Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Diesel

Ex-fábrica de motores diesel passa a produzir motores elétricos para Stellantis Group

Imagem
A Stellantis Group confirmou que a fábrica de Tremery, na França, deve deixar de produzir motores a diesel para produzir motores elétricos. Essa fábrica deve ser apenas a primeira que deve passar por essa transição de produção de motores a diesel para elétricos na Europa. Aos poucos, o grupo franco-ítalo-americano deve apresentar novos modelos eletrificados ainda em 2021. Serão cerca de 20 novidades para este ano, de acordo com a recém formado grupo. De acordo com informações da Stellantis, a produção de motores elétricos deve subir para cerca de 180 mil unidades em 2020 para ser cerca de 900 mil unidades em 2025. Para isso, precisa ter fábricas que possam produzir esses novos motores elétricos, ou seja, essa não deve ser a primeira fábrica do grupo a passar a produzir motores eletrificados. A produção de um motor elétrico leva 1/5 dos componentes de um motor a combustão e, teoricamente, é mais fácil e rápido de produzir. Essa transição de produção de motores deve ser contínua, sendo q

Hyundai Group cancela o desenvolvimento de nova geração de motores a diesel CRDi

Imagem
A Hyundai confirmou que não vai mais desenvolver os motores diesel da linha CRDi. De acordo com informações que foram reveladas no site Korea JoongAng Daily, citando fontes internas da Hyundai e relatórios vazadas confirmaram que a sul-coreana deve interromper o desenvolvimento de motores substitutos dos atuais CRDi, que foram confirmados no segundo semestre de 2020. Com isso, a Hyundai deve focar na estratégia de atualização e aprimoramento dos motores já existentes, que devem continuar em linha por mais alguns anos antes de serem substituídos oficialmente pelos motores eletrificados. Os motores devem ser fundamentais para a Hyundai nos próximos anos, sendo que esses motores ainda são usados em hatchs, sedãs e utilitários esportivos da marca, principalmente em alguns mercados onde os automóveis tem permissão de ter motores a diesel. Vale destacar que a Hyundai ainda atua no segmento de caminhões, que usam muito essa mecânica. Já o desenvolvimento de novos motores a gasolina deve segui

Volvo retira de linha as versões puramente a combustão, a gasolina e diesel, no Brasil

Imagem
A Volvo já começou a sinalizar as mudanças no mercado brasileiro. Até o final de 2021, a Volvo deve passar a vender modelos puramente híbridos no país. Com isso, as versões puramente movidas a gasolina e a diesel devem sair de linha no Brasil dentro de alguns meses. Com isso, S60, XC40, XC60 e XC90 devem ser vendidos apenas com motores híbridos, algo que o S90 sempre foi, desde seu lançamento. O XC40, por exemplo, deve ser vendido nas versões Momentum, R-Design e Inscription com o motor 1.5 12v Turbo de três cilindros, vendido nas versões T3 do XC40, que desenvolve 180cv de potência e 27kgfm de torque junto de um motor elétrico que entrega 82cv de potência e 16,3kgfm. Juntos, eles desenvolvem 262cv de potência e 43,3kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem de 7 marchas, com tração dianteira. O 0 a 100km/h fica em 7,3 segundos. Já o XC60 deve ser vendido com o motor 2.0 eDrive Turbo que desenvolve 320cv de potência junto a um conjunto elétrico de 87cv com bater

Audi confirma que não terá motores a combustão em seus carros em 2035, no mercado europeu

Imagem
A Audi confirmou que terá automóveis com motor a combustão até meados de 2035. A marca das argolas confirmou que os carros movidos a combustão devem sobreviver dentro da marca por cerca de quinze anos, com modelos híbridos, em sua maioria. De acordo com entrevista do site Wirtschafts Woche , a empresa deve eliminar os carros a gasolina e a diesel do portfólio nesses quinze anos. De acordo com o CEO da Audi, Markus Duesmann, disse na entrevista que a marca deve se concentrar no desenvolvimento de modelos eletrificados. O executivo disse em uma entrevista que "a proteção do meio ambiente e o sucesso econômico andam bem juntos" . Sem citar fontes, a Audi disse que desenvolve um cronograma de transição gradual dos motores a combustão para os modelos elétricos, sendo que isso deve ser divulgado dentro de algumas semanas. Atualmente a Audi já possui 17 modelos eletrificados, sendo 5 elétricos e 12 híbridos. Dentro de alguns anos serão 20 elétricos e 30 híbridos plug-in. Com isso, a

Fiat Toro, Jeep Compass e Jeep Renegade Diesel tem fila de espera de até 2 meses no Brasil

Imagem
A Jeep e a Fiat estão com uma fila de espera que pode chegar a dois meses para atender as versões 2.0 MultiJet Turbo Diesel de Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat Toro. No caso do Renegade Diesel, a fila de espera chega a dois meses, principalmente nas capitais. As versões Moab e Longitude estão em falta nas principais concessionárias da Jeep no país, enquanto a Trailhawk também está em falta em algumas. De acordo com informações recebidas pela revista Autoesporte , a FCA vem sofrendo com a lentidão em trazer os motores da Itália, de onde são importados. Isso porque a pandemia tem atrasado a entrega dos motores. De acordo com a FCA, em nota para a revista, "a pandemia de Covid-19 afetou o ritmo de produção de veículos ao longo de 2020, com impacto sobre o planejamento da cadeia de produção; e tem dialogado com sua cadeia de suprimentos em busca da regularidade de volumes e prazos de fornecimento. O motor é o conhecido 2.0 16v MultiJet Turbo Diesel de 170cv de potência e 35,7kgfm de

Mazda confirma desenvolvimento de novos motores de seis cilindros e o elétrico com Wankel

Imagem
Enquanto os novos motores não ficam prontos, a Mazda resolveu dar um gostinho aos entusiastas com o desenvolvimento dos mesmos. A japonesa confirmou, por meio do jornal Nikkei, que os novos modelos terão apelo esportivo, sendo que a marca deve apresentar novidades como um sedã executivo (Mazda6) e novos SUVs nos próximos anos. A marca ainda desenvolve novos motores SkyActiv, de seis cilindros em linha. Esses novos motores podem ter entre 3.0 a 3.3 litros, desenvolvidos para serem longitudinais e abastecidos com gasolina, além de um diesel. Os dois novos motores devem adotar uma tecnologia de 48V, híbrida-leve. Entre os modelos que devem usar esses motores estão as novas gerações do Mazda6 e as novas gerações de CX-5 e CX-8. A Mazda terá mais motores Wankel, que deve ser apresentado oficialmente dentro de alguns meses. A confirmação foi feita pelo CEO da Mazda, Akira Marumoto, no ano passado, que confirmou em entrevista o desenvolvimento do motor. O motor Wankel deve funcionar como um g

Honda deve desenvolver elétricos e híbridos e extinguir carros apenas a combustão até 2022 na Europa

Imagem
A Honda confirmou que deve mudar sua estratégia no mercado europeu. Até 2022, a Honda decidiu que não deve vender nenhum carro que não seja eletrificado. Depois de não conseguir atingir as metas de emissões de poluentes, a japonesa deve tomar uma atitude mais drástica e enérgica, eliminando os carros movidos apenas com motores a gasolina ou a diesel. De acordo com o site Autocar, a Honda deve passar a vender apenas modelos híbridos e movidos a eletricidade. Com as regras cada vez mais rígidas no continente europeu contra o CO2, a marca disse: "Ela será uma combinação de totalmente elétrico e híbrido. Obviamente, se a legislação começar a mudar quando nos aproximamos de 2035, ou se nos afastarmos do híbrido também, então mudaremos nosso tecnologia para longe disso. Há um papel a desempenhar para os combustíveis limpos, para a biomassa, para o hidrogênio e até certo ponto para os combustíveis convencionais e também para as baterias" , destacou Ian Howells, Vice-Presidente Sênio

Argentina, Brasil e Colômbia recebem Peugeot Landtrek apenas em 2022 com "adaptações Mercosul"

Imagem
A Peugeot confirmou que a Landtrek deve demorar para chegar a três países: Argentina, Brasil e Colômbia. Esses três mercados devem esperar a picape que seria produzida na unidade de Nórdex, em Montevidéu, no Uruguai. De acordo com informações da imprensa argentina, a picape deve ser importada da China para os demais países latinos, por isso contam com motores 2.4 Turbo a gasolina e o 1.9 Turbo Diesel, que não são adequados ao padrão de picapes médias na região. Na Argentina, chegou um lote de unidades da picape chinesa para testes de adaptações. Nestes três países, a chegada da picape via China seria totalmente inviável, por ter que pagar imposto de importação. Num segmento de volume como este, seria totalmente desinteressante oferecer a picape importada. Por isso, a PSA resolveu produzir a Landtrek no Uruguai, onde ela deve ficar livre de imposto de importação. A picape será feita na mesma fábrica que hoje são produzidos Citroën Jumpy, Peugeot Expert e Kia Bongo (e que, em breve, deve

Audi apresenta o SQ5 Sportback com motor TDI, que desenvolve 347cv de potência

Imagem
Depois de apresentar o SQ5 TDI, a Audi partiu para apresentar o SQ5 Sportback TDI, a carroceria cupê do utilitário esportivo. Com linhas mais atraentes que o SQ5, o Sportback segue a mesma receita visual do modelo já conhecido. Produzido em San José Chiapa, no México, o SQ5 Sportback conta com 4,69 metros de comprimento, 2,820 metros entre os eixos, 1,88 metro de largura e 1,66 metro de altura. A versão esportiva tem grade dianteira octogonal single frame, com o logotipo SQ5 no lado esquerdo. Há ainda novas entradas de ar laterais, que funcionam como nicho dos faróis de neblina. Há ainda um elemento visual interno da peça, um pequeno trapézio, além de outras novidades, como os novos faróis, com nova iluminação em LED. O capô também é novo e há uma nova entrada de ar inferior. Na traseira, as novidades ficam por conta de novas lanternas com tecnologia OLED digital, que traz quatro tipos de iluminação interna dos freios. Funcionando com um diodo orgânico, ele conta com displays e televis

SsangYong apresenta o reestilizado Rexton, que passa pela primeira mudança desta geração

Imagem
Após ter a segunda geração apresentada em 2017, o Rexton passa por sua primeira reforma visual. O SUV, depois de ser apresentado em 2001 e renovado em 2006 e 2012 passa por uma mudança visual até prematura dessa geração. Maior SUV da SsangYong atualmente, o Rexton recebe as mudanças simultâneas na Europa e na Coreia do Sul. Entre as novidades, o utilitário esportivo coreano passa a contar com uma nova grade dianteira octogonal com vários elementos cromados e com o logotipo da marca. Há novos faróis dianteiros, que aderem 100% ao LED e um novo para-choque dianteiro, com uma posição mais elevada dos faróis de neblina, que passam a estar num acabamento em “C”. O modelo ainda tem uma entrada de ar inferior, menor, visto que a grade deve ser a principal entrada de ar para o resfriamento do motor. Nas laterais, as mudanças ficam por conta de novas rodas de liga leve, apenas. Na traseira, o Rexton 2021 conta com novo layout das lanternas, com uma nova assinatura em LED. O para-choque traseiro

Audi apresenta o reestilizado SQ5 na Europa, que traz melhorias no motor V6 TDI de 347cv

Imagem
Depois do Q5 reestilizado, a Audi apresentou as primeiras imagens do SQ5 renovado. O modelo foi apresentado primeiro com o motor TDI. Entre as novidades visuais, a versão esportiva tem grade dianteira octogonal single frame, que fica mais larga. Há ainda novas entradas de ar laterais, que funcionam como nicho dos faróis de neblina. Há ainda um elemento visual interno da peça, um pequeno trapézio, além de outras novidades, como os novos faróis. O capô também é novo e há uma nova entrada de ar inferior. Na traseira, as novidades ficam por conta de novas lanternas com tecnologia OLED digital, que traz quatro tipos de iluminação interna dos freios. Funcionando com um diodo orgânico, ele conta com displays e televisões que permitem criar telas, no caso as lanternas, com a habilidade de emitir sua própria luz em uma superfície homogenia. Com isso, as lanternas contam com três partes, que em cada uma são divididas em outras seis partes, totalizando 18 componentes distintos que podem iluminar

Peugeot Landtrek é confirmada com o motor 1.9 Turbo Diesel como primeira opção mecânica

Imagem
Ainda é muito cedo para falar sobre mecânica da Peugeot Landtrek, um dos próximos lançamentos da PSA para a América Latina. O modelo tem até 2022 para ser lançada no Uruguai, onde deve ser produzido, Brasil e Argentina. De acordo com informações do site Autos Segredos, a picape está confirmada, até o momento, a ser produzida com o motor 1.9 Turbo Diesel, que deve desenvolver 150cv e 35,7kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas. Ao que tudo indica, essa motorização deve ser usada para as versões destinadas ao trabalho, com foco em vendas para empresas, produtores rurais e frotas. Isso porque o modelo deve ser próximo ao que a Ford oferece o motor 2.2 Turbo Diesel de 160cv ou a Nissan oferece para a Frontier um 2.3 Turbo Diesel de 160cv. Até mesmo a questão do câmbio manual, preferência desse tipo de veículo. A Peugeot ainda oferece a opção de câmbio automático de 6 marchas para essa motorização, mas não sabemos se ela deve ser oferecida por aqui. Por enquanto não se fala de uma no

Daimler deve ter novos motores 2.0 M254 (gasolina) e OM654 (diesel) com sistema EQ Boost

Imagem
A Daimler confirmou que deve desenvolver novos motores a gasolina e a diesel, em contrário à redução de motores a combustão que as marcas tem feito na Europa. Com o limite de emissões estipulado em 95g/km, a Daimler confirmou que a Mercedes-Benz deve receber dois novos motores que deve ser hibritizados, sendo um a gasolina e um diesel. A alemã deve focar na introdução de sistemas mais eficazes para reduzir o consumo e as emissões de poluentes. Os novos motores são chamados de M254 e OM654, respectivamente, gasolina e diesel. Esses motores devem receber várias mudanças, a fim de incluir o sistema EQ Boost. O motor a gasolina deve desenvolver 272cv de potência, sendo 20cv extras do sistema híbrido-leve de 48V. O torque desse motor é de 40,6kgfm, enquanto o sistema MHEV deve entregar 18,3kgfm. Esse motor M254 ainda recebe melhorias para se tornar mais eficiente com o câmbio automático de 9 marchas 9G-TRONIC. A Daimler confirmou que parte dos cilindros (cilindros 1 e 4) usam parte dos gase

Volkswagen apresenta Amarok V6 TDI com motor que desenvolve 258cv, por R$243.290

Imagem
Depois de quase um ano de espera em relação aos Hermanos argentinos, a Volkswagen apresentou a Amarok V6 com motor de 258cv de potência no Brasil. A picape volta a ser a picape média mais potente do mercado brasileiro, posto que tinha perdido para a Toyota Hilux 4.0 V6 a gasolina, mesmo que em termos de cavalaria (a Amarok é a diesel). A picape tinha um motor 3.0 V6 TDI que desenvolvia 225cv de potência e 56,1kgfm de torque, que foi ampliado para 258cv e 59,1kgfm, um ganho de 33cv e 3kgfm. O câmbio é o mesmo automático de 8 velocidades e a tração é a 4MOTION, integral. A picape ainda não descartou o motor 2.0 TDI, que desenvolve 180cv de potência com torque de 42,8kgfm. A versão Extreme da picape ainda passa a oferecer o pacote Black Style, que deve se destacar pelo seu visual mais esportivo, com a carroceria toda em preto, incluindo para-choque e santoantônio, mas não traz nenhuma diferença em relação à Extreme no quesito equipamentos. Com essa versão, ela deve ser vendida em duas ver

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Tesla revela nova informação sobre design da Cybertruck, que estreia no fim do ano

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Novo Jeep Compass tem detalhes das versões reveladas; SUV terá oito versões