Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Panasonic

Panasonic quer agilizar produção de novas baterias 4680, que estreiam primeiro na Tesla

Imagem
A Panasonic se prepara para começar a produção das suas baterias 4680, que foram criadas para atender a nova geração de carros elétricos. A bateria seria lançada primeiro nos carros da Tesla e a produção destas baterias vai ocorrer na unidade de Wakayama, próximo a Osaka, no Japão. A Panasonic confirmou que a produção destas baterias deve começar o mais rápido possível, mesmo que ainda seja uma produção piloto, algo semelhante a uma pré-produção. Após alguns testes positivos, a empresa dará o sinal verde para a produção em série destas baterias. A informação foi confirmada por Hirozaku Umeda, Diretor Financeiro da Panasonic. Apesar de ser criada para alguns carros da Tesla, nada indica que as baterias terão uma produção exclusiva. A prioridade sim é para a Tesla, que já fez os pedidos para produzir seus carros, mas também será oferecida a montadoras que estiverem interessadas. Umeda ainda destaca que a Panasonic tem recebido resultados bem satisfatórios sobre as baterias 4680. A bateri

Panasonic confirma que vai começar a produzir baterias e investe 80 bi de ienes para produção

Imagem
FOTO: Teslarati A Panasonic confirmou que vai começar a produzir as baterias cilíndricas para equipar os futuros modelos da Tesla. As baterias vão equipar os carros da marca norte-americana a partir de 2023 e para o início do desenvolvimento até a construção de uma nova linha de produção dessas baterias na fábrica de Wakayama, no Japão, resultou em um investimento de 80 bilhões de ienes. "Estamos estudando diferentes opções para chegar à produção em massa e estamos finalizando o comissionamento de uma linha piloto, mas no momento não temos nenhum anúncio a fazer" , disse um porta-voz da Panasonic à Agência Reuters. A produção deve fazer com que as baterias 4680 enfim seja produzidas. Elas foram conhecidas no ano passado, quando a Panasonic revelou algumas informações. As baterias são batizadas dessa maneira por contarem com 46mm de diâmetro e 80mm de altura, ou seja, são bem finas para ser colocada no assoalho do carro. Essa bateria é a mesma que a Panasonic desenvolve junto

Panasonic revela mais detalhes da sua nova bateria 4680, que será usada pela Tesla

Imagem
A Panasonic confirmou o desenvolvimento de uma nova bateria para carros elétricos de alta capacidade. Chamada de 4680, a bateria estava em desenvolvimento e teve as primeiras informações reveladas. As baterias são batizadas dessa maneira por contarem com 46mm de diâmetro e 80mm de altura, ou seja, são bem finas para ser colocada no assoalho do carro. Essa bateria é a mesma que a Panasonic desenvolve junto com a Tesla desde meados de setembro do ano passado. A bateria 4680 possui custos de produção mais baixos e que vai ajudar a empresa a entrar em uma nova fase para as baterias automotivas, que estão ficando mais acessíveis. Por enquanto, a Panasonic não revelou detalhes da bateria, mas sabe-se que elas serão usadas em modelos da Tesla no futuro, possivelmente com o Model 2. "Nós desenvolvemos isso por causa do forte desejo da outra parte, e achamos que isso só pode levar a laços mais fortes. A Panasonic não tinha planos de fazer baterias mais baratas de Fosfato Ferro Lítio (LFP)

Apple busca parceria com a Panasonic para ser a fornecedora das baterias do seu carro

Imagem
A Apple vai contar com uma parceria com a Panasonic no desenvolvimento do seu primeiro automóvel. Depois de confirmar que a Apple vai desenvolver seu carro por conta própria, depois de inúmeras tentativas de parcerias com marcas estabelecidas, a fabricante de eletrônicos quer criar seu carro e já cria parcerias para isso. A primeira empresa é a Panasonic, para fornecer as baterias para o futuro elétrico. As informações foram reveladas pela Agência Reuters. A Panasonic foi a terceira procurada pela Apple, depois da CATL e BYD. A parceria não deu certo por conta de as empresas afirmarem não conseguir cumprir as exigências da Apple. A Apple confirmou recentemente que o desenvolvimento de seu carro próprio, após uma série de negativas, terá a criação pausada no projeto e retomá-lo sozinho. Atualmente, a Apple corre atrás de fornecedores para a criação de seu primeiro automóvel, o que não deve ser tão difícil como encontrar alguém que estivesse interessado em ajudar a marca, que futuramente

Toyota e Panasonic devem trabalhar para reduzir custo das baterias em joint-venture PPES

Imagem
A Toyota e a Panasonic confirmaram que devem desenvolver baterias de modelos elétricos mais eficientes. A joint-venture entre as duas empresas, que é chamada de Prime Planet Energy & Solutions (PPES), tem como objetivo elaborar um plano que reduz os custos de produção destas novas plataformas, assim como as baterias de íon-lítio ainda devem se tornar mais competitivas que as baterias de marcas chinesas e coreanas. As empresas japonesas devem buscar o desenvolvimento de novas gerações de baterias que serão usadas nos carros bZ. Segundo Hiroaki Koda, Ex-Executivo da Toyota, disse que a marca japonesa e a cultura deve ser voltada para diminuir o desperdício da bateria, assim como ter como meta o desenvolvimento de baterias que custem a metade das baterias atuais já em 2022. Com isso, a promessa é ter cortes de 65% a 70% nos custos. Em levantamento da Agência Bloomberg, o custo das baterias vem, principalmente, das matérias-primas, que respondem por 60% dos custos de desenvolvimento. O

Toyota investe mais em híbridos e confirma expansão de fábrica de baterias com a Panasonic

Imagem
A Toyota confirmou que deve continuar apostando alto em seus modelos híbridos dentro dos próximos anos. Atrasada para a festa dos carros elétricos, a marca japonesa confirmou que uma tecnologia não deve se sobrepor à outra. Isso porque a Toyota criou uma joint-venture com a Panasonic, que criou a Prime Planet Energy & Solutions Inc., que deve ser especializada em produção de baterias prismáticas para automóveis. As marcas anunciaram um novo investimento para ampliar a produção na fábrica de baterias. Atualmente, a Toyota possui 51% da Prime Planet e deve instalar uma nova linha de produção de baterias prismáticas de íon-lítio para veículos híbridos na cidade de Tokushima, no Japão, onde a Panasonic já produz as baterias. O plano de ambas é produzir a partir de 2022 e aumentar gradativamente até um nível suficiente para ter cerca de 500 mil híbridos produzidos por ano. A Toyota e nem a Panasonic confirmaram maiores informações sobre a nova joint-venture, se as baterias produzidas se

Panasonic confirma desenvolvimento de novas baterias que serão usadas pela Tesla

Imagem
A Tesla confirmou que a Panasonic deve oferecer novas opções de baterias, melhores que as opções de bateria oferecida em seus carros atualmente. De acordo com a Agência Reuters, a Panasonic deve desenvolver novas baterias dentro de dois a três anos, a bateria batizada de Panasonic 2170. Essas baterias devem estar livre do cobalto e equiparão modelos como o Model 3 e Model Y. O cobalto é um metal caro e foi criticado pelo uso infantil no Congo. De acordo com a Panasonic, em setembro deve começar os trabalhos para reequipar uma fábrica em parceria com a Tesla, no estado de Nevada. Essa fábrica deve produzir as baterias melhoras que devem ser desenvolvidas em parceria com a Panasonic. As informações preliminares devem melhorar em 5% neste primeiro momento e, dentro de cinco anos, deve aumentar a capacidade em 20%, segundo os japoneses da Panasonic. A Tesla confirmou que a capacidade da bateria deve passar dos atuais 75kWh para 90kWh e o custo de produção dessa bateria em relação às at

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior