Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Tata

Tata Group confirma que espera investimento de US$ 1 bilhão em oferta pública para BEVs

Imagem
Tata Group confirma que quer arrecadar US$ 1 bilhão com a venda de ações, da sua divisão de elétricos na marca, com a chegada de novos investidores A Tata Group confirmou que planeja fazer com que a marca Tata, líder do grupo, alcance US$ 1 bilhão de investimentos por meio da venda de ações para acionistas da empresa, após executivos da marca conversarem com investidores durante o Private Equity e outros fundos de investimentos para possíveis negócios. A informação foi confirmada pelo The Economic Times, que explanou o desejo da Tata de receber um pesado investimento por essa modalidade de arrecadação. A Tata espera vender uma participação minoritária, mas significativa, da empresa, numa avaliação de US$ 10,5 bilhões. De acordo com informações do Automotive News , fundos de investimentos como Abu Dhabi Investment Authority, Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita, Temasek Holdings de Cingapura, KKR, General Atlantic e Mubadala Investment Company se interessaram na compra. A T

Tata apresenta o Harrier EV Concept, que antecipa uma versão elétrica prevista para 2024

Imagem
Tata apresenta no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, o Harrier EV Concept; modelo será uma prévia de como será a futura versão elétrica do SUV A Tata apresentou as primeiras imagens de um novo conceito no Salão de Nova Déli, na Índia. Trata-se do Harrier EV Concept, que antecipa uma futura versão elétrica do Harrier. Muito provavelmente, essa novidade deve aparecer na reestilização do utilitário esportivo, que foi apresentado em 2018, ou seja, já é hora do Harrier receber novidades. Por ser elétrico, o Harrier EV é desenvolvido a partir de uma plataforma OMEGA-Arc. Esta, é conhecida como Optimal Modular Efficient Global Advanced Architecture, derivada da plataforma D8 desenvolvida pela Jaguar-Land Rover e que é o sustente do Discovery Sport. Visualmente, o conceito traz um design que é tipicamente uma prévia da reestilização. Ele aparece com faróis divididos em dois andares, sendo a parte superior afilada e que se conecta com uma barra igualmente iluminada, enquanto a grade d

Tata apresenta novamente o CURVV Concept, que fica mais próximo do modelo de produção

Imagem
Tata apresenta uma versão atualizada do CURVV Concept no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, que é mais próximo do modelo de produção A Tata apresentou uma versão conceitual mais próxima do modelo de produção do CURVV Concept, apresentado no ano passado. Agora, o SUV conceitual ganha uma versão com alguns elementos mais próximos de um carro de produção. O SUV foi apresentado no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, antecipando um SUV elétrico que deve ser apresentado em meados de 2025, compondo uma nova família de utilitários esportivos elétricos. De perfil cupê, o CURVV tem um porte compacto. Visualmente, o CURVV revelado em Nova Déli ganha uma barra iluminada em LED na parte superior, que possui um prolongamento com um acabamento prateado que invade um pouco o capô. Essa barra em LED possui um acabamento em preto brilhante que sustenta também o logotipo da marca. Abaixo dela, o modelo tem uma imitação de entradas de ar do que seria uma grade dianteira, com elementos em

Tata apresenta o Sierra EV Concept no Salão de Nova Déli e antecipa versão de produção

Imagem
Tata apresenta o Sierra EV Concept no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, que antecipa um elétrico com aptidão mais off-road para a marca indiana  A Tata foi ao Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, apresentar um novo modelo chamado de Sierra EV Concept. A novidade estreia como um pequeno jipe de porte compacto que será elétrico e pode antecipar um futuro lançamento da marca. O novo modelo estreia com a nova identidade visual da marca e que neste conceito traz linhas mais robustas. Visualmente falando, a dianteira de destaca por trazer faróis divididos em dois andares. A parte superior possui uma iluminação diurna (DRL) em LED, que se conectam por meio de uma barra em LED e um acabamento em preto brilhante. O compacto ainda possui uma grade dianteira com linhas bem limpas, que se destacam por trazer o logotipo da marca ao centro, iluminado. O Sierra EV ainda tem um para-choque dianteiro que traz um acabamento em preto brilhante na maioria da peça, sendo que nas extremidad

Tata Nano pode ganhar segunda geração e ser puramente elétrico nos próximos anos

Imagem
Tata parece não estar descartando o retorno do Nano com uma nova geração e sendo puramente elétrico, para os próximos anos A Tata parece não estar descartando a possibilidade de voltar a oferecer o Nano com uma nova geração, o que aconteceria em meados desta década ainda. O modelo retornaria como um carro elétrico, sendo ainda mais acessíveis que o trio de modelos Tiago, Tigor e Nexon. Menor que o Tiago, o novo Nano passaria por um trabalho do zero onde ele seria melhor em todos os pontos onde ele foi criticado durante seus onze anos de mercado, entre 2009 a 2020. Sendo um elétrico, o carro passaria por melhoria em várias áreas, como plataforma, suspensão, pneus, design externo e interno. Isso mostra que ele poderia ser desenvolvido a partir de uma nova plataforma dedicada para carros elétricos e chegaria com um design de acordo com a identidade atual da marca. Informações ainda dão conta que a Tata poderia fazer com que a nova geração do subcompacto pudesse vir com baterias da Ziptr

Tata apresenta o Tiago EV, que chega ao mercado indiano com motor elétrico de 75cv

Imagem
Tata apresentou o Tiago elétrico na Índia, que ganha a opção com um motor 75cv, mas com uma autonomia baixa de apenas 194km  A Tata confirmou a chegada de uma versão elétrica do seu hatch compacto, o Tiago. Chamado de Tiago EV, a novidade desembarca como a primeira opção com motor elétrico do hatch, fazendo companhia para a dupla de compactos que também tem motor elétrico, o Nexon e o Tigor. O Tiago passa a ser equipado com um motor elétrico que desenvolve 75cv e 11,6kgfm de torque, responsáveis por fazer ele acelerar de 0 a 60km/h em 5,7 segundos. Ele possui um motor elétrico único de ímã permanente e que vem com uma bateria pequena, de apenas 19,2kWh, que não prejudica muito sua autonomia. Com isso, ele entrega 255km de autonomia. Essa bateria estará disponível para a versão XE, de entrada do hatch. Isso porque ele ainda poderá ser vendido com uma bateria de 24kWh, disponível nas versões XT, XZ+ e XZ+ Tech Lux, sendo que os dois últimos vem de série com um carregador WallBox de 3,3

Ford Group vende fábrica na Índia para a Tata Group, que vai produzir elétricos em Sanand

Imagem
A Tata Group confirmou a aquisição de uma das fábricas deixadas pela Ford na Índia. Os indianos adquiriram a unidade de Senand, na região de Gujarat pelo equivalente a 7,25 bilhões de rúpias, algo em torno dos US$ 91,5 milhões. Antes de ser adquirida, a compra ainda precisa da aprovação final do governo. A fábrica será destinada para a divisão elétrica da Tata, chamada de Tata Passenger Electric Mobility Limited (TPEML). É de lá que serão produzidos os novos modelos elétricos que a Tata desenvolve. O acordo de compra não leva em consideração apenas o terreno, como também o maquinário e os empregados vão poder ser mantidos. A Ford fechou a unidade de Senand em setembro de 2021 ao confirmar que, “apesar de investir significativamente na Índia, a Ford acumulou mais de US$ 2 bilhões em perdas operacionais nos últimos 10 anos, e a demanda por veículos novos foi muito mais fraca do que o previsto” , nas falas de Jim Farley, CEO da Ford. Por lá, a Ford vai manter apenas a produção de motores

Tata quer vender 50 mil elétricos ao final do atual ano-fiscal, que se encerra em 2023

Imagem
A Tata confirmou que pretende vender cerca de 50 mil unidades de elétricos ao ano ao fim deste ano-fiscal da empresa, em 2023. De acordo com informações de uma entrevista para a Agência Reuters, Natarajan Chandrasekaran, Presidente da Tata, disse que o desempenho da marca em vendas de carros elétricos deve melhorar nos próximos meses com a chegada do Nexon Max. Outro fator que vai ajudar é a crise dos semicondutores, onde analistas acreditam que o pior já passou. No ano fiscal 2021-2022, a Tata vendeu 19.105 unidades de elétricos, aumento de 353% em relação ao ano-fiscal anterior. “Continuamos trabalhando em estreita colaboração com nossos clientes e parceiros do ecossistema para mitigar riscos e gerenciar incertezas. Assim, esperamos que o desempenho melhore progressivamente ao longo do ano, com o segundo semestre do EF23 sendo notavelmente melhor do que o primeiro semestre.” , disse Chandrasekaran. Até meados de 2026, a Tata estima vender 25% das suas vendas de carros elétricos, com

Tata assina memorando de compra fábrica da Ford, em Sanand, para produzir elétricos

Imagem
Na Índia, a Tata pode estar interessada em uma das fábricas da Ford para expandir a sua capacidade produtiva. De acordo com informações, a Tata assinou um memorando de entendimento (MOU) para uma potencial compra da unidade de Sanand, estado de Gujarat, na Índia. A fábrica produzia o Figo, Figo Sedan e Figo Aspire, as versões indianas dos nossos Ford Ka e Ka Sedan. Sendo a marca que mais produz e vende automóveis elétricos na Índia, a compra da unidade de Sanand seria interessante para a marca expandir ainda mais seus mercados, de onde poderia exportar seus carros para outros mercados. Detalhes da compra da unidade ainda são guardados e a aquisição pode ser adquirida dentro dos próximos meses, visto que não é um processo curto. Segundo informações do Economic Times Índia , a fábrica deve ser adquirida por um valor entre US$ 100 a US$ 150 milhões. Se a Tata adquirir a unidade de fato, terá que realizar um grande investimento de modernização da unidade, renovando todo o maquinário e equi

Tata apresenta o Nexon EV Max na Índia, que traz bateria maior e um motor pouco mais forte

Imagem
A Tata confirmou a estreia de uma nova opção de bateria para o Nexon EV na Índia. Por lá, o SUV subcompacto passa a ser vendido com um bateria de maior autonomia, que é chamado de Nexon EV Max. A antiga versão ainda continua em linha apenas como Nexon EV. A versão Max se diferencia exatamente pela bateria de maior capacidade e de melhorias em termos estéticos e de equipamentos. Mas vamos ao que mais importa, a nova bateria. De acordo com a Tata, o EV Max será vendido nas versões XZ+ e ZX+ Lux, com duas opções de carregamento. Ele poderá ser vendido com um carregador de 3,3kW e um outro de 7,2kW. Contando com uma nova bateria de 40,5kWh, o Max possui uma autonomia de 437km. Com essa bateria, ele traz melhorias também no motor elétrico. Ele desenvolve 143cv e 25,5kgfm, permitindo que ele acelere de 0 a 100km/h em 9 segundos. Com os carregadores citados, o SUV recupera 100% da bateria em 16 horas com o carregador de 3,3kW ou 6 horas para o carregador de 7,2kW. Infelizmente, a bateria não

Tata Nexon EV ganhará uma versão com bateria de 40kWh, com autonomia maior, de 400km

Imagem
A Tata confirmou que vai desenvolver novidades para o Nexon elétrico, chamado pelos indianos de EV. De acordo com a Tata, o Nexon EV vai receber uma opção de bateria de 40kWh, de íons de lítio, que vai oferecer cerca de 400km de autonomia. Essa nova bateria será um ganho em relação ao motor usado atualmente. Com a bateria de íons de lítio de 30,2kWh, a autonomia é de 312km, com carregamento em carga rápida de 1 hora, que confere 80% da bateria. Enquanto um carregador CA padrão de 15 A leva cerca de 8 a 9 horas para carregar a bateria em 100%. O motor elétrico desenvolve 130cv de potência e torque de 24,5kgfm, que faz com que o modelo acelere de 0 a 100km/h em 9,9 segundos. A bateria já estava sendo trabalhada para chegar ao SUV desde o final do ano passado, com previsão de lançamento neste ano de 2022. A nova bateria de 40kWh deve ser oferecida como uma opção acima da bateria de 30,2kWh. Essa última, única atualmente oferecida, possui garantia de 8 anos ou 160.000km e o restante do car

Tata acredita que o futuro dos carros será o comando de voz, em substituição às telas

Imagem
Depois de apresentar o Avinya Concept, a Tata confirmou que o futuro dos seus carros será ter comando por voz. Isso explica o motivo do conceito não ter uma variedade de telas que cumprem uma série de funções diferentes. Tudo isso será função do comando de voz. A informação foi confirmada por Martin Uhlarik, chefe de Design Global da Tata Motors. De acordo com o executivo, essa será uma visão do que a empresa acredita que seja o futuro dos carros. “É uma corrida armamentista hoje, onde vai terminar? Além disso, se você olhar para o design centrado no ser humano, estamos vendo tantas telas em nossas vidas e não é necessariamente uma boa experiência, você precisa das informações, é claro, mas queremos fornecê-las de uma maneira que não seja arrogante” , diz Uhlarik. O próprio Avinya, por exemplo, possui apenas uma tela touchscreen no volante, que cumpre a função do quadro de instrumentos. “Sou um cara de botão, meu filho de 20 anos é um cara de tela sensível ao toque e minha filha de 13

Tata Group também entra para o grupo das que querem produzir seus próprios chips

Imagem
Visando um futuro eletrificado, a Tata confirmou que não quer ser recém da cadeia de semicondutores e que quer produzir os seus próprios dentro de alguns anos. Assim como algumas montadoras tem decidido, os indianos da Tata também não querem ficar a mercê de fornecedores. A Tata confirmou que pode ter planos em conjunto com o Governo da Índia para desenvolver uma linha de produção da peça. Isso porque recentemente a Índia confirmou que tem interesse em produzir os componentes, como destacou recentemente o Primeiro-Ministro do país, Narendra Modi. Em entrevista para a Agência Bloomberg, o Presidente da Tata Group, Natarajan Chandrasekaran, juntamente com o Diretor Administrativo do Grupo, Shailesh Chandra, disseram que a Tata quer produzir tanto semicondutores como as próprias baterias dos seus carros elétricos. “A cadeia de suprimentos está ficando muito precária e incerta” , disse Chandra. A Tata está, ainda, em conversa com quatro dos maiores produtores de semicondutores do mundo par

Tata apresenta o Avinya Concept na Índia, que antecipa um modelo elétrico de 2025

Imagem
A Tata apresentou um novo conceito na Índia, chamado de Avinya Concept, de um futuro modelo elétrico. O conceito remete a um monovolume, que parece um hatch de grandes medidas, mas lembra, principalmente, uma minivan. De acordo com a Tata, o nome Avinya significa ‘inovação’ no idioma sânscrito e antecipa o lançamento de um novo modelo que será lançado em meados de 2025. De acordo com a Tata, ele é desenvolvido a partir da nova plataforma Gen3, que deve estrear em alguns anos nos carros da marca. Visualmente, o Avinya Concept se destaca por conta do seu design bastante futurista, que se destaca pelos faróis afilados e que possuem um prolongamento iluminado que remete a um grande ‘T’, da inicial da marca. Ele ainda possui um painel iluminado no para-choque dianteiro e que nas extremidades desse painéis iluminados ele possui entradas de ar verticais. Quando visto de lateral, o conceito possui uma dianteira bem compacta, além de uma balanço bem longo entre o eixo dianteiro e traseiro. O de

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

BYD lança no Brasil promoção para interessados em seus carros durante este mês de junho

Jeep Avenger pode ser produzido em Betim (MG) e participa de clínicas com potenciais clientes

RAM Rampage Laramie ganha versão Night Edition, a 'all-black', no Brasil por R$ 277.990

Toyota confirma produção do primeiro elétrico nos EUA em 2025, no estado de Kentucky

Fang Cheng Bao revela as primeiras imagens teaser do Leopard 3, que estreia em breve

Hyundai apresenta oficialmente o Ioniq 5 N, a versão esportiva com motor de 609cv

Nova geração do Peugeot 2008 e reestilização do 208 vão trazer motor T200 MHEV

Hyundai apresenta a linha 2025 de HB20, HB20S, Creta Action e Creta no Brasil com novidades

Isuzu apresenta a primeira imagem teaser da reestilização do MU-X, que aparece na Tailândia