivos que serão lançados – um para cada marca. A foto, que confirma o que era um rumor, mostra dois cupês cobertos por panos que identificam a Bugatti e a Rimac. A foto foi tirada no Centro de Engenharia e Design, em Berlim, na Alemanha. Na foto, que comemorava a presença de Achim Anscheidt, novo Diretor de Design da Bugatti-Rimac, e o novo Diretor de Tecnologia da joint-venture, Emilio Scervo, confirmaram que vão trabalhar lado a lado para “desenvolver a próxima geração de hipercarros Bugatti e Rimac” . A esquerda de Anscheidt e Scervo aparece um cupê com panos brancos e com o logotipo da Rimac e ao seu lado estão um cupê com panos azuis com logotipo da Bugatti, indicando que os projetos são primos. A imagem de fundo ainda mostra todos os modelos atuais das duas marcas, sendo a Rimac apenas com o Nevera e a Bugatti com todos o

Surge novos detalhes sobre a joint-venture entre Bugatti e Rimac, que recebe sinal verde

Imagem
A joint-venture entre Bugatti e Rimac recebeu o sinal verde para ser concretizada. Em conjunto com a Porsche, o desenvolvimento de motores e tecnologias em conjunto vai ajudar as marcas de veículos superesportivos a entrar na era da eletrificação. Com sede em Sveta Nedelja, na Croácia, a joint-venture terá como CEO, Mate Rimac, CEO da Rimac. A Porsche vai entrar na joint-venture com uma posição estrategicamente. Como as marcas de esportivos da VAG possuem uma marca líder, a Bugatti possui a Porsche como líder assim como a Lamborghini é liderada pela Audi. Na joint-venture, a Rimac terá 55% da propriedade e 45% será de propriedade da Porsche, representando a Bugatti. Apesar da joint-venture, cada marca vai desenvolver seus modelos e produzir em suas fábricas. A Rimac mantém a unidade de Zagreb, na Croácia, e a Bugatti em Molsheim, na França. “Conseguimos agregar valor à prestigiosa e tradicional marca Bugatti, orientando-a mais para o futuro. A Bugatti simboliza charme e paixão; A Rimac

Postagens mais visitadas deste blog

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Jeep Compass é oferecido com desconto com CNPJ, que é de 8% em todas as versões

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Jeep já vende o novo Renegade com descontos para consumidores com CNPJ em até R$ 13.063

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7

Volkswagen Sagitar, o nosso Jetta, ganha versão alongada no entre-eixos, "L", na China