Postagens

Mostrando postagens com o rótulo BMW Group

BMW Group confirma que o fim dos motores a combustão em suas marcas será em 2030

Imagem
A BMW confirmou que está pronta para a sua eletrificação. A marca confirmou que está pronta para deixar de vender carros com motores a combustão a partir de 2030, cinco anos antes da data limite que a União Europeia dará para as montadoras. A informação foi confirmada pelo CEO da BMW, Oliver Zipse, em entrevista ao Automotive News Europe . Até 2030, a marca já confirmou que pretende ter vendas de modelos representando um aumento de 50%. Além disso, Zipse confirmou que não está preocupado com o fim dos motores a combustão, conseguindo atender qualquer limitação a partir de 2030, se fosse o caso. No final do mês passado, Frank Weber, Chefe de Desenvolvimento da BMW, destacou em entrevista também ao Automotive News Europe, disse que a mudança para os carros elétricos não vai acontecer do dia para a noite. "Quando o sistema estará pronto para absorver todos estes veículos elétricos com baterias? Isso envolve estrutura de recarga e energia renovável. As pessoas estão prontas? O sistema

BMW investe em startup de extração de lítio, matéria prima para a produção de baterias

Imagem
A BMW confirmou o investimento em uma startup para a produção de baterias para seus carros elétricos. A Lilac é uma empresa norte-americana que decidiu extratir lítio, material essencial para a produção de baterias. A Lilac Solutions registrou uma tecnologia de troca iônica que melhora a eficiência da bateria e diminui os custos, estimulando a sustentabilidade da extração de lítio. “Ao investir na Lilac Solutions, estamos apoiando o progresso tecnológico no campo da extração de lítio, com foco em métodos responsáveis ​​e sustentáveis” , disse Wolfgang Obermaier, Vice-Presidente Sênior de Bens e Serviços Indiretos da BMW Group. De acordo com informações da BBC, a extração de lítio de rocha dura emite cerca de 15.000kg de emissões de CO2 por tonelada métrica de lítio extraída, mas com a extração que a Lilac faz, emite apenas 1/3 disso. “As tecnologias inovadoras fornecem um acesso melhor, mais sustentável e mais eficiente às matérias-primas. Ao investir em startups, estamos acelerando o

Inaugurada em 2014, BMW comemora aniversário de 7 anos da fábrica de Araquari

Imagem
A BMW está comemorando o aniversário de sete anos da fábrica de Araquari (SC). Inaugurada em 30 de setembro de 2014, a unidade começou produzindo automóveis para atender todo o país, fabricando principalmente modelos como Série 3 e X1. A fábrica conta com 1,5 milhão de metros quadrados, sendo 112.893m² de área construída, abrigando seções de processos da carroceria, soldagem, pintura, montagem e logística, como também laboratórios, prédios administrativos e auxiliares. Além do Série 3 e X1, hoje a fábrica ainda produz a maioria das versões de X3 e X4. O X1 é o veículo mais produzido na unidade, com mais de 35 mil unidades fabricadas no período. Desde 2014 até junho deste ano, a BMW ainda comemorou a marca de 70 mil unidades fabricadas. “Um dos meus desafios como novo diretor da fábrica é que nossa planta siga sendo exemplo de ações de sustentabilidade para o BMW Group em todo o mundo. Tenho certeza que nosso time assume esse desafio e se inspira em seus resultados para seguir se destac

BMW confirma manutenção do motor a combustão em seu lineup até meados de 2030

Imagem
A BMW comentou também sobre a permanência dos motores a combustão em seu portfólio dentro de alguns anos. De acordo com a marca premium alemã, a BMW confirmou que os motores a combustão vão se manter em linha até meados de 2030. De acordo com informações reveladas por Frank Weber, Chefe de Desenvolvimento da BMW, destacou em entrevista ao Automotive News Europe , que a mudança para os carros elétricos não vai acontecer do dia para a noite. "Quando o sistema estará pronto para absorver todos estes veículos elétricos com baterias? Isso envolve estrutura de recarga e energia renovável. As pessoas estão prontas? O sistema está pronto? A estrutura de recarga está pronta?" , disse o executivo. Com nove anos de motores a combustão pela frente, a BMW vai desenvolver novidades para os motores a combustão e que aos poucos vai adaptando a engenharia para os modelos elétricos. A marca ainda acredita que não se tem uma infraestrutura adequada para uma série de países, principalmente relac

BMW Group diz que sua autonomia de elétricos não vai ficar limitada a apenas 600km

Imagem
A BMW confirmou que suas baterias não devem ser limitadas a 600km, depois de um dos executivos da marca dar uma entrevista dizendo que as baterias com autonomia de até 600km já seria considerado o ideal para os carros elétricos. A informação foi confirmada em entrevista ao site WhichCar, por meio de David Ferrufino, Chefe de Projeto do BMW i4. No entanto, a BMW confirmou que vai criar baterias com autonomia de até 1.000km. "Mil quilômetros de alcance não é uma meta que temos com nossos carros totalmente elétricos. Nosso objetivo é atingir 600 quilômetros para nossos carros totalmente elétricos e 100 quilômetros com nossos híbridos plug-in na condução diária" , destacou Ferrufino em entrevista. Em comunicado, a BMW Group definiu que as baterias de até 600km não serão as únicas opções de bateria, ou seja, haverá baterias com até 1.000km de autonomia. "O BMW Group não se limitará a desenvolver a gama elétrica de seu portfólio de veículos elétricos a bateria. O BMW Group con

BMW fala que autonomia em 600km já é o ideal para seus carros, mas quer recarga mais rápida

Imagem
A BMW confirmou que os seus elétricos já atingiram um nível de autonomia que a marca considera como ideal. Longe das autonomias superiores a 1.000km, a BMW confirmou que as autonomias com cerca de 600km é o necessário para a marca, disse a marca por meio de entrevista ao site WhichCar, David Ferrufino, Chefe de Projeto do BMW i4. De acordo com informações, a marca alemã não deve se esforçar para desenvolver autonomias muito maiores. "Mil quilômetros de alcance não é uma meta que temos com nossos carros totalmente elétricos. Nosso objetivo é atingir 600 quilômetros para nossos carros totalmente elétricos e 100 quilômetros com nossos híbridos plug-in na condução diária" , destaca Ferrufino. A marca ainda confirmou que vai desenvolver avanços para a bateria, como o aumento da velocidade de carregamento e um crescimento para as estações de recargas das baterias. "Por exemplo, não achamos que um alcance de 600 quilômetros seja adequado para um BMW i3 como um carro urbano, ma

Ford e BMW iniciam testes de baterias de estado sólido em automóveis a partir de 2022

Imagem
A BMW e a Ford criaram uma joint-venture para o desenvolvimento de baterias, para carros elétricos, em estado sólido, firmada em maio deste ano. As empresas confirmaram que vão começar os testes a partir de 2022. Os testes reais em veículos a partir do ano que vem vai validar se o desenvolvimento está de acordo. De acordo com informações, a joint-venture entre as duas empresas deve permitir a criação de baterias com cerca de 100 amperes. O lançamento destas baterias em modelos vai ocorrer entre 2025 a 2030. Essas baterias vêm se tornando conhecidas por apostarem em menor custo e maior autonomia. A parceria entre a BMW, Ford e a Solid Power ainda tem novidades ao ponto de que a Solid apresentou uma plataforma chamada de All-Solid-State, que deve receber diferentes tipos de baterias. A base ainda é compatível com baterias de íon-lítio e níquel-manganês e cobalto. Até 2026, a marca confirmou que pretende regularizar a comercialização de baterias de estado sólido até 2026, podendo oferecer

Hitech Eco é o novo caminhão de bombeiros interno da BMW na fábrica de Araquari (SC)

Imagem
A BMW confirmou a aquisição de um modelo elétrico para a fábrica de Araquari (SC). O modelo é um pequeno caminhão de bombeiro que passa a prestar serviços no interior e exterior da fábrica. O modelo em questão é um Hitech Eco, pequeno VUC produzido em Curitiba (PR). Depois disso, o carro foi enviado para a Miltren, em Porto Alegre (RS), especialista em adaptação de carros para combate de incêndio. O carro foi adaptado para ter conta com dois cilindros de pressão com 150bar, além de extintor de incêndio com capacidade para 500 litros de água. Essa configuração possibilita uma vazão d’água de 50 litros por minuto, com alcance do jato de 13 metros. Equipado, o modelo possui autonomia de 100km. “A Unidade de Combate a Incêndio Elétrica está em consonância com os objetivos do BMW Group de assegurar o futuro da mobilidade sustentável. Nosso objetivo é reduzir as emissões de CO2 em 80% na produção dos nossos veículos, em 40% no uso e 20% na cadeia de fornecedores, até 2030, em comparação com

BMW confirma que elétricos terão autonomia similar a de carros a combustão em alguns anos

Imagem
A BMW confirmou que deve fazer com que os carros elétricos tenham a mesma capacidade de autonomia que os carros a combustão dentro dos próximos anos. De acordo com a marca alemã, os carros elétricos terão plenas capacidades de concorrer com carros a combustão em termos de autonomia, o ponto mais criticado de um elétrico. Isso deve permitir ainda que a tecnologia usada em carros elétricos possa ser barateada no futuro breve, o que vai diminuir os preços. Com as novas baterias em desenvolvimento, a BMW deve cumprir uma meta da marca de elevar as vendas de elétricos em 50% até meados de 2030. Além de melhorias na bateria, a marca pode apostar em uma nova plataforma elétrica plana, que deve atender às necessidades também de espaço interno. A nova base já foi antecipa há alguns dias, chamada de Neue Klasse (nova classe). A nova plataforma deve permitir que seja empregada o máximo de materiais reciclados ou sustentáveis, sendo fácil de reciclar quando o carro estiver próximo do seu fim de ci

BMW promete desenvolver nova plataforma focada em carros elétricos, a Neue Klasse

Imagem
A BMW Group confirmou o desenvolvimento de uma nova plataforma para carros elétricos. A nova base, chamada de Neue Klasse (nova classe). A plataforma deve contar com uma arquitetura modular que estreia em meados de 2025. Segundo Oliver Zipse, CEO da BMW, a nova plataforma vai poder criar um carro elétrico perfeito. “Estamos estabelecendo isso com o design da arquitetura, perguntando como colocar uma bateria de forma eficiente no carro, onde você coloca o sistema de transmissão? Atrás: excelente! Mas também deve ter tração nas quatro rodas, você também deve ser capaz de colocar no eixo dianteiro. Se for um veículo elétrico a bateria (BEV), a configuração do sistema deve estar 100 por cento correta. Mais tarde, você pode colocar outro tipo de motor, a combustão, no eixo dianteiro. A arquitetura ainda é centrada no elétrico a bateria. Isso lhe dará o melhor desempenho de condução elétrica absoluta como qualquer plataforma elétrica pura; não há nenhuma contradição." , disse Zipse. A n

BMW desenvolve um i3 REx, com extensor de autonomia, que é abastecido com Etanol

Imagem
A BMW surpreendeu a todos ao dizer que está desenvolvendo o i3 com extensor de autonomia a Etanol no Brasil. Vendido no mercado desde 2013, o elétrico conta com opção de motor puramente elétrico ou com extensor de autonomia, conhecido como REx. O desenvolvimento é feito em parceria com a engenharia local da BMW com a AVL, que usa protótipos do BMW i3 Zero Impact Emission CO2 Neutral Ethanol Range Extender. O motor a elétrico desenvolve 170cv de potência com torque de 25,5kgfm e usa um motor a gasolina 0.6 que tem como a única função, fornecer energia para as baterias. Ele permite um aumento na autonomia de até 60km. Com esse projeto, essa deve ser a primeira vez que veremos o i3 podendo rodar com Etanol no mundo inteiro. Apesar dos testes, ainda é cedo afirmar que a BMW veja a lança-lo, visto que o i3 deve se aposentar até meados de 2024. Para conseguir beber Etanol, a BMW Group Brasil confirmou que trabalha na otimização do cabeçote do motor, aumentando a taxa de compressão, que passo

BMW comemora a marca de 70.000 unidades produzidas na fábrica nacional de Araquari (SC)

Imagem
Após inaugurar a sua fábrica de Araquari (SC) em 2014, a BMW está comemorando a marca de 70.000 unidades produzidas na sua fábrica em sete anos. O marco conta com os modelos que foram produzidos no Brasil e que também chegaram a ser enviados para outros mercados como Canadá, Estados Unidos e México, com um lote de unidades do X1. Falando nele, a BMW confirmou que é o carro mais produzido na fábrica catarinense. Ele responde por 35.000 unidades produzidas, 50% de tudo que já foi produzido pela fábrica. A unidade de número 70.000º ainda é, curiosamente, um X1, na versão sDrive20i X-Line e na cor Azul com interior Creme. O Série 3 responde por mais de 25.000 unidades produzidas e o restante deve ficar com outros modelos que já foram produzidos na unidade, como o X3, X4, X5 e MINI Countryman. Instalada em uma área de 112.893m² de área construída, a fábrica está inserida em um terreno de 1,5 milhão de metros quadrados, que traz uma infraestrutura de montagem de carroceria e soldagem, pintur

BMW quer ter custo menor de produção até 2025, chegando a níveis de Tesla e Volkswagen

Imagem
A BMW confirmou que para seu plano de eletrificação dar certo, a marca vai precisar fazer algumas mudanças e ajustes. A marca alemã confirmou que deve fazer cortes significativos nos custos de produção até a meados da metade da década, informação que foi confirmada por um dos membros do conselho da BMW, como Milan Nedeljkovic, para a Agência Reuters . "Vamos reduzir os custos de produção por veículo em 25% até 2025 - em comparação com o nível de 2019" , destacou o executivo. A meta da BMW deve se tornar mais rentável nos custos de produção, assim como acontece com a Volkswagen e a Tesla, por exemplo. No mesmo ano de 2025, a BMW confirmou que quer ter cerca de ¼ das suas vendas de modelos puramente elétricos na China. E essa meta deve ser atingida até 2025, de acordo com informações de Jochen Goller, Presidente-Executivo da BMW. O executivo ainda confirmou que a marca deve passar por um processo de aceleração no desenvolvimento de elétricos, o que também já foi confirmado para

BMW apresenta a linha de produção de motores elétricos na fábrica de Dingolfing, na Alemanha

Imagem
A BMW confirmou a inauguração da sua linha de produção de motores elétricos com os novos iX e i4. Em comunicado, a BMW Group confirmou que a linha de produção de motores e componentes começou na sua fábrica de Dingolfing, na Alemanha. Chamada de Centro de Competência para Produção E-Drive de Dingolfing, a unidade recentemente teve a capacidade de produção aumentada para a produção de motores elétricos de quinta geração, que é feita em Dingolfing desde 2020, para a produção de motores para o iX3. Agora, com iX e i4, essa produção deve crescer. "Esperamos que pelo menos 50% dos veículos que entregamos a nossos clientes em todo o mundo sejam eletrificados até 2030" . Para conseguir isso, contamos com nossa ampla experiência em trens de tração internos: Estamos aumentando a capacidade em locais de produção de trens de tração existentes – como aqui em Dingolfing – e desenvolvendo capacidades em outros – como recentemente em Regensburg e Leipzig", destaca o Dr. Michael Nikolai

BMW confirma que carros elétricos deve chegar a 50% do seu mix de vendas em 2030

Imagem
A BMW confirmou que o seu desenvolvimento de modelos elétricos deve permitir que a marca tenha uma parcela bem grande de vendas de carros elétricos dentro de alguns anos. A meta é que a marca possa ter 50% de aumento das suas vendas em elétricos, entre 2021 a 2025. Com base em sua previsão atual, a marca bávara deve ter 50% das suas vendas globais de modelos puramente elétricos em 2030, onde significativamente deve fazer com que a marca possa ter uma parcela maior na venda de elétricos em alguns países. Atualmente a marca conta com BMW i3, BMW iX3, BMW iX e BMW i4, além do MINI Cooper SE dentro do BMW Group. A marca ainda prepara o desenvolvimento de modelos como o i5 e o i7, assim como um MINI Countryman SE. A partir de 2023, a marca terá um modelo totalmente elétrico disponível em cerca de 90% de seus atuais segmentos de mercado. Isso indica que a BMW deve ter pelo menos um modelo eletrificado dentro do mix de versões dos seus carros, podendo passar a desenvolver mais carros purament

BMW confirma que deve descontinuar metade das suas opções de motores e câmbios

Imagem
O Grupo BMW confirmou que deve desenvolver uma nova linha de modelos que deve ser mais enxuta que a linha atual. Se tornando mais eficiente, a marca deve reduzir a sua quantidade de motores e opções de câmbio em 50%, dando um prazo para si mesma, que inclui as marcas BMW, MINI e Rolls-Royce. “Estamos reduzindo a complexidade, com menos versões e menos motores - mantendo apenas aqueles para os quais há demanda real: cerca de metade das opções de motores a combustão atuais não serão mais oferecidas em 2025”, disse a marca em comunicado. Isso significa que a marca deve reduzir a quantidade de motores em linha, assim como a de câmbios. Por exemplo, o X3, que possui cinco opções de motores, contando com o puramente elétrico. Com essa nova medida, a BMW pode deixar o SUV apenas com duas ou três opções de motores – sabendo que o iX3 não seria uma das opções para deixar de ser produzido. E isso claro, contando as versões civis dos carros. Isso porque as versões esportivas como a M Sport não fa

BMW e Ford fecham parceria para desenvolvimento de baterias de estado sólido

Imagem
Surgiu mais uma inesperada parceria para o desenvolvimento de carros elétricos na Europa. A parceria entre BMW e Ford deve fazer com que as marcas injetem mais de US$130 milhões na Solid Power, uma startup que deve desenvolver baterias de estado sólido. A marca deve começar a desenvolver as suas baterias de estado sólido e a produção de componentes associados. Tanto a BMW Group como a Ford Group querem investir neste tipo de bateria para os seus carros e a injeção de investimentos da marca demonstra isso. Desde o ano passado, surgia rumores de que as marcas poderiam encontrar uma nova empresa para ser a fornecedora de suas baterias, com fase de validação dos componentes no final do ano passado. As baterias em desenvolvimento devem ser acumuladores em multicamadas de estado sólido de 20Ah. Até meados de 2022, BMW e Ford devem receber baterias de 100Ah em grade escala, realizando testes de validação e integração de baterias em seus carros. "As células totalmente sólidas do Solid Pow

BMW apresenta duas opções de WallBox para o mercado brasileiro: o Essencial e o Plus

Imagem
A BMW apresentou um novo WallBox no mercado brasileiro. Trata-se do BMW WallBox, que será oferecido nas versões Essencial e Plus. As novas opções de carregador devem contar com uma potência que é 26 vezes maior que a dos carregadores portáteis. Segundo a BMW, os novos carregadores podem contar com ligamento em tomadas convencionais, facilitando o uso de carros elétricos. Os dois novos carregadores poderão ser usados em áreas internas e externas, sendo considerado ideal para residências, locais de trabalho, condomínio, além de casas de campo e veraneio. Os novos carregadores da BMW já estão sendo vendidos como opcionais no nosso mercado, pelo preço de R$7.293 para o Essencial e de R$12.846 para o Plus. Os carregadores Essencial possuem capacidade de recarga de 22kWh, equivalente a uma recarga de próxima geração de veículos elétricos e híbridos. Esse carregador ainda dispensa atualizações ou substituição de alguns de seus componentes. Já o Plus possui como destaque o controle de acesso p

Land Rover confirma o desenvolvimento da nova geração do Range Rover Vogue com motor BMW

Imagem
Previsto para ser apresentado ainda neste ano de 2021, a nova geração do Range Rover Vogue deve ser apresentada no segundo semestre. O maior SUV da marca inglesa deve ser apresentado com a nova identidade visual da marca, que deve deixa-lo mais parecido com um Discovery, Range Rover Velar e um Range Rover Evoque, em alguns detalhes, claro. No design, o novo RR Vogue deve manter a grade dianteira retangular e grande na dianteira, com novos faróis mais finos e que devem invadir a tampa do porta-malas, ficando ainda em posição mais elevada. O capô deve ser mais largo, plano e com linhas mais arredondadas. Nas laterais, o design deve ser bem parecido com as linhas do carro atual – com uma ampla área envidraçada, que garante uma ótima visibilidade. Na traseira, as lanternas deixam de serem verticais para serem horizontais e cortadas pela tampa do porta-malas, interligados por uma régua em preto brilhante com o nome Range Rover. Visualmente, a nova geração do Vogue deve manter muita coisa pa

Até 2025, BMW quer chegar aos 25% de vendas de elétricos na China; em 2020 foram 4%

Imagem
A BMW confirmou que tem um plano ambicioso para a China dentro de apenas quatro anos. A marca alemã confirmou que quer ter cerca de ¼ das suas vendas de modelos puramente elétricos na China. E essa meta deve ser atingida até 2025, de acordo com informações de Jochen Goller, Presidente-Executivo da BMW, em entrevista à Agência Reuters. A prova de fogo da marca é tão grande que em 2020, as vendas de elétricos na China foram de apenas 4%. O executivo ainda confirmou que a marca deve passar por um processo de aceleração no desenvolvimento de elétricos, o que também já foi confirmado para outras regiões do globo. No entanto, em especial na China, a BMW espera apresentar 12 novos carros até 2023 e a alemã já confirmou que quer ter 50% das suas vendas globais de elétricos puros até 2030. Goller confirmou que a expansão do mercado chinês é primordial para a marca testar se é capaz de atingir tais metas pelo seu tamanho. Na China, a BMW ainda possui uma parceria joint-venture com a Great Wall M

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente