Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Tesla

Tesla aumenta a produção do Model Y em Fremont, com produção "sob tendas"

Imagem
A Tesla confirmou um aumento na produção do Model Y na fábrica norte-americana de Fremont, Califórnia, Estados Unidos. O crossover elétrico mais em conta da marca passa a ser produzido com uma produção improvisada, com uma ampliação que conta com tendas metálicas improvisadas para atender a grande demanda pelo Model Y nos EUA. Com a ampliação das tendas, a Tesla deve produzir o modelo abaixo daquelas tendas. Para montar as tendas, a Tesla teve que enviar um pedido formal à Prefeitura de Fremont para que autorizasse a construção das barravas na unidade, para abrigar o maquinário, peças e componentes. O Model Y é vendido com versões com autonomia de 509km e acelera de 0 a 100km/h em 4,8 segundos e chega a velocidade máxima de 217km/h. A versão AWD deve oferecer tração nas quatro rodas e acelerar de 0 a 100km/h em 3,5 segundos e chegar aos 233km/h. Ele conta com a mesma autonomia de 509km da versão intermediária. O Standard Range deve acelerar de 0 a 100km/h em 5,9 segundos e possui auton

Surgem novas informações do Tesla Model 2; Tesla China confirma desenvolvimento

Imagem
A Tesla segue desenvolvendo o seu novo hatch médio elétrico, que deve ser apresentado em meados de 2022. Conhecido como Model 2, o hatchback deve ter preços na casa dos US$25 mil. De acordo com informações, o Presidente da Tesla na China, Tom Zhu, disse que o novo hatch será o primeiro carro da Tesla desenvolvido fora dos Estados Unidos e que será exclusivamente produzido na China, disse ao canal Xinhua Net. O carro deve ser desenvolvido pelo Centro de Pesquisa & Desenvolvimento da Tesla na Gigafactory de Xangai, na China. O modelo será produzido na China e exportado para vários países a partir de lá. Ainda não se tem informações sobre a produção exclusiva do Model 2 na China, até porque a Tesla está concluindo a sua fábrica de Berlim, na Alemanha. Por lá, a Tesla também pode produzir o hatch em larga escala, atendendo todo o continente europeu. De acordo com informações, esse novo modelo seria um concorrente para o Volkswagen ID.3, por exemplo. O Model 2 deve ser o primeiro carro

Tesla pode abrir uma fábrica de elétricos na Índia; unidade seria a quarta Gigafactory

Imagem
A Tesla deve ter uma nova fábrica em breve. Depois da unidade de Fremont, Califórnia (EUA), Xangai (China) e Berlim (Alemanha), a Tesla pode ter uma inédita Gigafactory na Índia. De acordo com informações do Primeiro-Ministro do Estado Indiano de Karnataka, Bookanakere Siddalingappa Yediyurappa, na Índia, afirmou que a Tesla estaria interessada em erguer uma nova fábrica no país. De acordo com Elon Musk, que já tinha visitado o país no ano passado, quem sabe já para sondar sobre uma fábrica no país. O estado de Karnataka ainda é um dos principais polos industriais da Índia e um dos mais modernos do país. A proposta é que a Tesla pode ter feito que a empresa norte-americana tenha visto um potencial de ser um país consumidor de modelos elétricos. Em entrevista com Frankfurter Allgemeine, o Ministro Indiano de Transportes e Estradas, Nitin, Gadkari, disse em dezembro de 2020 que a Tesla iria iniciar as vendas da Tesla na Índia no segundo trimestre de 2021, com produção local. Em dezembro

Tesla pede alteração em Gigafactory de Xangai para a expansão da produção

Imagem
A Tesla confirmou que deve pedir a autorização da administração de Xangai, na China, para ampliar a capacidade de produção da fábrica de Xangai. No pedido, a Tesla confirmou que deve aumentar a linha de produção do Model 3, Model Y e “modelos derivados”. De acordo com Elon Musk, a Tesla deve desenvolver um novo modelo compacto, que tem chances de ser batizado de Model 2 e que pode ser baseado sobre o Model 3. O hatchback deve ser apresentado na China mas também deve ser vendido em outros mercados, como a Europa. O hatch deve ser o novo carro de entrada da Tesla e terá preços em torno dos US$25.000. O carro deve ser apresentado dentro de 18 meses a dois anos, em média. O modelo deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma do Model 3, com chances de ser um pouco encurtada, sendo que o carro pode quebrar recordes de ser desenvolvido em tempo recorde. De acordo com informações, esse novo modelo seria um concorrente para o Volkswagen ID.3, por exemplo. O Model 2 deve ser o primeiro carro

Surgem informações sobre o novo Tesla Roadster, que estreia ainda em 2021

Imagem
A Tesla confirmou no ano passado que o início das vendas do novo Roadster deve começar apenas em 2022, mas a apresentação do modelo em sua versão final deve ocorrer ainda em 2021. De acordo com informações reveladas pelo próprio CEO da Tesla, Elon Musk, o cupê elétrico deve ser um dos carros ultrarrápidos do mundo e que o desenvolvimento de engenharia do hiperesportivo está chegando ao fim. "Concluindo a engenharia este ano, a produção começa no próximo ano. Com o objetivo de que o projeto do candidato a lançamento possa ser conduzido no final do verão (inverno no hemisfério sul)." , disse Musk. Ao decorrer do desenvolvimento do projeto, a Tesla confirmou que o carro deve contar com três motores elétricos, sendo um no eixo dianteiro e dois no eixo traseiro, um para cada roda. "Sistema de tração tri-motor e trabalho avançado de bateria foram precursores importantes." , concluiu Musk em uma resposta a um tweet, em seu Twitter. Ainda surgiu a informação de que Musk que

Tesla consegue 1 bilhão de euros para finalizar fábrica de baterias na Alemanha

Imagem
A Tesla conseguiu um massivo investimento para finalizar a construção de sua nova Gigafactory, na unidade de Berlim, na Alemanha. A nova fábrica deve ser concluída até o final deste ano e será o principal complexo industrial da Tesla na região, abastecendo toda a Europa. A fábrica, além de produzir automóveis, deve produzir também baterias. A fabricante conseguiu o investimento de 1 bilhão de euros do Governo da Alemanha para a finalização. A operação faz parte de um ambicioso processo da Europa de produzir e se tornar um dos polos industriais de carros elétricos. O apoio que veio da União Europeia apareceu depois de empecilhos que fizeram com que a marca tivesse que paralisar a construção da unidade por desmatamento. A UE já investiu o total de 2,9 bilhões em construção de fábricas de elétricos, sendo a Tesla a marca que mais deve receber o investimento. De acordo com informações obtidas pelo site Business Insider, Elon Musk, CEO da Tesla, disse que a Tesla receberia esse dinheiro par

Tesla apresenta o reestilizado Model X, que traz novidades externas, internas e mecânicas

Imagem
A Tesla também apresentou as primeiras mudanças visuais do Model X. O modelo produzido na unidade de Fremont, na Califórnia (EUA), e baseado no sedã Model S, recebeu uma mudança visual leve. O Model X traz mudanças sutis, com mudanças mais importantes no seu interior e algumas novidades na mecânica. Externamente, o SUV recebe novo para-choque dianteiro redesenhado, com novos frisos e apliques externos escurecidos no lugar dos cromados. Visualmente, o para-choque ganha uma nova entrada de ar inferior, mais fina e mais comprida e nas extremidades do para-choque dianteiro recebe novos faróis de neblina, com um formato mais fino e retangular, com uma pequena entrada de ar vertical abaixo deles. Ao centro do para-choque dianteiro, o X ganha linhas mais esportivas, que dão uma nova cara para a frente do modelo. Nas laterais há apenas novas rodas de liga leve. Na traseira não há mudanças. Já no interior não podemos dizer a mesma coisa. As linhas futuristas do interior mostram que o Model X na

Tesla apresenta novidades para o Model S, que é reestilizado e ganha novo painel

Imagem
A Tesla apresentou mais algumas mudanças para o seu maior sedã em linha, o Model S. O modelo produzido na unidade de Fremont, na Califórnia (EUA), recebeu mais uma mudança visual leve. Dessa vez, o Model S traz mudanças sutis, com mudanças mais importantes no seu interior e algumas novidades na mecânica. Externamente, o Model S recebe novo para-choque dianteiro redesenhado, com novos frisos e apliques externos escurecidos no lugar dos cromados. Visualmente, o para-choque ganha uma nova entrada de ar inferior, mais fina e mais comprida e nas extremidades do para-choque dianteiro recebe novos faróis de neblina, com um formato mais fino e retangular, com uma pequena entrada de ar vertical abaixo deles. Ao centro do para-choque dianteiro, o sedã ganha linhas mais esportivas, que dão uma nova cara para a frente do modelo. Nas laterais, além das novas rodas de liga leve, as mudanças ficam por conta da perda de um friso inferior, que ficava na base das portas. Na traseira não há mudanças. Já

Tesla diminui os preços do Model 3 na Europa em ação para tornar sedã ainda mais competitivo

Imagem
A Tesla aderiu a uma estratégia na Europa bastante interessante para o Model 3. O sedã mais acessível da marca deve passar a ser vendido com um preço menor. A concorrência de modelos elétricos na Europa tem aumentado nos últimos anos e a Tesla baixou os preços do Model 3 a fim de se tornar ainda mais competitiva. A versão Standard Range passou de 49.990 euros para 43.800 euros, enquanto as versões Long Range e Performance baixaram para 51.990 euros e 59.990 euros respectivamente. Em outros mercados, como a Alemanha, o Standard Range passa a ser vendido por 39.990 euros, enquanto o Long Range é vendido por 49.990 euros e o Performance é vendido por 54.990 euros. Ainda sem produzir modelos na Europa, o Model 3 vendido na Europa vem da China, na Gigafactory de Xangai. O sedã mede 4,69 metros de comprimento, 2,87 metros de entre-eixos, 1,85 metro de largura e 1,44 metro de altura, com espaço para o porta-malas de 425 litros nos dois repartimentos: dianteiro e traseiro. Com carroceria feita

Tesla Model Y ganha primeiras imagens da versão de sete lugares, que começa a ser oferecida

Imagem
A Tesla passou a oferecer a opção de sete lugares do Model Y nos Estados Unidos e uma nova versão de entrada. O crossover elétrico deve começar a ser vendido com essa configuração mais acessível com a versão Standard Range, US$8 mil mais em conta que a Long Range (US$49.990), que será vendido por US$41.990. A versão de entrada do SUV possui alcance de 390km, acelerar de 0 a 100km/h em 5,3 segundos e a velocidade máxima de 217km/h. Ele ainda deve ser oferecido com opção de terceira fileira de bancos, nas versões Standard Range e Long Range. O modelo terá o Easy Entry para a terceira fileira, que deve incluir carregamento USB-C, uma segunda fileira de bancos deslizante e capacidade dobrável para os bancos da segunda fileira. O valor da terceira fileira é de US$3.000. Ou seja, na versão Standard Range seu preço será de US$44.990 e na Long Range de US$53.990. Já a versão Performance deve ser vendido com espaço apenas para cinco ocupantes. O prazo de entrega do Model Y 7L é de duas a cinco

Carro de entrada da Tesla tem projeto adiantado para 2022; hatch médio terá preço de US$25 mil

Imagem
A Tesla parece que deve surpreender o mercado mais uma vez com o desenvolvimento recorde de um novo modelo. O carro em questão deve ser o hatch elétrico chamado popularmente de Model 2. O modelo deve ser apresentado antes do previsto, que seria meados de 2025. Previsto para ser vendido com preços de US$25.000 sem incentivos, o hatch médio elétrico deve ser antecipado já em 2022. Segundo informações da imprensa internacional, a Tesla instalou um Supercharger da Tesla China e o próximo centro de Pesquisa & Desenvolvimento. Isso indicaria que a marca poderia estar avançando no desenvolvimento de um modelo menor e mais acessível. Esse novo hatch seria produzido nas unidades de Berlim, na Alemanha, e Xangai, na China. O carro deve ser mais acessível que o Model 3 e o crescimento global da Tesla tem feito a marca a avançar nos seus projetos. O novo modelo de entrada teria recebido sinal verde para o desenvolvimento em setembro de 2020 e os trabalhos de verificação do produto final devem

GM tem plano para destronar a Tesla entre os elétricos e reforça plano de 1 milhão de EVs por ano

Imagem
A General Motors tem um plano de tenta barra o crescimento da Tesla nos Estados Unidos. De acordo com informações reveladas pelo Financial Times, o grupo deve investir massivamente em elétricos nos próximos anos, algo que já sabemos e foi amplamente divulgado. Investindo US$27 bilhões no desenvolvimento de novos modelos, a GM quer vender 1 milhão de carros elétricos globalmente até 2025. O plano da GM é reduzir os preços de baterias em alta escala de produção e oferecendo novas opções de carros elétricos que vão colocar os consumidores em dúvida sobre suas opções de compra. Além da GM, a VAG já confirmou que deve fazer o mesmo há alguns meses. Os alemães inclusive acreditam que possam chegar a essa cifra antes, em 2022. De acordo com o Financial Times , a Tesla vem apresentando brechas como a falta de qualidade construtiva dos seus carros, o que pode ser melhor explorado pela GM como argumento contra a arquirrival. A GM ainda acredita que os carros elétricos terão uma paridade em relaç

Tesla revela mais informações do Model S Plaid, que terá autonomia de 830km

Imagem
A Tesla confirmou a estreia da versão Plaid para o Model S, que deve ser apresentada dentro de algumas semanas. O sedã deve ter um autonomia de 830km e acelerar de 0 a 100km/h em cerca de 2 segundos. Nos Estados Unidos, o modelo terá o preço de US$139.990, que já foi definido pela Tesla. A velocidade máxima será de incríveis 320km/h, podendo ser grande as chances do sedã ser o mais rápido da história na prova de ¼ de milha (de 0 a 400 metros). O Model S Plaid conta com um motor duplo no eixo traseiro que permite a potência extra. O sedã deve contar com um motor que deve desenvolver cerca de 1.100cv de potência e a bateria deve ter capacidade de 130kWh. Visualmente, o Plaid deve requerer que o modelo venha com algumas modificações visuais em relação ao Model S que conhecemos. O sedã da Tesla deve concorrer com o Lucid Air. O Model S deve contar com uma autonomia, no ciclo EPA, que é 2km a menos que o principal (e novato) concorrente. O sedã da Lucid ainda acelera de 0 a 100km/h em menos

Tesla bate meta e produz mais de 500 mil carros em 2020; vendas batem novo recorde

Imagem
A Tesla confirmou que conseguiu bater sua marca de produção e vendas em 2020. A marca norte-americana conseguiu quebrar os 500.000 emplacadas que almejava para o ano passado. A meta foi atingida por muito pouco. De acordo com Elon Musk, CEO da Tesla, foram fabricados 509.737 unidades em 2020, sendo 499.950 unidades entregues. De acordo com a marca de elétricos, foram 54.805 unidades produzidas 54.805 unidades de Model S e Model X, sendo 57.039 unidades vendidas globalmente (estoque remanescente de 2019), enquanto a dupla Model 3 e Model Y venderam 454.932 unidades fabricadas, 442.511 unidades vendidas. A Tesla ainda confirma que esses números ainda tem uma margem de erro de 0,5% e que as entregas do Model Y chinês devem começar em breve. A Tesla consegue, com isso, ser uma das poucas marcas que conseguiu crescer num cenário tão atípico como foi 2020. Musk ainda não colocou uma meta de vendas na Tesla para 2021, mas com a produção chinesa do Model Y, a marca terá mais chances de emplaca

Tesla revela mais informações sobre a condução autônoma plena, que estreia ainda em 2021

Imagem
Depois da Tesla confirmar que deveria apresentar a condução autônoma de Nível 5 para os seus modelos, ainda em 2021, surgiu novas informações sobre o desenvolvimento da tecnologia. A Tesla deve oferecer o serviço como Beta por cerca de três meses e de forma gratuita para alguns donos de Tesla. Com a meta de vender mais de 500 mil unidades mundialmente em 2021, Elon Musk, CEO da Tesla, parece tranquilo quanto ao desenvolvimento do novo Autopilot. Atualmente, o pacote após deve ser oferecido como opcional por cerca de US$10 mil. Mas, Musk já deu ao entender que a Tesla deve oferecer o sistema como um recurso de assinatura mensal. Elon Musk, CEO da marca, parece estar confiante no desenvolvimento da tecnologia. Musk diz que pode alcançar a tecnologia ainda neste ano de forma segura. “Para realmente responder à sua pergunta, estou extremamente confiante em alcançar total autonomia e liberá-la para a base de clientes da Tesla no próximo ano” , disse o executivo. Musk disse em seu Twitter qu

Assim como Model 3, Model Y chinês faz Tesla conseguir ter preços bem mais acessíveis

Imagem
A Tesla deu início à venda do Model Y produzida na Gigafactory de Xangai, na China. Assim como ocorrer com o Model 3, o crossover da Tesla começa a ser vendido por 339.900 yuans na versão Dual Motor AWD e 369.900 yuans na versão Performance. Isso significa uma redução de 30% no preço do modelo. Antes, os preços das mesmas versões eram de 488 mil e 535 mil yuans, respectivamente. Recentemente foi confirmado que a Gigafactory de Xangai atingiu a sua meta de cadeia de suprimentos local. Musk disse que a fábrica chinesa atingiu a marca de 80% de nacionalização das peças dos modelos produzidos por ali. As entregas do modelo produzido na China deve começar ainda neste mês de janeiro, com a meta de colocar ainda mais gás nas vendas da marca, assim como fez o Model 3. O SUV elétrico mais em conta da marca americana até o momento, o Model Y será um carro bastante estratégico para a Tesla na China, assim como o Model 3 está sendo. Além de abastecer a China, é bem provável que o Model Y chinês se

No passado, Tesla já foi oferecida para Google e Apple; VAG se interessou em comprar marca

Imagem
Hoje a superestimada Tesla, a marca de automóveis mais valiosa do mundo, confirmou que já teve um passado onde foi muito recusada por muitas empresas de potencial gigantesco. De acordo com Elon Musk, CEO da Tesla, o executivo já chegou a tentar vender a então startup para a Apple. Musk disse que na época, Tim Cook, CEO da Apple, nem mesmo cogitou a possibilidade de organizar uma reunião sobre o assunto. Isso aconteceu entre meados de 2017 a 2019, quando a Tesla passou momentos sem muito dinheiro em caixa para o desenvolvimento do Model 3. Na época, Cook recusou a oferta, que era de 50 bilhões de euros. A marca também já tinha sido oferecida para a Google, quando a Tesla teve interesse no desenvolvimento da condução autônoma desenvolvida pela Waymo. Antes disso, em meados de 2013, o jornal Manager Magazin confirmou que a Tesla quase foi adquirida pelo Grupo VAG, mas tinha recebido um “não” de Musk. Na época, Ferdinan Piech, então CEO da VAG, tinha despertado seu interesse pela marca que

Tesla tem construção de Gigafactory de Berlim parada mais uma vez, por desmatamento

Imagem
De acordo com informações reveladas pela Tesla, a Gigafactory de Berlim, na Alemanha, deve ficar pronta ainda em 2021. Mas deve sofrer com os primeiros impasses. De acordo com o jornal alemão Tagesspiegel, a Agência Ambiental do Estado de Brandemburgo exigiu que a Tesla pare a construção da fábrica, principalmente na área de oficina e pintura. Isso porque para a construção desses locais, a Tesla terá que desmatar um pouco mais das árvores que circundam a fábrica. Para continuar com a construção, a Tesla terá que pagar 100 milhões de euros como caução. O projeto de construção da fábrica parece que ao mesmo tempo que avança também retrocede. Essa não é a primeira vez que a fábrica passa por bloqueio na sua construção. Recentemente a Tesla pediu permissão para desmatar uma parte adicional do bosque, quando foi bloqueada mais uma vez. Agora, a Agência bloqueou novamente a construção da fábrica por um novo desmatamento. De acordo com o jornal, a Tesla tem uma construção provisória da fábric

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Investimentos da Renault estão congelados para os substitutos de Sandero e Logan