Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Citroën

Citroën "C4 L" deve ser apresentado em 2022 na Europa como o sedã compacto que teremos aqui

Imagem
Apresentado em 2012, a Citroën tem o seu sedã C-Elysée em vários mercados da Europa e do Oriente Médio, sendo que em alguns destes países ele vende muito bem. Por isso, a Citroën vai apresentar o C4 L no ano que vem, sendo um sedã compacto que será lançado sobre a plataforma modular CMP. A novidade deve ser o sedã que teremos em meados de 2023, com produção nacional na fábrica de Porto Real (RJ). O sedã será compacto grande, aos moldes de modelos como Volkswagen Virtus e Chevrolet Onix Plus. Estima-se que ele tenha cerca de 4,410 a 4,500 metros de comprimento, com uma relação entre os eixos de 2,670 metros como no C4. Falando no C4, ele deve dividir muitos componentes com o crossover, inclusive servindo de base para o seu design. Esse novo sedã pode ser o segundo modelo do projeto C-Cubed que a Citroën vai implementar na América Latina. O sedã vai ser produzido em três ou quatro locais, pelo o que é estimado. O primeiro é a Espanha, de onde é produzido hoje o C4, depois a Índia, a Chin

Citroën C3 será o primeiro de três modelos com base CMP que serão produzidos em Porto Real

Imagem
A Citroën revelou informações sobre o desenvolvimento do novo C3 para chegar ao Brasil em 2022. O modelo será o primeiro a vir com a plataforma modular CMP, que será o primeiro automóvel com essa base a ser produzido em Porto Real (RJ). A Commom Modular Platform (CMP) pode ser usada em veículos dos segmentos B e C (compactos e médios), usando componentes novos como suspensões, componentes elétricos e eletrônicos e até o powertrain. E todas essas definições, baseadas na plataforma do veículo, garantem sua performance, dirigibilidade, conforto, estabilidade e segurança, por exemplo. “Os produtos fabricados em nossas diferentes e modernas plataformas são complementares e distintos. A Stellantis está na vanguarda quando falamos em tecnologia no mundo e na América Latina isso não é diferente. Temos excelentes estruturas, equipamentos, laboratórios, espaços para realizar todos os tipos de testes previstos no desenvolvimento de um veículo. Tudo isso com equipes altamente capacitadas para cond

Novas gerações de Fiat Doblò e Talento serão franceses, com base em Citroën e Peugeot

Imagem
A Fiat vai se aproveitar da Stellantis para apresentar as novas gerações de Doblò e Talento na Europa, modelos que podem interessar o mercado brasileiro. De acordo com informações, assim como acontece com Fiat Ducato, Citroën Jumper e Peugeot Boxer, Fiat Doblò vai ser “primo” de Citroën Berlingo e Peugeot Partner/Rifter e a Fiat Talento será a versão Fiat de Citroën Jumpy e Peugeot Expert. Com o fim da parceria entre Fiat e Renault para as novas gerações de Renault Trafic e Fiat Talento, sendo que cada marca vai desenvolver seu próprio modelo. Em fevereiro de 2022 será apresentada a nova geração do Talento, que será um veículo baseado nos carros da extinta PSA. Em meados da metade de 2022, a Fiat também vai apresentar a nova geração do Doblò, que será irmão de Partner/Rifter e Berlingo. Aqui na região da América do Sul, há rumores de que os modelos da Fiat também podem ser vendidos por aqui. Isso porque há rumores de que o Doblò saia de linha no final deste ano em Betim (MG) e passe a

Citroën lança promoção do C4 Cactus, com descontos de R$ 9 mil em toda rede amanhã, 23

Imagem
A Citroën terá uma ação com promoção na rede de concessionárias da marca especialmente amanhã, dia 23/10. A promoção é válida em toda a rede de concessionárias da marca e vai contar com uma promoção com descontos para os interessados no C4 Cactus. Ele será vendido com R$ 9.000 de desconto. Tabelado em R$ 103.590 na versão Live, ele será vendido por R$ 94.590. A Citroën ainda confirmou que tem carros a pronta-entrega em toda a sua rede de concessionárias. A versão Live vem de série com airbag duplo, luzes diurnas em LED, cintos e apoios de cabeça completos, Isofix, Top Tether, alerta de cintos, freios ABS com EDB, lanternas com efeito 3D, trio elétrico (apenas motorista one touch), luzes de frenagem de emergência, ar-condicionado, direção elétrica, rodas de aço aro 16, computador de bordo, indicador de mudança de marcha, volante com ajustes de altura e profundidade, Bluetooth e USB, banco do motorista com ajuste de altura, Airbumps laterais, painel digital e barras longitudinais no teto

Jeep e Citroën terão maior sinergia no futuro, destaca executivo em entrevista na Índia

Imagem
A Stellantis se uniu recentemente e as marcas ainda parecem um tanto quanto em seus planos iniciais de cooperação. Entre as marcas dos antigos grupos FCA e PSA, Jeep e Citroën parecem que vão contar com uma maior sinergia, pelo menos na Índia. Por lá, a Jeep tem conquistado resultados muito bons com o Compass e é bem possível que Jeep e Citroën possam compartilhar setores como finanças, cadeia de suprimentos, logística, depósitos de peças e outras sinergias a fim de reduzir os custos de produção, simplificando processos e agilizando o desenvolvimento de novos projetos. “Nossa abordagem sempre foi não ser um dinossauro ou querer algo grande. Precisamos primeiro executar e provar, e então seguir em frente. Precisamos permanecer humildes na Índia. São muitas as hipóteses e não estamos falando apenas da Índia” , destacou Roland Bouchara, CEO da Stellantis na Índia, ao Autocar Índia . Além disso, é esperado que Jeep e Citroën tenham uma maior relação quando o assunto for compartilhamento de

Stellantis comemora liderança na Argentina e no Brasil, respondendo por 1/3 das vendas

Imagem
A Stellantis tem comemorando a liderança do mercado na região da América do Sul, mais precisamente em dois dos seus principais mercados: Brasil e Argentina. Só em setembro, a Stellantis vendeu 44.964 unidades no Brasil atingindo 31,4% do mercado, quase 1/3. No acumulado do ano, as vendas são de 485.525 unidades, com 32,9% de mercado. Destaque para a Fiat trada com 85.386 unidades. Na Argentina, a Fiat também é líder de vendas, com destaque para o Cronos, que responde pela liderança de vendas no mercado. A Stellantis fechou, na Argentina, a liderança também, com cerca de 9.000 emplacamentos no mês de setembro, com 30,5% de participação no mercado vizinho. O acumulado do ano conta com 82.500 unidades vendidas do grupo, com 28,7% de mercado. Voltando da fronteira, a Fiat respondeu por 29.027 emplacamentos e 20,40% de mercado, a Jeep teve 8,01% de mercado com 11.408 unidades e a Peugeot respondeu por 2.475 unidades, com 1,74% de mercado. Já a Citroën teve 1.861 unidades e 1,31% de mercado.

Citroën pode produzir outros membros da Small Family na Argentina, em fábrica de El Palomar

Imagem
A Citroën confirmou recentemente que vai investir massivamente para voltar a ser uma marca de destaque no mercado. Tanto que, a nova família de compactos que a empresa vem criando, deve colocar a marca novamente entre as dez marcas mais vendidas. Depois do lançamento do novo C3, que acontece em 2022, a marca ainda terá dois novos modelos: um sedã e um SUV. Segundo informações, a Citroën pode acabar produzindo esses modelos na Argentina. A informação foi confirmada pelo Diretor de Marketing da Citroën Argentina, Federico Frascaroli, em entrevista. Caso os dois novos modelos sejam produzidos na Argentina, a casa do sedã e do SUV será El Palomar, de onde hoje vem o novo Peugeot 208. Com o fim de linha de veteranos como Peugeot 308, Peugeot 408 e Citroën C4 Lounge, a fábrica produz o 208 e os veteranos Citroën Berlingo e Peugeot Partner. "Com a otimização das fábricas da Stellantis, a engenharia da Stellantis e a decisão de cada novo projeto que será feito pela Stellantis, a fabricaçã

Citroën comemora crescimento de 52% no acumulado do ano, mesmo em período difícil

Imagem
A Citroën comemorou mais uma vez o seu crescimento no mercado brasileiro. Após o resultado de setembro de 2021, quando vendeu 1.861 unidades. No acumulado do ano, a marca francesa fechou com 15.629 unidades, um crescimento de 52% em relação ao mesmo período do ano passado. Apenas em setembro, a Citroën registrou um crescimento de 84% em relação ao mesmo período de 2020, quando vendeu menos de 1.000 unidades. A Citroën já conta com uma participação de mercado que chega a 1,3% de Market Share, o dobro do resultado do ano passado. Apesar de contar apenas com o C4 Cactus como automóvel, foi justamente ele o responsável pelo crescimento da Citroën. Em comparação ao mesmo período de 2020, o Cactus já cresceu 73% nas vendas, chegando a 12.816 unidades de janeiro a setembro de 2021. Além dele, Jumpy e Jumper vem crescendo de maneiras diferentes. O Jumpy tem crescido mais no mercado, com 2.341 unidades, aumento de 134% nas vendas em relação ao mesmo período acumulado de 2020. Por ser importado

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em setembro de 2021: Fiat Toro rompe liderança da Strada

Imagem
Depois de mais de um ano, a Fiat Toro voltou para a liderança dos Comerciais Leves. Isso acontece no momento onde a Stellantis sofre com a falta de componentes para a produção em Betim (MG), que afetou o desempenho da Fiat Strada e de outros modelos da marca. A Fiat Toro vendeu 6.852 unidades e deixou a Fiat Strada na vice-liderança com 5.772 unidades, pouco mais da metade de que vendeu no mês passado. A Toyota Hilux manteve sua terceira colocação com 4.396 unidades, enquanto a Chevrolet S10 aparece em quarto dando sinal de luz alta com 4.234 unidades. A Fiat Fiorino fechou em quinto com 2.316 unidades. Tradicionalmente terceira, a Volkswagen Saveiro caiu para 6º com 1.389 unidades, enquanto da sétima até a nona tem uma briga entre as picapes médias pela terceira colocação. Ford Ranger, Mitsubishi L200 Triton e Nissan Frontier ficaram separadas por menos de 250 unidades, todas com mais de mil unidades, bom resultado para Mitsubishi e Nissan. Em décimo fechou a Renault Master com 701 un

Os 50 Automóveis mais vendidos do Brasil em setembro de 2021: Hyundai HB20 lidera e Jeep Compass é vice

Imagem
Com um mercado em crise, setembro de 2021 não pode ser considerado um mês bom para o Brasil. Segundo os dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, o Brasil fechou setembro com queda de 10,2% nas vendas em relação ao mês passado e um tropeço de quase 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Num cenário atípico, surge um ranking atípico. Foi assim no auge da pandemia, no ano passado, e tem sido assim nos últimos meses por conta da crise dos semicondutores. A liderança geral, então inédita, ficou com o Hyundai HB20, com 7.147 unidades. Até o momento, o hatch compacto sul-coreano só tinha sido líder entre os Automóveis. A vice-liderança ficou com o Jeep Compass com suas 6.823 unidades e o Volkswagen T-Cross apareceu em terceiro com 5.733 unidades. Fiat Argo, Fiat Mobi, Hyundai Creta, Jeep Renegade, Chevrolet Onix, Chevrolet Tracker e Chevrolet Onix Plus fecharam os 10 mais vendidos. Destaque positivo para a Chevrolet que voltou a ter três carro

Citroën passa a trocar os airbags em nova fase do recall de C3, C3 AirCross e C3 Picasso no país

Imagem
A Citroën confirmou o início de uma nova fase no recall de C3, C3 AirCross e C3 Picasso. Agora, o trio deve passar a ser atendido para a substituição dos airbags. Anunciado em janeiro deste ano, o chamado teve uma continuidade em maio para desativar a bolsa dos airbags. Depois a marca aumentou a quantidade de unidades a serem reparadas em julho e agora a Citroën deve trocar o componente. Os reparos começaram ontem (27) em toda a rede de concessionárias da marca, envolvendo os carros produzidos a partir de 2012. De acordo com a Citroën, o reparo consiste na substituição do airbag, que demora 4 horas no C3 e 1 hora no C3 AirCross e C3 Picasso. O chamado envolve o C3 produzido entre 28 de fevereiro de 2012 a 18 de julho de 2014 e a dupla C3 Picasso e AirCross produzidos entre 27 abril de 2010 a 16 julho de 2014 para o AirCross e de 18 de maio de 2010 até 16 de julho de 2014. Em primeiro momento, a Citroën deve chamar as unidades para uma verificação da peça e se necessita de uma substitui

Citroën C3 também será exportado para mercados do Oriente Médio e África, em 2022

Imagem
Depois de ser apresentado no último dia 16 de setembro, o Citroën C3 começar a ser produzido em Porto Real (RJ) em meados de março de 2022, quando deve ser lançado no mercado, com vendas iniciadas em meados de abril. Com a produção fluminense, o carro começa a ser enviado para a Argentina logo em seguida. Além destes, a Citroën já confirmou que o modelo será vendido em outros mercados, como Chile, Colômbia, Uruguai, Peru, Equador, entre outros. Além da Índia, que também vai produzir o hatch, ele será vendido também nos países que compõe o Oriente Médio e a África. Muito provavelmente, o país que vai abastecer esses mercados pode ser tanto o Brasil como a África. Dependendo do país do continente africano, Porto Real também pode abastecer o outro continente. No Brasil, ele tinha sido confirmado com motor 1.6 16v Flex de 118/115cv de potência, mas o atraso no seu lançamento pode estar relacionado com o desenvolvimento do carro com o motor 1.0 12v Turbo Flex, entregando cerca de 120cv e 20

Citroën comemora crescimento nas vendas do ë-C4 na Europa, que representa 15% das vendas

Imagem
A Citroën está comemorando o sucesso inicial nas vendas do ë-C4 na Europa, a versão elétrica do C4, apresentado no ano passado por lá. O crossover passou a ser oferecido com a versão desde o seu lançamento e desde então suas vendas vem aumentando dentro do mix de vendas do C4. Hoje, cerca de 15% das vendas do C4 já são da versão puramente elétrica. Dependendo do mercado, o número varia bastante. Na Holanda, 38% das vendas do ë-C4 já são do elétrico, enquanto em mercados como Alemanha (27%), Reino Unido (20,5%) e França (10,2%), os números acabam mudando. A opção de motor é um inédito conjunto elétrico que desenvolve 136cv e 26,5kgfm, para o chamado ë-C4. Este conta com três modos de condução: Eco (que prioriza a autonomia), Normal (equilibrando autonomia com conforto) e Sport (que prioriza o desempenho). A autonomia deve ficar em torno dos 310km, com baterias de 50kWh. Em seis meses, a versão elétrica já vendeu 30.000 unidades. “Com o Novo C4, a Citroën está fazendo um retorno forte no

Novo Citroën C3 abre caminho para dois novos modelos até 2024, feitos em Porto Real

Imagem
A Citroën deu o pontapé inicial do seu processo de renovação com a apresentação mundial do C3. Os modelos em questão devem ser lançados até meados de 2024, sendo um lançamento por ano. O novo C3 estreia em 2022, com um sedã e um SUV que serão lançados por ano até 2024. Na Índia, foi confirmado que um desses modelos será um sedã compacto, com porte de Volkswagen Virtus e Chevrolet Onix Plus. Esse modelo em questão deve ficar acima do Fiat Cronos. Além deste, a Citroën pode desenvolver um novo SUV, que pode ser compacto ou médio. Esse modelo em questão pode ter um perfil cupê, parecido com o C4 europeu. Esse carro teria uma relação entre os eixos de 2,655 metros e dimensões entre 4,48 metros a 4,59 metros de comprimento. É provável que possa ser um SUV médio, visto o sucesso do Jeep Compass nos dois mercados que a Citroën desenvolve esses carros, podendo ser uma opção mais simples e sem competir com o primo da Stellantis. Há quem acredite que ele também possa ser um substituto do Citroën

Citroën lança promoção para o C4 Cactus, com desconto de até R$9.000 que perdura até dia 21

Imagem
A Citroën lançou uma promoção relâmpago para o C4 Cactus no mercado brasileiro. O SUV compacto será vendido com descontos de até R$9.000 até o próximo dia 21 de setembro. Além do desconto, os consumidores vão ganhar as três primeiras revisões gratuitas. O desconto vale para a versão Feel, tabelada em R$113.590, mas que será vendida no período com preço de R$104.590. Essa versão é equipada com alarme perimétrico, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, faróis de neblina, faróis de neblina com função curva, sensor de pressão dos pneus, câmera de ré, econômetro, regulador de velocidade e limitador, vidros One Touch, opcionais da Feel, padronagem dos bancos diferenciada, retrovisores na cor do carro, moldura branca nos faróis e Airbumps, rodas de liga leve aro 17 e banco tripartido. Na mecânica, ele será vendido com os motores 1.6 16v VTi Flexstart que desenvolve 122/118cv de potência e com torque de 16,1kgfm, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. Atua

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Novo Honda Civic Si é apresentado nos Estados Unidos só como sedã e com motor de 203cv

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022