Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jiangling

Ford registra imagens de patente do Equator na China, o irmão maior do Territory

Imagem
A Ford apresentou na Chinna mais um utilitário esportivo. O modelo em si é um SUV que deve ficar acima do Territory no lineup da Ford na China. O carro deve ser produzido em JMC, assim como o Territory. O modelo foi registrado em imagens de patente no Ministério da indústria e Tecnologia da Informação, que registra as patentes dos modelos. O modelo é um SUV de sete lugares que possui 4,905 metros de comprimento, 2,865 metros entre os eixos, 1,930 metro de largura e 1,755 metro de altura. O modelo deve contar com opções de rodas de 18, 19 e 20 polegadas, dependendo da versão. Além disso, ele será equipado com teto solar panorâmico, faróis Full-LED, faróis de neblina em LED e lanternas também. Visualmente, o Equator conta com faróis bem pequenos, que trazem faróis com DRL que se interligam com a grade dianteira que parece estar em formato em “U”. O modelo ainda conta com faróis principais e faróis d neblina numa mesma espaço, em posição mais central da dianteira. O modelo conta com um ac

Renault anuncia desenvolvimento e comercialização de carros e comerciais leves elétricos na China

Imagem
A Renault confirmou que deve mudar seus planos e anunciou que deve deixar de produzir carros de passeio com motores a gasolina e a diesel na China. Com esta mudança de planos, o grupo francês deve concentrar apenas na fabricação de carros elétricos e comerciais leves. A Renault deve pôr em prática os novos planos no maior mercado mundial, transferindo sua participação na joint-venture Dongfeng-Renault Automotive Company. A francesa deve focar no desenvolvimento para a produção de comerciais leves em joint-venture com a Brilliance-Jinbei e de carros compactos elétricos com a eGT New Energy Automotive e a Jiangxi Jiangling Group Electric Vehicle. A Renault espera que até 2030, ¼ das vendas sejam de modelos elétricos na China, uma cifra bastante interessante e que atiça o desenvolvimento da marca. No ano passado, apresentou o City K-ZE com motor elétrico que confere uma autonomia de 250km, carregando 80% da bateria em 50 minutos. Em tomada comum, ele precisa de 4 horas para encher a bater

Renault investe quase 130 milhões de euros em joint-venture com a Jiangling

Imagem
A Renault apresentou mais detalhes de uma parceria que fechou com a Jiangling. A joint-venture deve dar à marca francesa mais um carro elétrico na China. A parceria deve desenvolver apenas carros elétricos e a sua produção no mercado do gigante país asiático. Pelo o que foi definido, a Renault deve investir o total de 128,5 milhões de euros no projeto e deve se tornar a acionista majoritária de uma subsidiária da Jiangling, a JMEV. Ainda com baixos volumes, a subsidiária tem conquistado cada vez mais índices animadores de crescimento, vendendo 38 mil elétricos em 2017 e cerca de 50 mil unidades em 2018. “A China é um mercado chave para o grupo Renault. Essa parceria no negócio de veículos elétricos com a JMCG apoiará nosso plano de crescimento na China e nossas capacidades” , disse em um comunicado Francois Provost, vice-presidente da Renault responsável pela região da China. “Como pioneira e líder no mercado europeu de EV por 10 anos, vamos capitalizar nossa experiência em P&D

Acordo para desenvolvido de elétricos da Renault cresce na China com parceria com Jiangling

Imagem
Tendo na China o maior mercado do mundo, a Renault confirmou que deve expandir a sua linha de carros elétricos no gigante asiático. A parceria com a Brilliance é um dos pontos que deve fazer com que a marca aumente a sua participação na China, mas não deve ficar apenas nisso. Segundo informações vindas da China, o novo acordo com a Brilliance tem como protagonista a marca Jiangling Motors, que a Renaulr optou por adquirir participação na empresa, principalmente na filial especializada em veículos elétricos, a Jiangling Motors Electric Vehicle (JMEV). Esse acordo deve ajudar a francesa a estabelecer forças na China e deve ser anunciado em breve, de maneira oficial. Ainda não se sabe maiores detalhes da parceria e nem as participações das ações da Renault na JMEV, mas o movimento estratégico para crescer na China já foi definido. Novata, a Jiangling surgiu em 2015 e vende carros de várias outras marcas chinesas como carros seus e com propulsão elétrica. Em 2017, a marca vendeu 37 mil

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior