Postagens

Mostrando postagens com o rótulo VAG

VW comemora início da produção do câmbio MQ200 EVO e chega a 15 milhões de unidades

Imagem
A Volkswagen comemorou a fabricação de 15 milhões de caixas de câmbios na Argentina, na fábrica de Córdoba. Atualmente, a Volkswagen envia a transmissão para fábricas instaladas no Brasil, Espanha, Eslováquia, Índia, África do Sul, México e Portugal. “Estamos muito orgulhosos de atingir este marco de produção em Córdoba, que reflete o compromisso que o Grupo Volkswagen Argentina tem com a produção e exportação durante esses 41 anos que estamos presentes no país. Córdoba é uma de nossas fábricas modelo na região, de onde se exportam caixas de câmbio para mais de 10 destinos no mundo” , disse Thomas Owsianski, Presidente e CEO do Grupo Volkswagen Argentina. “Produzir 15 milhões de transmissões é um evento que nos enche de orgulho, pois demonstra o grande trabalho realizado por todos os nossos colaboradores, destacando a excelência dos nossos produtos, a competitividade e a qualidade dos nossos produtos fabricados em Córdoba” , disse Marcus Gorisch, diretor do Centro Industrial de Córdoba

VAG comemora disparada nas vendas de elétricos, com crescimento global de 138%

Imagem
O Grupo Volkswagen (VAG) confirmou que está contente com o seu desempenho de modelos elétricos, a nível global. De acordo com o grupo, 122.000 unidades de elétricos foram vendidas globalmente no terceiro trimestre, entre julho a setembro. Isso representa um aumento de 109% em relação ao segundo trimestre do ano. O destaque foi a China, onde a VAG viu suas vendas crescerem acima da média, emplacando 28.900 unidades no terceiro trimestre, contra as 18.300 unidades do primeiro trimestre. A participação das vendas subiu para 6% dentro da VAG e de janeiro a setembro, foram 293.100 unidades vendidas globalmente, aumento de 138% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre os híbridos, a VAG também confirmou que vendeu 246.000 unidades nos primeiros nove meses deste ano, aumento de 133% nas vendas. A Europa detém a liderança entre as regiões, com 209.800 unidades. Estados Unidos aparece como terceiro maior consumidor, com 27.300 unidades. Já a China é a vice-líder, com 47.200 unidades. A

VAG comemora sucesso da plataforma MQB-A0, que passa a ser responsabilidade da Skoda

Imagem
O Grupo Volkswagen (VAG) comemorou o sucesso da plataforma MQB-A0 em suas marcas, como Volkswagen, Skoda, Seat e até mesmo Audi. As três marcas usam a plataforma, muito usada para modelos compactos e também usada para mercados emergentes, inclusive com a nova opção MQB-A0-IN, que por aqui será batizada de MQB-A00. A VAG confirmou que o desenvolvimento de evoluções da plataforma passa a ser de responsabilidade da Skoda. Tanto a versão A0 como a A0-IN, terão novidades a partir da marca tcheca, que assume o papel de responsabilidade de uma arquitetura que é global. A VAG ainda confirmou que a base se tornou um sucesso em regiões como Índia, América do Sul, Rússia, África e Sudeste Asiático. A plataforma atualmente é usada em modelos como Audi A1, Seat Ibiza, Seat Ateca, Skoda Fabia, Skoda Kushaq, Skoda Kamiq, Volkswagen Polo, Volkswagen Virtus, Volkswagen Nivus/Taigo e Volkswagen T-Cross. Segundo a VAG, este é um mercado que movimenta mais de 8,5 milhões de unidades em todas as regiões on

VAG cogita cortar cerca de 30% dos empregos globais; porta-voz nega tomada da medida

Imagem
A Volkswagen confirmou que deve realizar cortes no seu quadro de funcionários a nível global. Segundo o grupo alemão, a Volkswagen pensa em cortar cerca de 30.000 empregos nas suas fábricas ao redor do globo. A informação foi confirmada pelo jornal alemão Handelsblatt. A sugestão desse corte de funcionários foi dada por Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen (VAG), em reunião com o conselho fiscal do grupo. A notícia surpreendeu os presentes na reunião, visto que foi uma informação que ninguém esperava. Michale Manske, Porta-Voz da VAG, disse que a informação não procede e o que existe é um “debate está em andamento e já existem muitas boas ideias, mas ainda não há cenários concretos" . As demissões ocorreriam em todas as fábricas do grupo, mas a maioria das demissões seria na Europa, por onde a empresa passa por um processo de eletrificação – que precisa ser custeado de alguma maneira. "Não há dúvida de que temos que lidar com a competitividade de nossa fábrica em Wolfsburg

Volkswagen confirma investimento em fábrica para a produção de baterias em Anhuí, na China

Imagem
A Volkswagen anunciou que terá uma inédita fábrica de baterias para a produção do componente na China. A fábrica começa a produzir a partir de meados do segundo semestre de 2023 e até 2025 serão injetados cerca de 140 milhões de euros. A fábrica terá uma capacidade de produção entre 150.000 a 180.000 unidades de baterias ao ano, abastecendo modelos do Grupo VAG. A unidade terá uma área de 45.000m² e cerca de 200 funcionários. A nova fábrica terá proximidade com a fábrica de Anhuí, na China. Ao que tudo indica, essa fábrica nova será erguida na cidade de Hefei, próximo a uma unidade que tem em parceria com a JAC. Além da unidade chinesa, a Volkswagen estaria construindo outras fábricas de baterias para elétricos, como Braunschweig, na Alemanha, e Tianjun, na China. O grupo também quer aumentar a capacidade de produzir baterias com as unidades da República Tcheca e nos Estados Unidos, que já produzem automóveis. Com todas essas unidades, a VAG espera cerca a marca de um milhão de unidade

Porsche caminha para ter fábrica na Malásia, que será a primeira unidade fora da Europa

Imagem
A Porsche confirmou que terá a sua primeira fábrica fora da Alemanha desde a sua fundação. A marca alemã que a primeira fábrica da marca deve ser instalada na Malásia, o que parece um destino bem diferente do que se esperava. A fábrica da Malásia ainda não foi confirmada pela Porsche, mas sim por Azmin Ali, Ministro do Comércio da Malásia. A unidade deve ser instalada na cidade de Kedah, ao norte da Malásia. Essa fábrica deve ser dedicada para a montagem final de modelos específicos. Segundo Ali, "uma decisão estratégica da parte da Porsche, significando o seu compromisso em estabelecer uma presença de longo prazo" . Já de acordo com Albrecht Reimold, Membro do Conselho de Administração da Porsche, destacou que a Porsche deve contar com a nova fábrica que será erguida em parceria com um parceiro local, que será a Sime Darby Berhad. Este é um distribuidor e dono da fábrica de Inokom, na província de Kulim, especialista em produção de carros deste tipo. Segundo informações, iss

Volkswagen confirma fim do câmbio manual em 2030; câmbio começa a se despedir em 2023

Imagem
A Volkswagen confirmou que vai aposentar o câmbio manual em seus automóveis em meados de 2030. Com o aperfeiçoamento dos câmbios nos últimos anos, a marca deve ter apenas carros automáticos. Dentro da Volkswagen do Brasil já se vê uma mudança ao câmbio automático desde a chegada do câmbio para Gol e Voyage, algo que foi visto até mesmo como uma visão de futuro da marca. Tanto que alguns carros passam a ser oferecidos apenas com a opção de câmbio sem embreagem, como Nivus, T-Cross e Taos. Na Europa, o câmbio manual começa a ser cortado a partir de 2023 e vai sair de cena por completo em 2023. Com os gastos gerados pelo Dieselgate e a aposta em carros elétricos, a Volkswagen quer focar apenas em carros automáticos, eliminando um custo de desenvolvimento a mais e já pensando que elétricos só usam esse tipo de transmissão. Com isso, a marca vai optar pelo desenvolvimento de câmbios automáticos como o Tiptronic e o automatizado de dupla embreagem DSG. Entre 2023 a 2030, a nova geração dos c

Skoda Elroq deve ser o nome do substituto do Citigo e Fabia; estreia será até 2025 na Europa

Imagem
Aos poucos vai surgindo o nome dos próximos elétricos compactos da VAG. Além do Volkswagen ID.2 e do Seat Acandra, a Skoda também deve ter a sua versão de um compacto elétrico. O modelo deve ser batizado de Skoda Elroq e deve ser apresentado entre 2024 e 2025, até mesmo antes que os modelos da Seat e Volkswagen. De acordo com o Automotive News Europe, o “Small BEV” deve ser o substituto do Citigo e Fabia, assim como os demais modelos matam o Mii/Ibiza e Up/Polo. Com proposta de custar cerca de 20 mil euros sem os incentivos, os modelos podem ser alternativas bem interessantes. Na Europa, o nome Elroq foi registrado em fevereiro deste ano e em julho pediu que o nome fosse protegido em outros mercados como Singapura, Nova Zelândia, Islândia e Austrália. O elétrico também deve ser criado sobre a nova plataforma modular do Grupo VAG, a SSP. Assim como os demais, o modelo pode ser equipado com uma bateria de 30kWh que deve permitir que ele tenha uma autonomia de 193km como opção de baixo cu

VAG apresenta mais detalhes da plataforma modular PPE em documento vazado pela Audi

Imagem
A VAG confirmou no início de 2021 a criação de uma nova plataforma modular para a maioria de suas marcas, chamada de SSP. A plataforma é uma abreviatura de Scalable Systems Platform ou sistema de plataformas escaláveis deve ser a substituta das bases MEB, J1 e PPE. Prevista para ser apresentada em meados de 2025/2026, a nova plataforma ainda segue em desenvolvimento dentro do grupo alemão. O grupo já definiu que os últimos carros criados a partir da base PPE devem ser o Audi Q6 e-tron (2022), Porsche Macan (2022), Audi A6 e-tron (2023) e o Bentley Mulsanne (2024). E só agora que a Audi revelou um documento interno com as características da base PPE que permite o uso em carros com dimensões de 1,641 metro a 1,714 metro de largura e de 2,890 metros a 3,080 metros para a relação entre os eixos. A altura da carroceria destes carros poderia ser de 1,52 metro a 2,17 metros. Isso deve permitir que as plataformas possam ter uma ampla flexibilidade no desenvolvimento de carros. Essa base, que m

VAG e Samsung podem criar parceria para a produção de baterias para carros elétricos

Imagem
A VAG confirmou que pode fechar uma parceria com a Samsung SDI para o projeto de novas células prismáticas universais para baterias de elétricos. A parceria já teria sido cogitada no início deste ano, mas os rumores não eram oficiais. Agora, informações que vieram da Coreia do Sul, sede da Samsung, disseram que a parceria está sendo avaliada. A parceria faria com que as duas empresas pudessem criar uma joint-venture ou até mesmo desenvolver novas tecnologias. O Grupo Volkswagen já confirmou que é de se interesse a criação de uma fábrica na Europa para a produção de baterias. O grupo já possui seis fábricas para a produção de células para baterias de íon-lítio com meta de aumentar para 240GWh ao ano. O local para essa fábrica com a Samsung ainda é incerto, mas a VAG já fechou parceria com duas das seis fábricas, sendo que a unidade de Northvolt, Suécia, deve ser a primeira a entrar em atividade, em 2023. A segunda deve ser a fábrica de Salzgitter, na Alemanha, que produzirá a partir de

Volkswagen já triplica vendas de carros elétricos em 2021, com os resultados do 1º semestre

Imagem
A Volkswagen confirmou que as vendas de carros elétricos cresceu bastante nos últimos meses na Europa. Segundo um relatório divulgado pelo Grupo Volkswagen, as vendas globais de elétricos deve crescer no primeiro semestre de 2021 cerca de 165% quando comparado com o mesmo período do ano passado. Com uma estratégia de eletrificação, a VAG lançou no último ano modelos como Volkswagen ID.4, Volkswagen ID.6, Skoda Enyaq, Audi Q4, Audi Q4 Sportback, Audi e-tron GT e Porsche Taycan Cross Turismo. Neste primeiro semestre de 2021 foram 170.939 unidades de carros eletrificados em todo o mundo, mais que o dobro do mesmo período do ano passado, o que representa um crescimento de 165,2%. O primeiro trimestre foram 59.948 unidades, quando o crescimento já era de 78,4%. Só no segundo trimestre foram 110.991 unidades, um salto de 259,7% em relação ao segundo trimestre de 2020. Só a Europa respondeu por 128.078 unidades vendidas, com os Estados Unidos em segundo com 18.514 unidades e a China com 18.28

VAG revela em evento mais detalhes da sua eletrificação até 2030 e revela a plataforma SSP

Imagem
A Volkswagen AG (VAG) confirmou que deve trabalhar para o desenvolvimento de novos modelos elétricos dentro do grupo. Pensando nas suas metas até 2030, o grupo confirmou, por meio do CEO da Volkswagen, Herbert Diess, alguns detalhes desse plano, que foi mais detalhado. Segundo Diess, "em 2030 os carros serão elétricos, autônomos, digitais e conectados" . A Volkswagen ainda confirmou que deve apostar na nova plataforma Scalable Systems Platform (SSP), que deve fazer sua estreia em 2025 ou 2026. Essa base deve substituir a MEB e a PPE, sendo uma plataforma única para a maioria das marcas do grupo, com exceção da Porche e possivelmente da Bugatti. De acordo com informações reveladas, a SSP deve ser uma plataforma mecatrônica que deve integrar os sistemas e componentes mecânicos e eletrônicos antes de criar a base para os primeiros carros do grupo alemão com condução totalmente autônoma. Ela deve ser construída na busca de maior simplicidade construtiva e ao mesmo tempo deve traz

Bugatti e Rimac anunciam joint-venture inédita com apoio da Porsche, para eletrificação

Imagem
Depois dos rumores, eis que vem a confirmação de que a Bugatti e a Rimac devem se unir em uma joint-venture. Por conta da Porsche, que anunciou a joint-venture, disse que a Bugatti deve ser gerida pela Rimac Group, recém apresentado e que deve criar a joint-venture Bugatti-Rimac. A Bugatti-Rimac terá sede na cidade de Zagreb, na Croácia, onde as operações devem começar no final deste ano. Fundada em 2009 como uma marca de automóveis elétricos, a Rimac tem ganhado bastante destaque com os superesportivos apresentados recentemente. O mais recente deles foi o Nevera, apresentado no mês passado. Com uma nova investida da Porsche, que possui 24% das ações da marca croata, a Rimac deve trazer a Rimac Automobili e a Rimac Technology. A maior parte deve envolver as marcas Bugatti e a Rimac, mas a Porsche também deve atuar nesta joint-venture, tendo um papel estratégico no empreendimento. Segundo Oliver Blume, CEO da Porsche, e Lutz Meschke, Vice-Presidente da Porsche, e ambos Membros do Consel

Volkswagen confirma que não deve vender mais carros a combustão na Europa a partir de 2035

Imagem
A Volkswagen confirmou que deve deixar de vender carros elétricos na Europa, Ásia e América do Norte a partir de 2035. A informação foi confirmada por Klaus Zellmer, Executivo de Vendas da Volkswagen, em entrevista ao Münchner Merkur . Com isso, modelos equipados com motor a gasolina, diesel e híbridos devem sair de cena em 2035. "Na Europa sairemos do segmento de veículos com motor de combustão entre 2033 e 2035, nos EUA e na China um pouco mais tarde" , destacou Zellmer. A América do Sul e a África devem demorar um pouco mais para despertar para os modelos puramente elétricos, por falta de condições de infraestrutura e política. "Haverá mercados em que apenas veículos elétricos a bateria serão adotados primeiro, como a Noruega. E haverá mercados em que veículos elétricos a bateria farão pouco sentido ecológico, porque a eletricidade também pode ser gerada principalmente a partir do carvão no futuro. No final das contas, a liberdade de escolha está sempre com o cliente.

Executivo da Volkswagen confirma que eletrificação no Brasil, com produção nacional, deve demorar

Imagem
A Volkswagen confirmou que a eletrificação com produção nacional ainda deve demorar bastante. A marca alemã confirmou que deve deixar de vender carros a combustão na Europa em 2035. A informação foi confirmada em entrevista ao jornal alemão Muenchner Merkur e dito por Klaus Zellmer, Membro do Conselho Administrativo da Volkswagen. “Na Europa, nós vamos encerrar as vendas de carros a combustão entre 2033 e 2035, com os Estados Unidos e a China seguindo um caminho semelhante em um segundo momento. Na América do Sul e África, isso ainda vai demorar muito mais já que faltam condições políticas e de infraestrutura” , destacou o executivo. Ao que tudo indica, deveremos ter acesso a esses modelos apenas como importados, num primeiro momento. Em recente entrevista, Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América Latina confirmou que devem lançar seis modelos eletrificados em nosso mercado. Entre modelos elétricos e híbridos, Di Si disse que deve dar uma maior ênfase em modelos híbridos por

JAC confirma que desenvolve plataforma com a Volkswagen, chamada como MIS

Imagem
A JAC e a Volkswagen confirmaram que desenvolvem uma nova plataforma específica para o desenvolvimento de modelos elétricos na China. Essa nova plataforma deve ser modular e será inteligente. Conhecida como MIS, a nova plataforma deve ser usada por automóveis, picapes e comerciais leves. Ela deve contar com cerca de 13 módulos de hardware e um sistema elétrico com uma arquitetura que terá um completo sistema elétrico e eletrônico de alto desempenho. Essa plataforma deve contar com condução inteligente por meio de um controle no interior dos veículos e o carro de teste conseguiu superar o teste do alce em uma velocidade de 80km/h. Essa nova plataforma ainda deve contar com uma ampla relação entre os eixos e deve ser ajustável, podendo ser usada pela JAC e pela Volkswagen. Segundo a JAC, a plataforma MIS deve contar com três níveis: Básico, para uma condução assistida avançada; Standard, com capacidade de condução autônoma em estrada e; Melhorada, que pode executar condução autônoma em c

Alfa Romeo sofreu tentativas de ser comprada pela VAG em 2018; Cupra nasceu a partir daí

Imagem
Se a Alfa Romeo ficou às moscas nos últimos anos, era porque a FCA (hoje Stellantis, junto com a ex-PSA) tinha algo em mente com a marca. Isso porque surgiu informações de que a VAG esteve interessada na compra da marca italiana. Você já imaginou um Alfa Romeo com motor TSI? De acordo com o Autocar, o Grupo Volkswagen confirmou que tentou novamente adquirir a empresa em 2018, depois de uma tentativa em 2011.  Há 10 anos, o ex-CEO da Volkswagen, Ferdinand Piëch, disse que queria fazer a Alfa Romeo ser uma marca capaz de vender cerca de 400 mil unidades ao ano, globalmente, dentro de um prazo de cinco anos.  Isso porque a VAG queria uma marca esportiva de veículos, mas nem tão esportivos como um Porsche, Lamborghini ou Bugatti. A ideia era ter uma marca esportiva mais acessível, mas ainda assim sendo mais premium. A meta era fazer a Alfa ficar abaixo da Porsche, com esportivos menores. Essa segunda investida aconteceu em junho de 2018, fruto da insistência dos alemães. A proposta foi rec

VAG deve decidir sobre a Bugatti dentro de algumas semanas; saída é joint-venture com Rimac

Imagem
Depois de rumores indicarem que a Bugatti poderia ser compartilhada entre a VAG e a Rimac, surgiu informações que o Grupo VAG revelou. De acordo com informações do Conselho de Administração da VAG e CEO da Porsche, Oliver Blume, o futuro da Bugatti deve ser definido em breve. A informação foi revelada para o Automotive News Europe . O grupo alemão ainda avisou que trabalharia em uma parceria com uma marca de automóveis croata, o que recai 100% das suas chances de ser com a Rimac. Com isso, ao que tudo indica, a Bugatti deve ser uma joint-venture entre a Porsche (responsável pela Bugatti dentro da VAG) e a Rimac. Isso permite que a Bugatti possa viver com o melhor de dois mundos. A engenharia alemã junto com a tecnologia dos carros elétricos. Recentemente, vale lembrar, que a Porsche adquiriu ações da Rimac, passando de 15% para cerca de 24% e essa porcentagem por aumentar. Isso porque a Rimac pode ter a “guarda” compartilhada da Bugatti em troca de oferecer mais ações para a Porsche. C

Porsche desenvolve novas opções de bateria, que carrega 100% em apenas 15 minutos

Imagem
A Porsche apresentou oficialmente os seus primeiros modelos elétricos, mas já desenvolve opções de bateria que são mais eficientes. Contando com uma arquitetura elétrica de 800V, os Taycan e Taycan Cross Turismo contam com capacidade de recarga em estações de recarga rápida de 800V. Essas baterias quando numa estação rápida, conseguem recuperar boa parte da autonomia em 22 minutos, carregando 80% da bateria. No entanto, isso não parece suficiente para a Porsche. Isso porque a empresa deve desenvolver baterias que conseguem recuperar 100% das baterias em apenas 15 minutos. Essas novas baterias devem contar com uma maior densidade deve reduzir a quantidade de matérias-primas necessárias para a produção destas baterias. A informação foi confirmada pelo CEO da Porsche, Oliver Blume, que destacou que as novas baterias ainda devem ser compartilhadas com novos modelos da VAG. Com sede em Tübingen, na Alemanha, a Porsche deve construir uma fábrica exclusivamente para a produção de baterias par

Grupo VAG recebe proposta pela Lamborghini; grupo alemão diz que marca não está à venda

Imagem
A Lamborghini recebeu algumas propostas para ser vendida. De acordo com informações da VAG, o grupo recebeu propostas de 7,5 bilhões de euros de uma holding recém criada na Suíça. De acordo com a informação, a empresa é a Quantum Group AG, sediada em Zurique, que forma um consórcio com uma empresa de investimentos chamada de Centricus Asset Management, com sede em Londres. A intenção desse grupo seria a criação de uma “plataforma de investimentos em tecnologia e estilo de vida”, com o nome Outlook 2030. Além disso, a mesma empresa ainda deu um novo lance sobre a empresa, aumentando em 2 bilhões de euros a sua proposta inicial, de 7,5 bilhões. A proposta de 9,5 bilhões de euros também foi negado pelo grupo VAG. Para a Agência Reuters, a Quantum destacou: "É claro que nossa oferta ainda é válida. Afinal, pesamos e pensamos cuidadosamente em nossa decisão sobre a Lamborghini e a oferta e conceito em anexo. E se houver vontade de negociar - sejam investimentos, garantias ou o preço de

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente