Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Lada

Lada apresenta nova versão do Niva, o Bronto, que estreia na Rússia com melhorias

Imagem
A Lada apresentou oficialmente uma versão ainda mais insana do Niva, chamado de Bronto (e não Bronco). O Niva Bronto possui maior capacidade off-road, sendo que ele deve se destacar por contar com mais equipamentos como melhorias nos bancos, com nova padronagem e até mesmo com aquecimento. O ar-condicionado ainda recebe novos comandos e um novo aparelho, mais eficiente. As luzes internas também foram renovadas. A Lada ainda confirmou que o Niva Bronto conta com melhorias no isolamento acústico e vibracionais, melhorando o conforto a bordo. Ele deve ser vendido em três versões: Luxe, Prestige e Legend, sendo que a Prestige deve ser vendida com para-choque dianteiro preto, saias laterais e proteção plástica nas caixas de roda, assim como novas rodas de liga leve de 15 polegadas com acabamento escurecido. Os pneus passam a ser de todo-terreno, além de barras longitudinais no teto e o para-choque traseiro foi reforçado. Maçanetas, retrovisores externos e faróis de neblina recebem acabament

Assim como a Dacia, Lada também deve desenvolver modelos de maior valor aquisitivo

Imagem
A Lada confirmou que também deve apostar em automóveis de maior valor aquisitivo. Assim como o plano RENAULuTion, a Lada deve apostar em carros mais caros, além dos compactos. Ao que tudo indica, a marca russa deve apostar em modelos do segmento C. Com cerca de 75% da Lada, a Renault deve fazer com que a marca cresça ainda mais, além de ganhar participação em novos mercados. Entre 2023 a 2026, Nikolai Mor, Presidente da AvtoVAZ, disse que a marca deve apostar em automóveis com preços acima do um milhão de rublos, cerca de R$70 mil. “De 2023 a 2026, entraremos em um ciclo de renovação da gama de modelos. (...) A Lada não será apenas uma marca acessível para os consumidores, mas também uma marca que oferece benefícios aos consumidores pelo dinheiro certo” , disse Mor. Esse modelo deve ser o sucessor do Lada Niva, que será um SUV compacto, e enfim deve substituir o modelo de 1976. Ele deve ser desenvolvido a partir da plataforma modular CMF-B e deve ser lançado em meados de 2024. Além del

Lada dá início ao seu processo de expansão comercial com fábrica no Cazaquistão

Imagem
A Lada deve passar por um processo de expansão da sua presença comercial nos próximos anos. A marca, que deve fazer parte do Plano RENUALuTion, do Grupo Renault, deve receber modelos mais modernos (finalmente) e vai ganhar presença em outros mercados. O processo foi iniciado agora e deve ser finalizado em 2025. De acordo com a AvtoVAZ, foi estabelecido um novo acordo de colaboração industrial com o Allur Group of Companies, aliança que deve colocar a Lada no Cazaquistão. Este é um dos pilares sobre os quais a marca deve se expandir globalmente, saindo um pouco da Rússia. Esse sócio da AvtoVAZ deve produzir um amplo leque de modelos da Lada neste mercado, o que deve permitir que a marca chegue a outros mercados, já que as fábricas da Rússia produzem para o país e alguns outros mercados onde a Lada já está presente. A produção deve ficar localizada na cidade de Kostanái, ao norte do Cazaquistão. A assinatura da fábrica foi realizada em cerimônia, que deve permitir uma maior industrializa

Lada Largus ganha reestilização na Rússia e recebe nova identidade visual

Imagem
Na Rússia, a Lada apresentou oficialmente a reestilizada Largus, multivan baseada na primeira geração do Dacia Logan MCV. Apresentada na Rússia em 2012, o modelo segue vivo por mais alguns anos com as mudanças dessa reestilização, a mais brusca desde a apresentação do modelo. Sendo um dos modelos mais acessíveis para quem busca amplo espaço interno, a Largus está à venda com as versões Largus, Largus Cargo e Largus Cross. Entre as novidades, a Largus muda principalmente na sua dianteira, que recebe novos faróis, nova grade dianteira e um novo para-choque dianteiro, que formam um conjunto quase em “X” com os cromados. Nas laterais, as novidades ficam por conta de novos retrovisores e novas rodas de liga leve. Na traseira, não há mudanças. Já no interior, o modelo recebeu um banho de loja. O interior passa a contar com uma qualidade construtiva mais perceptível, ganhando um novo quadro de instrumentos e novos bancos dianteiros. O isolamento acústico também foi uma das melhorias do modelo

Lembra do retorno da Lada à América Latina? CEO diz que novo Niva será vendido na região

Imagem
Depois de ser apresentado como conceito pela primeira vez como 4x4 Vision Concept, a Lada revelou a primeira imagem da nova geração do Niva graças ao plano RENAULuTion da Renault, visto que a Lada faz parte do Grupo Renault. Os franceses confirmaram que a nova geração do Lada Niva deve ser desenvolvida sobre a plataforma modular CMF-B e revelou algumas imagens sketch do modelo, que parece ser uma evolução do 4x4 Vision Concept, apresentado em 2018. De acordo com Luca De Meo, esse novo Lada Niva deve ser vendido “em qualquer lugar” e isso pode indicar a expansão da Lada para novos mercados. O novo Niva deve contar com altura em relação ao solo de 24 centímetros, tendo bons ângulos de entrada e de saída, assim como deve manter o sistema de redução de marcha. “Queremos vendê-lo na Suíça e na Áustria, onde para muitas pessoas será a única maneira de chegarem ao seu chalé” , disse De Meo. Além desses países europeus, Meo confirmou que o carro deve ser vendido em mercados da África e América

Lada apresenta as primeiras imagens da nova geração do Niva; estreia em 2024

Imagem
Depois de mais de 40 anos, a Lada enfim deve apresentar uma nova geração para o Niva na Rússia. O modelo deve ser apresentado como um SUV compacto que vai ser apresentado com a difícil missão de substituir um clássico. O modelo deve ser desenvolvido para ser apresentado em meados de 2024, com uma geração que deve fazer com que o modelo mantenha apenas seu nome. Detalhes ainda são limitados e a Lada revelou apenas uma imagem teaser do modelo junto a dois sketches. A nova geração deve manter um visual mais retro e também deve manter as capacidades off-road do Niva. A nova geração é vista como muito importante para a Lada, que pode se fazer a russa “abrir novos horizontes para a marca”, expandindo suas atuações de mercado. Outros três modelos da Lada devem ser apresentados até 2025, fazendo parte do Plano Estratégico RENAULuTion. A Lada deve ser uma marca alternativa à Dacia, trocando maior experiência com os romenos. Ao que tudo indica, a nova geração do Niva deve ser desenvolvida sobre

Renault anuncia novo plano para América Latina, com SUV médio; Renault terá 24 novidades até 2025

Imagem
Depois de confirmar novidades sobre seu plano de reestruturação, o Grupo Renault confirmou algumas coisas para alguns mercados, em especifico. Na América do Sul, a Renault também confirmou novidades, revendo suas estratégias com o Plano RENAULuTion, que envolve as marcas Renault, Dacia, Alpine e Lada. Na América Latina, considerado um dos mercados mais importantes para os franceses, deve passar por um processo de otimização com foco em segmentos lucrativos, reduzindo os custos de produção com a adoção da plataforma modular CMF. Atualmente apenas o Kwid usa essa base no país, com a CMF-A. Em breve devem ser apresentados novos modelos com a base CMF-B, que deve ser vista em novos Sandero, Logan e a próxima geração do nosso Captur. Além deles, a Renault confirmou que também terá um SUV médio por aqui. As chances recaem claro sobre o Bigster, que seria reestilizado para ser vendido como vendido e teria um novo nome, claro. Mundialmente, a Renault deve oferecer modelos elétricos e híbridos

Lada apresenta o Niva reestilizado na Rússia, que ganha sobrenome Travel com a mudança

Imagem
A Lada apresentou as primeiras imagens do novo Niva na Rússia. O modelo é, na verdade, o Chevrolet Niva que era produzido por lá. Com a saída da Chevrolet da Rússia, o modelo pode voltar a usar o nome e deu sequência à produção do modelo, agora com os logotipos da Lada. Vendido como Chevrolet entre 2002 a 2020, o longevo modelo passou por algumas mudanças visuais. A reestilização trouxe ao modelo uma inspiração do Toyota RAV4, com novos faróis com novo desenho e grade, diretamente integrada ao para-choque. Ele ainda traz novo capô redesenhado, rodas inéditas, moldura plástica nas caixas de roda com um novo formato e lanternas com novo layout interno. Por lá, a novidade é apresentada como Niva Travel. O interior ganha uma central multimídia com uma tela destacada e airbag duplo de série. Os comandos do ar-condicionado são novos, assim como os dos sistema de som e vidros elétricos, todos centralizados no painel. De série, ele ainda deve ser oferecido com bancos com aquecimento, apoio de

Lada Niva retorna à Rússia depois da Chevrolet sair do país; Niva 2 passa a ser da Lada

Imagem
Após a saída da Chevrolet na Rússia, a Lada assumiu a fábrica que produzia o Chevrolet Niva. Com isso, o SUV compacto passa a ser vendido como um Lada Niva. Projeto de 1996, a segunda geração do modelo, que nunca chegou a ser vendido pela Lada, mas a Chevrolet acabou desenvolvendo o modelo com base na primeira geração do modelo russo, segue na ativa. Assumindo sua herança, o Lada Niva 2 passa a ser vendido com poucas mudanças em relação ao modelo da GM. Ele conta com um novo quadro de instrumentos, assim como o logotipo da Lada no lugar de todos os logotipos que estavam a gravatinha dourada da Chevrolet. Visualmente, o Niva conta com faróis duplos escurecidos e pelo snorkel na coluna A do carro, além de novas rodas de liga leve, barras no teto e protetores pretos na parte inferior para-choque dianteiro e traseiro. No interior, ele ainda ganha uma central multimídia com uma tela destacada e airbag duplo de série. Os comandos do ar-condicionado são novos, assim como os dos sistema de

Lada Niva sai de linha depois de 43 anos na Europa por não estar de acordo com as regras do Euro 6d

Imagem
Com mais de 40 anos de mercado, a Lada deve retirar de linha o 4x4 na Europa, onde foi vendido por 43 anos. Conhecido por Niva em alguns mercados, o pequeno utilitário esportivo deve deixar de ser oferecido após não cumprir as regras de emissões Euro 6d. Como se trata de um projeto da década de 1970, manter o 4x4/Niva em linha seria necessário apresentar uma nova opção mecânica para o modelo, que seria custoso. Com isso, a AvtoVAZ confirmou a sua saída do mercado europeu. Há pouco tempo ele tinha recebido algumas alterações no seu visual, mas mantinha o velho motor 1.7 Diesel que desenvolve 84cv de potência, acoplado a um câmbio manual de 5 marchas e a tração 4x4. Para se ter uma noção da idade do projeto, o 4x4 acelera de 0 a 100km/h em longos 17 segundos, mesmo não sendo um modelo pesado. Vale destacar que a Lada vem estudando substituir o veterano por uma nova geração, que deve ser baseado no novo Dacia Duster e que deve manter a tração 4x4 como um dos seus predicados e que sabe ele

Com base no Renault Duster, Lada Niva pode ser desenvolvido e marca deve ter novos SUVs

Imagem
A Renault-Nissan-Mitsubishi e a AvtoVAZ confirmaram que devem passar por uma renovação das marcas nos próximos anos. De acordo com informações, o investimento deve render fritos até 2028. O primeiro carro desse montante de dinheiro deve surgir a partir de 2021 e deve ser a nova geração do Mitsubishi Outlander e a nova geração do Nissan X-Trail para o país. Além disso, acredita-se que a Lada deve ser a principal alternativa a ganhar com esse novo investimento. Segundo informações, a Lada deve desenvolver uma nova geração do Niva, baseado no 4x4 Vision Concept, que será um SUV compacto com plataforma modular B0 da Renault. Esse modelo deve ser primo do Renault Duster, onde o 4x4 Vision Concept, ele traz alguns elementos da primeira geração no design do conceito. Entre esses elementos estão os faróis separados dos piscas de direção na dianteira, se mantendo mais próximo do capô. Os faróis ainda integram luzes diurnas de LED em “X”, design que se tornou marca registrada dessa nova filosofi

Em produção desde 1977, Lada apresenta a reestilização do 4x4 na Rússia, nosso atual Niva

Imagem
A Lada apresentou novidades para o 4x4 na Rússia, conhecido dos brasileiros como Niva. Em produção desde 1977, o modelo chega à linha 2020 com novidades estéticas. Visualmente se destacam as mudança nos faróis de neblina integrados ao para-choque dianteiro para a versão Urban. Mas é no interior que ele apresenta suas principais novidades. Ele conta com novos comandos do sistema de ar-condicionado, revisado com dutos de ar reprojetados para aumentar o desempenho, porta-luvas com espaço extra e porta-copos instalados no túnel do assoalho. Ele ainda conta com bancos redesenhados e equipado com novo sistema de rebatimento e com a função de aquecimento. Vidros elétricos com comandos no console central são outro luxo incorporado ao clássico SUV russo. Um novo quadro de instrumentos também foi incorporado ao 4x4. Na mecânica ele mantém o mesmo motor 1.7 a gasolina que desenvolve 84cv de potência e câmbio manual de 5 marchas. Ele conta com tração 4x4, acionado por alavanca e com reduzida.

Assim como a Infiniti, Lada confirma a saída da Europa Ocidental por questão de emissões

Imagem
A Lada confirmou que deve deixar de vender seus carros na União Europeia. A marca russa participa do mercado europeu ocidental como espectadora, mas apresentou novidades interessantes nos últimos anos, desde que recebeu auxílios da Renault para desenvolver sua nova linha de compactos. A informação foi confirmada pela própria Lada, que diz que não deve conseguir atingir a meta de 95g/km de CO2 em seus carros sem tecnologia híbrida ou elétrica. A Lada ainda não conta com motores qualificados com o selo Euro6d. “Em relação ao endurecimento das normas ambientais nos países europeus ocidentais, estamos ajustando nossa política de exportação nessa região” , disse a marca em entrevista. A importação de carros para Alemanha e Áustria deve terminar na primavera europeia. Ainda será possível comprar os carros da Lada, que deve ter estoques para queimar por mais alguns meses, mas não deve mais importar carros da Rússia. Apesar de deixar de operar na Europa Ocidental, a Lada confirmou que seu

Lada apresenta o Granta Cross na Rússia como opção aventureira da station

Imagem
A Lada apresentou na Rússia a Granta Cross, a versão aventureira da station wagon do Granta. Disponível na Rússia a partir desse mês de abril, a Granta Cross se destaca por oferecer arco das caixas de roda e na parte inferior da carroceria, assim como também as barras de teto, além de inserções pintadas no tom prateado na parte inferior do para-choque dianteiro e traseiro. A station ainda oferece uma maior distância da carroceria em relação ao solo. No interior, ela estreia novos bancos e estofamentos. O equipamento de série inclui central multimídia com bluetooth, USB, quatro alto-falantes, computador de bordo, climatizador automático, sensores de estacionamento traseiros, bancos dianteiros aquecidos, volante forrado em couro, vidros elétricos dianteiros, rodas de liga leve, etc. Ela será vendida com motor 1.6 8v a gasolina que desenvolve 87cv de potência com câmbio manual de 5 marchas. Ainda deve ser oferecido o motor 1.6 16v a gasolina que desenvolve 106cv de potência com câmbio

Postagens mais visitadas deste blog

BYD comemora mês recorde de vendas no Brasil, graças ao resultado de vendas do T3

Retrômobilismo#80: Botinha ortopédica? Fiat Uno tem mais de 30 anos de boas histórias - Parte 02!

Fiat Pulse tem as primeiras imagens do seu interior revelado antes da sua estreia

Xpeng apresenta a reestilização do G3 na China, que recebe a nova identidade visual da chinesa

Mercedes-Benz revela as primeiras imagens teaser do EQE, que estreia no Salão de Munique

Chevrolet já vende a linha 2022 de Cruze e Cruze Sport6, que chega ao país por R$120.680

Toyota Aqua ganha segunda geração no Japão, que estreia com ótimo consumo de 35,8km/l

Toyota e Panasonic devem trabalhar para reduzir custo das baterias em joint-venture PPES

Jeep Commander já tem data de lançamento confirmada para o Brasil, segundo site

Novo Volkswagen Lamando é registrado em imagens de patentes, na China, com design polêmico