Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Investimento

Ford confirma que terá apenas carros elétricos a partir de 2030 para a Europa

Imagem
A Ford confirmou que na Europa deve passar a vender apenas carros elétricos a partir de 2030. A marca que tem redirecionado seus planos para a rentabilidade também deve focar no desenvolvimento de novos modelos movidos a bateria. Parece que a Europa deve ser o continente líder dessa eletrificação da Ford, muito por conta das regras de emissões do Velho Continente. Por lá, 100% da linha será elétrica em nove anos. A marca ainda possui a meta de que até 2026 terá 100% dos seus veículos de passageiros com zero emissão, ou seja, os carros devem puramente elétricos e híbridos em cinco anos. Entre os comerciais leves da Ford, a marca do oval azul espera que até 2024 todos os modelos tenham ao menos uma opção híbrida e até 2030 se espera que 2/3 das vendas sejam de modelos híbridos e/ou elétricos. Parte do plano de US$22 bilhões em eletrificação, a Ford revelou em relatório financeiro do quarto trimestre de 2020, que serão investidos até 2025! "Reestruturamos com sucesso a Ford Europa e

Inédita fábrica da Porsche fora da Europa não seria nem na China e muito menos nos EUA

Imagem
A Porsche confirmou que estuda as chances de ter uma fábrica fora da Europa. Desde seu processo de expansão a outros mercados se comenta que a alemã pode contar com uma fábrica fora do seu continente onde tem sua sede. A China era vista como uma forte candidata a ganhar uma fábrica da Porsche, mas o rumor nunca foi adiante. Considerado um dos principais mercados para os alemães de Stuttgart, mas países como Estados Unidos, México, Coreia do Sul, China e Japão já teriam sido descartados. Mas, segundo um relatório da Porsche, o país mais indicado a ganhar uma fábrica da marca seria... na Malásia! Nesse relatório, a Porsche queria uma unidade em regime CKD no país asiático, como uma forma de diminui os custos de importação e conseguir vender melhor nos países da região. Considerado um dos mercados mais importantes do Sudoeste Asiático, a Malásia poderia enviar carros não apenas para a China, Coreia do Sul e Japão, mas também para a Singapura, Tailândia e a própria Malásia, onde a produção

Lucid revela informações de sua fábrica no Arizona, que começa a produção em abril

Imagem
A Lucid revelou as primeiras informações sobre a sua fábrica instalada no Arizona, um dos estados dos Estados Unidos. De acordo com o CEO da Lucid Motors, Peter Rawlinson, e o Vice-Presidente de Produção, Peter Hochholdinger, inauguraram a unidade que deve começar a produção do sedã elétrico Air. A fábrica do Arizona foi batizada de Lucid AMP-1, de Advanced Manufacturing Plant – 1, que fica localizada na cidade de Casa Grande, no Arizona. A primeira fábrica da Lucid foi construída como uma fábrica para a produção de carros puramente elétricos, sendo a primeira de quatro fases planejadas para o Air. O carro entra em produção oficialmente a partir do segundo trimestre de 2021. A Lucid terá uma capacidade inicial de 34 mil unidades produzidas, que pode ser elevada para cerca de 90 mil unidades. A fábrica deve ser erguida em quatro fases. Aprimeira começa no segundo trimestre, e no final das quagro fases poderá chegar a marca de 400.000 unidades ao ano. Considerada uma empresa startup para

Investimentos da Renault estão congelados para os substitutos de Sandero e Logan

Imagem
A Renault confirmou que os projetos dos novos Ascalia/Kardian e Taliant, substitutos de Sandero e Logan, estão congelados no mercado brasileiro. A confirmação veio do CEO da Renault, Luca de Meo, em entrevista ao Automotive News Europe . Com foco na América Latina, o executivo confirmou que deve fazer cortes no quadro de funcionários e que deve congelar o investimentos de modelos em curto prazo no país. “Então, porque a economia está um pouco incerta, iremos congelar investimentos no curto-prazo. Mas iremos redirecionar este dinheiro em coisas como o Bigster e o Duster, nas versões Renault, para que possamos aumentar nossa margem de lucro, seguindo o exemplo de Volkswagen e até Fiat, que foi de ter produtos somente da Fiat para a Jeep e tem tido muito sucesso” , disse De Meo. Com Sandero e Logan já patinando nas vendas, a Renault deve focar num segmento que é mais rentável e por isso deve focar no desenvolvimento do Bigster, um SUV médio acima do Captur. Apesar de congelados, os modelo

Jaguar-Land Rover muda seu plano estratégico e Jaguar terá apenas elétricos em 2025

Imagem
O último anúncio do seu plano estratégico definido pela Jaguar-Land Rover foi em agosto de 2018, quando os grupos definiram que teriam apenas duas plataformas, sendo a MLA e a PTA. Três anos depois, as marcas britânicas mudaram seus planos e a partir de 2025 devem focar no desenvolvimento de modelos elétricos, de acordo com informações da revista Autocar, especialmente a Jaguar, que a partir de 2025 terá carros elétricos, desenvolvido sobre uma nova plataforma modular exclusiva e inédita. A Land Rover ainda deve ter duas plataformas, sendo a MLA nos modelos mais acessíveis e a PTA deve ser substituída pela EMA. Ambas plataformas devem ter modelos híbridos e elétricos. Sabe-se que o primeiro elétrico da marca deve ser apresentado em meados de 2024, ou seja, ainda não se tem informações sobre qual seria esse modelo, mas que nesse ano deve ser apresentada uma nova geração do Discovery Sport. A Jaguar deve partir para a eletrificação completa, não tendo mais versões a combustão dos seus ca

Jaguar-Land Rover deve apostar em desenvolver tecnologia das células de combustível

Imagem
Enquanto a Volkswagen fala que não deve desenvolver automóveis com a opção de um motor a hidrogênio, a Jaguar-Land Rover veio confirmar que se interessa pelo desenvolvimento da tecnologia. As marcas inglesas confirmaram que querem criar uma alternativa à eletrificação. Vale destacar que a Jaguar quer ser uma marca puramente de elétricos a partir de 2025, enquanto a Land Rover deve começar a ter seus primeiros elétricos em 2024. Até o final dessa década é o prazo que a Jaguar-Land Rover definiu para lançar um carro com essa mecânica, enquanto o grupo se dará uma data limite de até 2022 para dar início ao desenvolvimento desse tipo de combustível para seus carros. Conhecido internamente como Projeto Zeus, essa parceria visa o estudo do hidrogênio e a melhor viabilidade em carros maiores. Ao que se acredita, essa mecânica seria usada em modelos maiores do grupo, onde um elétrico teria baixa rentabilidade e autonomia por ser maior/mais pesado. A Jaguar-Land Rover tem buscado o desenvolvime

Rivian pode ter fábrica na Europa para poder produzir modelos mais compactos

Imagem
A Rivian deve erguer uma nova fábrica depois que se estabelecer na Europa. A Rivian, de acordo com informações da AgênciaBloomberg , está de olho em uma fábrica na Europa, já imaginando começar a vender elétricos também na Europa. A Rivian já estaria de olho em locais na Europa que seriam mais interessantes para a produção no Velho Continente. Ao que tudo indica, a Rivian está tendo apoio da Amazon, que se tornou a principal compradora de modelos da marca startup, com a van R1V. Entre os principais mercados que a Rivian quer ter uma fábrica, estão: Alemanha, Hungria ou Reino Unido. No momento ainda não está definido, mas os três países são os mais cogitados para receberem mais uma fábrica. Em novembro do ano passado, a Agência Reuters , disse que a Rivian deve criar elétricos menores, adequados para modelos da Europa e China. Nos EUA, terão R1T e R1S, uma picape e um utilitário esportivo de grande porte e que não agradam a maioria dos consumidores desses mercados. “O que realmente impu

Tesla pode abrir uma fábrica de elétricos na Índia; unidade seria a quarta Gigafactory

Imagem
A Tesla deve ter uma nova fábrica em breve. Depois da unidade de Fremont, Califórnia (EUA), Xangai (China) e Berlim (Alemanha), a Tesla pode ter uma inédita Gigafactory na Índia. De acordo com informações do Primeiro-Ministro do Estado Indiano de Karnataka, Bookanakere Siddalingappa Yediyurappa, na Índia, afirmou que a Tesla estaria interessada em erguer uma nova fábrica no país. De acordo com Elon Musk, que já tinha visitado o país no ano passado, quem sabe já para sondar sobre uma fábrica no país. O estado de Karnataka ainda é um dos principais polos industriais da Índia e um dos mais modernos do país. A proposta é que a Tesla pode ter feito que a empresa norte-americana tenha visto um potencial de ser um país consumidor de modelos elétricos. Em entrevista com Frankfurter Allgemeine, o Ministro Indiano de Transportes e Estradas, Nitin, Gadkari, disse em dezembro de 2020 que a Tesla iria iniciar as vendas da Tesla na Índia no segundo trimestre de 2021, com produção local. Em dezembro

Audi confirma dez lançamentos em 2021 no Brasil a fabricação nacional fica em standby

Imagem
Depois da Mercedes-Benz e a Ford, a Audi encerrou a produção do A3 Sedan no mercado brasileiro. O sedã médio deixou de ser produzido em dezembro na unidade de São José dos Pinhais (PR) e a nova geração deve vir ao nosso mercado no segundo semestre... mas importado. A Audi diz que existem apenas 30 unidades dessa geração do modelo ainda em estoque, mas a produção não deve ser encerrada oficialmente no país. A marca das quatro argolas comentou que só deixaria de produzir carros no Brasil se o Governo Federal não pagasse os incentivos que prometeu para as marcas que passassem a produzir no Brasil durante o Inovar-Auto, recebendo de volta o dinheiro do “Super IPI”, acumulado entre 2012 a 2017. A Audi espera esse pagamento junto da BMW e a Mercedes-Benz, que juntas devem receber cerca de R$289 milhões. A Audi disse que não vai abrir mão desse dinheiro para continuar investindo no país, principalmente na fábrica do Paraná. "É uma exigência da matriz" , diz o presidente da Audi, Joh

Nissan revela teaser do Kicks reestilizado, inicia produção no RJ e manterá versão PcD

Imagem
A Nissan deve apresentar o novo Kicks no mercado brasileiro dentro de algumas horas. A marca apresentou alguns detalhes sobre o modelo, como imagens teaser, o início da produção em Resende (RJ) e a confirmação de que ele deve manter a versão PcD ao consumidor. O reestilizado Kicks começou a ser produzido em Resende no dia 12 de fevereiro e trouxeram novidades técnicas como novos robôs e processos de aprimoramentos de manufatura na produção do carro. Segundo a Nissan, o carro deve começar a ser vendido em março na rede de concessionárias, sem especificar um dia para começar a venda. Assim como aconteceu em 2016, a Nissan confirma que deve manter a sua estratégia de oferecer uma versão voltada ao público PcD (Pessoas com Deficiência), em comunicado enviado à rede de concessionárias. “Estamos adequando nossa estratégia à nova realidade do mercado e fazendo tudo o possível para continuar oferecendo automóveis para todos os públicos, sem exceções. Há diferentes possibilidades de isenções e

Toyota volta a falar sobre interesse em produzir Hiace na Argentina nos próximos meses

Imagem
Depois de alguns rumores de que a Toyota esteja a fim de produzir um novo modelo na fábrica argentina de Zárate, a imprensa da Argentina confirma que os japoneses querem produzir um terceiro modelo e pode ser mais um comercial leve. Desde o lançamento da nova geração da Hiace, em 2019, a Toyota Argentina tem planos de produzir o modelo no país vizinho e a exportar para os mercados vizinhos. Já vendida na Argentina, importada do Japão, a Toyota sabe que o modelo tem chances de fazer mais sucesso comercial na região e depende de uma produção local para chegar em outros mercados, vulgo Brasil. "O projeto continua e claro que a ideia é incluir todas as versões do Hiace que, por enquanto, estamos importando do Japão. Isso implica o pagamento de um imposto aduaneiro de 35%, que não seria necessário pagar com os benefícios da produção local" , disse o Diretor de Vendas e Marketing da Toyota Argentina, Ignácio Limpenny, ao Argentina Autoblog . A Hiace deve ser produzida na mesma linh

Ford confirma investimento de US$7 bilhões extras em elétricos; agora são US$29 bilhões

Imagem
A Ford tem investido um bom dinheiro no desenvolvimento de modelos elétricos. Depois de ter investido US$11,5 bilhões em elétricos, na semana passada a Ford quase duplicou esse investimento para US$22 bilhões. Agora, a Ford coloca mais US$7 bilhões e deve fechar com US$29 bilhões em investimentos. Todo esse dinheiro deve ser vendido até 2025. De acordo com Jim Farley, durante uma conferência sobre lucros e dividendos no quarto trimestre de 2020, disse que quer aumentar a quantidade de modelos elétricos no seu lineup, ou seja, a marca quer ter mais elétricos para além do Mustang Mach-E. Esses US$7 bilhões extras devem ser investidos em tecnologias para veículos autônomos, que devem ser inseridos em carros elétricos. Daqui alguns anos, a Ford deve investir majoritariamente em elétricos, mudando o cenário de desenvolvimento de modelos da marca, apostando em carros elétricos ou em modelos híbridos. A Ford deve manter os carros atuais em linha, de acordo com cada mercado, apostando em híbri

Tesla pede alteração em Gigafactory de Xangai para a expansão da produção

Imagem
A Tesla confirmou que deve pedir a autorização da administração de Xangai, na China, para ampliar a capacidade de produção da fábrica de Xangai. No pedido, a Tesla confirmou que deve aumentar a linha de produção do Model 3, Model Y e “modelos derivados”. De acordo com Elon Musk, a Tesla deve desenvolver um novo modelo compacto, que tem chances de ser batizado de Model 2 e que pode ser baseado sobre o Model 3. O hatchback deve ser apresentado na China mas também deve ser vendido em outros mercados, como a Europa. O hatch deve ser o novo carro de entrada da Tesla e terá preços em torno dos US$25.000. O carro deve ser apresentado dentro de 18 meses a dois anos, em média. O modelo deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma do Model 3, com chances de ser um pouco encurtada, sendo que o carro pode quebrar recordes de ser desenvolvido em tempo recorde. De acordo com informações, esse novo modelo seria um concorrente para o Volkswagen ID.3, por exemplo. O Model 2 deve ser o primeiro carro

Ford dobra dinheiro para desenvolvimento de elétricos e investe US$22 bilhões

Imagem
A Ford confirmou que deve investir bilhões no seu processo de eletrificação. A marca revelou os resultados comerciais de 2020 e na mesma ocasião confirmou que deve duplicar o seu investimento no desenvolvimento de carros elétricos. Em comunicado, a marca norte-americana confirmou que deve investir US$22 bilhões em mobilidade elétrica até meados de 2025. Esse valor deve ser adicionado aos US$7 bilhões destinados ao desenvolvimento de veículos autônomos. Segundo Jim Farley, CEO da Ford, a divulgação dos resultados financeiros da Ford deve fazer com que a norte-americana acelere seus planos, quebrando restrições e adicionando novos veículos elétricos ao cronograma de lançamentos. Atualmente a Ford conta apenas com o Mustang Mach-E e a E-Transit como modelos plugados e deve adiantar o desenvolvimento de novos modelos elétricos. Tudo indica que a Ford deve desenvolver elétricos tanto para a Ford como para a Lincoln. O investimento deve ser aplicado na produção de baterias que a marca também

Toyota confirma novo ciclo de investimentos no Brasil, mas reclama de altos tributos

Imagem
A Toyota confirmou que 2021 deve ser um ano em que a marca prevê um crescimento de 25% nas vendas no mercado brasileiro. O lançamento do Corolla Cross deve ser um grande motivo para isso. O modelo será lançado ainda neste primeiro trimestre de 2021 e prevê lançamentos nos próximos anos para continuar crescendo. Em 2020, a Toyota vendeu 137.876 unidades, das quais 116.001 unidades foram produzidas nas unidades de Sorocaba (SP) e Indaiatuba (SP). “Os desafios de 2020, talvez os maiores de nossa história e da indústria, nos ensinaram que precisamos buscar cada vez mais a competitividade e sustentabilidade" , disse Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil em comunicado. Ficando em sexto no mercado em 2020, a marca prevê fechar 2021 em quinto, concorrendo com a Hyundai pela quarta colocação. Só a unidade de Sorocaba deve receber o investimento de R$1 bilhão. A Toyota ainda terá outros lançamentos em 2021, como o novo Corolla GR-S, mas o lançamento do Yaris reestilizado deve ficar p

CAOA contrata 150 funcionários para fábrica de Anápolis (GO), para Chery e Hyundai

Imagem
A CAOA confirmou a contratação de novos 150 funcionários na fábrica de Anápolis (GO), que produz modelos da Hyundai e Chery para o mercado brasileiro. A contratação de novos funcionários deve ser para a produção de novos modelos, sendo que o grupo pretende lançar 10 novidades que serão produzidas na fábrica até meados de 2025. Da Chery, atualmente são produzidos os modelos Tiggo5X, Tiggo7 e Tiggo8. Da Hyundai, a fábrica produz Tucson, ix35, HR e HD80. De acordo com a CAOA, os 150 novos funcionários já estão operando na fábrica. Entre as contratações, estão funções de montagem de veículos, operadores de produção e auxiliadores de logística. Todos os profissionais devem ser capacitados pela CAOA Montadora e já estão em treinamento para desempenharem suas atividades. “Temos muito orgulho, como uma montadora 100% nacional, em seguir investindo no Brasil. Sabemos de todas as dificuldades que o mercado enfrenta globalmente, mas escolhemos acreditar no nosso País e na sua capacidade de recupe

Ford investe US$1 bilhão para fazer nova Ranger e Volkswagen Amarok na África do Sul

Imagem
A Ford e a Volkswagen assinaram um acordo de parceria entre as duas marcas no início de 2019, que foi concretizado em 2020. O acordo deve prever a colaboração para o desenvolvimento de comerciais leves entre as duas empresas, o que deve afetar na criação de modelos como picapes, furgões e vans. A nova geração da Ford Ranger deve ser produzida nos Estados Unidos, Argentina e África do Sul. Esse último país recebeu um investimento de US$1,05 bilhão para a modernização e ampliação da fábrica, que deve compartilhar a produção com a Volkswagen Amarok. Com a expansão do Complexo Industrial de Silverton, a fábrica terá capacidade de produção para as duas picapes, sendo que deve abastecer a maioria dos mercados, principalmente com a Amarok de segunda geração, que ao que tudo indica, só deve ser produzida por lá. “Este investimento irá modernizar ainda mais nossa operação sul-africana, ajudando a ter um papel mais importante na nossa reestruturação e crescimento da operação automotiva global, a

Citroën confirma novo "C3 Sporty" para o segundo semestre no país, em outubro

Imagem
A Stellantis deve comemorar os 20 anos de produção da unidade de Porto Real (RJ). Inaugurada em 2001, a plataforma CMP deve ser a base do carro que deve comemorar os 20 anos será o C3 Sporty. O investimento será R$220 milhões para a produção das plataformas. Em comunicado, a Stellantis disse que "o primeiro modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre deste ano". O modelo deve ser apresentado com o velho motor 1.6 16v Flex de 118/115cv de potência, com torque de 15,5/15,4kgfm, sempre com câmbio manual ou automático de 6 marchas. Futuramente ele deve ser vendido com o novo motor 1.0 12v Firefly Turbo Flex, da FCA. Esse motor deve desenvolver cerca de 120cv de potência e torque de 19,3kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT. O modelo é desenvolvido especialmente para mercados emergentes e tem sido tocado pelas operações da Índia e Brasil. De acordo com India Autoblog, o modelo deve ser apresentado na Índia em novembro, mas aqui ele também de

Tesla consegue 1 bilhão de euros para finalizar fábrica de baterias na Alemanha

Imagem
A Tesla conseguiu um massivo investimento para finalizar a construção de sua nova Gigafactory, na unidade de Berlim, na Alemanha. A nova fábrica deve ser concluída até o final deste ano e será o principal complexo industrial da Tesla na região, abastecendo toda a Europa. A fábrica, além de produzir automóveis, deve produzir também baterias. A fabricante conseguiu o investimento de 1 bilhão de euros do Governo da Alemanha para a finalização. A operação faz parte de um ambicioso processo da Europa de produzir e se tornar um dos polos industriais de carros elétricos. O apoio que veio da União Europeia apareceu depois de empecilhos que fizeram com que a marca tivesse que paralisar a construção da unidade por desmatamento. A UE já investiu o total de 2,9 bilhões em construção de fábricas de elétricos, sendo a Tesla a marca que mais deve receber o investimento. De acordo com informações obtidas pelo site Business Insider, Elon Musk, CEO da Tesla, disse que a Tesla receberia esse dinheiro par

GM quer acabar com acabar com carro a combustão no mundo e também no Brasil até 2035

Imagem
A Chevrolet confirmou que deve transformar todas as suas fábricas do mundo em fábricas de modelos elétricos até meados de 2035 e isso deve incluir as três fábricas brasileiras e a unidade argentina. A marca confirmou que terá carbono neutro em todas as suas fábricas até 2040 e vai encerrar definitivamente a produção global de automóveis de passeio e caminhões a gasolina ou diesel até meados de 2035, incluindo Brasil e Argentina. "A General Motors está se juntando a governos e empresas em todo o mundo trabalhando para estabelecer um mundo mais seguro, mais verde e melhor. Nós encorajamos outros a seguir o exemplo e causar um impacto significativo em nossa indústria e na economia como um todo." , disse Mary Barra, presidente e CEO da GM. O grupo deve se concentrar em ofertar uma ampla de modelos elétricos em diversas faixas de preços, ao mesmo tempo que deve realizar parcerias com diversos órgãos públicos e empresas para ampliar a infraestrutura de carregamento necessária para

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030