Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Sedãs Populares

Ford Figo pode ter dado os primeiros indícios do fim de linha também na Índia

Imagem
Depois de sair de linha na América Latina, a Ford pode também dar adeus ao Figo na Índia. Pelas imagens se percebe que o Figo indiano é claramente o nosso Ford Ka. O modelo já começa a demonstrar sinais de que pode sair de linha também por lá. Os indícios seriam a redução da gama de versões do hatch e do sedã por lá. Ele deixa de ser vendido nas versões mais acessíveis e passa a ser vendido apenas nas versões mais caras, que possuem maior rentabilidade. Mas isso, claro, deve fazer o compacto perder mercados. Na Índia, ele passa a ser comercializado apenas nas versões Ambiente, Titanium e Titanium Blu, sempre com motor a gasolina ou diesel, dependendo da versão. O Aspire também sofre com o corte de versões na Índia. Versão encurtada do Figo Sedan, o sedã de 4 metros de comprimento (que mais parece um notchback) passa a ser vendido nas versões Titanium, Titanium+ e Flair, com a mesma mecânica a gasolina e diesel. Por lá, os motores que equipam a família Figo ficam por conta com motores 1

Renault coloca um fim no desenvolvimento do Kwid Sedan no mercado indiano

Imagem
Depois de confirmar que deveria desenvolver uma família de quatro modelos feitos a partir da plataforma modular CMF-A, a Renault parece ter desistido do último modelo. O chamado “Kwid Sedan” deveria ser apresentado em 2022, mas o projeto foi cancelado. Conhecido internamente como Projeto LBA, o carro ser a terceira derivação a partir do Kwid, depois de Triber e Kiger. De acordo com o Economic Times , o sedã teria cerca de 3,99 metros de comprimento e concorreria com modelos como Suzuki Dzire, Honda Amaze, Ford Aspire, Hyundai Xcent e Tata Tigor. O motivo do cancelamento do projeto foi o foco da francesa em dar lucro em modelos maiores, parte da filosofia do RENAULuTion, projeto que deve visar o lançamento de modelos do segmento B e C. Na Índia, a Renault deve começar a vender o Kiger, um SUV subcompacto que foi desenvolvido em conjunto com o Nissan Magnite. “Nós estamos na Índia há mais de 10 anos e ainda não fizemos dinheiro. Minha meta é conseguir lucrar no ano fiscal de 2022” diz V

Ford Figo, Figo Sedan e Aspire deveriam usar novo motor da Mahindra na Índia, mas fim do acordo põe tudo em risco

Imagem
Após o fim da Ford e Mahindra na Índia, a marca indiana assinou um acordo para oferecer motores para a linha de compactos da Ford lá, composto por Figo, Figo Sedan e Aspire. Segundo o site Cartoq, a linha Figo (hatch e sedã) e o Aspire era certo de receber um novo motor Mahindra por lá ainda em 2021. Esse novo motor em questão é o 1.2 12v Turbo que desenvolve 130cv de potência com torque de 23,4kgfm, acoplado a um câmbio automático. Atualmente os compactos são vendidos apenas com o motor 1.2 que desenvolve 98cv de potência. Esse novo motor 1.2 Turbo passaria por um ajuste para desenvolver menos, entre 110cv a 120cv de potência, assim como de torque. Ainda sem futuro definido, Figo, Figo Sedan e Aspire devem seguir em linha na Índia e ainda não se sabe como deve ficar a vida dos compactos após o fim da parceria com a Mahindra. A questão dos novos motores ainda passou a ser uma incógnita, mas se a parceria foi cancelada, não se tem muitas esperanças da linha Figo receber os motores Turbo

Linha Hyundai CAOA pode crescer em 2021 com um novo modelo feito em Anápolis (GO)

Imagem
A CAOA fez um investimento na fábrica de Anápolis, em Goiás, de R$1,5 bilhão. Esse investimento deve ser para atualizar a linha atualmente feita por lá e trazer novos modelos para a linha de produção. Essa atualização deve fazer com que o Tucson seja atualizado por lá. Atualmente é só ele e o ix35 que são feitos na unidade. Tudo indica que o ix35 deve se despedir do mercado brasileiro visto que já conta com mais de dez anos de mercado. A dúvida fica sobre o Tucson. O atual modelo, de terceira geração, não foi reestilizado como no exterior (revelado em 2018 e que nunca veio ao Brasil). A gente teme que o modelo que seja atualizado por lá seja o Tucson de terceira geração e não o novo Tucson, apresentado no final de 2020. Há essa possibilidade quando a gente fala de CAOA, até porque o primeiro Tucson foi vendido por 13 anos. A gente espera que a aposta seja na quarta geração do Tucson, recém apresentada. O novo Tucson deve contar com a grade dianteira e os faróis que parecem ter fundido

Renault quer se afastar dos carros populares nos próximos anos, para lucrar mais e sair da crise

Imagem
A Renault confirmou que deve se afastar do desenvolvimento de modelos populares nos próximos anos. Desde o anúncio do plano de reestruturação da marca, o novo CEO da marca, Luca De Meo, confirmou que a Renault precisa voltar a lucrar o mais rápido possível. Em entrevista ao pessoal do site francês Le Piont, De Meo confirmou uma mudança de 180º em relação a proposta desenvolvida até então. “O centro de gravidade da marca Renault tem que ser mais sofisticado e que não pode ter 70% de seu volume nos carros pequenos [..] é muito perigoso.”, disse De Meo em entrevista ao LePoiont . Atualmente, os modelos mais em conta da Renault na Europa são o Twingo, Clio e Captur. Há ainda modelo mais simples em outros, como nosso com Kwid e Duster. Isso deve significar que a Renault deve desenvolver modelos mais sofisticados para esses novos mercados, a fim de lucrar mais nestes país. Por aqui, a Renault deve continuar apostando em modelos de entrada, sendo esse um dos seus principais mercados. O que d

Hyundai-CAOA pode produzir dois novos sedãs no Brasil: Aura e Elantra, de acordo com jornal

Imagem
Enquanto a Hyundai Motor Brasil atua com HB20, HB20S e Creta no país, a CAOA foi perdendo espaço nos últimos anos, contando apenas com modelos como Tucson, Santa Fe, Azera e os comerciais leves HR e HD78. A CAOA já teve outros modelos como Sonata, Veloster, i30, i30CW, Veracruz e, por último a deixar o mercado, o Elantra. De acordo com informações obtidas pelo pessoal do Jornal do Carro, a CAOA prepara novidades para a Hyundai no Brasil. De acordo com informações, com uma fonte ligada ao negócio, disse que serão produzidos dois novos sedãs na unidade de Anápolis (GO). A fonte disse ao Jornal do Carro que será um sedã subcompacto e um sedã médio. As apostas que recaem para os modelos desses respectivos segmentos são, Aura e Elantra. A produção começaria no segundo semestre de 2021 e início de 2022. O Aura foi apresentado neste ano, como substituto do Xcent. O sedã subcompacto ficaria abaixo do HB20S no mercado, contando com 3,99 metros de comprimento e 2,43 metros entre os eixos. O

Chevrolet convoca recall que envolve 235.845 unidades de Celta e Classic, por falha em airbag

Imagem
A Chevrolet está convocando um recall que envolve 235.845 unidades de Celta e Classic no país. O chamado envolve os airbags da dupla, no conhecido caso dos airbags mortais, que fez uma vítima no Sergipe, envolvendo um motorista de um Celta 2014. No caso, o dispositivo ativou e, de acordo com a Polícia de Sergipe confirmou que uma peça cortou o pescoço do motorista no acidente, o motorista acabou falecendo. Com isso, foi feito um chamado de recall. O chamado envolve os modelos 2013 a 2016, produzidos entre 22 de agosto de 2012 a 15 de abril de 2015, no caso do Celta. Para o Classic, o chamado envolve os modelos produzidos entre 4 de julho de 2012 a 10 de junho de 2016. No total, são 91.573 unidades do Celta e 144.272 unidades do Classic envolvidas no chamado. Em comunicado, a Chevrolet disse que “em caso de colisão que demande o acionamento do sistema de airbag, constatou-se a possibilidade de falha do componente insuflador do airbag do volante do veículo. Devido a uma possível degr

Chevrolet comemora os 20 anos da fábrica de Gravataí (RS), responsável por Onix e Onix Plus

Imagem
A Chevrolet está comemorando a marca de 20 anos de produção na fábrica gaúcha de Gravataí (RS), de onde saem o Onix e o Onix Plus atualmente. A unidade foi inaugurada em 2000 para a produção de um novo modelo popular e que, pela primeira vez, fez com que a marca saísse do estado de São Paulo. No dia 17 de março de 1997, a Chevrolet confirmou que a cidade de Gravataí seria a nova sede da marca, enquanto o dia 20 de julho de 2000 marcou a inauguração do complexo industrial, que no dia 2 de setembro de 2000 começou a produzir o Celta. Até 2006, só o Celta era produzido na fábrica, com carroceria de duas e quatro portas, além de motores 1.0 e 1.4. No final de 2006 estreava o Prisma, o sedã do Celta. O primeiro milhão da unidade foi atingido em 2008, em 20/05 daquele ano. Em 2010, aos dez anos da fábrica, a Chevrolet confirmou um investimento para o Projeto Onix, que seria lançado em 2012 como o substituto do Corsa. No mesmo ano, a fábrica chegava ao seu segundo milhão de unidades produ

Renault confirma SUV subcompacto para junho; sedã é confirmado para meados de 2021

Imagem
Conhecido como Projeto HBC, o novo SUV subcompacto da Renault deve ser apresentado na Índia em junho. O novo modelo deve ser apresentado no final deste semestre, depois da Renault revelar uma imagem teaser do carro que poderia ter sido aprsentado no Salão de Nova Déli, mas ele não apareceu. Assim como na Triber, entre os eixos há uma distância de 2,63 metros de comprimento, o que dá ao entender que o SUV possa estar sendo desenvolvido com espaço para até sete ocupantes. Ele deve ser lançado com motor 1.0 TCe Turbo, com opção de câmbio manual ou automatizado, ambos de cinco marchas. Conhecido internamente como HBC, o modelo deve compartilhar ao máximo de peças com a família Kwid, tanto que o interior pode ser idêntico ao da Triber. Enquanto o Kiger já tem uma data definida de estreia, o sedã deve ser lançado em 2021 e seu desenvolvimento é feito de maneira independente do hatch, ou seja, não deve ter design semelhante. Apesar disso, devem compartilhar muitos componentes como a mesma

Surge mais informações do sedã do Renault Kwid, que deve ser revelado em 2021 na Índia

Imagem
O tão comentado sedã do Kwid, que deve ser lançado em 2021 na Índia, teve mais algumas informações reveladas. O sedã deve ser desenvolvido de maneira independente do hatch, ou seja, não deve ter design semelhante. Apesar disso, devem compartilhar muitos componentes como a mesma plataforma CMF-A, presente também na Triber. Aproveitando a boa aceitação que um sedã com até 3,99 metros de comprimento possui na Índia, a Renault deve se aproveitar da situação para adentrar no segmento. O modelo deve beber da mesma fonte de inspiração do Kwid no design, mas suas linhas devem ter personalidade própria, como dá uma luz a projeção do nosso parceiro Kleber Silva . Ele deve entrar num segmento forte, onde o Suzuki Dzire é o líder de vendas e conta ainda com nomes como Honda Amaze e Ford Aspire. Detalhes do modelo ainda não foram revelados, mas o modelo da Renault deve ser competitivo. Desenvolvido sobre o baixo custo de um modelo subcompacto, o sedã deve seguir a identidade visual da Renault,

Hyundai apresenta na Índia o seu novo sedã, o Aura, baseada na nova geração do Grand i10

Imagem
Um dos nichos de mercado mais importantes da Índia, os sedãs subcompactos ainda fazem com que as marcas invistam muito por lá. A Hyundai apresentou o Aura, novo sedã do Grand i10, substituindo o Xcent. Ele chama atenção pelas linhas e vincos marcantes por toda a carroceria, especialmente em partes como o capô e as laterais. Na dianteira ele possui faróis espichados e pontiagudos, enquanto a grade dianteira possui acabamento preto e ocupa a maior parte do para-choque. Há ainda luzes diurnas de LEDs em formato bumerangue que acompanha exatamente o contorno da grade. Na traseira, destaque para os vincos e para as lanternas, interligadas por meio de um friso cromado na base das lanternas, que invadem a tampa do porta-malas. Há ainda um aplique plástico presente na coluna C, que se une ao vidro traseiro e passa a sensação de teto flutuante. O interior possui ainda uma inspiração no recém apresentado Venue, SUV subcompacto da marca. Entre as peças que são compartilhadas, volante, maçanet

Sedã do Renault Kwid deve ser lançado em 2021 na Índia com 3,99 metros de comprimento

Imagem
Depois do Kwid nascer na Índia e começar a formar uma família, o que começou com a minivan compacta Triber e que deve se estender a um SUV subcompacto, a Renault confirmou o último membro dessa família: um sedã. O modelo deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma modular CMF-A+ do Kwid e deve ser apresentado na Índia em 2021 com a missão de representar a marca em um dos mais concorridos segmentos da Ásia: o de sedãs compactos com até 4 metros de comprimento. Ele deve entrar num segmento forte, onde o Suzuki Dzire é o líder de vendas e conta ainda com nomes como Honda Amaze e Ford Aspire. Detalhes do modelo ainda não foram revelados, mas o modelo da Renault deve ser competitivo. Desenvolvido sobre o baixo custo de um modelo subcompacto, o sedã deve seguir a identidade visual da Renault, com traços inspirados no Kwid e na Triber. Na mecânica, o sedã deve seguir a mesma receita dos membros mais velhos da família: o 1.0 12v a gasolina de 72cv e 9,7kgfm, com câmbio manual de 5 march

Renault volta a considerar um sedã do Kwid, que deve ser lançado até 2021 na Índia

Imagem
Depois de apresentar o Kwid na Índia em 2015, a Renault enfim começou a desenvolver a nova família do hatch de entrada. Em breve chega a minivan Triber nas concessionárias indianas e logo em seguida (2020) um SUV subcompacto com até 4 metros de comprimento. Porém não para até aí. A marca francesa voltou a falar de um sedã do Kwid. Em entrevista recente ao site Autocar Índia, Venkatram Mamillapalle, CEO da Renault Índia, confirmou que quer dobrar o número de vendas da marca por lá até 2022. Com isso, deve aumentar o portfólio. Além do Kwid, Duster e Triber, a marca deve trabalhar no desenvolvimento do SUV menor e do sedã. Vale lembrar que na Índia, sedãs com até 4 metros de comprimento tem incentivos fiscais, deixando os carros mais baratos. Isso não deve ser um problema para o sedã do Kwid, visto que o hatch mede 3,68 metros de comprimento, ou seja, a Renault pode ter um sedã até 31 centímetros maior que o hatch. Ele será desenvolvido sobre a plataforma modular CMF-A e será vendido

Sedãs Compactos mais vendidos de 2018: Chevrolet Prisma liderança e Ford Ka Sedan acelera

Imagem
Um dos segmentos mais importantes do nosso mercado, os Sedãs Compactos viram novamente a Chevrolet encabeçar mais uma liderança com o Prisma. Repetindo o mesmo sucesso do Onix, o Prisma liderou o segmento de ponta a ponta em 2018, sempre com uma margem superior a 2 mil unidades para o vice-líder, que nesse ano pela primeira vez foi o Ford Ka Sedan, que cresceu 37% e viu a queda nas vendas do Volkswagen Voyage e a estabilização nas vendas do Hyundai HB20S. Estreante de 2019, o Fiat Cronos patinou no início das vendas, falta de uma versão 1.3 com câmbio automático no lugar do automatizado GSR e ao mesmo tempo viu o segmento se despedir de Chery Celer Sedan e Lifan 530, as apostas que chinesas que sofrem baixa desde a saída do JAC J3 Turin, em 2017. Confira abaixo os 13 sedãs compactos mais vendidos no nosso mercado.  1º Chevrolet Prisma Vendas 2017: 68.992 2018: 70.740 Variação: + 2,53% Participação no Segmento: 24,20% 2º Ford Ka Sedan Vendas 2017: 27.656 2018:

Fiat convoca recall de 15.534 unidades de Palio, Punto, Idea, Grand Siena, Palio Fire, Siena EL, Weekend, Strada e Fiorino

Imagem
A Fiat está convocando um recall que envolve 15.534 unidades de nove modelos no Brasil com defeito encontrado no alternador de uma série de modelos que acaba de ser ampliado. Ele envolve modelos como Palio, Uno, Idea, Punto, Palio Fire, Siena EL, Grand Siena, Fiorino, Weekend e Strada que devem voltar a uma concessionária mais próxima. O recall envolve modelos 2016/2017, sendo 8.373 unidades do Palio, 2.731 unidades da Strada, 2.069 unidades do Punto, 1.404 unidades do Grand Siena, 445 unidades da Fiorino, 334 unidades do Palio Fire, 81 unidades da Weekend, 53 unidades do Uno, 42 unidades da Idea e 2 unidades do Siena EL. O chamado ainda envolve Idea 1.4, Punto e novo Palio, todas versões, Palio Fire motor 1.0, Uno motores 1.0 e 1.4, Siena, Grand Siena, Fiorino, Palio Weekend e Strada motor 1.4. Segundo a FCA, “foi detectado que, na hipótese de falha do alternador, poderá ocorrer o funcionamento irregular do motor e, em casos extremos, o seu desligamento inesperado. Nessas situaçõe

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Tesla revela nova informação sobre design da Cybertruck, que estreia no fim do ano

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

Chevrolet confirma Cruze e Cruze Sport6 2021 tem preços iniciais de R$116.530