Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Câmbio Manual

Stellantis comemora a marca de 15 milhões de transmissões feitas em Betim (MG)

Imagem
A Stellantis está comemorando a marca de 15.000.000 de transmissões produzidas na unidade de Betim (MG). Construídas no Polo Automotivo de Betim, a unidade opera em dois turnos e conta com uma fábrica de 800 funcionários responsáveis pela fabricação dos câmbios C-513 que equipam Argo, Cronos, Fiorino, Grand Siena, Mobi, Strada e Uno. Há ainda a produção do câmbio C-510, usado em Fiat Toro e Jeep Renegade. A produção se iniciou em 1976, juntamente com a produção de carros na unidade, no mesmo ano. Em 2020, por exemplo, foram produzidos 320 mil unidades de transmissões e em 2021 a meta é produzir mais de 500 mil câmbios, a maioria do C-513. Construída numa área de 30.000m², ela conta com uma série de áreas de usinagem, tratamento térmico e montagem. Cerca de 10% de toda a produção é enviada para a Argentina, onde a Fiat produz o Cronos, em Córdoba. Os dois câmbios são oferecidos em todos os carros com câmbio manual de Fiat e Jeep e são exportados para outros países da América Latina. “Es

Na Argentina, Volkswagen terá Nivus Trendline com motor 1.0 TSI e câmbio manual

Imagem
A Volkswagen confirmou que vai desenvolver uma nova versão para o Nivus para o mercado argentino. O SUV produzido no Brasil deve contar com motor 1.0 12v TSI a gasolina, associado a um câmbio manual de 6 marchas. O lançamento deve ocorrer em meados de março, de acordo com o site 16Valvulas , em entrevista com Martín Massimino, Diretor Comercial da Volkswagen Argentina. O motor em tese deve ser o mesmo do T-Cross 200TSI no mercado brasileiro, mas claramente, bebendo apenas gasolina. O motor desenvolve 116cv de potência com torque de 20,4kgfm. O Nivus começou a ser vendido na Argentina no mês de novembro e esgotou sua pré-venda por lá. Desde então já vendeu mais de 2.000 unidades, sendo que a VW quer vender cerca de 1.000 unidades mensais. Ainda não se sabe o que deve se perder do Comfortline em relação ao Trendline. Atualmente, o Comfortline é vendido com ar-condicionado, direção elétrica, sistema Keyless de alarme com comando remoto, banco do motorista com regulagem de altura, banco tr

Chevrolet Onix RS chega à Argentina com exportação apenas com câmbio manual de 5 marchas

Imagem
Apresentado em setembro no Brasil, a Chevrolet passou a exportar o Onix RS para a Argentina. Por lá, o hatch recebe o mesmo design do modelo brasileiro, mas sua mecânica possui algumas alterações. Produzido em Gravataí (RS), o Onix chega ao mercado argentino com câmbio manual de 5 marchas, repetindo a mesma mecânica que ele é oferecido por lá. Estranhamente, o Onix argentino usa o câmbio manual de 5 marchas no lugar do modelo de 6 marchas oferecido no mercado brasileiro. A Chevrolet destaca que isso seria por questões de custo, mas oferece também o câmbio automático de 6 marchas, exclusivo das versões mais caras. A versão RS se destaca por trazer visual mais agressivo, com novo para-choque dianteiro, grade e rodas pintadas em preto. O RS traz para-choque redesenhado para que a grade dianteira fique maior, além de trazer saias laterais, spoiler de teto, para-choque traseiro com novo desenho e escapamento com ponteira dupla. Na traseira, ainda é possível ver o logotipo do Turbo, que tamb

Toyota Yaris perde opções com câmbio manual e aumenta de preços; Yaris Sedan também encarece

Imagem
A Toyota confirmou que a dupla Yaris Hatch e Yaris Sedan perderam a opção de câmbio manual de 5 marchas. Agora, o interessado no Yaris só vai encontrar os modelos com o câmbio automático CVT, que simula 7 marchas. Essa mudança já era esperada pela Toyota há alguns meses, visto que as versões com câmbio manual e automático custavam praticamente o mesmo – e a gente sabe qual a preferência dos consumidores nessa faixa de preços. Tanto com o motor 1.3 16v Flex como o 1.5 16v Flex, os compactos passam a ser vendidos com o câmbio. Com isso, o Yaris Hatch perdeu a versão XL Live, assim como o Yaris Sedan. Além disso, os modelos começaram 2021 com preços maiores. Os valores dos carros aumentaram entre R$400 a R$1.200, dependendo da versão. A exceção fica por conta das versões XL 1.3 CVT e Série S 1.5 CVT para o Yaris Hatch e a versão XL Live 1.5 CVT para o Yaris Sedan. Fora essas opções, os preços aumentaram nas demais. No hatch, as versões XL Plus Connect, Way Connect, XS Connect e XLS Connec

Para atender demanda pelo TX4, Troller T4 chega à linha 2021 somente com câmbio automático

Imagem
A Troller aderiu 100% ao câmbio automático no T4. O jipe brasileiro, produzido no Ceará, passou a ser oferecido apenas com o câmbio automático, que chegou a versão XLT do modelo. Oferecido anteriormente com o câmbio manual de 5 marchas, o T4 XLT é oferecido por R$167.000, um pouco menos que os R$184.750 da versão TX4. Isso porque o modelo manual sumiu das concessionárias, de acordo com a revista Carro, além de ter sumido também do site da marca. Além disso, a revista entrou em contato com concessionárias de todo o país que confirmaram que a Troller não aceita mais pedidos pelo modelo com câmbio manual. Os mesmos concessionários ainda confirmaram que a versão TX4 possui uma fila de espera que pode chegar até 5 meses, muito por conta do câmbio automático. Apesar dele não ser oferecido na linha 2021, a Troller pode voltar a oferecer o câmbio manual em 2021, de acordo com fontes ligadas à revista. A falta do T4 manual estaria ligado ao fornecimento da transmissão pelo fornecedor e para ate

Citroën C4 Cactus perde versões com câmbio manual no Brasil e parte de R$89.990

Imagem
Após ganhar a série especial C-Series, o C4 Cactus perdeu algumas versões no mercado brasileiro. Depois de perder a versão Business para o consumidor PcD, a Citroën confirmou o fim de linha de algumas versões de entrada e intermediárias do C4 Cactus, que tinha vendas bem baixas e que não justificavam estar em linha. Com isso, ele perdeu as versões Live e Feel com câmbio manual deixaram de ser oferecidas. Agora, os interessados pelo C4 Cactus só poderão comprar o carro com a versão Live e Feel automáticas, que são as duas opções mais acessíveis do modelo. Com isso, ele começa em R$89.990 na Live AT, R$96.990 na Feel AT, R$99.990 na C-Series Edition, R$100.990 na Feel Pack, R$106.990 na Shine THP AT e R$115.990 na Shine Pack THP AT. Deixar de oferecer opções com câmbio manual para os SUVs compactos já tinha sido uma decisão que a Peugeot tinha tomado com o 2008 na sua reestilização, no ano passado e era questão de tempo para a Citroën adequar também o C4 Cactus. De série, o modelo vem eq

Mercedes-Benz confirmou que não deve mais investir em carros com câmbio manual

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que deve deixar de produzir o câmbio manual para seus modelos. De acordo com a marca alemã, a Daimler quer diminuir seus gastos com o investimento em modelos elétricos. Com isso, o câmbio manual deve ser deixado de lado pelos alemães, mas de forma gradual, de acordo com informações. Isso já não era uma surpresa, vide que a percentagem de câmbios manuais dentro da linha Mercedes já estava perdendo terreno há alguns anos. Segundo Marcus Schaeffer, Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Mercedes-Benz, disse ao jornalista automotivo Greg Kable, que a Mercedes deve “eliminar as transmissões manuais”. A aposentadoria desse tipo de câmbio será aos poucos e a maioria dos Mercedes com câmbio manual são as versões mais esportivas, em especial dentro da linha AMG. A medida deve afetar principalmente a Europa, que ainda oferecia essa opção aos seus consumidores. No Brasil, por exemplo, a Mercedes não oferece nenhum modelo com câmbio manual, nem mesmo os modelos da linha A

Ford aumenta o leque de versões do Bronco com câmbio manual nos EUA, a pedido de clientes

Imagem
Enquanto nós, consumidores brasileiros, falamos com as paredes, nos Estados Unidos a Ford atendeu a pedidos dos consumidores que queriam que a marca oferece o Bronco Sasquatch com uma opção de câmbio manual de 7 marchas (6+1). O pacote era oferecido apenas com opção de câmbio automático de 10 marchas, no entanto a Ford acatou o pedido dos consumidores, visto que o principal concorrente também conta com uma opção de câmbio manual. A oferta do câmbio manual seria apenas para as versões de entrada e a Badlands. A marca tinha recebido críticas por não ter estendido o câmbio para outras versões do Bronco, algo que chegou a ser visto como uma falta de percepção da marca com os clientes. “A comunidade do Bronco falou e nós os ouvimos. Nossa equipe agiu rapidamente para adicionar o Sasquatch com uma transmissão manual – outro exemplo de nosso foco em oferecer aos clientes os melhores veículos off-road possíveis e acessórios que podemos” , disse Mark Grueber, Gerente de Marketing ao Consumidor

Chevrolet Onix RS deve ter opções de câmbio manual e automático, segundo site

Imagem
Previsto para ser apresentado dentro de alguns dias, o Chevrolet Onix RS deve fazer parte da lista de novidades da linha 2021 do Onix em nosso mercado. A versão com visual mais esportivo deve substituir a versão Effect, de geração anterior. A versão, em tese, seria lançada apenas com a configuração 1.0 12v Turbo Flex capaz de desenvolver 116cv e 16,8kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas. De acordo com informações do site Autos Segredos , a Chevrolet também deve lançar o Onix RS com câmbio automático de 6 marchas. A versão deve ser oferecida nas cores Branco Summit, Preto Ouro Negro e Vermelho Carmin. Nas cores branco e vermelho, o teto é pintado em preto. A versão RS se destaca por trazer visual mais agressivo, com novo para-choque dianteiro, grade e rodas pintadas em preto. Na traseira ele possui um spoiler, também pintado em preto. O lançamento da versão RS do Onix deve acontecer ainda em 2020. O hatch compacto passa a ter uma aparência mais esportiva com as mudanças, que de

Jeep Renegade, com motor 1.3 16v Firefly Turbo, deve contar com quatro versões, diz site

Imagem
Previsto para ser apresentado em 2021, o Jeep Renegade Turbo deve solucionar a sua principal crítica: o motor 1.8 16v EtorQ Flex, pesado, nada econômico e que não ajuda ao modelo ter uma boa imagem no mercado. Como o Renegade é pesado frente à sua concorrência, ele precisa de um motor mais forte. De acordo com o site Autos Segredos, a Jeep deve oferecer o Renegade Turbo em quatro versões com o moderno motor 1.3 16v Firefly Turbo Flex. De acordo com o site, o Renegade será vendido nas versões Sport MT, Sport AT, Longitude AT, Limited AT e Night Eagle AT. Com isso, se confirma que o Renegade será vendido com motor 1.3 16v Turbo que desenvolve 150cv de potência com torque de 27,5kgfm (por aqui eles podem ser ainda mais potentes com a adição do Etanol), acoplado a um câmbio manual de 5 marchas ou automático CVT. Isso confirma que apenas a versão Standard do Renegade deve permanecer com o motor 1.8. O modelo ainda segue em testes e deve ser apresentado ainda no primeiro semestre de 2021

Nivus manual? Volkswagen confirma que considerou desenvolver SUV com o câmbio

Imagem
A Volkswagen trouxe o Nivus no mês passado como uma das suas principais apostas do mercado nacional para 2020. O modelo chegou ao país apenas nas duas configurações de versões, a Comfortline e a Highline, além da série especial de lançamento, a Highline Lauching Edition. Uma das questões muito levantadas pelos internautas é o porquê o Nivus não terá versões Sense (destinada ao público PcD, Pessoas com Deficiência) e nem o motor 1.4 TSI Flex. De acordo com os executivos da Volks, essas opções devem ser exclusivas do T-Cross. Mas e o câmbio manual, porque não veio. Se a ideia da Volkswagen era desenvolver um modelo com uma pegada esportiva, oferece-lo com câmbio automático de 6 marchas não seria um erro estratégico ou de marketing? Durante o lançamento do modelo, o Vice-Presidente de Vendas e Marketing, Gustaco Schmidt, disse que os consumidores da faixa de preços do Nivus, entre R$80 a R$100 mil, não compram carros com câmbio manual, é uma parcela muito pequena que a marca pôde comp

Hyundai confirma câmbio semiautomático para o Venue, sistema batizado de iMT

Imagem
A Hyundai deve desenvolver o Venue com uma nova opção de câmbio, a opção semiautomática, batizado na Hyundai como iMT. O novo câmbio deve aliar a opção de câmbio manual com apenas dois pedais, sem a embreagem. Isso porque o sistema traz um atuador eletrônico que aciona a embreagem quando entende que o motorista quer trocar de marcha. O sistema é diferente de um câmbio automatizado, porque obriga o motorista a trocar as marchas pela alavanca como em um câmbio manual convencional. Com isso, o motorista deve retirar o pé do acelerador na troca de marcha da mesma maneira que um manual convencional, evitando os trancos de um câmbio automatizado, por exemplo. O câmbio deve ser oferecido ao Venue, apenas para a Índia. A nova opção chega em momento oportuno na Índia. Isso porque o modelo se tornou um grande sucesso de vendas. No ano passado, filas de 50 mil interessados estavam em busca de uma unidade do modelo. Por lá, ele foi lançado com os motores 1.0 12v TGDI de 120cv junto ao câmbio a

Kia revela uma solução para manter câmbio manual num mundo cada vez mais automático

Imagem
A Kia revelou uma solução para o câmbio manual no futuro. Isso porque a marca apresentou o sistema iMT (inteligente Manual Transmissin), que propõe aplicar os aceleradores by-wire, aliando a tecnologia com a embreagem. Com esse novo recurso, o câmbio manual poderá se manter no mercado, introduzindo o sistema de embreagem by-wire. O câmbio manual não deve se tornar robotizado como os que já existem há certo tempo, mas trata-se de um sistema que continua dependendo do pedal de embreagem e da alavanca de câmbio, que não está mais conectada fisicamente ao pedal, mas que mesmo assim funciona eletronicamente, enviando o sinal através do pedal para acoplar ou desacoplar a embreagem. Com o desenvolvimento dessa tecnologia, a Kia espera que a embreagem transmita o tato gradual de um sistema de uso, que deve simular o ponto de fricção de uma embreagem convencional. De acordo com informações da marca, essa nova transmissão deve estrear nas novas gerações de Kia Rio e Kia Ceed e inicialmente d

BMW M2 Competition chega ao mercado brasileiro oficialmente por R$439.950 e com câmbio manual

Imagem
A BMW está apresentando no Brasil o M2 Competition com câmbio manual de 6 marchas. Depois de ser apresentado como série especial em abril deste ano, o cupê ganha a versão definitiva no mercado. Com isso, o esportivo passa a ser vendido por R$439.950 contra os R$399.950 do modelo da série especial de lançamento. A versão chega com potência maior, com o motor 3.0 TwinPower Turbo de seis cilindros em linha que chega a 410cv de potência e 56,1kgfm, acoplado no mesmo câmbio manual de 6 marchas. Segundo a BMW, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,4 segundos com câmbio manual. Ele é 0,1 segundo mais rápido que o M2 convencional, enquanto a velocidade máxima é limitada a 250km/h, podendo chegar a 280km/h com o pacote M Driver. Para ficar mais potente, ele ganha um sistema de arrefecimento do M4 Competition e o virabrequim forjado é mais leve e as camisas especiais dos cilindros permitem que o motor chegue a 7.600 rpm. O sistema de óleo tem uma bomba suplementar para garantir a lubrificação me

Ford confirma uso de um inédito câmbio manual de "7 marchas" no retorno do Bronco

Imagem
A Ford deve apresentar o retorno do Bronco dentro de alguns meses. Enquanto ele não retorna, surgem novas informações sobre o modelo. Ele deve ser oferecido com uma opção de câmbio manual de 7 marchas e que está em desenvolvimento. A primeira vez que se ouviu que o Bronco poderia ser equipado com câmbio manual de 7 marchas foi em 2018, ainda quando nem os protótipos tinha começado a maratona dos testes. De acordo com informações do site TFLCar , a caixa de transmissão que a Ford desenvolve é uma opção um tanto quanto diferente. Na versão é um câmbio manual de 6 marchas, que deve ser um câmbio “6+E”. A sétima marcha seria uma marcha da tração bem reduzida, contando apenas com um engate adicional para reduzir a relação quando o veículo está com o 4x4 engatado. No passado esse tipo de câmbio já tinha sido usado pelo Bronco, a fim de simular uma reduzida com a primeira marcha no SUV diesel. Esse novo câmbio do Bronco deve contar com algum dispositivo de proteção para evitar o engate, assim

Porsche 911 ganha opção de câmbio manual de 7 marchas nas versões Carrera S e Carrera 4S

Imagem
A Porsche apresentou um novo câmbio manual de 7 marchas para a atual geração do 911 na Europa. O superesportivo ganha a opção de câmbio manual com a geração 992 e o novo câmbio manual de 7 marchas deve ser oferecido nas versões Carrera S e Carrera 4S. As opções com câmbio manual ou automático de dupla embreagem PDK de 8 marchas devem ser vendidos pelo mesmo preço, ficando a critério do consumidor optar. Dedicada aos puristas da marca, o câmbio manual de 7 marchas adicionado o pacote Sport Chrono sem custo, tornando assim a condução mais esportiva nesses casos. O câmbio manual ainda recebe o inovador InnoDrive, que é um sistema de navegação preditiva por GPS. O sistema mapeia os detalhes da estrada e antecipa ações para tornar a condução mais eficiente ou mais esportiva, medindo inclusive a inclinação das curvas e seus limites de velocidade. Outra novidade é o sistema Smartlift, que eleva a altura do eixo dianteiro, permitindo assim ter mais segurança em rampas de garagem ou mesmo lomba

BMW apresenta M2 Competition com câmbio manual por R$399.950 que esgota em 24h

Imagem
A BMW trouxe, quase que em segredo, um lote de 24 unidades do M2 Competition ao Brasil. Na realidade, um novo lote. Isso porque ele foi lançado em 2018 por R$377.950, mas com o câmbio automático de dupla embreagem de 7 marchas. Agora, a marca trouxe 24 unidades do modelo com câmbio manual, que foram esgotadas em 24 horas de pré-venda. As unidades estão previstas para ser lançadas no Brasil entre os meses de junho a julho, de acordo com a revista Autoesporte . A pré-venda se iniciou ainda em 2019 e foram apenas 24 horas para se esgotar as unidades com câmbio manual de 6 marchas; o fato é que ninguém sabia dessa investida da marca com o novo lote. A versão chega com potência maior, com o motor 3.0 TwinPower Turbo de seis cilindros em linha que chega a 410cv de potência e 56,1kgfm, acoplado no mesmo câmbio manual de 6 marchas. Segundo a BMW, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,4 segundos com câmbio manual. Ele é 0,1 segundo mais rápido que o M2 convencional, enquanto a velocidade máxima é

Kia descarta possibilidade do Rio ter motor 1.0 12v T-GDi e opção de câmbio manual no Brasil

Imagem
Lançado em janeiro no Brasil, o Kia Rio chegou em duas versões, LX e EX, e com o motor 1.6 16v Flex como a única opção mecânica do hatch. A Kia até poderia aproveitar o uso de novos motores para o lançamento do Rio no Brasil, como o 1.0 12v T-GDI Flex, que seria o ideal para concorrer com Volkswagen Polo, Chevrolet Onix e os futuros lançamentos. Esse motor seria o mesmo usado pela segunda geração do Hyundai HB20. Ele desenvolve 120/120cv de potência com torque de 17,8/17,8kgfm, sempre com câmbio automático de 6 marchas. Esse motor passa a adotar um novo sistema de injeção direta de combustível. O motor 1.0 12v Turbo Flex automático consome 8,6km/l e 12,2km/l na cidade com etanol/gasolina e 10,3km/l e 13,9km/l na estrada, isso no Hyundai HB20. No entanto, o Rio fez sua estreia com o 1.6 16v Flex que passa a desenvolver 130/123cv de potência com torque de 16,8/16,3kgfm, fazendo médias de 7,8km/l e 11,5km/l e 9,8km/l e 13,9km/l respectivamente. O não uso do motor 1.0 T-GDI foi uma res

VW comemora a marca de 1,5 milhão de unidades produzidas na Argentina e confirma US$800 milhões em investimentos

Imagem
Inaugurada em 1995, a fábrica de General Pacheco, na Argentina, comemorou o marco de 1,5 milhão de unidades produzidas. A Volkswagen Amarok V6 foi a unidade de número 1.500.000º. Pintada na cor Honey Orange e com volante no lado direito, a unidade tinha como destino a África do Sul. Comemorando dez anos de produção em 2019 na Argentina, a Amarok responde por 568 mil unidades produzidas em General Pacheco. É o modelo mais produzido na unidade e é hoje um dos polos de produção da Amarok a nível global. “Estamos muito orgulhosos de alcançar este marco de produção em Pacheco, que reflete o compromisso que a Volkswagen tem com o desenvolvimento da indústria local” , declarou Thomas Owsianski, presidente e CEO do Volkswagen Group Argentina. “Além disso, completamos 10 anos do projeto Amarok, a primeira pick-up global do Grupo Volkswagen, que foi desenvolvida na Argentina”. A unidade de General Pacheco já produziu a segunda geração do Gol, que teve 190.511 unidades vendidas de 1995 a 2003

De Tomaso apresenta mais detalhes do motor do P72, que deve ser um 5.0 V8 capaz de ter 700cv

Imagem
Depois de apresentar o retorno da De Tomaso no ano passado, durante o Festival de Goodwood, surgiu mais algumas informações sobre o P72. Ele deve ser desenvolvido com motor 5.0 V8, desenvolvido pela Roush Performance e usado pela Ford. O motor deve ter um sistema de sobrealimentação permite ter uma melhor eficiência térmica, velocidade de resposta e uma entrega de potência mais linear que o motor de origem. O novo motor 5.0 V8 deve desenvolver 700cv de potência e deve ter torque de 82,5kgfm. O câmbio deve manual de 6 marchas, que foi retrabalhado para cumprir as regras de emissões tanto europeu como estadunidense. “Ao buscar este aspecto importante do programa, não houve reservas para estabelecer uma colaboração técnica com Jack Roush e sua empresa, a Roush Performance, que tem uma longa lista de reconhecimentos no segmento automotivo e uma profunda história vinculada à Ford. A Roush, assim como outros, participou no desenvolvimento do powertrain do Ford GT de 2005 com um motor V8

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Tesla revela nova informação sobre design da Cybertruck, que estreia no fim do ano

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Mercedes-Benz apresenta a nova geração da Classe C Estate, que estreia na Europa