Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Entrevista

Ex-CEO de Renault-Nissan-Mitsubishi, Carlos Ghosn, vê chances de saída do grupo no país

Imagem
A briga entre Renault-Nissan-Mitsubishi e Carlos Ghosn parece que não acabou ainda. De acordo com o ex-Presidente da aliança, onde ocupou o cargo por muitos anos, foi preso em 2018 por acusações de fraude financeira, uma história que não parece estar bem contada até hoje. Depois de salvar a Nissan da falência, o executivo fugiu da sua prisão domiciliar entre 2019 e 2020, quando foi ao Líbano. Em entrevista à revista VEJA , Ghosn disse que acredta que a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi pode não durar muito tempo no país, pela maneira que está sendo gerida. Na sua visão, o gerenciamento das marcas no país se demonstrou bem frágil na região durante a pandemia do COVID-19, da qual ainda estamos mergulhados. Ghosn acredita que marcas como Toyota e Volkswagen são as marcas que mais conseguirem gerir bem a gestão nacional das operações. Nas falas de Ghosn, “os mais fracos vão sair do Brasil, o que sempre acontece em grandes crises. Dentre os mais fracos, cito a Aliança porque para competir n

Stellantis e VAG confirmam que não vão desenvolver novos motores a combustão

Imagem
A Volkswagen coA Stellantis e a VAG confirmaram que não devem mais desenvolver motores a combustão. Dentro da VAG, a confirmação foi dada pela Audi e pela Volkswagen, visto que as marcas são responsáveis por outras marcas do grupo. No caso da Audi, a informação foi confirmada por Markus Duesmann, que confirmou a informação para o Frankfurt Allgemeine Zeitung . "Não desenvolveremos mais um novo motor de combustão interna, mas adaptaremos nossos motores de combustão interna existentes às novas diretrizes de emissão" , disse Duesmann em entrevista. Dentro da Audi e das marcas premium do grupo, o fim dos motores a combustão começam a partir de 2030, ou seja, até lá, as marcas devem contar com os motores atuais, trabalhados com algumas melhorias e auxílios elétricos com conjuntos híbridos. Na Volkswagen, a informação foi confirmada por Ralf Brandstätter, CEO da Volkswagen, que disse que a marca tampouco deve desenvolver os motores a combustão. Em entrevista ao Automobilwoche , Bra

Hennessey desenvolve um Venom F5 GTR, que quer romper os 500km/h de máxima

Imagem
A Hennessey confirmou o desenvolvimento de uma versão ainda mais insana para o Venom F5. Depois de ser apresentado em uma versão definitiva no ano passado, a Hennessey deve desenvolver uma versão ainda mais esportiva, que deve ser batizada de GTR. A marca deve ir atrás do recorde do SSC Tuatara, que quebrou 455,3km/h. A meta da Hennessey, no entanto, é ultrapassar os 500km/h com o Venom F5. A informação foi confirmada em entrevista com John Hennessey, CEO da marca, em entrevista ao Top Gear . De acordo com o executivo, está nos planos da marca desenvolver essa versão num curto a médio espaço de tempo, que deve focar bastante na sua aerodinâmica. John destacou que o seu hiperesportivo deve receber uma versão que “em algum momento eu acho que uma versão do tipo GTR de alta downforce seria legal de fazer” . Desenvolvida para pista, a nova versão deve contar com mudanças interessantes para se tornar mais aerodinâmica, leve e rápida. O Venom F5 usa o motor 6.6 V8 Biturbo capaz de desenvolve

Land Rover confirma desenvolvimento do Defender 130, que será revelado em 2022

Imagem
A Land Rover veio a público confirmou o desenvolvimento do Defender 130, que deve retornar para se unir com as versões 90 e 110 do jipão. Para quem não lembra, o Defender 130 possuía três fileiras de bancos, tendo espaço para sete ou oito ocupantes. A informação foi dada por Adrian Mardell, Diretor Financeiro da JLR, ao dizer que o 130 "chegará num nível para a América do Norte, China e também no Oriente Médio que ainda não alcançamos" . O Defender 130 deve contar com entre eixos de 3,022 metros de comprimento, a mesma distância do Defender 110, enquanto o comprimento deve ser 34,2 centímetros a mais, chegando aos 5,10 metros. Esse documento que vazou com essas informações do Defender 130 disse que o utilitário esportivo terá espaço para oito ocupantes. O Defender 130 ainda deve contar com as mesmas opções mecânicas das versões 90 e 110, ou seja, os motores 2.0 Turbo Diesel D200 ou D240, indicando as potências de 200cv ou 240cv. Com motor a gasolina ele deve ser vendido com a

Peugeot cancela oficialmente ida aos EUA e Stellantis deve apostar em Chrysler e Alfa Romeo

Imagem
A Stellantis confirmou oficialmente a desistência de levar a francesa Peugeot para os Estados Unidos. Depois de analisar melhor, a fusão entre FCA e PSA parece ter decidido que precisa cuidar mais das marcas que já estão presentes no mercado norte-americano que levar mais uma marca apenas para agregar em volume. No lugar da Peugeot, a Stellantis deve retrabalhar a operação da Alfa Romeo no país, que parece bem ruim. A informação foi confirmada por Larry Dominique, Vice-Presidente da Alfa Romeo na América do Norte. De acordo com o executivo, os planos de levar a Peugeot ao país norte-americano começou em 2017. Além dos EUA, Dominique deve ser o responsável pelas operações da Alfa Romeo no Canadá e México. Contando apenas com Giulia e Stelvio, a vida da Alfa Romeo nunca esteve em tanto risco. A marca italiana parece lenta no desenvolvimento de novos modelos, que deve se tornar melhor com a chegada do Tonale, o que deve ocorrer dentro de alguns anos – a previsão é que o SUV seja lançado e

Volkswagen confirma nova geração de Golf, Tiguan, Passat Variant e T-Roc na Europa

Imagem
A Volkswagen confirmou que deve desenvolver as novas gerações de Golf e Tiguan. Em meio ao desenvolvimento de novos modelos elétricos da linha ID, a Volkswagen confirmou que deve manter seus dois modelos mais importantes atualmente. Ao que tudo indica, a dupla deve conseguir resistir aos elétricos, assim como também Passat Variant e T-Roc devem ser mantidos em linha, fazendo parte do Plano Accelerate. O Tayron de segunda geração ainda deve ser vendido na Europa como uma opção ao Tiguan de sete lugares, não oferecido na Europa. A informação foi confirmada pelo CEO da Volkswagen, Ralf Brandstätter, que destacou que: “Continuaremos precisando de motores a combustão por algum tempo, mas eles têm que ser tão eficientes quanto possível” . As novas gerações devem contar com opções de motor híbrido, que devem ter a capacidade de rodar até 100km com o modo elétrico. A Volkswagen confirmou que esses quatro modelos devem continuar vivos, mas não cita a permanência de outros carros que contam apen

Volkswagen Amarok pode ganhar uma versão esportiva ao nível da Ford Ranger Raptor

Imagem
Prevista para ser apresentada em 2022, a nova geração da Volkswagen Amarok deve contar com uma mesma mecânica que a nova geração da Ford Ranger. A picape média deve receber, inclusive, o motor V6 Turbo Diesel da Ford. A atual geração da Ranger conta com uma versão esportiva, a Ranger Raptor, que já foi confirmada para próxima geração. E, segundo informações que vieram da Austrália por meio de Nick Reid, Gerente de Produto e Marketing de Veículos Comerciais da Volkswagen Austrália, em entrevista ao Motoring , disse que estuda a possibilidade de a Amarok receber uma versão esportiva do mesmo jeito que a Raptor. Com isso, o desenvolvimento de uma Amarok R pode ser real, podendo, inclusive, contar com o motor V6 Turbo Diesel como base para a versão. A nova geração da Amarok deve ser equipada ainda com a mesma mecânica da nova Ford Ranger, ou seja, os motores 2.0 EcoBlue Turbo Diesel que desenvolve entre 180cv a 213cv de potência e torque de 50,9kgfm. Em alguns países, a Volkswagen pode opt

Stellantis pode se tornar fornecedora de componentes elétricos e foca 100% em EVs

Imagem
A Stellantis confirmou que deve apostar altamente no seu processo de eletrificação, o que deve ocorrer nos próximos anos. A Stellantis ainda destacou o interesse de desenvolver baterias e motores elétricos e colocar esses conjuntos à venda para outras empresas menores. Contando com uma joint-venture com a ACC para a produção de baterias, o grupo ítalo-fraco-americano deve aumentar a capacidade de produção de baterias. A informação também foi reafirmada por Yann Vincent, CEO da Automotive Cell Company, que quer atingir um determinado volume de produção de baterias para oferecer a outras empresas. A joint-venture, firmada em Douvrin, na França, deve começar a operar em meados de 2023, com uma capacidade de 8GWh, com previsão para crescer para 24GWh e até 2030 chegar a 32GWh. Além da unidade francesa, a fábrica de Kaiserslautern, na Alemanha, também passar a produzir baterias e motores elétricos. As duas fábricas devem contar com uma capacidade de produzir até 1 milhão de carros elétricos

Nova Volkswagen Amarok terá motor V6 Turbo Diesel da Ford, que entrega 253cv

Imagem
A Volkswagen confirmou que a Amarok deveria ser desenvolvida pela Ford desde o início do ano passado. A marca confirmou que a picape receberia uma segunda geração com a ajuda da Ford e agora surgiu mais uma novidade do desenvolvimento da picape. De acordo com informações obtidas pelo site Motoring, a nova Amarok deve contar com um motor V6 Turbo Diesel, mas que não deve ser o mesmo 3.0 V6 TDI da VAG. Ao que tudo indica, a Amarok V6 passará a ser vendida com um motor Ford, que deve ser compartilhado com a nova Ranger. O motor V6 TDI não deve ser usado porque isso exigiria um custo ainda mais elevado para adequar o motor à plataforma, visto que a base já tinha sido pensada para contar com o próprio motor V6 da Ford – e não da Volks. O motor deve ser substituído pelo 3.0 V6 Turbo Diesel que entrega 253cv de potência com torque de 60,8kgfm, mais fraco em cavalaria e mais forte em torque. O motor da VW possui 258cv e 59,1kgfm. Esse motor V6 da Ford deve ser associado a um câmbio automático

JLR confirma que queda nas vendas pode estar relacionada com pesquisas negativas

Imagem
A Jaguar-Land Rover passou por uma pequena crise com queda nas vendas e consequentemente nos seus lucros. Com isso, a marca inglesa viu suas vendas caírem em algumas regiões, como na China. A dupla de marcas irmãs, que vem passando por um processo de renovação, deve focar na eletrificação, o que representa um grande plano interno de reestruturação. Se não bastasse essas quedas, a JLR ainda sofre com uma crise de imagem, envolvendo sua reputação e qualidade. Tanto a Jaguar como a Land Rover não se sentiram confortáveis em pesquisas globais de satisfação e confiabilidade. Em entrevista ao Automotive News Europe , Thierry Bolloré, CEO da JLR, disse que o impacto negativo na imagem preocupa sim a dupla de marcas. "A insatisfação de nossos clientes realmente prejudica nosso volume natural. As oportunidades perdidas hoje são enormes. São mais de 100.000 vendas saudáveis ​​que poderíamos realizar" , disse o executivo. As duas marcas estão entre as cinco piores marcas em desempenhos

Fisker confirma que desenvolve um novo carro popular elétrico, que estreia até 2024

Imagem
A Fisker confirmou que o Ocean deve ser apresentado dentro de alguns meses como a nova aposta da Fisker para o mundo dos carros elétricos. Além dele, a marca deve desenvolver um modelo mais acessível para concorrer com também outras novas marcas, como Tesla e Lucid, por exemplo. Segundo Henrik Fisker, CEO da marca, destacou em entrevista que planeja que, esse novo carro mais acessível, deve ser desenvolvido para se tornar um carro icônico. "Os bilionários os tinham, as pessoas comuns os tinham. Esse é o tipo de veículo icônico que procuramos fazer, um veículo que se sinta bem. Eu quero criar um veículo que possa cruzar as fronteiras sociais. A única coisa que o torna um carro é que ele tem quatro rodas e precisa ser certificado como um carro" , disse Fisker. A meta da marca é desenvolver um carro que seja lançado como um MINI ou um Volkswagen Fusca, que se tornaram carros ícones por terem sido simples e baratos. Pensando que a Fisker deve criar apenas modelos elétricos, espe

Subaru estuda desenvolver nova picape, depois de 15 anos sem uma no lineup

Imagem
A Subaru deve desenvolver uma nova picape, voltando a um segmento onde a marca não tinha presença há anos com a Brat/Brumby, produzida entre 1977 a 1994 e a Baja, picape baseada na Outback, produzida entre 2002 a 2006. Desde então, a Subaru não conta com nenhuma nova picape no lineup. Pelo menos, não tinha. Porque a marca deve desenvolver uma nova picape, de acordo com informações do site australiano CarsGuide . Segundo a Subaru Austrália, existe a possibilidade de desenvolver uma nova geração da Brat, nas falas do Gerente-Geral da Subaru Austrália, Blair Read. “Não há qualquer sinal de que este tipo de discussão sobre o que virá no futuro. Mas nos faz lembrar do grande exemplo do BRZ e 86 – e de todos os casos de sucesso da parceria entre Toyota e Subaru. Sempre há este feedback, e eu acho que as pessoas sempre estão falando da Brumby e da Brat, e qualquer fabricante de carros amaria ter todas essas opções disponíveis para entrega, e o que você pode trazer ao mercado.” , disse em entr

Jaguar pode parar de desenvolver carros esportivos para pagar sua eletrificação

Imagem
A Jaguar confirmou que não deve mais investir em modelos esportivos. Segundo o novo CEO da Jaguar-Land Rover, Thierry Bolloré, disse que a marca britânica está perdendo sua identidade na busca por consumidor e vai acelerar seu processo de eletrificação, onde terá todos seus carros virando elétricos até 2025, ao menos na Europa. Segundo informações do site Top Gear , a Jaguar não vai desenvolver novos modelos esportivos – pelo menos por enquanto. Isso porque Bolloré disse que pretende parar de desenvolver modelos esportivos da empresa, a fim de custear esse processo de eletrificação. “Vai ser mais compacto em comparação com o que temos hoje. É uma questão que examinamos com muito cuidado. Não vou responder agora porque é uma questão importante para nós, e responderemos quando tivermos decidido exatamente o que queremos fazer com este novo portfólio da Jaguar” , disse Bolloré ao site. Há quase 90 anos, a Jaguar desenvolve carros esportivos e sedãs e hoje a Jaguar possui apenas o F-Type c

Se decida! Land Rover volta a falar sobre picape do Defender depois de cancelar projeto

Imagem
A Land Rover tinha confirmado que a nova geração do Defender seria apresentada com uma carroceria picape mais adiante. Isso foi antes da marca inglesa apresentar o novo Defender. Há pouco mais de um ano, a Land Rover desistiu do projeto da picape. Agora o que tinha sido cancelado volta a ser considerado, de acordo com um executivo da marca. Segundo Nick Collins, Diretor-Executivo de Veículos Jaguar-Land Rover, disse que admite que "existe demanda dos consumidores por uma picape e que não há limitações estruturais" impeçam seu desenvolvimento. "Nós sempre dissemos que o Defender seria uma família [...] fique de olho neste espaço” , disse Collins. No ano passado, o executivo tinha dito: "Por que você compraria uma picape de cabine dupla quando você vê o que pode colocar no porta-malas de um desses - esta já é uma picape com teto" , se referindo ao novo Defender e a falta de uma picape na linha por conta da própria capacidade do novo Defender. Construído sobre mo

Inédita fábrica da Porsche fora da Europa não seria nem na China e muito menos nos EUA

Imagem
A Porsche confirmou que estuda as chances de ter uma fábrica fora da Europa. Desde seu processo de expansão a outros mercados se comenta que a alemã pode contar com uma fábrica fora do seu continente onde tem sua sede. A China era vista como uma forte candidata a ganhar uma fábrica da Porsche, mas o rumor nunca foi adiante. Considerado um dos principais mercados para os alemães de Stuttgart, mas países como Estados Unidos, México, Coreia do Sul, China e Japão já teriam sido descartados. Mas, segundo um relatório da Porsche, o país mais indicado a ganhar uma fábrica da marca seria... na Malásia! Nesse relatório, a Porsche queria uma unidade em regime CKD no país asiático, como uma forma de diminui os custos de importação e conseguir vender melhor nos países da região. Considerado um dos mercados mais importantes do Sudoeste Asiático, a Malásia poderia enviar carros não apenas para a China, Coreia do Sul e Japão, mas também para a Singapura, Tailândia e a própria Malásia, onde a produção

Investimentos da Renault estão congelados para os substitutos de Sandero e Logan

Imagem
A Renault confirmou que os projetos dos novos Ascalia/Kardian e Taliant, substitutos de Sandero e Logan, estão congelados no mercado brasileiro. A confirmação veio do CEO da Renault, Luca de Meo, em entrevista ao Automotive News Europe . Com foco na América Latina, o executivo confirmou que deve fazer cortes no quadro de funcionários e que deve congelar o investimentos de modelos em curto prazo no país. “Então, porque a economia está um pouco incerta, iremos congelar investimentos no curto-prazo. Mas iremos redirecionar este dinheiro em coisas como o Bigster e o Duster, nas versões Renault, para que possamos aumentar nossa margem de lucro, seguindo o exemplo de Volkswagen e até Fiat, que foi de ter produtos somente da Fiat para a Jeep e tem tido muito sucesso” , disse De Meo. Com Sandero e Logan já patinando nas vendas, a Renault deve focar num segmento que é mais rentável e por isso deve focar no desenvolvimento do Bigster, um SUV médio acima do Captur. Apesar de congelados, os modelo

Audi diz que no futuro as baterias dos carros serão menores, mais eficientes e baratas

Imagem
Enquanto os consumidores de carros a combustão ainda decidem que os elétricos devem ter uma autonomia cada vez maior, executivos parecem dar sinais de que as baterias dos carros elétricos do futuro devem ser cada vez menores. Depois de apresentar o e-tron GT, Markus Duesmann, CEO da Audi, confirmou que o futuro dos elétricos deve ter baterias menores, por conta de existir uma maior infraestrutura para os elétricos. Além disso, as baterias devem se tornar mais eficientes e consumidor menos energia. "Colocar baterias enormes por milhares de quilômetros, não tenho certeza se essa é uma tendência que vai continuar. Mais tarde elas vão perder apelo porque a infraestrutura de carregamento será mais densa e também a experiência dos clientes. Hoje você vai ao posto de gasolina e compra o combustível e é muito natural como você consegue energia para dirigir. Com os carros elétricos não é tão natural, você tem que ajustar um pouco o seu comportamento. Mas quando você se acostumar com isso,

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Imagem
A Volkswagen confirmou, em entrevista, que não acredita nos carros movidos a hidrogênio como uma alternativa para o futuro da eletrificação. A marca alemã disse, por meio do seu CEO, Herbert Diess, que eles não tem futuro. As palavras podem ter soado como algo pesado pela maneira ríspida, até porque várias marcas já demonstraram interesse no desenvolvimento da tecnologia. "Os políticos devem aceitar a ciência: o hidrogênio verde é necessário para a produção do aço, da química e da indústria aeronáutica. Não pode ser usado para carros. É muito caro, ineficiente, lento e difícil de distribuir e transportar. Resumindo: não vejo carros a hidrogênio no horizonte" , disse Diess em sua conta no Twitter. Isso reflete também nas decisões da VAG como um todo, que não deve apostar nessa tecnologia, tanto que a marca deve investir massivamente em modelos elétricos e híbridos, por exemplo. A marca líder do desenvolvimento dos carros movidos a hidrogênio é a Toyota, que vende o Mirai em al

Tesla pode abrir uma fábrica de elétricos na Índia; unidade seria a quarta Gigafactory

Imagem
A Tesla deve ter uma nova fábrica em breve. Depois da unidade de Fremont, Califórnia (EUA), Xangai (China) e Berlim (Alemanha), a Tesla pode ter uma inédita Gigafactory na Índia. De acordo com informações do Primeiro-Ministro do Estado Indiano de Karnataka, Bookanakere Siddalingappa Yediyurappa, na Índia, afirmou que a Tesla estaria interessada em erguer uma nova fábrica no país. De acordo com Elon Musk, que já tinha visitado o país no ano passado, quem sabe já para sondar sobre uma fábrica no país. O estado de Karnataka ainda é um dos principais polos industriais da Índia e um dos mais modernos do país. A proposta é que a Tesla pode ter feito que a empresa norte-americana tenha visto um potencial de ser um país consumidor de modelos elétricos. Em entrevista com Frankfurter Allgemeine, o Ministro Indiano de Transportes e Estradas, Nitin, Gadkari, disse em dezembro de 2020 que a Tesla iria iniciar as vendas da Tesla na Índia no segundo trimestre de 2021, com produção local. Em dezembro

Lembra do retorno da Lada à América Latina? CEO diz que novo Niva será vendido na região

Imagem
Depois de ser apresentado como conceito pela primeira vez como 4x4 Vision Concept, a Lada revelou a primeira imagem da nova geração do Niva graças ao plano RENAULuTion da Renault, visto que a Lada faz parte do Grupo Renault. Os franceses confirmaram que a nova geração do Lada Niva deve ser desenvolvida sobre a plataforma modular CMF-B e revelou algumas imagens sketch do modelo, que parece ser uma evolução do 4x4 Vision Concept, apresentado em 2018. De acordo com Luca De Meo, esse novo Lada Niva deve ser vendido “em qualquer lugar” e isso pode indicar a expansão da Lada para novos mercados. O novo Niva deve contar com altura em relação ao solo de 24 centímetros, tendo bons ângulos de entrada e de saída, assim como deve manter o sistema de redução de marcha. “Queremos vendê-lo na Suíça e na Áustria, onde para muitas pessoas será a única maneira de chegarem ao seu chalé” , disse De Meo. Além desses países europeus, Meo confirmou que o carro deve ser vendido em mercados da África e América

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Chery convoca recall de Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 no Brasil com defeito no motor 1.5 Turbo

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado