Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jiangling

Ford registra imagens de patente do Equator na China, o irmão maior do Territory

Imagem
A Ford apresentou na Chinna mais um utilitário esportivo. O modelo em si é um SUV que deve ficar acima do Territory no lineup da Ford na China. O carro deve ser produzido em JMC, assim como o Territory. O modelo foi registrado em imagens de patente no Ministério da indústria e Tecnologia da Informação, que registra as patentes dos modelos. O modelo é um SUV de sete lugares que possui 4,905 metros de comprimento, 2,865 metros entre os eixos, 1,930 metro de largura e 1,755 metro de altura. O modelo deve contar com opções de rodas de 18, 19 e 20 polegadas, dependendo da versão. Além disso, ele será equipado com teto solar panorâmico, faróis Full-LED, faróis de neblina em LED e lanternas também. Visualmente, o Equator conta com faróis bem pequenos, que trazem faróis com DRL que se interligam com a grade dianteira que parece estar em formato em “U”. O modelo ainda conta com faróis principais e faróis d neblina numa mesma espaço, em posição mais central da dianteira. O modelo conta com um ac

Renault anuncia desenvolvimento e comercialização de carros e comerciais leves elétricos na China

Imagem
A Renault confirmou que deve mudar seus planos e anunciou que deve deixar de produzir carros de passeio com motores a gasolina e a diesel na China. Com esta mudança de planos, o grupo francês deve concentrar apenas na fabricação de carros elétricos e comerciais leves. A Renault deve pôr em prática os novos planos no maior mercado mundial, transferindo sua participação na joint-venture Dongfeng-Renault Automotive Company. A francesa deve focar no desenvolvimento para a produção de comerciais leves em joint-venture com a Brilliance-Jinbei e de carros compactos elétricos com a eGT New Energy Automotive e a Jiangxi Jiangling Group Electric Vehicle. A Renault espera que até 2030, ¼ das vendas sejam de modelos elétricos na China, uma cifra bastante interessante e que atiça o desenvolvimento da marca. No ano passado, apresentou o City K-ZE com motor elétrico que confere uma autonomia de 250km, carregando 80% da bateria em 50 minutos. Em tomada comum, ele precisa de 4 horas para encher a bater

Renault investe quase 130 milhões de euros em joint-venture com a Jiangling

Imagem
A Renault apresentou mais detalhes de uma parceria que fechou com a Jiangling. A joint-venture deve dar à marca francesa mais um carro elétrico na China. A parceria deve desenvolver apenas carros elétricos e a sua produção no mercado do gigante país asiático. Pelo o que foi definido, a Renault deve investir o total de 128,5 milhões de euros no projeto e deve se tornar a acionista majoritária de uma subsidiária da Jiangling, a JMEV. Ainda com baixos volumes, a subsidiária tem conquistado cada vez mais índices animadores de crescimento, vendendo 38 mil elétricos em 2017 e cerca de 50 mil unidades em 2018. “A China é um mercado chave para o grupo Renault. Essa parceria no negócio de veículos elétricos com a JMCG apoiará nosso plano de crescimento na China e nossas capacidades” , disse em um comunicado Francois Provost, vice-presidente da Renault responsável pela região da China. “Como pioneira e líder no mercado europeu de EV por 10 anos, vamos capitalizar nossa experiência em P&D

Acordo para desenvolvido de elétricos da Renault cresce na China com parceria com Jiangling

Imagem
Tendo na China o maior mercado do mundo, a Renault confirmou que deve expandir a sua linha de carros elétricos no gigante asiático. A parceria com a Brilliance é um dos pontos que deve fazer com que a marca aumente a sua participação na China, mas não deve ficar apenas nisso. Segundo informações vindas da China, o novo acordo com a Brilliance tem como protagonista a marca Jiangling Motors, que a Renaulr optou por adquirir participação na empresa, principalmente na filial especializada em veículos elétricos, a Jiangling Motors Electric Vehicle (JMEV). Esse acordo deve ajudar a francesa a estabelecer forças na China e deve ser anunciado em breve, de maneira oficial. Ainda não se sabe maiores detalhes da parceria e nem as participações das ações da Renault na JMEV, mas o movimento estratégico para crescer na China já foi definido. Novata, a Jiangling surgiu em 2015 e vende carros de várias outras marcas chinesas como carros seus e com propulsão elétrica. Em 2017, a marca vendeu 37 mil

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Lifan apresenta as primeiras novidades, agora no controle da Geely Group, e retoma produção

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Nova geração do Audi A4 será apresentada em 2023 e será geração de transição para o elétrico

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790