Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Entrevista

Toyota vai apostar em outros modelos além dos híbridos ao Brasil; eletrificação total em 6 anos

Imagem
A Toyota confirmou que vai continuar apostando em novas soluções de eletrificação no mercado brasileiro. Depois de produzir os híbridos Corolla e Corolla Cross no país, a marca japonesa vai apostar em um novo modelo eletrificado a ser produzido no país em 2022. A informação foi confirmada por Masahiro Inoue, Presidente da Toyota América do Sul e Caribe, que confirmou que todos os carros da marca terão algum tipo de eletrificação dentro de seis anos. A marca ainda confirmou que já tem um plano para substituir todos os motores exclusivamente a combustão por motores híbridos no Brasil, incluindo que essas novidades vão chegando de acordo com o ciclo de vida dos atuais modelos, estimados em até seis anos para os carros atuais da Toyota. O substituto da linha Yaris, que ainda está indefinido sobre ser uma nova geração ou um SUV compacto, já virá com motor híbrido. Além dos híbridos, a Toyota não descarta a possibilidade de trazer novas soluções ao Brasil, como motores puramente elétricos e

Chery quer vender 70 mil unidades em 2022 no Brasil, e aposta em novidades e rede maior

Imagem
A Caoa Chery vem trabalhando para crescer de maneira sólida no mercado brasileiro, como nunca conseguiu nos últimos anos, antes da Caoa adquirir 51% da operação. Só em 2021, a marca deve chegar a cerca de 35 a 40 mil unidades vendidas, chegando a ter 150 concessionárias. No entanto, para 2022, a Chery confirmou que planeja vender cerca de 70.000 unidades em 2022 no mercado brasileiro, chegando a 180 concessionárias. A informação foi confirmada por Mauro Correa, Presidente da Caoa, em entrevista ao Auto Data . “Na fábrica de Anápolis serão SUVs e, quem sabe, veículo comercial também, e em Jacareí estamos discutindo novos produtos. SUVs e sedãs” , destacou Correa. Junto com outras marcas como Ford, Subaru e Hyundai, a Caoa quer vender 115 mil unidades de carros no ano que vem. Nos próximos anos, a marca confirmou que vai apostar em comerciais leves, como o desenvolvimento da inédita picape. Esse modelo será concorrente de Fiat Toro e Chevrolet Montana e é prevista para ser lançada até 20

BMW Group confirma que o fim dos motores a combustão em suas marcas será em 2030

Imagem
A BMW confirmou que está pronta para a sua eletrificação. A marca confirmou que está pronta para deixar de vender carros com motores a combustão a partir de 2030, cinco anos antes da data limite que a União Europeia dará para as montadoras. A informação foi confirmada pelo CEO da BMW, Oliver Zipse, em entrevista ao Automotive News Europe . Até 2030, a marca já confirmou que pretende ter vendas de modelos representando um aumento de 50%. Além disso, Zipse confirmou que não está preocupado com o fim dos motores a combustão, conseguindo atender qualquer limitação a partir de 2030, se fosse o caso. No final do mês passado, Frank Weber, Chefe de Desenvolvimento da BMW, destacou em entrevista também ao Automotive News Europe, disse que a mudança para os carros elétricos não vai acontecer do dia para a noite. "Quando o sistema estará pronto para absorver todos estes veículos elétricos com baterias? Isso envolve estrutura de recarga e energia renovável. As pessoas estão prontas? O sistema

Jeep e Citroën terão maior sinergia no futuro, destaca executivo em entrevista na Índia

Imagem
A Stellantis se uniu recentemente e as marcas ainda parecem um tanto quanto em seus planos iniciais de cooperação. Entre as marcas dos antigos grupos FCA e PSA, Jeep e Citroën parecem que vão contar com uma maior sinergia, pelo menos na Índia. Por lá, a Jeep tem conquistado resultados muito bons com o Compass e é bem possível que Jeep e Citroën possam compartilhar setores como finanças, cadeia de suprimentos, logística, depósitos de peças e outras sinergias a fim de reduzir os custos de produção, simplificando processos e agilizando o desenvolvimento de novos projetos. “Nossa abordagem sempre foi não ser um dinossauro ou querer algo grande. Precisamos primeiro executar e provar, e então seguir em frente. Precisamos permanecer humildes na Índia. São muitas as hipóteses e não estamos falando apenas da Índia” , destacou Roland Bouchara, CEO da Stellantis na Índia, ao Autocar Índia . Além disso, é esperado que Jeep e Citroën tenham uma maior relação quando o assunto for compartilhamento de

Além do Ocean e Pear, Fisker vai desenvolver dois novos (e inéditos) carros no Reino Unido

Imagem
A Fisker já tinha confirmado que deve apostar em novos modelos para continuar crescendo e enfim conseguir se consolidar como uma marca. Depois de se separar em Fisker e Karma, a Fisker não produz atualmente nenhum modelo e retoma a produção com o Ocean, que começa a ser produzido a partir do final de 2022. Antes disso, o carro vai ser apresentado de maneira definitiva no Salão do Automóvel de Los Angeles, no final deste ano. Além do Ocean, a Fisker confirmou que terá mais modelos. O próximo modelo será batizado de Fisker Pear. Mas além destes dois, a Fisker terá outros dois modelos elétricos, que serão produzidos no Reino Unido. “Estamos a toda velocidade para oferecer quatro linhas de veículos diferentes para 2025, impulsionando a inovação para o futuro e impulsionando novas ideias radicais no mercado mundial de automóveis” , destacou Henrik Fisker, CEO da Fisker. Enquanto Ocean e Pear serão um SUV e um sedã mais para as massas, os dois novos modelos serão mais caros e com maior valor

Nova Ford Courier? Ford fala que picape abaixo da Maverick é possível de ser desenvolvida

Imagem
A Ford confirmou que o sucesso da Maverick pode ascender um sinal de que a marca pode desenvolver diferentes tipos de picapes. Conhecida pelos modelos maiores como Ranger e F-150, a Ford pode ter um modelo menor que a Maverick. A informação foi confirmada por meio do Chefe de Plataformas e Diretor de Operações da Ford, Hau Thai-Tang, que confirmou que uma picape abaixo da Maverick é possível. Caso isso se torne realidade, seria o mesmo que trazer de volta a Courier. Ao ser perguntado, o executivo soltou um “talvez sim”, destacando que esse mercado é bastante interessante na América do Sul e África do Sul. “No que somos bons? Picapes. O que nós precisamos? Um veículo de entrada acessível para trazer compradores de primeira viagem para o showroom” . Ao ser perguntado se poderia ser um modelo abaixo da Maverick, Thai-Tang disse: “Talvez. Certamente há em outros mercados como América do Sul e África do Sul. Mas (a Maverick) é uma ótima história. Nós a alavancamos com o Bronco Sport, fizemo

Toyota não desistiu por completo do GR Super Sport; hiperesportivo pode ser produzido

Imagem
Depois de surgir informações de que a Toyota tinha desistido de vender o GR Super Sport Concept, parece que a marca japonesa não descartou por completo o desenvolvimento do hiperesportivo. Criado com foco para competir no World Endurance Championship (WEC), Sam Mahoney, Representante da Toyota Motorsports Communications, destacou que a marca não cancelou o projeto, mas discute sua viabilidade. "O GR Super Sport segue sendo um conceito neste momento, enquanto a Toyota estuda o potencial de comercialização deste carro" , destaca Mahoney. O carro é criado com motor 2.4 V6 biturbo com sistema Toyota Hybrid System-Racing (THS-R), que segundo a Toyota desenvolve 997cv de potência. No design, o coupé é praticamente igual aos carros de competição Endurance dos anos 90, com para-lamas são integrados ao restante da carenagem, ao contrário dos protótipos atuais. Visto de frente ele conta com uma grande grade que direciona para diversas finalidades, desde o aumento de arrasto no eixo dia

BMW Group diz que sua autonomia de elétricos não vai ficar limitada a apenas 600km

Imagem
A BMW confirmou que suas baterias não devem ser limitadas a 600km, depois de um dos executivos da marca dar uma entrevista dizendo que as baterias com autonomia de até 600km já seria considerado o ideal para os carros elétricos. A informação foi confirmada em entrevista ao site WhichCar, por meio de David Ferrufino, Chefe de Projeto do BMW i4. No entanto, a BMW confirmou que vai criar baterias com autonomia de até 1.000km. "Mil quilômetros de alcance não é uma meta que temos com nossos carros totalmente elétricos. Nosso objetivo é atingir 600 quilômetros para nossos carros totalmente elétricos e 100 quilômetros com nossos híbridos plug-in na condução diária" , destacou Ferrufino em entrevista. Em comunicado, a BMW Group definiu que as baterias de até 600km não serão as únicas opções de bateria, ou seja, haverá baterias com até 1.000km de autonomia. "O BMW Group não se limitará a desenvolver a gama elétrica de seu portfólio de veículos elétricos a bateria. O BMW Group con

Porsche Macan a combustão, atual, só deve sair de linha em meados de 2024, diz executivo

Imagem
Apresentado em julho com a última reestilização, o Porsche Macan deve se manter em linha como conhecemos até meados de 2024. De acordo com informações da revista inglesa Autocar, o Macan deve passar a ter uma geração puramente elétrica, que deve ser apresentada entre 2022 e 2023 e vai conviver com a primeira geração, com motores a combustão. "Hoje, nenhuma decisão final foi tomada, mas presumimos que 2024 será o ano" , destaca Sebastian Staiger, Diretor de Produto da Porsche. A reestilização do modelo atual faz com que ele fique em linha justamente por mais três anos, aumentando a vida útil desta geração. A atual geração recebeu novidades como novos faróis dianteiros com novo layout, com iluminação em LED. Ele ainda ganhou um novo para-choque dianteiro que traz novas entradas de ar e com um acabamento na cor da carroceria. A entrada de ar central ainda passou a estar conectada com as entradas de ar nas extremidades, que possuem uma nova luz diurna DRL em LED. Essas entradas d

Volkswagen elétricos vão ditar o design da marca nos próximos carros, diz executivo

Imagem
A Volkswagen confirmou que o design dos seus futuros carros será ditado pelos carros elétricos, principalmente com a linha ID. A informação foi confirmada por Jozef Kaban, Chefe do Centro de Estilo da Volkswagen, que disse que a marca deve se manter atemporal, ou seja, não espere por ousadia nas linhas da marca alemã. A sobriedade dos carros da Volkswagen será mantida, como mostra o ID.Life Concept. Com linhas mais retas e simples, o modelo pode ser uma antecipação do que a marca vai desenvolver no futuro. E isso não necessariamente é ruim, até porque já estamos acostumados com as linhas menos ousadas da Volkswagen, criticada por alguns internautas. O ID.Life Concept foi apresentado com linhas mais simples que os ID.3, ID.4 e ID.6, o que pode ser esclarecido por ser um modelo mais acessível. "Os carros de hoje estão sempre conectados, possuem softwares com atualizações pelo ar que permitem que os carros sejam constantemente atualizados do ponto de vista da eletrônica e dos sistema

Fiat vai aumentar a produção do Cronos em 2022, na fábrica de Ferreyra, na Argentina

Imagem
A Fiat comemorou o sucesso do Cronos em mercados como Argentina e Brasil e confirmou um novo aumento na linha de produção do sedã compacto na unidade de Ferreyra, em Córdoba, na Argentina. Até o final de 2021, a Fiat acredita que deve fechar a produção com cerca de 70.000 unidades e prevê que vai aumentar a quantidade na produção em 2022. Vale destacar que na Argentina, o Cronos é o líder de vendas do mercado, com uma boa vantagem para os demais veículos. Das cerca de 70 mil unidades produzidas em 2021, cerca de 40 mil unidades devem abastecer apenas o mercado interno, sendo o restante exportado, a maioria para o Brasil. “Esperamos que a produção de 2022 comece com 8”, destacou Perez Gaziano, Diretor de Relações Externas da Stellantis, estimando que a Fiat vá produzir entre 80.000 a 89.000 unidades no ano. O volume extra deve ser para atender, principalmente, as exportações, que estão crescentes. Recentemente o Cronos conseguiu vender 8.000 unidades em apenas dois meses. Com a reestili

GWM confirma que produção em Iracemápolis (SP) começa só em 2023, revela executivo

Imagem
A Great Wall Motors (GWM) só deve começar a produzir automóveis no mercado brasileiro em meados de 2023, de acordo com últimas informações. Revelado em entrevista à Agência Estado, Anderson Suzuki, Diretor de Planejamento da GWM na América Latina, disse que a Great Wall Motors não deve começar as operações produzindo. Com o início das operações no segundo semestre de 2022, a fábrica começa a operar em meados de 2023. Durante o ano de 2022, a GWM deve fazer as atualizações na fábrica para fazer a unidade passar das atuais 20.000 unidades de capacidade para 100.000 unidades ao ano. “O arranque da fábrica, que não tem data ainda, seria no início de 2023”, disse Suzuki. A marca chinesa já tinha confirmado que vai investir R$4 bilhões na unidade nos próximos cinco anos, de acordo com informações reveladas pelo Responsável da Área Comercial da Great Wall, Jose Duan. Operando até dezembro do ano passado, a fábrica contava com 370 funcionários que podem ser recontratados pela Great Wall Motors

Mercedes-Benz confirma que V8 vai estar em linha pelos próximos dez anos, diz CEO

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que vai manter o motor V8 na sua linha por um bom tempo (ainda bem). De acordo com informações, a Mercedes-Benz vai manter o motor V8 dentro da sua gama nos próximos dez anos, de acordo com informações. O motor que vai ser mantido em linha é o 4.0 V8 biturbo, que recentemente recebeu uma opção híbrida. "Acho que haverá um futuro, sim. Acho que nos próximos dez anos veremos V8s, com certeza. Temos muitos clientes que amam seus carros e ainda acho que veremos essas pessoas comprando os carros por muito tempo. Temos realmente uma demanda muito alta em todo o mundo" , destacou Philipp Scheimer, CEO da Mercedes-AMG, em entrevista à revista Road&Track . Assim, a Mercedes-Benz vai ternos próximos dez anos esse motor V8, sendo que ele foi desenvolvido para a nova geração de esportivos da marca, como o AMG GT. Na Europa, o motor deve ser mantido a base da eletrificação, com a opção do motor híbrido. Isso indica que o motor só sai de cena em meados de 2031

Versão de produção do Volkswagen ID.Life terá versão GTX com motor de 234cv de potência

Imagem
A Volkswagen confirmou que a versão de produção do ID.Life Concept deve contar com uma versão esportiva GTX. Antecipado no Salão do Automóvel de Munique, na Alemanha, o pequeno elétrico também recebe uma versão esportiva, assim como ocorreu com o ID.4 e está por acontecer com o ID.3. Com previsão de ser lançado em 2025 nas suas versões civis, uma versão esportiva pode ser apresentada apenas em meados de 2026. A versão GTX deve contar com a mesma mecânica que a Volkswagen apresentou no Salão de Munique, com o motor elétrico de 234cv junto de uma bateria de íons de lítio de 57kWh (62kWh bruto). Segundo a Volkswagen, ele acelera de 0 a 100km/h em 6,9 segundos e possui autonomia de 400km, no ciclo WLTP. “Se falarmos sobre GTX, como você sabe, temos um ID 4 GTX e um ID 5 GTX e, a longo prazo, ter uma versão GTX é algo que desejamos para todos os derivados. Obviamente, GTX também é algo que queremos ter potencialmente para o ID.Life” , Klaus Zellmer, Diretor de Vendas da Volkswagen. O carro

Ford confirma o retorno de nomes clássicos em seus carros elétricos no futuro breve

Imagem
A Ford confirmou que vai apostar em nomes de carros clássicos da marca para o seu futuro dentro dos próximos anos. Desde 2014 que a empresa vem resgatando nomes antigos com o retorno do nome Escort na China. Além dele, até mesmo o nome o Territory surgiu na sequência e agora apareceu o nome Maverick, em junho, que voltou como uma picape. De acordo com informações de Murat Gueler, Chefe de Design da Ford Europa, a fabricante confirmou que vai ter uma tendência e vai voltar a usar alguns nomes usados no passado. "Eu acho que temos uma vantagem única de ter nomes do passado que podemos usar para deixar nosso produto mais emocionante e contar histórias que nenhuma outra marca pode contar. Há uma oportunidade com batismos que você pode atualizar e executar da forma certa para se distinguir dos outros” , confirmou Gueler. Os nomes devem ser resgatados também para automóveis elétricos, o que vai acontecer dentro dos próximos anos, de acordo com o ciclo de investimentos começar a ser colo

Alfa Romeo confirma que multimídia não será sua atenção, mas sim o foco no condutor

Imagem
Dentro da Stellantis, a Alfa Romeo será uma das marcas que terão o prazo de 10 anos para provar estar viva. Recentemente, surgiu informações de que a marca italiana deve passar por novidades no seu lineup, que podem ajudar a marca a sair do atoleiro comercial que está. Para quem não sabe, na Europa, a Alfa Romeo vem vendendo menos que a Lancia, que vende apenas na Itália e só com o Ypsilon. De acordo com informações do CEO da Alfa Romeo, Jean-Philippe Imparato, assumiu a Alfa Romeo com a decisão de que precisa reverter essa situação. De acordo com Imparato, os novos carros da marca serão desenvolvidos com foco no condutor. Além disso, os carros terão que transmitir maiores emoções, algo que alguns julgam que se perdeu nos últimos anos. "A Alfa Romeo, tenho um posicionamento muito particular. O motorista, o motorista no centro, o menor número possível de telas no carro... Não vendo um iPad com um carro em volta, vendo um Alfa Romeo", disse o executivo. Com essa fala, Imparato

Mercedes-Benz teme fim dos sedãs com elétricos; marca vai desistir de carros híbridos

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que se preocupa com o destino do segmento de sedãs dentro de um mundo elétrico. De acordo com Gordon Wagener, Chefe de Design Global da Mercedes, em entrevista ao Top Gear, confirmou que a eletrificação tem potencial risco de trazer a extinção dos sedãs por uma série de fatores, que envolve desde a construção em três volumes quanto ao posicionamento das baterias sem estragar o design dos carros. “Aerodinâmica é um. Em segundo lugar, com um conjunto de baterias de 15cm, um sedã de três volumes simplesmente não parece bom, parece uma m****. Você tem que fazer algo que resolva visualmente a altura. É por isso que criamos o design ousado dos modelos EQ, porque parecem esticados, parecem estilosos. Então vai mudar a proporção dos carros. Temos que ter certeza que não pareçam todos iguais, mas este medo existe há 30 anos. Conseguimos fazer com que pareçam diferentes e estou confiante que faremos isso no futuro.” , destacou Wagener. Recentemente, a Mercedes-Benz já c

Stellantis quer que RAM ganhe o mesmo destaque da Jeep no país nos próximos anos

Imagem
A RAM confirmou que pretende crescer ainda mais no mercado brasileiro. A marca norte-americana deve passar por um processo de expansão tal qual a Jeep teve no mercado. Durante coletiva de imprensa na Argentina, Antonio Filosa, CEO da Stellantis na América Latina, confirmou que a RAM vai ganhar um destaque na região assim como aconteceu com a Jeep. “Há seis anos, quando inauguramos a fábrica de Pernambuco, a Jeep contava com uma presença marginal na Argentina e Brasil. Graças à produção local, hoje ela é líder em vários segmentos de mercado. Creio que a RAM tem o potencial de repetir essa estratégia, com a produção de veículos em uma das maiores regiões de agropecuária do mundo e a população mundial tem que comer e é na Argentina e no Brasil onde se produzem os melhores alimentos. A marca RAM tem uma oportunidade perfeita para esse tipo de atividade. Estamos estudando, analisando e poderíamos convencer os nossos acionistas, exatamente como fizemos com a Jeep no passado, a olhar para ess

Até 2026, Volkswagen confirma que vai lançar seis Híbridos Flex para o Brasil, diz CEO

Imagem
A Volkswagen confirmou que vai desenvolver novas opções de eletrificação no mercado brasileiro. Depois de confirmar que o Etanol seria uma das escolhas da marca junto com motores elétricos, a Volkswagen definiu que terá seis modelos Híbridos Flex no Brasil até 2026. A informação foi confirmada por meio de uma entrevista de Pablo Di Si, Presidente da Volkswagen Brasil e CEO da Volkswagen América Latina à Folha de São Paulo . A tática é parecida com o que a Toyota fez com Corolla e Corolla Cross, que apostaram em um motor HEV Flex. Di Si destacou que o "futuro da frota é o carro híbrido elétrico, que vai rodar também com etanol" . Com uma rede de pontos de recarga que vai demorar para ser concluída por conta da extensão territorial do Brasil ser gigante, a solução inicial será um modelos híbridos. “O Grupo Volkswagen tem o compromisso de lançar carros elétricos em nível global. Mas para a América Latina essa realidade ainda não é viável, não existe infraestrutura de abastecimen

Ford confirma Maverick para 2022 e nova geração da Ranger será lançada em 2023

Imagem
A Ford confirmou que a Maverick será vendida no Brasil no ano que vem. A picape, que era cotada para fazer sua estreia primeiro no Brasil, acabou sendo apresentada nos EUA no dia 8 de junho. Desde então, acumula mais de 100.000 pedidos e foi confirmada para nosso mercado durante entrevista de Daniel Justo, Presidente da Ford Brasil, em jornal Folha de São Paulo. Sem especificar uma data de lançamento, Justo debateu sobre rumores que indicavam a saída da Ford do Brasil e o executivo confirmou investimentos de reestruturação com a Transit chegando em breve. Além disso, confirmou a Maverick e disse que a marca já trabalha na nova geração da Ranger, que chega aqui em 2023. “Eu acho que a Maverick terá público muito interessado pela tecnologia, pelas dimensões do produto e pela forma de dirigir. Já fizemos testes aqui e todo mundo ficou extremamente impressionado com a capacidade do produto.”, disse Justo. O presidente ainda não confirmou quais seriam os motores para nosso mercado, mas conf

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente