Postagens

Mostrando postagens com o rótulo VAG

Surge a primeira imagem do VW ID.2, que se une aos pares de Skoda e Cupra; estreia em 2025

Imagem
A VAG confirmou a primeira imagem do futuro Volkswagen ID.2, que terá primos de desenvolvimento da Skoda e da Cupra. Os modelos estão previstos para meados de 2025 e serão produzidos na unidade da Espanha, de onde a VAG vai construir uma Gigafactory com investimento de 10 bilhões de euros. Todas as imagens teaser dos modelos mostram linhas simples e em imagens coloridas. Desenvolvidos a partir da plataforma modular MEB Entry, ele compartilha plataforma, bateria e motores elétricos com outros modelos. A VAG destacou dizendo que “estes veículos elétricos de nível básico fazem o acesso a #eMobility mais fácil e impulsionar o futuro da mobilidade do país - para as próximas gerações”. A VAG ainda confirmou uma imagem da fábrica que será localizada em Sagundo, na Espanha. A fábrica terá capacidade de produzir 40GWh e ter uma produção de baterias que será neutra em carbono, com o uso de energia renovável. A unidade vai empregar cerca de 3.000 funcionários e começa a operar a partir de 2025. S

VAG confirma que esgotou a produção de EVs em 2022; pedidos novos, entrega só em 2023

Imagem
A Volkswagen confirmou que a linha ID de elétricos da marca está praticamente esgotada para o ano de 2022. Quem pedir um modelo na Europa e nos Estados Unidos, só recebe o seu modelo em 2023. O esgotamento veio por conta da forte demanda e pela queda da oferta de peças, especialmente de semicondutores. No primeiro trimestre de 2022, a Volkswagen AG (VAG) vendeu 99 mil unidades de elétricos e só não produziu mais por falta de componentes. Só na Europa, a VAG possui uma fila de espera de 300.000 unidades de consumidores buscando carros elétricos, em fila de espera. “Temos livros de pedidos muito altos e entrada de pedidos de veículos elétricos. Isso explica todos os nossos modelos de [Volkswagen] ID.3, [Volkswagen] ID.4, os modelos Audi – [todos] são extremamente bem recebidos nos mercados, os modelos Skoda também são muito bem recebidos na Europa” , destacou Herbert Diess, CEO da VAG, em entrevista ao Financial Times . Nos Estados Unidos, a demanda pelo Volkswagen ID.4 tem sido alta, de

VW ID. Buzz autônoma contará com chips da Qualcomm e vai rodar em testes nos EUA

Imagem
A VAG (Volkswagen AG) confirmou uma parceria recentemente com a Qualcomm para o desenvolvimento de tecnologias para carros de condução autônoma. O primeiro modelo em questão que a Volkswagen está trabalhando é a versão autônoma da ID. Buzz, que deve ficar pronta em meados de 2025. Agora, a VAG confirmou que o furgão contará chips da Qualcomm desenvolvidos especificamente para modelos autônomos. Todas as marcas do Grupo VAG usarão esse chip a partir de 2026, depois de um acordo de US$ 3,1 bilhões e custará cerca de US$ 1 bilhão, de acordo com o jornal alemão Handelsblatt. O acordo foi finalizado no final de abril e o Presidente-Executivo da VAG, Herbert Diess, visitou a sede da Qualcomm para finalizar o acordo. Rumores davam conta de que a VAG poderia fechar uma parceria com uma outra empresa, a Mobileye, de acordo com informações do Automotive News. A parceria deve fazer com que a ID. Buzz autônoma seja desenvolvida pela Volkswagen e com a submarca do grupo, a Moia, até ser produzida,

JAC vai produzir elétricos da VW na China, na fábrica de Anhui, que está em modernização

Imagem
Depois da Volkswagen adquirir uma parte considerável da JAC (50%) em 2020, a marca chinesa deve passar a produzir elétricos da Volkswagen também em suas fábricas na China. A fábrica de Anhui, por exemplo, deve passar por uma expansão e vai passar a produzir modelos da Volkswagen também, desenvolvidos a partir da plataforma modular MEB. Rebatizada de Volkswagen-Anhui, a fábrica vai concluir os processos de renovação ainda neste ano de 2022 e terá uma capacidade de produzir cerca de 350.000 unidades ao ano. Assim, Anhui será a terceira fábrica apta a produzir automóveis com a base MEB, depois das fábricas da VAG, em Foshan e Xangai. A fábrica deve ter um diferencial entre as outras duas que é a fabricação das próprias baterias, tendo uma fábrica de baterias que será erguida ao lado da unidade de Anhui, com capacidade de produzir cerca de 150.000 a 180.000 baterias ao ano. A fábrica ainda terá uma pista de 10km no Campo de Provas, que serão usados para testes dos carros antes de ser entre

VW quer aumentar a unidade de Chattanooga para fazer a ID. Buzz e picape elétrica

Imagem
A Volkswagen pode estar cogitando expandir a fábrica de Chattanooga, no Tennessee, Estados Unidos, para a produção de dois novos modelos elétricos. Atualmente, a fábrica produz modelos como Atlas e Atlas Cross Sport, além do ID.4. Recentemente, a Volkswagen confirmou que todos os modelos a serem produzidos na unidade de Chattanooga serão elétricos, mas isso pode acontecer mais adiante. O motivo seria a guerra da ‘Ucrânia x Rússia’, que pode fazer com que alguns modelos tenham a produção transferida. Mas, de acordo com a Agência Reuters , a Volkswagen pode estar preparando um novo investimento na unidade para a produção de dois novos modelos: a ID. Buzz e uma picape elétrica. Ao apresentar a ID. Buzz em março, a Volkswagen percebeu que o modelo possui potencial para ser produzido nos Estados Unidos, de acordo com o Presidente-Executivo da Volkswagen da América do Norte, Scott Keogh. Outro modelo é uma picape elétrica, que há anos é pauta dentro da Volkswagen. Esse novo modelo é consider

Ainda sem elétricos, Seat pode ganhar um destino diferente dentro do Grupo VAG

Imagem
A Seat é uma das poucas marcas generalistas que ainda não possui um modelo elétrico feito a partir da plataforma modular MEB. Ao que tudo indica, a Cupra assume um papel mais premium, ao ponto de que a marca quer concorrer com a Alfa Romeo. Já a Seat deve continuar com uma proposta mais generalista e que pode acabar exercendo um papel de marca baixo custo, ficando até mesmo abaixo da Skoda. Isso porque até mesmo a Skoda já possui elétricos com plataforma MEB, com Enyaq e Enyaq Coupé. Atualmente, o Seat conta apenas com o Mii como um elétrico, mas é um modelo baseado no Volkswagen e-up!, ou seja, já é um projeto antigo. Com esse papel, a Seat teria a função de concorrer com marcas como Fiat, Dacia, Citroën e outras marcas que vendem modelos mais baratos. Tanto dentro da Renault Group como na Stellantis, as marcas de baixo custo tem conseguido alcançar bons resultados, justamente por conta da eletrificação contar com um preço mais elevado, o que deixa os carros caros para boa parte da po

Plataforma MEB ganhará novidades dentro do Grupo VAG, com autonomia de até 700km

Imagem
A VAG confirmou que a plataforma modular MEB deve receber ajustes num futuro breve. O grupo alemão confirmou que vai trabalha para fazer com que a base, atualmente usada por Volkswagen, Audi, Skoda e Cupra, passe a contar com baterias de maior capacidade. Os próximos carros do Grupo Volkswagen serão lançados com uma autonomia maior, de acordo com melhorias que estão em desenvolvimento na base. A meta da VAG é fazer com que essa bateria passe a oferecer cerca de 700km de autonomia, podendo ser recarregados em estações de recarga de até 200kW, o que deve diminuir consideravelmente o tempo de recarga das baterias. Outro ponto citado é que a VAG quer que a aceleração dos veículos seja em torno dos 5,5 segundos até os 100km/h, em modelos de tração integral. A Volkswagen não confirma quando que a MEB vai receber essas melhorias, mas tudo indica que isso não demore muito para acontecer. Modelos atualmente produzidos com essa base serão os primeiros beneficiados, assim como os futuros lançamen

VAG comemora crescimento de elétricos no primeiro trimestre, com avanço de 65%

Imagem
A VAG comemorou o salto de 65% nas vendas de modelos elétricos a nível global. As vendas cresceram puxadas pelo Volkswagen ID.4, que representou 30,5% das vendas dos 99.100 modelos elétricos que a VAG emplacou nos três primeiros meses do ano. O segundo foi o Volkswagen ID.3, responsável por 13.000 unidades, o Audi Q4 e-tron com 10.700 unidades e o Audi e-tron aparece em quarto, com 10.300 unidades. Depois, fechando o Top Five, o Porsche Taycan teve 9.500 unidades vendidas em todo o mundo. Por marca, a Volkswagen foi a responsável por 53.400 unidades vendidas, seguido da Audi com 24.200 e da Porsche com 9.500. A Skoda foi a quarta com 8.800 unidades e a Seat/Cupra venderam 2.200 unidades. O maior mercado consumidor de elétricos do grupo é a Europa, com 58.400 unidades, responsável por 1/3 dos emplacamentos (33,5%). Na China, foram 28.800 unidades vendidas, salto de 360,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Em terceiro aparece a América do Norte, responsável por 7.900 elétricos,

McLaren pode fechar parceria com a BMW por elétricos, mas Audi também é interessada

Imagem
A McLaren está sendo guerreada por empresas que estão a fim de adquiri-la. Audi e BMW despontam como as marcas que querem que a McLaren seja do seu grupo, tal qual como a Porsche também entrou no grupo dos interessados, visto que a marca também quer ganhar independência da VAG, deixando a Lamborghini com a Audi. Isso porque, seria curioso que, a Audi, também querer ter a McLaren num mercado onde já possui a Lamborghini no grupo, parece bem estranho. A BMW também parece estar interessada em comprar parte da empresa britânica, a fim de ter uma possível entrada na Fórmula 1. Bom, esses são os planos da VAG com a Audi – ou com a Porsche. A Audi chegou a fazer uma nova oferta pela inglesa, enquanto McLaren e BMW conversam sobre o desenvolvimento de uma nova plataforma em conjunto para esportivos elétricos. Ainda não se tem muitas informações a respeito da parceria, mas ela pode ser bastante importante para a McLaren, que já começa a dar seus primeiros passos da eletrificação com o Artura, p

Até 2030, VAG confirma que vai cortar cerca de 60% da linha de modelos a combustão atual

Imagem
A Volkswagen AG (VAG) confirmou que pretende cortar cerca de 60% dos modelos movidos a combustão na Europa. No Velho Continente, a alemã quer mudar completamente a sua linha para modelos elétricos até meados de 2030, trabalhando com margens de lucro maiores, apesar de aceitar abrir mão de vender mais em favor disso. Contando com uma gama com mais de 100 modelos entre todas as marcas do grupo, a VAG quer cortar cerca de 60% da linha atual de modelos a combustão em favor de modelos elétricos, ou seja, esses 60% que serão cortados podem ganhar uma nova geração (ou substitutos) 100% elétricos. “O objetivo principal não é o crescimento. Estamos mais focados na qualidade e nas margens do que no volume e no Market Share. Não estamos adicionando capacidade: reformulamos fábrica por fábrica” , destacou Arno Antlitz, Diretor Financeiro da VAG, em entrevista ao Financial Times . De acordo com Antlitz, a VAG deve ser menos dependente da quantidade de modelos e vai focar no lucro que esses modelos

Audi, Bentley, Ducati e Lamborghini passam a compor o 'Premium Brand Group', dentro da VAG

Imagem
Dentro do Grupo Volkswagen AG (VAG), as marcas passaram a ter uma maior cooperação entre elas. É o que aconteceu com a Bugatti, que passou a ser ministrada pela Porsche em joint-venture com a Rimac, que é uma empresa externa ao Grupo VAG. Agora, a Audi passa a liderar as marcas Bentley, Ducati e Lamborghini. As quatro marcas devem contar com uma cooperação intensificada nos próximos anos, com sinergias. A Bentley foi a primeira a integrar o time da Audi AG, no início de 2022. “Também usamos isso como uma oportunidade para intensificar nosso trabalho em equipe com Lamborghini e Ducati e reorganizar a cooperação em nosso grupo de marcas desde o início” , diz Markus Duesmann, presidente do conselho de administração da Audi AG. Chamado de Premium Brand Group, as quatro marcas vão contar com projetos de sinergia e harmonizar suas estruturas de Pesquisa & Desenvolvimento. “Já desfrutamos de cooperação orientada para a equipe em todos os níveis. Nossos planos na direção da mobilidade elét

VAG investe 7 bilhões de euros em fábrica da Espanha, em Valência, para produzir baterias

Imagem
A Volkswagen AG (VAG) confirmou um importante investimento na Espanha, onde deve construir nova unidade de uma Gigafactory. Por lá, a VAG espera construir uma produção de células de bateria e um ‘E-ecossistema’ completo e sustentável. Estes são os objetivos do Grupo Volkswagen, liderados pela Seat no país. O investimento total da VAG será de 7 bilhões de euros junto com fornecedores externos ao logo de toda a cadeia do que o grupo alemão chamada de e-mobilidade. A unidade de baterias será erguida na cidade de Valência, mas ainda precisa de uma aprovação – e submissão – ao PERTE, programa de veículos elétricos criados pelo governo da Espanha que pretende transformar a economia do país com a produção de carros ou materiais para veículos elétricos. “Este projeto é muito importante – para a Volkswagen, para a Espanha e para toda a Europa. É nossa ambição eletrificar a Espanha e estamos dispostos a investir mais de sete bilhões de euros junto com fornecedores externos para a eletrificação d

Em visita aos EUA, CEO da VAG diz que não ia conseguir paridade com Tesla sem nova fábrica

Imagem
Em visita durante o South by Southwest, onde a ID Buzz seria apresentada pela primeira vez aos consumidores da América do Norte, Herbert Diess, CEO da VAG, confirmou por meio do seu LinkedIn que a VAG não teria a mesma capacidade de produção da Tesla (que é um dos seus objetivos) sem uma nova fábrica, confirmada a ser erguida em Wolfsburg, na Alemanha. Diess ainda elogiou a fábrica de Austin, no Texas, da Tesla, em encontro com o Governador do Texas, Gregg Abbott, que esteve junto de Diess e Scott Keogh, Presidente e CEO da Volkswagen Group (VAG) na América do Norte. Ao falar de Abbott, Diess destacou em seu perfil que ele está “muito orientado para os negócios, ele está atraindo muitos novos investimentos para o Texas em energia verde: o Texas já é o primeiro em energia eólica e perto de se tornar o primeiro em energia solar nos EUA. A Tesla foi para Austin por causa disso: 3 meses após a primeira reunião, um acordo foi fechado, dois anos após a planta estar perto de entrar em produç

Lamborghini confirma que retomar a produção do Aventador Ultimae para repor naufrágio

Imagem
A Lamborghini confirmou que vai voltar a produzir o Aventador com a série especial Ultimae, nas carrocerias Coupé e Roadster. Isso porque cerca de 15 unidades naufragaram no navio que transportava vários modelos da VAG, o Felicity Ace, que naufragou no Atlântico levando com leve uma série de carros da Volkswagen, Audi, Porsche, Bentley e Lamborghini. Como a série Ultimae tinha uma faixa de produção limitada de 600 unidades, sendo 350 unidades do Coupé e 250 unidades do Roadster, essas 15 unidades perdidas terão que ser repostas aos seus donos. Para isso, eles terão que ser construídos novamente. A informação foi confirmada por Stephan Winkelmann, CEO da Lamborghini, que confirmou que a marca fará um “grande esforço” junto aos fornecedores para produzir as 15 unidades. Todas as unidades tinham como destino os Estados Unidos. “Estamos trabalhando para priorizar a capacidade de produção para garantir que os pedidos sejam substituídos o mais rápido possível. Juntamos nossas cabeças e, feli

VAG vai transferir a produção de carros da Europa para as Américas e China, por guerra

Imagem
A VAG confirmou que a produção na Europa vai começar a focar e dar mais atenção a modelos eletrificados dentro dos próximos anos. Todos os modelos que cumprem esses requisitos terão a sua produção transferida para outros mercados, em especial, a China. A guerra entre Ucrânia e Rússia demonstrou o quanto esses países são importantes para a indústria automotiva europeia, diminuindo o fornecimento de materiais como níquel para as baterias dos elétricos e os cabos para os carros também. Com isso, a Volkswagen vai transferir a produção de alguns carros da Europa para a China e as Américas, em especial a do Norte. O movimento é um tanto quanto inédito, visto que a Volkswagen é uma empresa europeia. Ainda não se sabe quais fábricas serão favorecidas com a mudança que será temporária. Na América do Norte, certamente será a unidade de Chattanooga, no Tennessee, Estados Unidos e em Puebla, no México, na América Central. Na China, a VAG pode contar com o apoio de quatro fábricas, indicando que a

Ford-Volkswagen Alliance tem novo acordo com aumento do uso da plataforma MEB

Imagem
A Ford-Volkswagen Alliance confirmou que a Ford Motor Company e a Volkswagen Group estão ampliando a parceria entre as empresas quando o assunto são modelos elétricos. De acordo com a Ford, terá mais um elétrico com a plataforma modular MEB e vai dobrar a quantidade de volume de modelos, com 1,2 milhão de unidades em um período de seis anos. O acordo foi assinado como parte da aliança estratégia que Ford e Volkswagen assumiram, primeiro com os comerciais leves e depois com os modelos elétricos. Em termos de tecnologia, ambas ainda vão desenvolver em conjunto a condução autônoma que vai estar em seus carros. “Lucratividade e velocidade são cruciais neste momento para garantir o sucesso da mobilidade elétrica na Europa. Estamos trabalhando nesses dois objetivos juntamente com a Ford. O acordo de hoje vai acelerar ainda mais a eletrificação das duas empresas. Ele também é uma prova dos pontos fortes da MEB, que oferece um pacote único de alta tecnologia, custos competitivos e velocidade n

Volkswagen investe US$ 2 bilhões em nova fábrica de elétricos a ser erguida em Wolfsburg

Imagem
A Volkswagen confirmou mais um investimento bilionário para erguer uma nova fábrica na cidade de Wolsfburg, na Alemanha, onde a VAG já tem a maior fábrica do mundo do grupo. O investimento, de US$ 2,2 bilhões, será usado para a construção de uma nova unidade fabril com capacidade de produzir 250.000 unidades ao ano, sendo localizada bem próxima da sede da Volkswagen. O anúncio de uma nova unidade fabril era esperado e deve ser a casa do futuro Projeto Trinity, substituto do Passat, que usará a plataforma SSP. “Estamos focando em conceitos de fabricação inovadores e sustentáveis. Construir uma nova fábrica em Warmenau também nos dá a oportunidade de tornar a fábrica existente adequada para o futuro, passo a passo e de cima para baixo. Trinity representa um tipo completamente novo de pensamento, produção e colaboração.” , disse Christian Vollmer, Membro do Conselho de Administração da marca Volkswagen responsável pela produção. Ano passado, Ralf Brandstätter, CEO da Volkswagen, em entrev

Volkswagen deve ter nova fábrica de elétricos na Alemanha para aumentar capacidades

Imagem
A VAG, assim como a GM, Ford e Hyundai, confirmou um investimento bilionário em elétricos nos últimos meses. Outras empresas também seguiram esse mesmo investimento, rumo à sua eletrificação. O Grupo Volkswagen (VAG) deve investir em uma nova fábrica de elétricos para aumentar a sua capacidade produtiva. Apesar da unidade de Wolfsburg, na Alemanha, contar com um investimento para produzir cerca de 400.000 unidades ao ano, a meta da VAG é produzir 730 mil unidades. De acordo com a Agência Reuters, a Volkswagen está prestes a expandir suas operações na Alemanha com uma nova unidade fabril. A VAG corre para ter unidades fabris para acompanhar o mesmo ritmo de produção da Tesla, que vendeu quase o primeiro milhão de unidades de elétricos em um ano. "Estamos lutando pela produção da Trinity aqui em Wolfsburg, o que significa tanto no local da fábrica quanto nas proximidades da fábrica principal", disse a Chefe do Conselho de Trabalhadores, Daniela Cavallo, em comunicado. Dentro da

VAG pode abrir o capital da Porsche para financiar eletrificação; decisão será em breve

Imagem
O Grupo VAG confirmou que estudava abrir o capital da Porsche, uma das principais marcas do grupo alemão. A marca deve ser colocada em Oferta Pública Inicial (IPO, em inglês, Initial Public Offering), que prevê que a marca alemã possa ser oferecida em uma iniciativa de capital, com uma entrada na bolsa de valores. A Porsche SE estaria negociando com a VAG para ter essa entrada na bolsa, o que pode acontecer ainda neste ano, mas mais próximo do fim do ano. A informação foi confirmada por Arno Antlitz,Diretor Financeiro do Grupo Volkswagen. “A Porsche é uma marca forte com um modelo de negócios robusto e uma comunidade de fãs em todo o mundo. A Porsche busca objetivos ambiciosos de sustentabilidade e a Porsche e a Volkswagen podem continuar se beneficiando de sinergias conjuntas no futuro” , destacou Oliver Blume, Presidente do Conselho Executivo da Porsche AG. Até o momento, nenhuma medida foi tomada para isso e está apenas na base da teoria. "Para mim, isso marca um ponto de infle

Porsche prevê crescimento ainda maior para 2022 e bater seu próprio recorde de 2021

Imagem
Depois de quebrar seu recorde histórico em 2021, com mais de 300.000 unidades vendidas globalmente, a Porsche confirmou que espera bater seu novo recorde de vendas em 2022. A Porsche espera ter mais um ano recorde de vendas mesmo com a falta de semicondutores para uma larga produção. "Quando olho para os pedidos atuais, estou confiante para 2022. O crescimento nas vendas pode atingir um nível tão alto este ano quanto em 2021" , disse Detlev von Platen, Membro do Conselho Executivo de Vendas e Marketing, em entrevista à revista Automobilwoche, disse a Agência Reuters . Depois de alcançar as 301.915 unidades de 2021, a Porsche prevê um crescimento que vai fazer a alemã chegar aos 335.000, se o mesmo ritmo de crescimento de 11% se mantiver em 2022. Para esse crescimento, a Porsche vai contratar outros 400 funcionários. "Os tempos de espera podem durar vários meses, em alguns casos até um ano" , disse von Platen. No mundo, a Porsche viu o Macan liderar mais uma vez com

Postagens mais visitadas deste blog

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos