Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Entrevista

Foxconn vai produzir automóveis em Lordstown, mesmo que seja sem a Lordstown Motors

Imagem
Foxconn confirma que ainda vai usar a fábrica de Ohio, nos EUA, para a produção de automóveis elétricos enquanto enfrenta uma disputa com a Lordstown Em disputa com a Lordstown Motors, a Foxconn confirmou que a fábrica localizada em Lordstown, Ohio, nos Estados Unidos, vai produzir automóveis elétricos. A marca responsável pela produção dos smartphones da Apple confirmou que investiria US$ 170 milhões na Lordstown Motors, mas esse dinheiro logo foi retido pela Foxconn, o que iniciou o rompimento das relações entre as duas empresas. Vale destacar que a marca da picape Endurance tinha vendido a fábrica que estava em seu nome para terminar de financiar o projeto da picape. Junto com a venda da fábrica para a Foxconn, ainda existiria esse investimento por fora, além de confirmar que produziria a Endurance para a marca na fábrica. No entanto, criou-se um imbróglio entre as empresas. Agora, a Foxconn veio a público confirmar que a unidade vai produzir veículos elétricos. A empresa pode aca

Fisker confirma que início da produção do Pear vai atrasar para meados de 2025

Imagem
Fisker confirma que o Pear deve atrasar para meados de 2025 por conta de problemas com fornecedor de baterias, destaca o CEO da marca durante evento Durante o Future of the Car, evento criado pelo Financial Times, a Fisker confirmou que o início da produção do Pear deve demorar alguns meses a mais para começar. A produção da novidade era estipulada para acontecer em meados do segundo semestre de 2024, mas a marca confirmou, por meio do CEO, Henrik Fisker, que a produção vai demorar um pouco mais para acontecer. A produção será adiada para meados de 2025. O motivo desse atraso estaria atrelado a negociações com fornecedores de baterias. Para que o SUV menor que o Ocean seja produzido, a marca precisa de um fornecedor de baterias, enquanto destaca as qualidades do seu novo produto. “Nosso próximo veículo custará provavelmente menos de £ 28.000 e será bastante radical. Na verdade, é tão radical que temos que criar alguns novos métodos de produção” , disse Henrik durante conferência e ao

Aston Martin confirma oito lançamentos no período que vai de 2023 até o final de 2025

Imagem
Aston Martin confirma que terá oito lançamentos no ciclo 2023-2025, com uma renovação quase completa do portfólio; DB12 foi a primeira novidade  A Aston Martin confirmou que nos próximos anos já tem um plano bem definido de quantos produtos vai apresentar ao mundo. No ciclo entre 2023-2025, a marca inglesa apresentará um total de oito novidades, praticamente com uma renovação completa do portfólio atual. As primeiras novidades vieram com o DB12, que antecipa muito do que veremos nos futuros carros da marca. A informação desse novo ciclo foi confirmado pelo próprio Presidente da Aston Martin, Lawrence Stroll, durante a cúpula do Futuro do Carro, evento do Financial Times. “É como ver a tinta secar ou a grama crescer, mas depois de três anos temos nossa próxima geração de carros esportivos e lançaremos oito nos próximos 24 meses. Traremos novas tecnologias, teremos o desempenho de nossa equipe de F1 integrado ao negócio e daremos continuidade ao grande luxo [dos carros de hoje].” , dis

Fora desde 2017, GM confirma retorno para a Europa, possivelmente com Chevrolet e Cadillac

Imagem
General Motors vai voltar a ter presença na Europa, mas dessa vez com Chevrolet e Cadillac, que terão vendas iniciadas com elétricos em países nórdicos Desde que vendeu Opel e Vauxhall para a antiga PSA (hoje Stellantis, após a fusão com a FCA), a General Motors (GM) voltará para a Europa com modelos 100% elétricos, que vão atuar como importados em mercados específicos, inicialmente. O grupo norte-americano confirmou que vai começar sua presença em mercados nórdicos, que são os principais consumidores de veículos elétricos na Europa. Por lá, as marcas Chevrolet e Cadillac são as marcas com maior potencial de sucesso. Isso porque a GMC vende produtos considerados muito grandes para os consumidores europeus e a Buick não possui muitos veículos eletrificados até o momento, mas pode ir depois. Com isso, Chevrolet e Cadillac entram como as principais marcas a desembarcar no Velho Continente. A informação foi confirmada pelo Presidente da GM Europa, Jaclyn McQuaid, em entrevista ao Automot

Seat terá um destino selado até 2030 e pode se transformar em marca de mobilidade urbana

Imagem
Coexistência de Seat e Cupra segue como um problema para a Volkswagen resolver; Seat pode se transformar em marca focada em mobilidade, para se manter viva Faz alguns meses que existe uma grande nuvem carregada sobre a Seat, que tem um futuro bem incerto dentro do Volkswagen AG (VAG). Desde a ascensão da Cupra como uma divisão esportiva da Seat para uma marca esportiva independente, a VAG possui um problema para resolver com a coexistência de ambas. Sabe-se que muitos veículos da Seat são, hoje, absorvidos gradativamente pela Cupra, inclusive com versões mais acessíveis (como aconteceu recentemente com o caso do Cupra Ateca, que ganha motor 1.5 TSI, veja aqui). Com um futuro incerto na linha, os alemães da Volkswagen já definiram que não podem manter as duas marcas coexistindo – pelo menos não da maneira que está hoje. Os rumores mais fortes apontam para que a velha Seat se torne uma marca de mobilidade urbana, apostando em soluções elétricas acessíveis, como um concorrente para o Re

Volkswagen desenvolve três novos utilitários esportivos elétricos entre 2025 a 2028

Imagem
Volkswagen confirma desenvolvimento de três utilitários esportivos elétricos até meados de 2028; Tiguan elétrico puxa a fila e estreia já em 2025 A Volkswagen trabalha na chegada de novos elétricos em sua gama ainda nesta década. De acordo com a marca alemã, a linha ganhará uma série de produtos elétricos e só entre os utilitários esportivos serão três elétricos entre 2025 a 2028. Nestes quatro anos, apenas um ano a marca não deve trazer novidades elétricas na Europa e na China. A informação foi confirmada por meio de Thomas Schäfer, CEO da Volkswagen, qie detalhou um pouco dos próximos lançamento em entrevista. Ainda em 2024, é esperado que a dupla ID.4 e ID.5 ganhem as primeiras mudanças visuais desta geração, o que garante mais uns quatro anos de mercado para ambos. Em 2025, o primeiro membro do trio a desembarcar é a nova geração do Tiguan com motor elétrico. Convivendo com ID.4 e ID.5, o Tiguan elétrico buscará um tipo de consumidor que é muito parecido com o do SUV mais vendido

Crescem os rumores da vinda da Cadillac ao Brasil nos próximos anos, com elétricos

Imagem
GM pode trazer a Cadillac ao Brasil como forma de aumentar lucratividade com produtos premium, mercado que a norte-americano não tem presença aqui Muita gente confunde General Motors (GM) com Chevrolet no Brasil. Isso acontece porque a GM possui apenas a Chevrolet no Brasil. Mas a GM é um grupo, assim como a Stellantis é. Por ser um grupo, ela possui marcas, como a Chevrolet, GMC, Buick, Cadillac e a BrightDrop. Ao mesmo tempo, a GM estuda a vinda de uma nova marca ao nosso mercado com a Cadillac. A clássica marca premium norte-americana pode aterrissar oficialmente em nosso país como uma forma de aumentar a lucratividade com produtos de valor agregado. E não é de hoje que existem rumores sobre a vinda da Cadillac ao Brasil. Especialmente com a gama de elétricos da marca, que vem crescendo rapidamente. Com elétricos, a GM poderia facilitar a vinda da marca, por não ter muita homologação dos motores a combustão. Com o mercado premium tendo cerca de 150.000 unidades vendidas ao ano, a

Novo CEO da Toyota confirma que quer criar novos esportivos da linha Gazoo Racing

Imagem
CEO da Toyota confirma que vai desenvolver novos esportivos da linha Gazoo Racing; pequeno GR Sports Concept pode ganhar as linhas de produção em breve  A Toyota confirmou que, durante entrevista, que vai trabalhar em novos produtos da linha esportiva Gazoo Racing (GR), que vão ganhar as ruas nos próximos anos. Hoje com uma linha composta por GR Yaris, GR Corolla , GR 86 e GR Supra, a nipônica trabalha em novos produtos que serão apresentados em alguns anos, dando continuidade a uma linha de esportivos que estava esquecida pela marca nos últimos anos. A divisão esportiva foi criada por Akyo Toyoda, antigo CEO da marca, que deixou o cargo há pouco mais de um ano. Seu substituto, Koji Sato, confirmou que sob sua gestão vai continuar a desenvolver veículos esportivos de alto desempenho – e não esportivados. Em entrevista ao Autocar , Sato confirmou que novos produtos estão no forno e pode, inclusive, aumentar o ritmo de lançamentos. “A marca Gazoo será reconhecida para o futuro - e talv

Renault quis lançar um Kwid com câmbio automático no Brasil, junto com a reestilização

Imagem
Renault estudou desenvolver um Kwid com câmbio automático no mercado brasileiro com a chegada da reestilização, mas planos pararam na engenharia e porte Lançado no início de 2022, a reestilização do Renault Kwid era para ter trazido um item que seu maior concorrente, o Fiat Mobi, também não possui. De acordo com informações, a francesa trabalhou no desenvolvimento de uma transmissão automática para o seu hatch subcompacto. E sim, era uma caixa automática de verdade, com conversor de torque, e não um câmbio automatizado. Ele seria associado ao motor 1.0 12v SCe Flex, com 71/68cv de potência, com torque de 10,0/9,4kgfm, acoplado hoje a um câmbio manual de 5 marchas. “Falei com franceses, tentamos daqui e dali, mas não encontramos uma caixa automática compatível, justamente pelo cofre do motor do Kwid ser pequeno. Essa era a maior dificuldade. Até ofereceram como solução uma caixa automatizada, mas eu queria a automática.” , disse o Vice-Presidente da Renault no Brasil, Bruno Hohmann, e

Ford espera crescer 30% no Brasil com a renovação completa de lineup nos últimos anos

Imagem
Com renovação de quase todo lineup, Ford espera crescer 30% e recuperar mercado para esquecer abandono da produção local no mercado brasileiro  Com a chegada da nova geração da Ranger no Brasil, a Ford parece que tem um lineup quase completamente renovado em nosso mercado – a chegada do novo Mustang encerra seu ciclo de renovação completa no país. Este começou ainda em 2021, logo após anunciar sua saída da produção nacional e informar investimentos pesados na fábrica de General Pacheco, na Argentina. Naquele ano, a Ford anunciou a chegada do Bronco Sport, Transit e preparava novidades para 2022 e 2023. O lançamento mais esperado, claro, seria a nova geração da Ranger, que desembarcou aqui ano passado com uma mudança importante que a recoloca como uma das principais picapes médias do país. De acordo com Daniel Justo, Presidente da Ford na América do Sul, diz que a picape tem um papel muito promissor na região. Sua chegada vai ser o pontapé inicial para a marca norte-americana retomar

Ford Maverick Hybrid Plug-in não está nos planos; picape possui apenas motor Hybrid

Imagem
Um dos maiores sucessos comerciais recentes da Ford, Maverick não ganhará opção de motor híbrido plug-in (PHEV), destaca porta-voz da marca norte-americana Lançada em 2021, a Maverick se tornou um dos produtos de maior sucesso da marca do oval azul na história recente da Ford. A picape intermediária fica posicionada abaixo da Ranger e é desenvolvida a partir de uma base em plataforma, a C2. Desde sua estreia, a Ford equipa a picape com duas opções de motor, sendo uma opção a gasolina e outro híbrido (HEV). No entanto, rumores surgiram de que a marca estaria trabalhando em uma opção de motor híbrido plug-in (PHEV). Ao contrário do que se especula, a picape não ganhará essa opção de motor. A informação foi confirmada pelo Porta-Voz da Ford, Mike Levine, em entrevista ao Heatmap . Apesar de ser um motor que alia o melhor de dois mundos, com um motor elétrico e um motor a combustão que trabalham juntos e que podem assumir a condução de maneira independente, a Ford não quer criar essa opç

Caterham revela que seu primeiro modelo puramente elétrico vai aparece em 2026

Imagem
Caterham confirma que seu primeiro carro elétrico não será o Seven EV Concept e que prepara um novo esportivo que não lembra em nada o clássico Seven Recentemente a Caterham apresentou o Seven EV Concept (abaixo), que poderia ser o primeiro produto elétrico da marca inglesa, mas não será. Enquanto o Seven elétrico foi apenas uma prévia, o primeiro esportivo elétrico da marca vai aparecer em meados de 2026 com sua versão de produção, que vai ajudar a marca a continuar num futuro em que os carros elétricos serão todos elétricos, especialmente na Europa. De acordo com o Designer da Caterham, Anthony Jannarelly, disse em entrevista ao Autocar , revelando alguns detalhes dessa novidade. O novo esportivo será apresentado como um conceito primeiro e depois esse projeto vai progredir para um modelo de produção rapidamente e, ao que tudo indica, ele será um esportivo novo e com desenho mais próximo de um automóvel convencional – nada com o aspecto ‘gaiola’ do Seven. A marca inglesa também con

Executivo da Apple critica tecnologia de condução autônoma dos carros da Tesla

Imagem
Executivo da Apple critica a Tesla com o seu sistema de condução autônoma: [se você quer um sistema que] “tenta matá-lo sempre que puder, compre um Tesla” Não é de hoje que a Tesla recebe críticas com o seu sistema de condução autônoma, chamado inicialmente de Autopilot e depois de Full Self Driving (FSD). Não só os consumidores, como também pessoas já morreram porque foram imprudentes ao realmente deixar o carro guiar sozinho sem monitoramento, o que rendeu críticas ao nome do próprio sistema que dava ao entender que o carro realmente tinha essas capacidades. E a agora a Tesla recebe críticas de um executivo da Apple, outra grande empresa de tecnologia, mas de outra área de atuação. A crítica foi feita pelo cofundador da Apple, Steve Wozniak. Em entrevista na CNN dos Estados Unidos , Wozniak foi perguntado se conhecia Elon Musk, CEO da Tesla. O executivo da maçã disse que não o conhecia, mas o admirava por conta da popularização da Tesla. Ao mesmo tempo, confirmou que essa admiração

Nio venderá as marcas Alps e Firefly na Europa, com preços na casa dos 30 mil euros

Imagem
Apostando em mercado premium, Nio confirma que marcas Alps e Firefly vão ser vendidas na Europa, com elétricos abaixo dos 30.000 euros Enquanto algumas marcas nascem primeiro no mercado mais generalista e partem para produtos mais premium, o caso da Nio é exatamente o oposto. A marca nasceu com uma proposta mais premium e agora quer se aventurar em um mercado mais generalista, com duas marcas: a Alps e a Firefly, que já estão em desenvolvimento. Ambas já rodam com protótipos e vão aparecer dentro de alguns anos. O objetivo é ajudar na expansão global da Nio com a chegada de elétricos mais acessíveis. Além da China, a Nio também olha para mercados como a Europa, que vem recebendo uma série de marcas chinesas com uma boa receptividade, apesar de toda desconfiança. Tanto a Alps como a Firefly já foram confirmadas para chegar na Europa e vão vender produtos elétricos mais acessíveis. De acordo com o Presidente da Nio, William Li, em entrevista para a revista alemã Der S Piegel que um do

Segundo GWM nacional pode ser SUV com base em chassi; chances recaem para o Tank 500

Imagem
Segundo produto nacional pode ser um SUV com base em chassi da Tank; apostas recaem sobre o 500, que poderia mirar na liderança do Toyota SW4 A Great Wall Motors (GWM) confirmou que a produção na unidade de Iracemápolis (SP) vai começar primeiro com uma picape, da marca Poer, mas ainda não se sabe se esses planos estão de pé. Isso porque as primeiras informações era de que o grupo chinês começasse a produção com modelos de alto valor agregado e com uma base em chassi – isso explica o fato do primeiro produto ser uma picape. No entanto, o segundo produto a ser produzido, de acordo com os rumores, era um utilitário esportivo de base em chassi. Com isso, as chances recaem sobre a Tank com o seu utilitário esportivo 500, que já foi apresentado na China e que possui uma base em chassi. Basicamente, o SUV é concorrente de modelos como Toyota SW4, Chevrolet TrailBlazer e Mitsubishi Pajero Sport (em outros mercados ainda concorre com Ford Everest e Nissan Terra). De acordo com informações qu

Lotus confirma que Eletre será o primeiro a receber condução autônoma de Nível 4

Imagem
Lotus trabalha para que Eletre seja o primeiro carro da marca a ser equipado com condução autônoma de Nível 4; SUV terá radares LiDAR  A Lotus trouxe o Eletre não só como o seu primeiro utilitário esportivo, mas também como um dos seus primeiros produtos de uma nova era da marca, agora com o aporte financeiro da Geely. Apostando alto na eletrificação da sua linha, a marca inglesa quer apostar em tecnologias que até poucos anos sequer imaginava que seria possível, como é o caso da condução autônoma. Ele será um dos pioneiros com a condução autônima de Nível 4, ao ganhar vários radares e sensores, como o LiDAR. Conhecido como um dos radares de maior tecnologia de auxílio à condução autônoma, ele será acompanhado de outros radares menos potentes, mas ainda eficientes, e câmeras espalhadas pela carroceria. A informação foi confirmada pelo CEO da Lotus, Li Bo, que chefia também a divisão Lotus Robotics, que por sua vez também lidera o projeto de trazer condução autônoma aos seus veículos,

Ford prepara novas versões para Bronco, Bronco Sport e Maverick, como ST e Raptor, nos EUA

Imagem
Ford pode estar desenvolvendo novas versões de Bronco, Bronco Sport e Maverick nos Estados Unidos, com opções aventureiras (Raptor) ou esportivas (ST) A Ford pode estar desenvolvendo novas versões de seus modelos atuais, como é o caso do trio Bronco Sport, Maverick e Bronco. Os modelos podem ganhar novidades nos próximos meses ou anos, podendo chegar já de acordo com mudanças visuais de meia-vida, que já estão em curso para os três. No caso do Bronco, o Vice-Presidente de Operações de Desenvolvimento de Produção e Qualidade da Ford, Jim Baumbick, disse em um evento que a marca poderia trazer novas versões ao off-road. Uma dessas opções seriam o Everglades e o Heritage, que podem aparecer dentro de alguns meses nos EUA. “Os derivativos são uma oportunidade, quando você tem algo como um produto vencedor como o Bronco, de realmente se expandir para espaços novos e diferentes, certo, indo atrás de clientes diferentes. Portanto, há três exemplos na tela aqui com Everglades, o Raptor e o H

Mercedes-Benz descarta desenvolvimento de carros abastecidos com combustíveis sintéticos

Imagem
Mercedes-Benz confirma que não vai apostar em carros abastecidos com E-Fuels e destaca que elétricos são o futuro, diz CEO da marca em entrevista Recentemente a União Europeia recebeu pedidos de que se estudasse alternativas para que carros a combustão não fossem proibidos de serem produzidos após 2035, sendo que esse é o último ano que o mercado europeu poderá produzir carros a gasolina e diesel. Uma das alternativas foi adaptar motores a combustão a combustíveis sintéticos, conhecidos como E-Fuels – que será adotada por algumas marcas como é o caso da Porsche, por exemplo. No entanto, a Mercedes-Benz afirma que não vai apostar em E-Fuels. A informação foi confirmada por ninguém menos que Ola Kallenius, CEO da Mercedes-Benz, em entrevista ao jornal alemão Frankfurter Algemeine Zeitung . De acordo com o executivo, os carros elétricos são o futuro para a marca e este será o caminho a ser seguido pela empresa. “A Mercedes tem uma estratégia que depende claramente da propulsão elétrica.

Lexus espera aumentar volume de vendas no Brasil com expansão da rede de concessionárias

Imagem
Após chegada do novo RX, Lexus revela plano de crescimento no Brasil e espera ter novas concessionárias para alcançar novamente marca de 1.000 unidades ao ano A Lexus confirmou que tem planos de voltar ao crescimento no mercado brasileiro. Depois de ano difíceis, marcados pela falta de semicondutores que afetou diretamente a marca premium, ela confirmou que pretende retomar o crescimento em nosso país com a chegada de novas lojas e com novos produtos. A nova geração do RX, por exemplo, marca o início deste processo. Lançado ano passado em nosso mercado, o SUV acima do NX chega com um motor híbrido e com uma série de evoluções que serão vistas em outros carros da marca. Concorrendo diretamente com marcas como Audi, BMW, Mercedes-Benz e Volvo, a Lexus já tem uma linha completamente eletrificada no Brasil, com todos os seus veículos com motores híbridos. Em 2022, a empresa vendeu 488 unidades no Brasil, longe do seu padrão de vendas de 2019, quando chegou a quase 1.200 unidades. A pande

Postagens mais visitadas deste blog

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

BYD revela as primeiras imagens teaser da sua picape média, que estreia em alguns meses

Mitsubishi confirma seis produtos que serão lançados no futuro breve, nos próximos meses