Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Diesel

Land Rover lança a linha 2023 do Defender no Brasil, que será vendido só com motor D300

Imagem
A Land Rover apresentou a linha 2023 do Defender no mercado brasileiro. A britânica deve trazer ao nosso mercado os modelos apenas com uma opção de motor, o D300 MHEV, que mata todas as versões P300 do jipão. Por aqui ele será vendido nas versões X Dynamic HSE e a X. Na mecânica, a novidade fica por conta do 3.0 Ingenium Turbo Diesel de seis cilindros em linha que desenvolve 300cv de potência e torque de 66,2kgfm, chegando aos 100km/h em 6,9 segundos. O câmbio é automático de 8 marchas e a tração possui o sistema Terrain Response nas quatro rodas (iAWD) é controlada pelo sistema Intelligent Driveline Dynamics (IDD) da Land Rover, que monitora os níveis de aderência e as entradas do motorista 100 vezes por segundo para distribuir o torque de forma preditiva entre os eixos dianteiro e traseiro e ao longo do eixo traseiro, para tração ideal dentro e fora da estrada. O motor traz um sistema híbrido-leve de 48V (MHEV) que é usado como alternador do motor de partida integrado na correia, que

Plataforma de elétricos da Mercedes-Benz vai permitir motores a combustão até 2025

Imagem
A Mercedes-Benz confirmou que a próxima geração de carros a combustão da marca virá com plataforma de modelos elétricos. O compartilhamento de plataformas deve ajudar com que os alemães possam economizar em escala. A informação foi confirmada por Christoph Starzynski, Vice-Presidente de Desenvolvimento para Acionamento Elétrico da Mercedes-Benz, em entrevista ao site Motor1. A marca ainda trabalha para fazer com que as novas gerações de Classe A e Classe B sejam desenvolvidos sobre uma plataforma elétrica, ganhando versões a combustão, possivelmente com motores híbridos. “A plataforma será ‘EV-first’ [elétrico-primeiro], mas não exclusiva de elétricos, e o compromisso ficará no lado dos a combustão, não no lado elétrico” , disse Starzynski. A base MMA será apresentada em meados de 2024 em substituição à plataforma MFA. Essa nova base modular compacta servirá de base para as novas gerações de Classe A, Classe B, CLA, GLA e GLB. Ela terá um espaço dedicado no assoalho para a bateria, mas

Jaguar F-Pace ganha duas novas opções de motores eletrificados no Reino Unido

Imagem
A Jaguar apresentou novas opções de motor eletrificado para o F-Pace na Europa. O modelo faz sua estreia com a versão Sport equipada com motor 300 Sport e 400 Sport. Ambas as opções são vendidas com um sistema híbrido-leve de 48V, que permite uma autonomia elétrico de 53km, no ciclo WLTP. Entre os motores estão o D300, o motor em si é um 3.0 de seis cilindros Turbo Diesel que desenvolve 300cv de potência e torque de 66,2kgfm, chegando aos 100km/h em 6,1 segundos e chega a máxima de 230km/h. Com gasolina, ele traz o motor 3.0 Ingenium, também de seis cilindros em linha, que desenvolve 395cv e 56,0kgfm. Com esse conjunto ele acelera de 0 a 100km/h em 5,3 segundos e chega a velocidade máxima de 250km/h, limitado eletronicamente. Essa versão ainda estreia equipada de série com conectividade na central multimídia, que possui Amazon Alexa e permite conectividade de voz com os recursos do sistema da central multimídia PiviPro, como navegação, música, podcasts e chamadas. A Jaguar ainda confir

Mazda apresenta o novo motor 3.3 SkyActiv-D de seis cilindros, que entrega 231cv e 254cv

Imagem
A Mazda revelou mais informações da sua nova gama de motores, que fazem sua estreia a bordo do CX-60. O novo SUV da marca, apresentado há pouco tempo, passa a contar com o novo motor 3.3 SkyActiv-D Turbo Diesel, de seis cilindros em linha, que desenvolve 231cv de potência e 50,9kgfm, que envia a força por meio de um câmbio automático de 8 marchas com conversor de torque junto de um sistema de tração i-Activ AWD também vem de fábrica. Ele ainda oferece uma opção junto de um sistema híbrido-leve de 48V, que junto com o pequeno motor elétrico aumenta a potência para 254cv e torque de 56,1kgfm, sendo que o motor elétrico entrega 17cv e 11,5kgfm, contando com uma bateria pequena de 0,33kWh. Com esse conjunto híbrido-leve, ele acelera de 0 a 100km/h em 7,3 segundos e chega à velocidade máxima de 220km/h. O CX-60 ainda pode ser equipado com os motores SkyActiv-G a gasolina, com o 2.5 SkyActiv-G junto de um motor elétrico de 136cv de potência, tendo baterias de íons de lítio de 17,8kWh. O moto

Ford Ranger revela opções de motores; América do Sul terá dois motores e três potências

Imagem
A Ford revelou oficialmente que a nova geração da Ranger será equipada com dois motores Turbo Diesel. Esses motores terão três configurações, sendo duas opções para o motor 2.0 Turbo Diesel e uma para o 3.0 V6 Turbo Diesel. O primeiro motor é o 2.0 Turbo Diesel que desenvolve 167cv de potência e 41,3kgfm, que substitui o motor 2.2 Turbo Diesel. Além dele, o motor 2.0 Biturbo Diesel desenvolve 210cv e 50,9kgfm, que substitui o motor 3.2 Turbo Diesel, de cinco cilindros. A novidade ficará pelo motor 3.0 V6 Turbo Diesel de 250cv de potência e 61,2kgfm que também deve ser usado nas versões mais caras, ambos com câmbio manual de 6 marchas ou automático de 10 marchas. Esses devem ser os nossos motores, na América do Sul. No exterior, ela ainda poderá ser vendida com o motor 2.0 Turbo Diesel de 150cv. Com motor a gasolina, a picape poderá ser vendida com motor 3.0 V6 EcoBoost de 288cv e 49,9kgfm. Esse mesmo motor ainda terá uma versão Biturbo, com 400cv. Outra opção será o 2.3 EcoBoost de 302

Volkswagen troca o motor do Delivery Express por um 3.0 diesel de 156cv da FPT

Imagem
A Volkswagen trocou o motor do Delivery Express. Agora, o novo conjunto desenvolvido pela FPT Industrial representa maior potência, desempenho e economia, além de um consumo de combustível que é 5% menor. A novidade passa a equipar o Delivery Express+, com o F1C Euro VI, que é um motor 3.0 Diesel que desenvolve 156cv de potência com torque de 36,7kgfm, de acordo com o Proconve L8 do Programa de Controle de Emissões Veiculares (PROCONVE) traz uma calibração exclusiva para o modelo. De acordo com a FPT, o motor possui injeção eletrônica Commom Rail que oferece maior torque em baixas velocidades. O novo motor garante arrancadas mais vigorosas, até mesmo em subidas. Isso tudo emitindo menos óxidos de nitrogênio e hidrocarbonetos. “O motor FPT F1C é o melhor da classe em potência e torque. Ele alia baixo consumo de combustível e baixo custo operacional, com máxima eficiência. Também demanda menos paradas para manutenção” , explica o diretor de Engenharia de Produto da FPT Industrial, Alexan

Audi confirma que carros 0km com motor 3.0 V6 TDI vão poder ser abastecido com óleo vegetal

Imagem
A Audi confirmou que vai investir em motores a combustão mais limpos ainda em 2022. A marca destaca que o seu motor 3.0 V6 TDI, que desenvolve até 286cv de potência, construídos a partir do mês passado, fevereiro de 2022, poderão ser abastecidos com óleo vegetal hidrotratado (HVO). Com isso, modelos como A4, A5 Sportback, A6, A7 Sportback, A8, Q7 e Q8 vão funcionar com combustíveis mais ecológicos à base de óleo vegetal. “Estamos otimizando nosso portfólio de motores de combustão existente para obter mais eficiência e emissões mais baixas. Uma maneira de fazer isso é criando as bases técnicas necessárias para o uso de combustíveis sustentáveis, como HVO” , disse Oliver Hoffmann, Diretor de Desenvolvimento da Audi. De acordo com a Audi, o HVO reduz a emissão de poluentes entre 70% a 95% em comparação com o diesel normal. O combustível a base de óleo vegetal ainda pode ser feito a partir de materiais residuais, como óleo de cozinha ou resíduos de materiais usados na agricultura. Os óleos

Ford Ranger terá motor 3.0 V6 Turbo Diesel no Brasil, de 253cv, como opção topo de linha

Imagem
A Ford confirmou que a nova geração da Ranger será lançada no Brasil no ano que vem. A picape já roda em testes em nosso mercado, onde deve trazer um novo motor Turbo Diesel, que mata o velho 3.2 Duratorq Turbo Diesel. O motor em questão será o 2.0 EcoBlue Turbo Diesel de 180cv e 213cv de potência, sendo essa última configuração com torque de 50,9kgfm. A primeira opção será destinada para as versões de serviço da Ranger e a opção de 213cv equipará a maioria das versões da picape. No entanto, esse motor não será o único a chegar em nosso mercado. De acordo com informações da revista Quatro Rodas, trata-se do motor 3.0 V6 Turbo Diesel de 253cv de potência e 60,8kgfm que também deve ser usado nas versões mais caras, ambos com câmbio automático de 10 marchas. Esse motor estará nas versões topo de linha da nova Ranger. Mais moderna, tecnológica, segura e com novos motores, a picape quer ser a melhor Ranger já produzida. Argumentos para isso a Ford tem. A começar principalmente pelo design d

Nissan confirma que vai desistir de motores a combustão em seus principais mercados

Imagem
A Nissan confirmou que vai parar de desenvolver novos motores a gasolina para os seus carros. Essa medida deve afetar todos os grandes mercados destacados pela Nissan, exceto os Estados Unidos, que continuará com motores a combustão, nem que seja com apoio de um motor elétrico. A informação foi confirmada pelo jornal japonês Nikkei , que destacou que a Nissan vem mirando suas forças e investimentos em modelos elétricos, puramente. Na Europa, a Nissan já confirmou que não terá mais carros a combustão e com o Euro7 chegando em 2025, a japonesa apostará apenas em elétricos. Depois, China e Japão devem seguir os passos da Europa, mas o Japão ainda será o responsável pelo desenvolvimento de motores híbridos. Apesar de não desenvolver novos motores térmicos, isso não signifique que os atuais motores deixem de ser produzidos. Eles seguem em produção para atender os mercados onde os elétricos ainda não são tão atrativos, como os mercados latino-americanos, africano e sudeste asiático. Os motor

Ford Ranger terá versão híbrida em 2024, mas detalhes sobre qual será o motor é incerto

Imagem
A Ford confirmou que a nova geração da Ranger vai receber uma versão híbrida. Apresentado em novembro do ano passado, a nova geração da picape deve ser uma das primeiras picapes médias com um motor híbrido. Essa opção não foi lançada junto com as demais versões e só fica pronta em meados de 2024. Segundo o site australiano Drive , a versão híbrida será plug-in, sendo um sistema parecido com o dos SUVs da Ford, como Escape e Explorer. Informações ainda mais raras são sobre o motor, qual será o motor a combustão utilizado. Sendo um híbrido plug-in baseado em um motor diesel ou um híbrido plug-in a gasolina, a picape é cotado a usar o motor 2.3 EcoBoost a gasolina junto a um motor elétrico, capaz de desenvolver 367cv de potência com torque na casa dos 69,3kgfm. Toyota e Mitsubishi também confirmaram que Hilux e Triton também devem receber motores híbridos, assim como a Nissan Frontier também o fará. No ano passado, foi comentado que a nova geração da Ranger já foi pensada para ser eletrif

Stellantis já vende Citroën Jumpy/Jumper e Peugeot Expert/Boxer com novo motor BlueHDi

Imagem
Anunciadas em 2021, a gama de comerciais leves da Citroën e da Peugeot já são vendidos com novas opções de motores. As duplas Citroën Jumpy e Peugeot Expert e os grandes Citroën Jumper e Peugeot Boxer já são vendidos com uma nova gama de motores BlueHDi, que se enquadram ao Proconve L7. Os novos motores dos modelos menores, Jumpy e Expert, trazem o novo motor 1.5 BlueHDi é um conjunto que desenvolve 120cv de potência com torque de 30,5kgfm, um ganho de 5cv e 0,5kgfm a mais que os motores 1.6, além de ser mais econômico e menos emissor de poluentes. As novidades vão manter o mesmo câmbio manual de 6 marchas. De acordo com informações, eles vão acelerar de 0 a 100km/h em 12,5 segundos e a velocidade máxima é de 160km/h. Em questões de desempenho, para chegar até os 100km/h a dupla ficou 3,1 segundos mais rápida. O consumo será de 12,4km/l na cidade e 11,9km/l na estrada, com um tanque de combustível de 69 litros. Já a dupla de comerciais leves maiores, importados da Europa, Jumper e Boxe

Fiat Toro chega à linha 2022 com tanque Arla 32 e fica até 7,4% mais econômica que a linha 2021

Imagem
A Fiat apresentou a chegada da linha 2022 da Toro ao mercado com algumas novidades. A picape passa a ficar mais eficiente na linha 2022 quando equipada com o motor 2.0 MultiJet Turbo Diesel, que desenvolve 170cv e 35,7kgfm, acoplado ao câmbio automático de 9 marchas e a tração 4x4. Para atender ao Proconve L7, a Fiat fez a picape receber o sistema de injeção de ureia para controle de emissões. O tanque de Arla 32 tem 13 litros e autonomia de até 10.000km, representando um gasto extra aproximado de R$ 5,20 a cada 1.000km rodados. Com a chegada desse novo tanque, não impactou o tamanho do tanque de 60 litros e faz a Toro rodar cerca de 760km. O consumo médio é de 12,7km/l. A Fiat ainda confirmou que, com o motor 1.3 16v Turbo Flex, a picape também ficou mais econômico quando comparado ao propulsor regido pela legislação anterior, com uma melhora de até 7,4% no consumo de combustível. Nas versões com motor TD350, o intervalo de revisões é a cada 20.000km ou um ano e as três primeiras revi

Stellantis inicia produção da Fiat Toro TD350 com tanque ARLA32 em Goiana (PE), diz site

Imagem
A Fiat já começou a produzir a Toro com novidades na unidade pernambucana de Goiana. Por lá, a picape começou a ser produzida com as mesmas mudanças que o Jeep Compass começou a ser produzido, com tanque ARLA32 para o tratamento de gases, quando equipada com o motor TD350. As mudanças foram inseridas porque a picape deve trazer o tanque de ARLA32 por conta do Proconve L7, onde o uso do tanque de ureia ajuda a diminuir a emissões de poluentes. O tanque deve ser associado apenas ao motor 2.0 16v MultiJet Turbo Diesel se mantém o mesmo e desenvolve 170cv de potência com torque de 35,7kgfm, vendida com tração 4x4 e câmbio automático de 9 velocidades. Para se adequar ao Proconve L7, o tanque deve ser essencial para ajudar a diminuir as emissões de carbono. Atualmente, a Toro com motor Turbo Diesel é vendida com as versões Freedom, Volcano, Ranch e Ultra. Atualmente, as versões são vendidas por R$ 183.690, R$ 197.790, R$ 205.390 e R$ 207.390, respectivamente. De série, a versão mais simples

Land Rover lança o Discovery Sport com motor D200, com motor híbrido-leve de 48V (MHEV)

Imagem
A Land Rover apresentou a primeira novidade do ano de 2022 com a chegada do novo motor D200 para o Discovery Sport. Produzido na unidade de Itatiaia (RJ), o SUV recebe um novo motor 2.0 Turbo Diesel junto de um sistema híbrido-leve de 48V (MHEV), além de manter o mesmo motor para o P250 Flex. A novidade fica por conta do D200 MHEV que se destaca por aliar o motor 2.0 Turbo Diesel de 204cv de potência, com torque de 43,9kgfm, junto de um pequeno motor elétrico de 48V que é usado como alternador do motor de partida integrado na correia, que ajuda na aceleração e reduz o consumo de combustível. O motor é ligado ao câmbio automático de 9 marchas e a uma tração integral. De acordo com a Land Rover, o SUV emite 170g/km de CO2 por quilômetro rodado. “É com muito orgulho que anunciamos não só a chegada de mais um ano modelo do Discovery Sport produzido em Itatiaia (RJ), onde está localizada nossa fábrica, mas também o lançamento da tecnologia MHEV para o modelo. Essa novidade vai diretamente a

Fiat Toro terá tanque Arla 32 a partir de janeiro de 2022 e retorno do pacote S-Design

Imagem
A Fiat já testa a Toro com o tanque ARLA 32, que não foi introduzido na picape em sua reestilização, em abril deste ano. O tanque ajuda no tratamento de gases e já está presente em modelos da Jeep, como Compass e Commander. De acordo com informações de Marlos Vidal, do Autos Segredos e da coluna Autos Segredos no UOL , a produção da Toro com o tal tanque começa a partir de janeiro em Goiana (PE). O tanque deve ser associado apenas ao motor 2.0 16v MultiJet Turbo Diesel se mantém o mesmo e desenvolve 170cv de potência com torque de 35,7kgfm, vendida com tração 4x4 e câmbio automático de 9 velocidades. Para se adequar ao Proconve L7, o tanque deve ser essencial para ajudar a diminuir as emissões de carbono. Atualmente, a Toro com motor Turbo Diesel é vendida com as versões Endurance, Freedom, Volcano, Ranch e Ultra. Além do tanque de ARLA 32, a partir de janeiro volta a ser produzida a Toro com o pacote S-Design, que se destaca por contar com rodas, frisos, logotipo, retrovisores e grade

Volkswagen confirma que motores diesel (TDI) não saem de cena tão cedo assim de cena

Imagem
A Volkswagen confirmou que a linha de motores TDI não deve sair de cena tão cedo do lineup. Mesmo com o escândalo que fez a marca alemã passar a acelerar a sua eletrificação nos últimos anos e levar um grande processo em vários países (inclusive no Brasil), a Volkswagen confirmou que os motores TDI terão continuidade no desenvolvimento de motores Turbo Diesel pelos próximos anos, trazendo melhorias para que estes se tornem mais eficientes. Com uma meta de reduzir cerca de 40% das emissões de CO2 até 2030, a VW confirmou que vai seguir a norma EM 15940, uma norma europeia que regulamenta o uso de biocomponentes nos combustíveis. Por conta do ‘novo diesel’, a Volkswagen prevê que os motores se tornem entre 70% a 95% em relação ao uso normal do diesel, o que vai ajudar a marca a fazer com que chegue à neutralidade do carbono mais rápido que a previsão, que segue em 2050. Esse novo combustível deve ainda trazer mais algumas novidades como combustíveis parafínicos feitos a partir de materia

Mercedes-Benz GLE e GLE Coupé ganham motor 2.0 Turbo Diesel MHEV em versão 300de

Imagem
Assim como aconteceu com a versão 350de, a Mercedes-Benz apresentou oficialmente a versão 300de para o GLE e GLE Coupé na Europa. A novidade passa a ser um motor diesel híbrido-leve que estreia no Velho Continente. A novidade fica por conta do motor 2.0 Turbo Diesel que entrega 272cv e 56,1kgfm junto de um sistema de 48V desenvolve 22cv e 22,4kgfm e auxilia a reduzir o esforço do motor nos primeiros três metros na saída com a função EQ Boost. Com esse motor, a Mercedes-Benz confirmou que o SUV vai acelerar de 0 a 100km/h em 6,8 segundos com velocidade máxima de 230km/h. No caso do GLE Coupé, a novidade acelera em velocidade máxima de 226km/h. O consumo é de 13,3km/l no ciclo urbano e 16,4km/l na estrada. Além do sistema MHEV, o GLE ainda possui função Start&Stop é tão padrão a bordo quanto a funcionalidade de navegação. Outra novidade fica por conta da tração nas quatro rodas, que recebe uma caixa de transferência com uma embreagem de placas múltiplas controlada eletronicamente, qu

Toyota confirma que trabalha em versão híbrida da próxima geração de Hilux e SW4

Imagem
A Toyota confirmou que as novas gerações de Hilux e SW4 devem receber uma opção de motor híbrido, junto com o motor Turbo Diesel. A marca vem trabalhando para diminuir a emissão de poluentes de toda a sua frota de automóveis novos e a dupla também deve passar por novidades na mecânica. De acordo com a revista japonesa Best Car , a Toyota deve usar o mesmo motor que vai estrear antes na nova geração do Land Cruiser 300, que deve dividir a mesma base e componentes com o utilitário esportivo. Não é de hoje que a Toyota fala sobre o desenvolvimento de uma Hilux Hybrid e SW4 Hybrid. Em meados de 2023 esse novo motor deve ser apresentado pela marca nipônica, entre motores 2.5 a 3.5 Diesel. O Land Cruiser Prado também deve usar essa mesma mecânica, com o 2.5 Turbo Diesel Hybrid, que deve ser um motor novo e que vá substituir o 2.8 Turbo Diesel. “Planejamos oferecer uma opção eletrificada em praticamente toda a nossa linha de modelos – incluindo veículos comerciais – já em 2030. Esta meta incl

Europa confirma que motor a combustão será permitido em veículos 0km até 2035, diz UE

Imagem
A União Europeia confirmou que deve dar o prazo de até 2035 para vender carros com motor a combustão, sejam eles a gasolina, diesel ou gás natural. Estes modelos emitem CO2 e devem ser banidos de serem vendidos no continente após 2035, ou seja, dentro de 14 anos. A medida é a prova de que o chamado “Fit for 55” porque as emissões de gases de efeito estufa em 2030 pode ser reduzidos em 55% em 2030 em comparado com as emissões de 1990. Com isso, entende-se que este deve ser um objetivo alcançando num primeiro momento, que deve ser a mudança de uma matriz energética dos carros para um período de tempo que parece demorar, mas que faz parte da indústria que necessita trabalhar a longo prazo. A informação de que os motores a combustão devem ser mantidos em linha apenas até 2035 foi anunciado na sede da União Europeia, em Bruxelas, na Bélgica. Essa medida já deixa bem claro que as marcas devem focar no seu processo de eletrificação e abandonar o desenvolvimento de motores a gasolina e a diese

Postagens mais visitadas deste blog

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos