Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Entrevista

Porsche quer que Macan EV venda o mesmo que o Macan a combustão: 80 mil por ano

Imagem
A Porsche confirmou que a segunda geração do Macan será puramente elétrica. E desde meados de 2020 que o SUV já está em testes antes de chegar ao mercado. Previsto para ser lançado em meados de 2024, a Porsche quer que a nova geração mantenha o mesmo ritmo de vendas da atual geração do SUV, movida a combustão. Segundo Albrecht Reimond, Chefe de Produção da Porsche, disse em entrevista ao Automobilwoche que quer que o Macan EV venda 80 mil unidades ao ano. “Produzimos mais de 80 mil unidades por ano da geração atual. A longo prazo, também planejamos produzir o Macan totalmente elétrico nessa escala” , disse. Atualmente, o elétrico mais vendido da Porsche é a linha Taycan, que vendeu 18.877 unidades no primeiro semestre de 2022, o que indica menos de 40 mil unidades no ano – metade do que a Porsche espera vender com o Macan. Recentemente surgiu a informação que a Porsche revele a segunda geração do Macan com atraso um ano, em 2024. A confirmação veio de Oliver Blume, CEO da Porsche. “O l

Compactos elétricos da VAG não serão tão acessíveis como é esperado, diz CEO

Imagem
A Volkswagen AG (VAG) desenvolve uma série de elétricos compactos para marcas como Volkswagen, Cupra e Skoda. Os novos modelos serão apresentados em duplas, sendo um hatch e um SUV compacto, ambos elétricos e desenvolvidos sobre a plataforma modular MEB-Entry. Os novos modelos serão apresentados em meados de 2025, mas não devem ser tão populares assim, como tem se cogitado. Um dos motivos é que os carros elétricos estão sofrendo oscilações do preço das matérias-primas essenciais. A informação inicial era que a VAG conseguisse lançar os carros com preços entre 20 a 25 mil euros. “Isso depende de como os custos da matéria-prima se desenvolvem. Se você olhar para os aumentos de preços, rapidamente passa dos desejáveis ​​20.000 euros para 25.000 euros. Exatamente onde nos colocamos continua a ser visto.” , disse Thomas Schäfer, em entrevista ao Electrified Magazin . “É verdade, mas chegaremos com o ID.2 a partir de 2025. É um veículo que custará menos de 25.000 euros. Isso trará algum alív

Honda não quer depender de componentes que vem só da China, destaca porta-voz

Imagem
A Honda confirmou que tem planos para aumentar a sua capacidade de fornecimento de peças e componentes para a fabricação dos seus carros. De acordo com a marca japonesa, a Honda quer diversificar os seus fornecedores com a produção em outros países. O motivo seria a China poder bloquear as exportações de componentes em que a japonesa produz apenas lá, o que acarretaria em falhas na produção do mundo todo. Segundo informações do jornal Sankei, a Honda vai continuar produzindo carros e componentes na China, mas este não será o único mercado a produzir peças para sua cadeia de suprimentos. Um porta-voz da Honda disse para a Agência Reuters que a decisão não foi anunciada ainda pela Honda, mas que a marca trabalha na revisão do seu plano mais como uma proteção de risco da sua cadeia de fornecedores. “A revisão da cadeia de suprimentos da China e o hedge de risco são elementos que precisam ser considerados, mas não é o mesmo que o objetivo da dissociação” , disse o porta-voz. Cerca de 40%

BYD cogita ter uma fábrica na Europa para produzir automóveis elétricos, diz executivo

Imagem
Depois de desembarcar no Velho Continente, a BYD pode acabar investindo pesado em uma fábrica que pode ser erguida na Europa. Com uma ofensiva de lançamentos para o continente nos próximos 12 meses, a BYD prevê um salto nas vendas a partir do momento que começa a chegar em outros mercados. De acordo com um funcionário do alto escalão da BYD, Brian Yang, Gerente Geral Assistente da BYD Europa, confirmou ao site Autocar que a marca pode acabar produzindo em algum país europeu. “Estamos pensando seriamente em alguns planos de localização. Não temos um plano sólido. Acabamos de começar a aprender, a realmente entender as crenças de nossos clientes, e se tudo correr bem e construirmos todas as bases e estrutura aqui, isso pode levar a alguma localização. Será feito passo a passo” , disse Yang. A chegada da BYD com uma unidade fabril seria bastante interessante pelo fato que isso diminuiria o tempo de espera e reduz os custos de importação. “Estamos bastante abertos a toda a indústria. Não s

Stellantis inicia desenvolvimento da RAM '1200' e confirma produção nacional da picape

Imagem
A Stellantis já está desenvolvendo uma nova picape que será produzida em solo brasileiro. Trata-se de uma picape da RAM, que será a primeira produzida em nosso país. A própria Stellantis confirmou que a picape será da RAM. A informação foi confirmada por Antonio Filosa, Presidente da Stellantis na América do Sul, durante o 4º Congresso Latino-Americano de Negócios da Indústria Automotiva. “Sim, muito perto. Só não posso dizer onde, mas muito perto. Localizaremos a marca e os produtos. Será uma aventura fantástica. Espero que tão boa quanto a Jeep, ou até melhor, acredito” , disse Filosa ao Auto Data . De acordo com informações do site Autos Segredos, a picape roda com mulas da Fiat Toro. A picape, no entanto, se diferencia por ser mais alta e tem discos a freio nas quatro rodas. A picape será irmã do Jeep Commander, que é o carro mais moderno feito pela Stellantis no país. Eles vão compartilhar uma boa quantidade de peças. Produzida em Goiana (PE), a picape terá mais de 5 metros de com

Zenvo revela mais detalhes do seu esportivo híbrido, que terá motor V12 de até 1.800cv

Imagem
A Zenvo confirmou que vai desenvolver um novo superesportivo. O novo modelo será apresentado em 2023 e foi confirmado por Jens Sverdrup, Presidente e Diretor de Comunicação da Zenvo, disse em entrevista que o carro terá um desenho mais clean e vem com um novo chassi modular de fibra de carbono, com um motor V12 Twin-Turbo Hybrid. A estimativa é que o carro tenha cerca de 1.500cv a 1.800cv de potência, tendo um câmbio novo, que pode ser de oito marchas. O executivo ainda confirmou que o carro não terá muitas unidades produzidas, assim como acontece hoje com o TSR-S. De acordo com as primeiras informações, o carro terá duas versões, com um conjunto híbrido. O eixo dianteiro será movido por um motor elétrico e o eixo traseiro será tocado pelo motor V12. Uma segunda versão deve ser destinada apenas a um motor V12. “Pode ser que façamos algo como um hipercarro júnior, isso seria um próximo passo natural. Não é um SUV. Temos muitos negócios chegando para coisas como nossas caixas de câmbio e

Stellantis confirma 43 lançamentos até meados de 2025 na região da América do Sul, diz CEO

Imagem
A Stellantis confirmou que vai apresentar uma série de lançamentos no Brasil nos próximos anos. Com um total de 43 modelos lançados até 2025, o plano robusto de novidades para a região serve para manter a liderança do mercado. De acordo com Antonio Filosa, Presidente da Stellantis na América do Sul, em entrevista ao Auto Data , confirmou que o grupo ítalo-franco-americano confirmou que um investimento pesado deve ser feito para trazer os novos veículos. “Claramente precisamos de investimento para lançar carros. Não posso falar sobre valores, que são absolutamente relevantes, mas posso falar que lendo um pouco o que anunciaram nossos qualificadíssimos competidores da região o plano de investimento que está em aprovação pelo nosso acionista para cinco anos, de 2025 a 2030, pode ser superior à soma de todos os nossos competidores.” , disse Filosa. De acordo com o executivo, além de um investimento pesado no desenvolvimento de novos carros, o planejamento precisa ser robusto para renovar.

GM confirma que vê Brasil como fabricante e exportador de elétricos no futuro breve

Imagem
A General Motos confirmou em entrevista alguns detalhes do seu futuro eletrificação no mercado brasileiro. De acordo com a Vice-Presidente da General Motors, Marina Wilisch, o Brasil tem grande potencial de ser um país produtor de carros elétricos. Com isso, a GM acena para partir diretamente para os carros elétricos. Além do Brasil, Wilisch confirma que toda a região da América do Sul tem esse potencial por conta dos minerais que existem por aqui. “A GM acredita que o Brasil e a América do Sul têm potencial enorme de tornarem-se atores importantes no futuro da mobilidade elétrica. Apostamos que o País pode ser polo de produção, exportação e desenvolvimento tanto de produtos como de tecnologias da eletrificação.” , destaca Wilisch. De acordo com a executiva, o Brasil já é um país onde 84% da matriz energética é renovável só reforça a vocação do país lidar com carros puramente elétricos. “Sabemos que mais de 50% do custo dos veículos elétricos se deve às baterias. A mobilidade elétrica

Substituto do Bugatti Chiron não terá motor W16 e se torna híbrido, diz executivo

Imagem
A Bugatti confirmou que o substituto do Chiron não usará mais o clássico W16 usado pelo hiperesportivo nos últimos anos. A confirmação veio no Monterey Car Week, em entrevista com o Diretor de Design da Bugatti, Achim Anscheidt. De acordo com o executivo, o novo carro será construído a partir de um novo chassi e terá um desenho com foco em ser aerodinâmico. “Ele oferece oportunidades. Há oportunidades para ficar um pouco mais atlético para a forma de Bugatti no futuro sem perder o gesto geral de generosidade ou soberania. Também terá suas restrições, por causa do desempenho e das necessidades de desempenho. Mas conhecemos cada centímetro de nossos carros tão bem agora que sabemos exatamente onde [a mudança] nos ajudaria e onde criaria um problema." , disse Anscheidt. Outra coisa foi confirmada pelo Vice-Diretor de Design da Bugatti, Frank Heyl. De acordo com o executivo, o substituto do Chiron “será ainda mais incrível. Confiem em nós. Vai ser incrível, proporcionalmente, tecnolog

Versão de produção do Dodge Charger Daytona SRT Concept terá três opções de potência

Imagem
Após apresentar o Charger Daytona SRT Concept, a Dodge prepara a chegada da sua versão de produção para meados de 2024. Apesar de não confirmar detalhes mecânicos, Tim Kuniskis, CEO da Dodge, confirmou em entrevista ao CarScoops que o modelo de produção terá três níveis de potência. O nível mais potente virá com uma arquitetura elétrica de 800V e virá com o conjunto mecânico Banshee. Essa opção topo de linha vai trazer um “sistema de tração nas quatro rodas padrão é a chave para ir além do desempenho do Hellcat, ao mesmo tempo em que melhora a capacidade para todos os climas” . Kuniskis ainda confirmou que o cupê terá um total de nove variações de produção com o Direct Connection. Essa plataforma ainda vai permitir que os consumidores “desbloqueiem os recursos que desejam” . Durante a entrevista, o executivo confirmou modos de condução como Slam, Drift, Donut e Drag. O executivo ainda confirmou que a marca quer manter aparência, som e direção como um bom Dodge. Ao que tudo indica, o es

Alfa Romeo fala em desenvolvimento de esportivo e confirma anúncio para novembro

Imagem
Antes de se tornar uma marca puramente de automóveis elétricos, o que vai acontecer em meados de 2027, a Alfa Romeo vai novamente apostar em um novo automóvel esportivo. Previsto para ser lançado em meados de 2023, o novo esportivo deve ter uma produção limitada. A informação foi confirmada por Jean-Philippe Imparato, CEO da Alfa Romeo, em entrevista ao Auto Express , que disse que um modelo especial pode aparecer em meados de 2023, com inspiração no 33 Stradale. “Alfa é esportividade. Você verá algo esportivo no primeiro semestre de 2023. Estou em dois cenários: EV completo ou ICE completo. Posso dizer que [este carro] será muito emocionante, muito caro, muito seletivo. Provavelmente teremos algumas propostas surpreendentes e interessantes que nem sempre serão totalmente EV nos próximos dois anos.” , destacou o executivo. De acordo com informações apuradas pelo site, o novo esportivo pode ser apresentado com um chassi de fibra de carbono e motor central. O carro deve ser apresentado c

CAOA revela novos motivos da unidade de Jacareí (SP) ter produção interrompida

Imagem
A CAOA enfim explicou os motivos com o fechamento da unidade de Jacareí (SP). A empresa brasileira vai redesenhar a unidade Jacareí aos mesmos moldes da fábrica de Anápolis (GO). Isso porque o conceito da unidade de Anápolis é de ser mais versátil e tem uma complexidade maior que a unidade do interior paulista. As informações foram confirmadas por Mauro Correia, Presidente da Caoa Chery, em entrevista ao Automotive Business . Desde a aquisição de 50% da operação da Chery no Brasil em 2017, a CAOA já tinha identificado que a unidade de Jacareí teria que passar por reformulações, onde precisaria criar um plano de reestruturação da unidade. Isso porque na época, a CAOA já tinha identificado que o perfil do mercado já não estaria mais de olho em automóveis compactos e que o ticket médio dos preços ganharia mais espaço, com um lucro maior para as montadoras, algo que, durante os investimentos da Chery no país, em 2013, ainda não tinha essa previsibilidade. A CAOA já confirmou que, após essa

BMW M3 de nova geração tem tudo para se tornar puramente elétrico, diz executivo

Imagem
A BMW confirmou que a próxima geração do M3 será um modelo elétrico. A confirmação aconteceu em entrevista ao Autocar com o CEO da BMW M, Frank van Meel. Em um ano em que a divisão esportiva comemora 50 anos de aniversário, o novo M2 e o possível 3.0 CSL serão os últimos carros puramente a combustão da marca. Isso porque o XM já nasce como híbrido, enquanto os futuros modelos serão eletrificados e tendem a ser cada vez mais elétricos. Até 2030, os alemães esperam que cerca de 50% das suas vendas sejam de modelos elétricos, principalmente na Europa, visto que o motor a combustão dirá adeus em 2035. “A história do M3 é eterna. Toda vez que mudamos a história do motor, de quatro cilindros para seis cilindros, oito cilindros para seis cilindros e um turbocompressor, a história continua. Talvez seja elétrico – mas se for, sempre será um M3. Seja qual for o trem de força, você deve sempre poder dirigir nossos carros e saber que são carros M. Temos resistido ao teste do tempo por 50 anos e co

Alfa Romeo desenvolve um sedã elétrico concorrente do BMW i5 para meados de 2027

Imagem
A Alfa Romeo enfim vai conseguir desenvolver um sedã maior que o Giulia. O novo sedã já nascerá elétrico, nos próximos anos. Com previsão de ser apresentado até meados de 2027, a confirmação do desenvolvimento de um novo sedã foi feita por Jean-Philippe Imparato, CEO da Alfa Romeo, em entrevista ao Auto Express . Apesar de apostar em mais dois utilitários esportivos, um subcompacto com o Brennero (que chega em 2024 como o primeiro automóvel puramente elétrico da marca) e um SUV maior que o Stelvio, com espaço para sete ocupantes, a Alfa Romeo não quer desistir dos sedãs. Esse novo modelo está em desenvolvimento para concorrer com o BMW i5, a futura versão elétrica do Série 5. “Nós [Alfa Romeo] temos vocação para ser uma marca premium mundial, então tenho que estar na visão de o segmento premium E [carros grandes]. Estarei lá por volta de 2027.” , disse Imparato. “E o SUV? E o sedã? Que tal algo no meio? Sabendo que seremos BEV, o desafio passa a ser aerodinâmica, e sabendo que o DNA da

BMW não desiste de desenvolver um carro eletrificado e esportivo feito pela M Sport

Imagem
A BMW parece que não desistiu da ideia de desenvolver um esportivo com um perfil mais parecido com o conceitual Vision M Sport. Em entrevista ao Autocar, o Chefe da BMW M, Frank van Meel, disse ao site que ainda olha para um carro da M Sport desenvolvido que vá além do XM. “É sempre algo que podemos olhar. Como caras de carros, estamos sempre sonhando em fazer esses carros. Isso não significa que vamos fazê-los, mas continuamos explorando essas ideias. [Apesar de nunca ter se concretizado] não significa que não estejamos pensando em um superesportivo. Estou sempre tentando descobrir como [funcionaria].” , destacou Meel. Além disso, o executivo confirmou que o desenvolvimento do XM não era a prioridade para a criação de um carro esportivo dentro da M Sport. “Não era a prioridade número um, mas do fundo do coração sempre tem uma alta prioridade, e é isso que estamos sempre olhando” , disse ao Autocar .  As últimas notícias sobre esse cupê surgiram em 2020, quando a BMW supostamente teria

Polestar estuda desenvolver uma versão de produção para o conversível O2 Concept

Imagem
A Polestar pode estar estudando o desenvolvimento de um esportivo com base no O2 Concept, apresentado em março deste ano. Em entrevista ao Top Gear, o CEO da Polestar, Thomas Ingenlath, confirmou que quer que ele se torne realidade. “Minha ambição é torná-lo um carro de produção, mas não é tão fácil. Você tem que respeitar a complexidade. Temos que ver para onde o O2 está indo. Quando você pinta uma pintura, é sempre bom deixá-la descansar e olhar para ela depois de alguns meses e ainda ver se é uma boa pintura.” , destaca o executivo em entrevista. Visualmente, o Polestar O2 se destaca por trazer uma dianteira baixa, com faróis em “L” e com uma assinatura DRL em LED no mesmo acabamento. Ele possui um capô largo e o para-choque dianteiro é quase liso, tendo entradas de ar nas extremidades, onde tem luzes em LED que substituem as luzes de neblina, também com o desenho em “L”. A parte inferior do para-choque dianteiro possui um splitter. Nas laterais, o cupê conversível se destaca pelas

Lamborghini confirma que vai trabalhar em combustíveis sintéticos nos próximos anos

Imagem
A Lamborghini confirmou que está interessada em entrar para o time do desenvolvimento de motores sintéticos. Assim como a Porsche, a marca italiana pode estar querendo manter seus motores a combustão e com o uso dos combustíveis sintéticos. Com isso, a marca poderia manter os motores V10 e V12 em linha por mais algum tempo. A confirmação veio por meio de uma entrevista com o Diretor da Região Ásia-Pacífico da Lamborghini, Francesco Scardaoni, ao Drive . Ao ser perguntado se a Lamborghini estaria seguindo os mesmos que a Porsche, Scardaoni confirmou. “Estamos... mantendo a porta aberta para motores de combustão interna com combustível sintético. Assim, o cenário ideal será ter os carros puramente elétricos – como o quarto modelo que vamos apresentar em 2028 – e os superesportivos, possivelmente com motores de combustão interna movidos a combustível sintético. Esse seria o cenário ideal. Para que ainda tenhamos o DNA puro dos carros superesportivos para a Lamborghini, a dirigibilidade de

Maserati Ghibli sai de cena em 2024 e nova geração do Quattroporte é confirmada

Imagem
A Maserati também terá um profundo investimento para fazer suas vendas cresçam nos próximos anos. Para isso, a Maserati terá que se desfazer dos seus carros mais antigos em favor de novos. Um deles que vai se despedir é o Ghibli, que vai sair de linha em 2024. Lançado em 2013, o sedã vai viver mais de uma década e com duas mudanças visuais no currículo dessa atualização. Atualmente com dois sedãs em linhas, a Maserati ainda possui o Quattroporte, que é maior. Este, ganhará uma nova geração e será o único que vai manter a carroceria três volumes em meados de 2025. Ao que tudo indica, essa nova geração do Quattroporte vai substituir também o Ghibli, com um novo sedã que ficará no meio termo de tamanho entre os atuais Ghibli e Quattroporte, ou seja, em sua nova geração, o sedã vai ficar um pouco menor. A nova geração do mesmo ainda vai fazer com que ele tenha motor elétrico, substituindo de vez o antigo motor V8. Se ganhar uma opção de motor a combustão, o novo 3.0 V6 tende a ganhar espaç

Toyota estuda lançamento do bZ4X ao Brasil, mas para um futuro mais distante, diz CEO

Imagem
A Toyota não descarta a vinda do seu primeiro automóvel elétrico, o bZ4X. O SUV médio deve ser lançado no país, mas mais adiante. De acordo com informações da Toyota, a marca ainda avalia a quantidade de eletropostos e ainda considera baixo para a chegada do bZ4X ao país. "O brasileiro ainda tem o pé atrás com carros movidos a baterias. Mas isso está mudando. As vendas do Prius, por exemplo, cresceram mais de 10 vezes no País ao longo de uma década. Tudo é um processo", afirmou o CEO da marca para a América Latina, Masahiro Inoue. Visualmente, o carro possui um design bem diferente do que se imaginava. E para melhor. As imagens de patente que vazaram no ano passado era de um carro bem mais estranho. O bZ4X conta com uma dianteira que lembra até mesmo os carros da Lexus. O SUV da marca conta com faróis que são conectados à grade dianteira, que possui um acabamento cromado nos faróis que se integram com a grade. O para-choque possui linhas limpas no centro, onde está posicionad

Toyota já desenvolve a nova geração da Hilux com motor híbrido; picape não terá motor BEV

Imagem
A Toyota já trabalha em uma nova geração da Hilux já faz alguns anos. A picape deve ser apresentada entre meados de 2023 e 2024 e ganhará motores eletrificados pela primeira vez. Assim como a SW4 (Fortuner em outros mercados), a nova Hilux será desenvolvida a partir da plataforma TNGA-F, a mesma das novas gerações de Land Cruiser, Tundra e Sequoia. Essa base é desenvolvida especialmente para veículos com base em chassi e permite que tenha motores elétricos na base. Visualmente ela pode beber na fonte da Pickup EV Concept (acima), apresentada no ano passado pela marca. Isso pode indicar que a Toyota não desconsidera uma picape elétrica, seja para a Tacoma como para a Hilux. Em termos de dimensões, a Toyota deve seguir os diferentes padrões para ambas. Ou seja, a Tacoma pode se tornar uma mini-Tundra e a nova Hilux pode seguir o mesmo caminho ou ganhar uma estilo mais global, que agrade a grande maioria dos consumidores da picape no mundo – mas nada muito diferente do modelo norte-americ

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Jeep Compass é oferecido com desconto com CNPJ, que é de 8% em todas as versões

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7