Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Elétricos/Híbridos

Vazirani Ekonk será o primeiro superesportivo indiano, equipado com um motor de 732cv

Imagem
Surgiram as primeiras imagens de uma nova marca indiana de automóveis, chamada de Vazirani, que apresentou as primeiras imagens do seu primeiro automóvel, o Ekonk. A Vazirani Automotive foi apresentada com um esportivo com um peso de apenas 738kg junto de um motor elétrico capaz de desenvolver 732cv, ou seja, a relação peso/potência será quase de 1kg/cv. “A biomimética combinada com algumas técnicas de fabricação indianas antigas resultou na invenção da tecnologia DiCo” , diz o fundador Chunky Vazirani. O carro ainda contar com uma tecnologia inédita chamada de DiCo, que resfria a bateria quando estiver muito quente. “O DiCo permite que as baterias resfriem diretamente com o ar, em vez de precisar de resfriamento por líquido que a maioria dos fabricantes, incluindo a Tesla, usa para manter as baterias resfriadas” , disse a marca indiana. Os módulos das baterias são refrigerados a ar ao invés de ser refrigerados a líquido, mas sem revelar informações sobre a bateria. O Vazirani Ekonk re

Stellantis revela como a produção da Maserati vai mudar para a fábrica de Turin, na Itália

Imagem
Depois de confirmar que a produção da Maserati será transferida de Grugliasco para Turim, onde Ghibli e Quattroporte serão realocados. “Esta transferência não terá nenhum impacto no nível geral de emprego; garantias formais sobre a manutenção de todos os empregados afetados por esta reorganização” , disse a Stellantis. Assim, a Maserati deve passar por algumas novidades dentro da sua produção para abrir caminho para os seus futuros modelos elétricos, criando o Stellantis Turin Manufacturing District que é esperado pelo grupo ítalo-fraco-americano. “Turin passará a ser o centro estratégico do processo de eletrificação do grupo, onde serão construídos os representantes elétricos da Maserati e do Fiat 500” , destaca o Ministro do Desenvolvimento Econômico da Itália, Giancarlo Giorgetti. A nova geração do GranTurismo será produzida em Turin, de onde hoje já é produzido o Levante. Dentro de alguns meses, será transferida a produção de Ghibli e Quattroporte também para Turin. Os sedãs podem

GAC vai desenvolver motor a células de hidrogênio, com um Aion LX, com 204cv

Imagem
A GAC é mais uma marca que entrou no processo de testes e desenvolvimento de tecnologias para criar seus modelos movidos a células de hidrogênio. Ainda em fase de estudos, a mecânica alcançou uma eficiência de 44%. De acordo com os engenheiros da GAC, o motor recebeu uma nova câmara de combustão especial, projetada exclusivamente para otimizar o consumo de hidrogênio. O motor ainda possui pistões reforçados, com grampos especiais e hastes de conexão específicos. A GAC ainda confirmou que vai continuar desenvolvendo o motor para ver se consegue atingir melhores índices de eficiência. Além deste desenvolvimento, a marca ainda estaria buscando fornecedores para a produção do motor. Assim como uma série de outras marcas, a GAC vem buscando trabalhar com outros tipos de eletrificação e transição energética, encurtando a distância em relação às montadoras globais. Ao confirmar o desenvolvimento de um carro movido a células de hidrogênio, a GAC confirmou que o carro será construído na platafo

Em clínicas, Volkswagen deve optar por lançar ID.3 e ID.4 no Brasil em 2022, diz revista

Imagem
A Volkswagen pode ter dado a primeira pisa de que vai lançar seus elétricos no Brasil dentro de alguns meses. Com a confirmação de unidades sendo testadas em nosso mercado, a marca já pode ter confirmado a presença de ID.3 e ID.4 no Brasil a partir de 2022. De acordo com informações da revista Quatro Rodas, a decisão da Volkswagen já está definida. O ID.3 é considerado como um dos carros mais importantes na história da Volkswagen pode ser o primeiro elétrico desenvolvido desde o princípio como um elétrico. Depois do ID.3, a Volkswagen apresentaria o ID.4, por ser um SUV elétrico, o que pode ser uma chamariz para suas vendas. Dentro da VAG, apenas a Volkswagen ainda não possui elétricos, sendo que Audi e Porsche já o fazem. O ID.3 conta com motor de 204cv e torque de 31,6kgfm, com velocidade máxima limitada a 160km/h. Essa opção é vendida com bateria de 58kWh de capacidade e autonomia de 420km no padrão WLTP. A Volkswagen passa a oferecer o ID.3 com a mesma bateria de 58kWh, mas com uma

Estrategicamente cirúrgica, BYD pode mudar nome do Tang no Brasil para Tan em 2022

Imagem
A BYD vai lançar em 2022 no Brasil uma série de automóveis que vão estar disponíveis para consumidores físicos, pela primeira vez desde que a marca chegou ao nosso país, em 2015. Por aqui, a marca vai lançar o Han, o Qin e o Song Plus, podendo trazer até mesmo o D1, que é uma minivan compacta que seria ideal para motoristas de aplicativos. Além deles, o Tang virá ao nosso mercado, mas não com esse nome. De acordo com a apuração do Mobiauto , o Tang será rebatizado para Tan no Brasil, a fim se não ser confundido com uma marca de sucos em pó. Na pronúncia do nome Tang em mandarim, o ‘g’ já é mudo, ou seja, mesmo que o nome de batismo do carro fosse Tang aqui, ele seria chamado de “Tan”, assim como vai acontecer com o Song Plus (leia-se como Son Plus). Além disso, o nome Tan já fica alinhado com Han e Qin, com três letras e com a última em ‘n’. O Tan, que será lançado no início de 2022 e em sua segunda geração, ele possui 4,87 metros de comprimento, 2,82 metros de entre-eixos, 1,94 metro

Toyota vai apostar em outros modelos além dos híbridos ao Brasil; eletrificação total em 6 anos

Imagem
A Toyota confirmou que vai continuar apostando em novas soluções de eletrificação no mercado brasileiro. Depois de produzir os híbridos Corolla e Corolla Cross no país, a marca japonesa vai apostar em um novo modelo eletrificado a ser produzido no país em 2022. A informação foi confirmada por Masahiro Inoue, Presidente da Toyota América do Sul e Caribe, que confirmou que todos os carros da marca terão algum tipo de eletrificação dentro de seis anos. A marca ainda confirmou que já tem um plano para substituir todos os motores exclusivamente a combustão por motores híbridos no Brasil, incluindo que essas novidades vão chegando de acordo com o ciclo de vida dos atuais modelos, estimados em até seis anos para os carros atuais da Toyota. O substituto da linha Yaris, que ainda está indefinido sobre ser uma nova geração ou um SUV compacto, já virá com motor híbrido. Além dos híbridos, a Toyota não descarta a possibilidade de trazer novas soluções ao Brasil, como motores puramente elétricos e

Weltmeister apresenta o M7, um sedã bem tecnológico, com condução autônoma Nível 4

Imagem
A Weltmeister é uma das marcas chineses que ainda são pouco conhecidas, especialmente no Ocidente. A marca vem trabalhando em novidades, que será apresentada na China, com o seu novo automóvel, batizado de M7. O novo sedã vai contar com uma tecnologia mais avançada para chamar atenção dos consumidores, como a condução autônoma de Nível 4. O sistema é o último nível antes do carro ser conduzido completamente por meio de radares. O M7 vai concorrer com modelos como XPeng P7, Tesla Model S e outros sedãs maiores e tecnológicos. Pelas imagens de patente, a novidade tem 4,930 metros de comprimento e 2,918 metros entre os eixos. O carro ainda é baseado diretamente no Maven Concept, apresentado em maio do ano passado. O carro se destaca na dianteira por trazer faróis Full LED que são prolongados e se conectam com o desenho do capô. Há ainda um acabamento em preto brilhante que conecta os faróis e um acabamento em preto brilhante no capô. O para-choque dianteiro é quase todo liso e tem uma ent

Mercedes-Benz GLE e GLE Coupé ganham motor 2.0 Turbo Diesel MHEV em versão 300de

Imagem
Assim como aconteceu com a versão 350de, a Mercedes-Benz apresentou oficialmente a versão 300de para o GLE e GLE Coupé na Europa. A novidade passa a ser um motor diesel híbrido-leve que estreia no Velho Continente. A novidade fica por conta do motor 2.0 Turbo Diesel que entrega 272cv e 56,1kgfm junto de um sistema de 48V desenvolve 22cv e 22,4kgfm e auxilia a reduzir o esforço do motor nos primeiros três metros na saída com a função EQ Boost. Com esse motor, a Mercedes-Benz confirmou que o SUV vai acelerar de 0 a 100km/h em 6,8 segundos com velocidade máxima de 230km/h. No caso do GLE Coupé, a novidade acelera em velocidade máxima de 226km/h. O consumo é de 13,3km/l no ciclo urbano e 16,4km/l na estrada. Além do sistema MHEV, o GLE ainda possui função Start&Stop é tão padrão a bordo quanto a funcionalidade de navegação. Outra novidade fica por conta da tração nas quatro rodas, que recebe uma caixa de transferência com uma embreagem de placas múltiplas controlada eletronicamente, qu

Foxtron Model E tem primeiras informações reveladas em novas imagens e vídeo

Imagem
A Foxtron apresentou as primeiras imagens adicionais do Model E nos Estados Unidos. O sedã elétrico, que será produzido por lá, teve detalhes antecipados por um vídeo divulgado pela marca criada pela Foxconn. Desenhado pelo estúdio de design da Pininfarina, o Model E será produzido a partir da plataforma modular MIH. Visualmente, fica mais claro as linhas do seu design. O sedã terá uma dianteira com faróis em LEDs que se conectam na parte superior (interrompido apenas pelo logotipo da marca) e faróis principais mais abaixo, nas extremidades. O para-choque terá quase liso, com uma entrada de ar inferior. Nas laterais, o sedã terá linhas bem aerodinâmicas, e um perfil mais cupê na traseira. Na lateral, ele tem maçanetas embutidas na carroceria e os retrovisores são substituídos por câmeras. Há ainda uma saída de ar no para-lama dianteiro, próximo à porta. Na porta traseira, na parte inferior, possui a insígnia da Pininfarina e o desenho das janelas permite uma vigia. Visto de traseiro, o

Volvo XC40 Recharge Electric ganha aplicativo que ajuda na autonomia, em atualização

Imagem
A Volvo confirmou a estreia de um aplicativo para os donos do XC40 Recharge Electric, chamado de App Ranger Assistant. O novo sistema deve contar com o Google Automotive System e vai ajudar que o motorista dirija de uma maneira que auxilie em render mais com a autonomia. Com as atualizações no sistema, a Volvo vai melhorar o gerenciamento e regeneração da bateria com uma atualização remota nos centrais dos carros atuais. Como contam com uma atualização Over-The-Air (OTA) que vai trazer maior alcance graças a melhorias no gerenciamento inteligente da bateria e desempenho de regeneração, bem como um temporizador mais inteligente para pré-condicionar as baterias. Fazendo parte da sua estratégia de eletrificação, a Volvo começou a vender o seu primeiro automóvel elétrico neste ano. O SUV compacto possui autonomia de 413km, usando dois motores elétricos que desenvolvem juntos 413cv de potência e 67,3kgfm de torque. De acordo com a Volvo, ele acelera de 0 a 100km/h em 4,9 segundos, com veloc

Stellantis e Samsung fecham parceria para criar e produzir baterias nos EUA em 2025

Imagem
Depois de fechar uma parceria com a LG, a Stellantis terá uma parceria também com a Samsung, para o desenvolvimento de baterias para seus carros elétricos. A parceria foi com a Samsung SDI, onde a Stellantis e a Samsung assinaram um memorando para a produção de células e módulos de baterias na América do Norte. Com produção começando a partir de 2025, a produção terá uma capacidade anual de 23gWh, com possibilidade de ampliar essa capacidade para 40GWh. “A implementação das plantas de baterias anunciadas nos permitirá ser muito competitivos e nos tornarmos líderes no mercado norte-americano de veículos elétricos. Nossa estratégia de trabalhar com parceiros renomados nos permitirá ganhar velocidade e agilidade para projetar e fabricar veículos elétricos seguros, acessíveis e confiáveis, que atendam perfeitamente às demandas de nossos clientes. Gostaria de agradecer a todas as equipes que estão trabalhando neste investimento estratégico para o nosso futuro” , disse Carlos Tavares, CEO da

Kia Niro só deve chegar ao Brasil com nova geração; 2º geração já roda em testes finais

Imagem
A Kia parece ter perdido a janela de lançamento do Niro no mercado brasileiro. Apresentado em 2016 e com uma nova geração quase pronta rodando em testes na Coreia do Sul, o híbrido pode chegar em uma eventual segunda geração em nosso mercado. Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018 junto com o Stonic, que chega na rede de concessionárias da Kia no próximo mês, o Kia Niro terá uma nova geração dentro de alguns meses. Apesar do Stonic ser revelado globalmente em 2017 e estar sendo lançado só agora no Brasil, ainda não se tem informações de uma segunda geração do SUV compacto. Já o Niro poderia ter sido lançado no Brasil desde 2018 e a Kia resolveu postergar seu lançamento por questões cambiais – como se o Brasil fosse um paraíso fiscal onde sempre está estável. O Niro chegou até a ter registro do seu consumo de gasolina no InMetro. Concorrente do Toyota Corolla Cross, ele teria consumo de 16,8km/l na cidade e 17,1km/l na cidade, usando gasolina. O Niro conseguiu garantir a

Na Índia, Toyota e Suzuki terão SUVs compactos "primos" e híbridos que estreiam em 2022

Imagem
A Toyota e a Suzuki se tornaram mais próximas na Índia para o desenvolvimento de modelos em conjunto, com a Suzuki tende acesso a carros médios e a Toyota tendo acesso a compactos, especialmente na Índia. É de lá que a Suzuki e a Toyota terão um novo SUV compacto híbrido de baixo custo que terá até mesmo uma versão puramente elétrica. A novidade será produzida para mercados emergentes e vai ser apresentado no segundo semestre de 2022. Esse novo modelo pode acabar sendo o Yaris Cross emergente, que é diferente do modelo acima e que será maior que o Raize, abaixo. Segundo informações do site Time of India que o projeto terá um modelo correspondente da Suzuki, podendo ter mais personalidade que um simples rebadge. Esse novo carro será desenvolvido para concorrer com modelos como Hyundai Creta, Kia Seltos, Volkswagen Taigun e outros. O carro pode acabar ganhando o mesmo nível do Corolla Cross, que foi criado primeiro para o Sudeste Asiático, chegou na América do Sul, América do Norte, Japã

Tesla atinge marca de 2 milhões de unidades de elétricos vendidos, desde a sua inauguração

Imagem
A Tesla se tornou a primeira montadora de automóveis a chegar à marca de 2.000.000 de unidades de veículos produzidos. O carro de número 500.000 foi no 4º trimestre de 2018 e o primeiro milhão veio no 2º trimestre de 2020. No 3º trimestre de 2021, a marca chegou a 2 milhões de unidades produzidas. Líder global de carros elétricos, a Tesla vem acelerando a sua fabricação desde a inauguração da fábrica de Xangai, na China, no início do ano passado. Além da unidade de Xangai, a empresa está concluindo as fábricas de Berlim, na Alemanha, e de Austin, no Texas, Estados Unidos. Com essas duas novas fábricas, a empresa terá ainda mais capacidade produtiva, fazendo com que as demais marcas acelerem em seus processos de eletrificação. Agora, a meta da marca é começar a vender cerca de 1 milhão de unidades ao ano, meta que está próxima de conquistar antes mesmo de inaugurar as novas fábricas. Nos últimos 12 meses, a marca já vendeu mais de 800.000 unidades. O destaque fica por conta da dupla Mod

Toyota investe US$ 3,4 bilhões em nova fábrica de baterias, que será inaugurada em 2025

Imagem
A Toyota confirmou um investimento bilionário para a produção de automóveis elétricos no futuro. Além disso, a japonesa confirmou um aporte de US$ 3,4 bilhões até 2030 para o desenvolvimento e produção de baterias para veículos eletrificados nos Estados Unidos, fazendo parte de um investimento maior, de US$ 13,5 bilhões. A nova fábrica para a produção de baterias será localizada nos Estados Unidos e vai receber o investimento de US$ 1,29 bilhão de investimento até 2030, com capacidade de produzir 1.750 novos empregos. Com início da produção previsto para 2025, a nova fábrica vai desenvolver e produzir baterias de íon-lítio para seus veículos híbridos e elétricos. "O compromisso da Toyota com a eletrificação é atingir a sustentabilidade de longo prazo para o meio ambiente, empregos e consumidores. Este investimento ajudará a introduzir veículos eletrificados mais acessíveis para os consumidores dos EUA, reduzir significativamente as emissões de carbono e, o mais importante, criar a

Apple busca parceria com a Panasonic para ser a fornecedora das baterias do seu carro

Imagem
A Apple vai contar com uma parceria com a Panasonic no desenvolvimento do seu primeiro automóvel. Depois de confirmar que a Apple vai desenvolver seu carro por conta própria, depois de inúmeras tentativas de parcerias com marcas estabelecidas, a fabricante de eletrônicos quer criar seu carro e já cria parcerias para isso. A primeira empresa é a Panasonic, para fornecer as baterias para o futuro elétrico. As informações foram reveladas pela Agência Reuters. A Panasonic foi a terceira procurada pela Apple, depois da CATL e BYD. A parceria não deu certo por conta de as empresas afirmarem não conseguir cumprir as exigências da Apple. A Apple confirmou recentemente que o desenvolvimento de seu carro próprio, após uma série de negativas, terá a criação pausada no projeto e retomá-lo sozinho. Atualmente, a Apple corre atrás de fornecedores para a criação de seu primeiro automóvel, o que não deve ser tão difícil como encontrar alguém que estivesse interessado em ajudar a marca, que futuramente

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente