Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Baterias

Audi Q4 e-tron e Q4 Sportback e-tron ganham nova versão, a 45 e-tron, com 265cv de potência

Imagem
Audi apresenta uma nova versão para Q4 e-tron e Q4 Sportback e-tron na Europa, que desenvolve 265cv de potência; linha ganha atualizações na bateria A Audi apresentou novidades para o Q4 e Q4 Sportback na Europa. Os modelos receberam uma autonomia ampliada por conta de atualizações na bateria e uma nova opção de versão. Agora, ele é vendido com a versão 45 e-tron fará a ponte entre as versões 40 e 50 e-tron. De acordo com a marca, o Q4 entrega 265cv. Ele mantém o mesmo motor elétrico de 204cv e torque de 31,6kgfm, com tração traseira. O eixo dianteiro recebe um motor elétrico de 109cv que atua quando necessário. Juntos, eles desenvolvem 265cv e 43,3kgfm. Esse conjunto permite que ele acelere de 0 a 100km/h em 6,9 segundos e chegue a velocidade máxima de 180km/h. Esse motor poderá ser associado a uma bateria de 82kWh. Essa última oferece uma autonomia de 490km. De acordo com a marca, ele acelera de 0 a 100km/h em 6,9 segundos e chega a velocidade máxima de 180km/h. Pesando 2.210kg,

Nissan confirma compra da Vehicle Energy Japan para o desenvolvimento de elétricos

Imagem
Nissan confirma a compra de ações da Vehicle Energy Japan Inc. no Japão, empresa que desenvolve baterias de íon-lítio para carros elétricos A Nissan confirmou a compra de ações de uma nova empresa japonesa, a Vehicle Energy Japan Inc., conhecida no desenvolvimento de baterias de íons de lítio para carros elétricos. De acordo com a marca, a Nissan adquirirá as ações após a conclusão dos procedimentos regulatórios, incluindo as aprovações e permissões necessárias. A nipônica ainda revela que vai comprar toda as ações da empresas, se tornando uma subsidiária da Nissan. A Vehicle Energy Japan Inc. é conhecida pode desenvolver em pacotes de baterias e avançados sistemas de gerenciamento de baterias, ou seja, é um ganho para a marca no desenvolvimento dos seus carros elétricos. Além disso, a VEJ também é conhecida por desenvolver, fabricar e vender baterias de íon-lítio, com módulos de bateria e sistemas de gerenciamento de bateria, que estão bem em alta nos últimos anos. “A Nissan, em s

BMW revela detalhes da sua bateria cilíndrica, que estará nos carros com base Neue Klasse

Imagem
BMW confirma que usará baterias cilíndricas a partir de 2025 com os novos carros com plataforma modular Neue Klasse, 30% mais rápidas em recarga A BMW confirmou que a nova geração dos seus carros elétricos, que começam a chegar em meados de 2025, com a plataforma modular Neue Klasse, usarão um novo tipo de bateria: cilíndricas. De acordo com informações reveladas pela alemã, a chamada sexta geração de baterias vai trazer ganhos para os carros elétricos que vão usar essa nova bateria. “A sexta geração recém-desenvolvida de nossas células de íon-lítio trará um enorme salto na tecnologia que aumentará a densidade de energia em mais de 20%, melhorará a velocidade de carregamento em até 30% e aumentará o alcance em até 30%. Também estamos reduzindo as emissões de CO2 da produção de células em até 60%. Estes são grandes passos para a sustentabilidade e benefícios para o cliente.” , disse Frank Weber, Membro do Conselho de Administração da BMW AG e Responsável pelo Desenvolvimento. A BMW

Tesla considera erguer uma refinaria de lítio na América do Norte em breve, diz agência

Imagem
Tesla não descarta a construção de uma refinaria de lítio para fornecer componente para produzir suas baterias na América do Norte A Tesla não descarta a possibilidade de desenvolver do zero uma refinaria de lítio para usar o componente na fabricação de baterias para seus carros, na América do Norte. Essa refinaria poderá ser erguida no Texas, próximo da Gigafactory da marca em Austin, Texas, Estados Unidos. A marca estaria em busca de investimentos fiscais para criar o que chama de “instalação de refino de hidróxido de lítio para bateria”. A mineração do componente ainda é uma dúvida, mas a marca pode acabar buscando por um local onde pode encontrar lítio em seu estado bruto, para que possa ser utilizado na produção de baterias. De acordo com a Agência Bloomberg , se os planos forem aprovados, a construção da unidade deve iniciar dentro de alguns meses, ficando pronta em um período de dois anos. Segundo o site, a Tesla ainda poderia estar de olho em um outro estado estadunidense p

Mercedes-Benz confirma que híbridos plug-in terão acesso ao sistema Plug & Charge

Imagem
Mercedes-Benz adere ao Plug & Charge na Europa para seus carros híbridos plug-in, disponível para Classe C, Classe S e GLC na Europa A Mercedes-Benz agora vai permitir que seus carros híbridos plug-in (PHEV) também possa ser recarregados no Plug & Charge na Europa. O sistema já estava disponível para modelos elétricos como EQE e EQS, e agora desembarca para modelos híbridos plug-in como Classe C, Classe S e GLC. No Velho Continente, a Mercedes se torna uma das primeiras a apostar nessa função para carros híbridos plug-in. O carregamento e o pagamento são ainda mais fáceis para os clientes com Plug & Charge, pois elimina a necessidade de autenticação manual. A estação de carregamento comunica diretamente com o veículo, desde que a respetiva estação de carregamento pública seja compatível com Plug & Charge. Após a etapa de identificação, o consumidor pode se dirigir para a estação de carregamento e plugar o carro. Modelos como Classe C e Classe S vão poder atualizar a

Nissan confirma que Leaf se torna primeiro carro com recarga V2X da marca, nos EUA

Imagem
Nissan confirma que Leaf ganha a tecnologia de carregador bidirecional (V2X) e novidade estreia no hatch médio, primeiro nos EUA A Nissan aprovou que o Leaf seja vendido com um sistema de carregador bidirecional para veículos, tecnologia que em ganhando espaço nos elétricos mais modernos. Ele se tornou mais popular a partir da Ford F-150 Lightning e agora vai chegar também ao Leaf. O componente será produzido pela Fermata Energy e é chamado de FE-15. De acordo com a Nissan, ele não vai afetar a garantia do hatch. O sistema de recarga bidirecional permite que o elétrico seja conectado a uma porta e um carregador, como todo elétrico. A diferença é que a energia armazenada na bateria do Leaf pode ser usado para alimentar outras fontes de energia, podendo até mesmo alimentar a energia de uma casa. Outra aposta é que o Leaf pode fornecer energia em horários de pico, onde o custo de energia é maior e o hatch pode ser recarregado em horários onde a energia é mais em conta. Isso é possível em

Bateria 4680 da Panasonic fará com que Tesla reduza preço do Model Y em breve

Imagem
Tesla já começa a produzir seus carros com baterias 4680 desenvolvidas pela Panasonic e que vão estrear primeiro com o Model Y A Tesla confirmou que vai começar a produzir seus carros com as baterias desenvolvidas pela Panasonic, chamadas de 4680. As novas baterias são mais eficientes que suas antecessoras e ainda vão conseguir ser mais baratas de produzir. De acordo com as primeiras informações, as baterias vão poder trazer uma redução de custo de US$ 5.500 por veículo, o que vai reduzir o seu preço de tabela, certamente. Essa baixa nos preços vai permitir que os carros elétricos vão, aos poucos, se tornando mais atraentes e eficientes. Atualmente o custo de uma bateria é um dos impeditivos para que o carro elétrico tenha a tão sonhada paridade de preços com carros a combustão. A Tesla vem brigando para aumentar o ritmo de produção dessas baterias junto com a Panasonic, destaca a Agência Reuters . Substituta da bateria chamada de 2170, as baterias 4680 possuem custos de produção m

Zeekr confirma mais detalhes do desenvolvimento de baterias junto com a CATL

Imagem
Zeekr revela mais detalhes da sua nova super bateria para elétricos, desenvolvida em parceria com a CATL e que estará em 001 e 009 Depois da Seres Group confirmar que a Aito e a CATL vão trabalhar em uma bateria de 1.000km de autonomia que já estava em desenvolvimento com a Zeekr, a marca chinesa confirmou como será essa nova super bateria. De acordo com informações da Zeekr, a nova bateria vai estar nos seus dois carros: 001 e 009. Os modelos usarão as novas baterias chamadas de Qilin pela CATL. Usando tecnologia CTP de terceira geração, as baterias vão contar com uma eficiência de volume de 72% e uma densidade energética de até 255Wh/kg. Com isso, as baterias vão poder oferecer uma autonomia superior a 1.000km. A CATL já confirma que as baterias vão oferecer 13% a mais de energia que as baterias 4680 desenvolvidas para carros da Tesla, por exemplo. Essa oferta maior de energia vai de encontro com o mesmo tamanho de bateria e usando os mesmos componentes na sua composição. A Zeekr

BYD começa a incomodar LG entre as maiores fornecedoras de baterias, diz levantamento

Imagem
BYD cresce entre as fornecedoras de baterias e se torna o segundo maior player do componente, atrás apenas CATL e ultrapassa a LG A BYD alcançou mais uma meta entre as empresas de veículos elétricos. A marca chinesa, além de vender seus automóveis, possui uma série de outras empresas. Uma delas é a produção de placas fotovoltaicas para a produção de energia solar e até mesmo a produção de geradores de energia. Outro ponto em que a marca tem se tornado bastante forte é na produção de baterias para carros elétricos, onde já se tornou até fornecedora da Tesla. Agora a BYD se tornou a segunda maior empresa fornecedora de baterias para automóveis elétricos no mundo, atrás apenas da CATL, em julho de 2022. De acordo com um levantamento da SNE Research, a BYD ultrapassou a LG Energy Solution como fornecedora de baterias, que caiu para a terceira colocação. Segundo o levantamento, foram fornecidos 6,4GWh em baterias contra as 4,4GWh da LG. Empresas como Panasonic e SK Innovation aparecem n

Aito confirma desenvolvimento de bateria de 1.000km em parceria com a chinesa CATL

Imagem
Recém criada como uma marca, Aito também quer desenvolver super bateria em parceria com a CATL, que vai oferecer uma autonomia de até 1.000km A Aito recém apareceu como uma marca de automóveis que nasceu a partir da Seres em parceria com a Huawei. A empresa agora confirmou que também quer ser ativa no desenvolvimento de baterias para carros elétricos. As novas baterias já estão em desenvolvimento e vão contar com parceria da também chinesa CATL, que juntas vão criar uma bateria de 1.000km. Fazendo parte da terceira geração do sistema de baterias da CATL já está em desenvolvimento e promete chegar em breve aos carros de uma outra marca chinesa: a Zeekr. Agora, com a Seres, a Aito anunciou um acordo de cooperação estratégica de longo prazo de cinco anos com a montadora e vai apresentar as baterias que são chamadas de Qilin, que serão apresentadas aos carros da Aito. Apoiada pela Huawei, a parceria vai gerar as baterias CATL Qilin. "A conclusão do acordo de cooperação estratégica

Toyota confirma investimento pesado de US$ 5,6 bilhões em duas fábricas de baterias

Imagem
Toyota confirma investimento de US$ 5,6 bilhões na ampliação de produção de baterias para carros elétricos com fábricas nos Estados Unidos e Japão A Toyota confirmou um investimento pesado na produção de baterias dedicadas para carros elétricos. O investimento será no total de US$ 5,6 bilhões e vai de encontro com a expansão de carros elétricos que praticamente todas as suas concorrentes tem feito nos últimos anos. E parece que a Toyota finalmente se deu de conta que estaria perdendo tempo, apesar de ainda seguir falando que elétricos não são a solução. Apesar disso, a nipônica vê o interesse dos consumidores por elétricos crescer, especialmente em mercados como a Europa. A marca quer começar a produzir baterias entre 2024 a 2026. O investimento pesado vai fazer com que os japoneses atendam com maior flexibilidade às necessidades da demanda por este tipo de veículo. Com esse investimento, a Toyota ainda espera que consiga atingir uma produção anual de 40GWh apenas nos EUA. A Toyota

GM e LG começa a produção de baterias Ultium Cells LLC nos Estados Unidos, em Ohio

Imagem
GM e LG Chem anunciam o início da produção de baterias para carros elétricos na unidade Ultium Cells, em Ohio, nos Estados Unidos A General Motors e a LG Chem confirmaram o anúncio do início da produção da unidade Ultium Cells LLC, em Ohio, nos Estados Unidos. De acordo com informações das marcas, a fábrica terá uma unidade fabril em um pátio de 260.000m² e que vai gerar cerca de 800 novos empregos. A produção deve ser aumentada de acordo com este ano de 2023, onde ela vai passar a ter 1.300 funcionários. De acordo com informações da Agência Reuters, a fábrica recebeu a visita do governador de Ohio, Mike DeWine. A linha de produção de baterias já foi um investimento de US$ 2,3 bilhões e será a primeira fábrica, de quatro que a GM vai construir só nos EUA. O investimento da unidade foi anunciado em maio de 2021 e já estava definido que começaria a partir deste ano de 2023. "A Ultium Cells construirá a nova fábrica em um terreno alugado da GM. A nova fábrica de células de bateri

Mercedes-Benz e Volkswagen confirmam que vão ter matérias-primas extraídas do Canadá

Imagem
Para a produção de elétricos nos Estados Unidos, Mercedes-Benz e Volkswagen conseguem recorrer a matérias-primas no Canadá, para confecção de baterias  A dupla Mercedes-Benz e Volkswagen conseguiram um acordo de cooperação para a extração de matérias-primas para a produção de baterias para as fábricas que fazem elétricos nos Estados Unidos. As duas empresas fecharam um acordo com o Canadá para ter acesso a matérias-primas como níquel, cobalto e lítio. As primeiras parcerias foram assinadas por líderes do Canadá e da Alemanha. Para o encontro, o Primeiro-Ministro do Canadá, Justin Trudeau, e o Chanceler alemão, Olaf Scholz, se reuniram e debateram sobre o assunto. A Volkswagen conseguiu um acordo que visa encurtar as cadeiras de abastecimento para as instalações dos Estados Unidos e evita dificuldades relacionadas com tarifas e regulamentos tributários. De acordo com a Agência Bloomberg e a Reuters , os negócios da Volkswagen, com a PowerCo, vão aumentar as atividades de baterias com

Nissan e parceiras lançam corredor elétrico Rota Sul, que liga Paraná ao Rio Grande do Sul

Imagem
Nissan fecha parceria com Postos Sim, Movida e Zletric na região para criar corredor para carros elétricos, ligando Curitiba (PR) a Porto Alegre (RS) A Nissan firmou uma parceria com três empresas para criar a Rota Sul, que vai ligar as capitais dos três estados da região sul do Brasil, ligando Curitiba, no Paraná, passando por Florianópolis, Santa Catarina, e chegando a Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A iniciativa partiu da Nissan e da rede de postos Sim com a Movida e a Zletric. Ao todo, serão instalados nove carregadores para carros elétricos no percurso. Os carregadores serão instalados nos postos de combustível da Rede SIM. Num primeiro momento, foram instalados cinco carregadores rápidos de 60kW, com conectores CCS e Chademo. Nessa primeira fase, eles foram instalados nas cidades de São Sebastião do Caí (RS), Gravataí (RS), Gramado (RS), Três Cachoeiras (RS) e Laguna (SC). A segunda fase trouxe ainda os pontos de Caxias do Sul (RS), Bento Gonçalves (RS), Itajaí (SC) e Araqu

Honda e LG Energy fecham parceria para ter uma fábrica de baterias para BEVs nos EUA

Imagem
Honda e LG Energy anunciam uma joint-venture para a produção de baterias para carros elétricos com fábrica a ser erguida nos Estados Unidos A Honda e a LG Energy Solution firmaram uma joint-venture nos Estados Unidos para a construção de uma fábrica de baterias para carros elétricos. A nova unidade vai produzir baterias de íons de lítio para alimentar a produção de elétricos do grupo nipônico no mercado norte-americano, tanto para a Honda como para a Acura. A nova fábrica vai nascer a partir de um investimento de US$ 4,4 bilhões que ambas as empresas estabeleceram para a nova unidade. A fábrica terá uma capacidade de produzir 40GWh de baterias. Segundo as empresas, a produção vai abastecer apenas as fábricas da Honda na América do Norte. As duas empresas pretendem iniciar a construção no início de 2023, a fim de permitir o início da produção em massa de íons de lítio em células de bateria até o final de 2025. “A Honda está trabalhando em direção à nossa meta de alcançar a neutralid

Mercedes-Benz inicia produção do EQS SUV na fábrica de Alabama, nos Estados Unidos

Imagem
Mercedes-Benz inicia a produção do seu primeiro SUV puramente elétrico, o EQS SUV. Utilitário esportivo será produzido na unidade de Alabama, Estados Unidos A Mercedes-Benz confirmou o início da produção do EQS SUV, na unidade de Tuscaloosa, estado de Alabama, nos Estados Unidos. A produção do SUV é a primeira aposta puramente elétrica da marca a ser produzida nos EUA. A partir de lá, ele será enviado para todo o mundo que venderá o SUV do EQS. Até o final de 2022, a Mercedes-Benz tinha como meta a produção de oito veículos totalmente elétricos em sete locais em três continentes este ano. A chegada do EQS SUV em Tuscaloosa é a chegada da produção da linha Mercedes-EQ nos EUA, que sempre produziu SUVs desde a sua inauguração, em 1997. De acordo com a marca alemã, a produção do veículo na unidade foi escolhida por conta dos métodos de produção digitais, sustentáveis, eficientes e flexíveis de última geração e segue o projeto da Fábrica 56 da empresa em Sindelfingen, Alemanha, que simbo

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Egea é o nome oficial do sedã médio da Fiat que deve ser apresentado oficialmente e pode chegar ao Brasil!

GWM revela imagens e informações do nosso Haval H6, que estreia em breve no Brasil

Nova geração do Dacia Duster continua na Renault como 'linha Adventure' na Austrália

Nissan convoca recall da Frontier 2023, com defeito na fixação do freio traseiro

Prevista para 2023, a nova geração do BMW i8 pode ser totalmente elétrica

BMW revela detalhes da sua bateria cilíndrica, que estará nos carros com base Neue Klasse

Peugeot revela teaser de novidades elétricos em evento na Europa, o 'E-Lion Day'

Ford quer fazer com que seus carros elétricos sejam mais competitivos nos Estados Unidos

Mazda já desenvolve uma nova geração do MX-5, que estreia até o fim do ano que vem

Nem elétrico e muito menos um SUV: Bugatti confirma que não terá nenhum em dez anos