Postagens

Mostrando postagens com o rótulo LatinNCAP

LatinNCAP revela nova bateria com Kia Sportage, Hyundai Accent e Great Wall Wingle 5

Imagem
O LatinNCAP revelou a sua última bateria de testes de 2021 com mais três resultados... nenhum deles interessantes para nós, brasileiros. O mais próximo para nós seria o Kia Sportage, mas a versão avaliada é de uma versão simples que não é vendida aqui. Mesmo assim, vamos aos resultados. Os escolhidos desta vez foram o Kia Sportage, Hyundai Accent e Great Wall Wingle 5, modelos que são vendidos em alguns países vizinhos. O Kia Sportage alcançou um total de zero estrelas. O SUV médio teve 48% de segurança para adultos, 15% de proteção para crianças, 58% para pedestres e só 7% de sistemas de segurança necessários para uma boa avaliação. De acordo com o LatinNCAP, o Kia Sportage recebeu uma proteção oferecida à cabeça e pescoço do motorista e do passageiro avaliada como boa. A proteção apresentada ao peito do motorista foi adequada, enquanto a proteção do peito do passageiro foi boa. Os joelhos do motorista receberam proteção marginal, pois podem impactar estruturas perigosas atrás do pain

LatinNCAP testa novo Peugeot 208 e Hyundai Tucson e resultados não são dos melhores

Imagem
O LatinNCAP revelou mais uma fase de testes de 2021, chamada de Fase 03. Desta vez, o órgão avaliou o novo Peugeot 208 e o Hyundai Tucson. Enquanto o 208 é fabricado na Argentina, o Tucson é o modelo anterior, vendido como importado nos mercados vizinhos. Ele não é o nosso Tucson, que é feito em Anápolis (GO) e que não recebeu a reestilização do modelo das imagens. Começando pelo resultado que mais nos interessa, o novo Peugeot 208 é o primeiro carro compacto a contar com o novo (e rígido) padrão de segurança do LatinNCAP. Com esse novo requisito, esqueça as antigas notas e cinco estrelas que compactos atingiram. No Peugeot, o LatinNCAP confirmou que o modelo possui 52% de proteção para adultos, 55% de proteção para crianças, 54% de proteção para pedestres e 56% de equipamentos de segurança. A nota foi de duas em cinco estrelas disponíveis. De acordo com o LatinNCAP, a proteção do impacto frontal com a proteção oferecida à cabeça e pescoço do motorista e do passageiro foi boa. A proteç

LatinNCAP testa Fiat Argo e Cronos, que zeram o teste; e o Volkswagen Taos, que gabarita

Imagem
O LatinNCAP apresentou mais uma bateria de testes com os modelos Fiat Argo/Cronos e Volkswagen Taos. Os compactos tiraram nota zero com as novas regras do LatinNCAP. A dupla Argo e Cronos recebe a mesma nota, de 24,37% de proteção de adultos, 9,91% de proteção para crianças, 36,91% de segurança para pedestres e só 6,98% de recursos de segurança. O teste dos modelos da Fiat é um recurso que foi refeito, visto que a dupla já tinha sido testada em meados de 2019. Com o novo padrão de testes, os modelos perderam as 3 estrelas na proteção de adultos e 4 estrelas na proteção de crianças. Com os resultados unificados, o novo padrão de testes do LatinNCAP se tornou ainda mais rígido. De acordo com órgão, a estrutura da cabine dos compactos é instável, incapaz de receber cargas maiores de impacto. O problema dos modelos não foi o impacto frontal, feito a 64km/h, onde tanto a proteção do tórax do motorista foi considerada ruim, enquanto a do passageiro foi boa. Já a proteção da cabeça como o pes

LatinNCAP testa Toyota Yaris tailandês e o Suzuki Baleno em nova fase de testes de 2021

Imagem
O LatinNCAP revelou mais uma bateria de testes realizados em 2021. Desta vez, foram avaliados dois outros modelos: Toyota Yaris Hatch/Sedan e Suzuki Baleno. Os testes não trazem nenhuma notícia ao nosso mercado, porque o Toyota Yaris testado não é o modelo produzido em Sorocaba (SP). O Toyota Yaris avaliado é importado e é vendido em alguns mercados vizinhos e o mesmo acaba valendo para o Suzuki Baleno, que também não é vendido aqui mas sim na região. O teste realizado pelo LatinNCAP mostrou que o Toyota Yaris alcançou apenas 1 estrela, com a segurança de 41% dos passageiros adultos, 64% de proteção de crianças, 62% de proteção aos pedestres e possui 42% de sistemas de assistência de segurança necessários para que ele seja bem avaliado. O carro avaliado possuía apenas 2 airbags e ESP. Para o motorista, a proteção do Yaris em impacto frontal não foi muito boa para o tórax, assim como as coxas e a perna direita. Para o passageiro, apenas a proteção das coxas não foi satisfatória. Em impa

LatinNCAP revela primeira bateria de 2021 e nota zero de Renault Duster e Suzuki Swift

Imagem
Depois de ficar um hiato sem apresentar nenhum resultado, tanto que esse é o primeiro de 2021, o LatinNCAP apresentou os testes de dois modelos que circulam pela América Latina. Por conta da pandemia a ONG responsável não revelou nenhum teste no período. Agora, revelou os testes de Renault Duster e Suzuki Swift, que zeraram a prova. Mesmo equipado com dois airbags e controle eletrônico de estabilidade, o carro teve a sua nota zerada. Segundo o LatinNCAP, ele conseguiu atingir a nota de 29,47% na proteção e adultos, 22,93% na proteção de crianças, 50,79% na proteção de pedestres e possui 34,88% dos sistemas necessários para ser bem avaliado pelo órgão. O resultado para o Duster foi catastrófico por outro sentido. O SUV compacto da marca até conseguiu ir bem no impacto frontal a 64km/h, mas o tanque de combustível soltou combustível, vazando no chão. Isso traz um potencial de explosão para o carro. Outro problema foi a proteção de crianças, que mesmo com as cadeirinhas fez com que aos du

LatinNCAP testa novamente os compactos Ford Ka e Hyundai HB20, com protocolo mais rígido

Imagem
O LatinNCAP realizou mais dois testes no final de 2020. Na verdade, o órgão reavaliou dois modelos que tinham passado pelo crivo meses antes, já com o novo padrão de avaliação do LatinNCAP, que passa a ser mais rígido. Só no Hyundai HB20, esse é o terceiro teste apenas com essa geração do compacto. Em seu novo protocolo, os dois carros avaliados não eram equipados de série com ESP, o que para as regras do LatinNCAP passa a ser automaticamente zero. Porém, Ford Ka e Hyundai HB20 tiveram muitos outros problemas na avaliação. Além do desempenho muito baixo para a proteção de adultos e crianças, ambos apresentaram uma proteção ruim na região do tórax nos impactos laterais. Isso ajudou aos dois modelos a tiraram nota zero. O relatório disse que o HB20 até apresenta uma boa proteção para a cabeça e pescoço do motorista, enquanto o tórax recebeu nota mediana no impacto frontal. A estrutura do carro foi considerada estável e até poderia receber uma carga maior de impacto que suportaria. O prob

LatinNCAP revela resultados com Kia Picanto, primeiro a ser testado com novo protocolo; hatch zera

Imagem
O LatinNCAP testou o primeiro carro com o novo protocolo de avaliação. O carro testado foi o Kia Picanto, conhecido em alguns mercados vizinhos como Kia Morning. O carro foi novamente testado e repetiu o mesmo desempenho fraco do modelo de geração anterior, testado em 2016 pelo LatinNCAP. De acordo com a avaliação do modelo atual, o hatch, produzido na Coreia do Sul, foi classificado como zero estrela por não oferecer o mínimo de segurança para seus passageiros. Isso porque o carro é equipado apenas com airbag para o motorista, resultando assim em uma proteção de 0% para ocupante adulto, 29% para ocupante infantil, 51% para proteção de pedestres e 7% em assistência de segurança. O carro ainda recebeu críticas por não oferecer ABS ou ESP como item de série, bem como airbags laterais nem como opcionais. A bateria de testes ainda incluiu impacto frontal, lateral, chicote cervical e proteção para pedestres. No impacto frontal, o tórax do motorista e do passageiro tiveram notas ruins, por a

LatinNCAP muda regras para testes, se aproxima do EuroNCAP e passa a ser mais rigoroso

Imagem
O LatinNCAP, órgão responsável por testar a qualidade e segurança dos carros produzidos na América Latina, revelou mais informações sobre como será o protocolo vigente de 2020-2023. Anunciado no final do ano passado, as avaliações tendem a ficar mais rigorosas e devem exigir bem mais dos carros para obter cinco estrelas. Com essas mudanças, o LatinNCAP deve se aproximar bastante do EuroNCAP, que adicionou essas medidas a partir de 2014. A primeira mudança deve ser as notas, que devem ser unificadas para proteção de adultos e crianças, mas mantendo o padrão de 0 a 5 estrelas. Com isso, foi criado um sistema de porcentagem de resultados de cada categoria (adulto, crianças, proteção para pedestres e assistentes de condução). Nisso também deve ser exigida a boa performance em todas as quatro áreas simultaneamente para ter boas notas. Desempenho ruim em um ou mais etapas devem jogar a nota para baixo. A nota de 5 estrelas só deve ser garantida para os automóveis que conseguirem alcançar, si

Hyundai diz que deve investir nota baixa do HB20 em teste de auditoria do LatinNCAP

Imagem
Depois de ter a sua nota rebaixada, a Hyundai confirmou que deve averiguar os motivos que levaram o HB20 a ter tido uma nota menor que no ano passado. O segundo teste do LatinNCAP, que funcionou como uma auditoria, surpreendeu até mesmo os executivos da marca coreana. Em nota, a Hyundai disse que deve investigar a razão da unidade usada na auditoria ter dado um resultado diferente do modelo patrocinado, testado em setembro de 2019. Comprado pela ONG, diferente da unidade anterior, cedida pela Hyundai, o resultado diferente pode ter indicado que as unidades do hatch e do sedã compacto tiveram algum tipo de reforço. Em nota, o próprio LatinNCAP disse que o carro é o mesmo. Segundo informações da entidade, o carro teve uma deformação da estrutura e os pontos de impacto foram semelhantes, mas o comportamento do painel interno foi diferente, suficiente para apresentar danos aos passageiros. A Hyundai diz que não fez nenhuma alteração no carro ou no processo de produção que pudesse justifica

De 4 para apenas 1 estrela: Hyundai HB20 perde estrelas, em auditoria do LatinNCAP

Imagem
O LatinNCAP revelou mais algumas informações na última semana, as primeiras de 2020. Depois de um primeiro semestre sem a realização de testes pela pandemia, o órgão revelou que realizou uma auditoria no Hyundai HB20. Testado no final do ano passado, o hatch compacto tinha recebido 4 estrelas na proteção de adultos, que agora foi rebaixada para apenas 1 estrela. De acordo com informações divulgadas pelo LatinNCAP, o motivo de reduzir a nota do Hyundai HB20 para apenas uma estrela foi o resultado do impacto lateral, que ultrapassou os limites permitidos. A porta alcançou o tórax do passageiro, conseguindo a avaliação “pobre” do LatinNCAP.  Com isso, a proteção de adultos caiu de 23,53 para 21,97 pontos, em 34,00 possíveis.  A proteção para crianças permaneceu em 3 estrelas. O restante ficou bem próximo do que já tínhamos visto em 2019, com notas que variam de “bom” a “marginal” no impacto frontal. Em contrapartida ao resultado do ano passado, o LatinNCAP disse que não encontrou nenhuma

Novos Hyundai HB20/HB20S, Toyota Corolla e Renault Sandero/Logan são testados pelo LatinNCAP; Peugeot 301 também é testado

Imagem
O LatinNCAP testou mais carros em sua última amostra de 2019. Dessa vez, o órgão testou modelos como novo Toyota Corolla, novo Hyundai HB20/HB20S e o novo Renault Sandero/Logan. Além desses três modelos vendidos no Brasil, o LatinNCAP ainda testou o francês Peugeot 301. Por ordem alfabética, a segunda geração do Hyundai HB20 foi testado na carroceria hatch. O modelo sul-coreano atingiu 4 estrelas na proteção de adultos e 3 estrelas na proteção de crianças. Como o ESP é um opcional, o HB20 já consegue ter pelo menos três estrelas no teste. De acordo com o LatinNCAP, as principais críticas ficaram com a proteção dos joelhos, que tem áreas de risco atrás do painel. O resultado negativo ainda foi puxado pela área do tórax no impacto lateral. Como não tem airbag lateral de série em todas as versões, ele fez apenas o teste de impacto lateral. Com esse resultado ele atingiu 23.53 pontos na proteção de adultos em 34.00 possíveis e 29.64 pontos em 49.00 possíveis na proteção de crianças. Já

Chevrolet Onix gabarita LatinNCAP, enquanto Mitsubishi L200 Triton importada, sem airbags, zera

Imagem
O LatinNCAP revelou mais uma bateria de testes. Desta vez, a nova geração do Chevrolet Onix foi testada e a Mitsubishi L200 Triton tailandesa também foi testada pelo órgão avaliador da segurança dos carros latinos. Assim como aconteceu com o Onix Plus, o novo Chevrolet Onix alcançou a nota máxima de segurança, tanto na proteção de adultos como de crianças. Além disso, o hatch recebeu o selo Advanced Award pela proteção de pedestres e elogios concedidos pelos sistemas eletrônicos de segurança, como ESP, TCS e seis airbags. No caso do Onix, o LatinNCAP diz que o hatch possui proteção oferecida à cabeça do motorista adequada, sendo a do passageiro considerada boa. A região de braços e pernas também receberam a nota boa. Já o peito do motorista e do passageiro ganhou boa proteção, mas os joelhos do motorista e do passageiro apresentaram apenas proteção marginal, pois são expostos a estruturas perigosas atrás do painel. A estrutura do carro foi considerada estável. Ele ainda teve boa pr

Postagens mais visitadas deste blog

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos