Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Diesel

Toyota confirma que trabalha em versão híbrida da próxima geração de Hilux e SW4

Imagem
A Toyota confirmou que as novas gerações de Hilux e SW4 devem receber uma opção de motor híbrido, junto com o motor Turbo Diesel. A marca vem trabalhando para diminuir a emissão de poluentes de toda a sua frota de automóveis novos e a dupla também deve passar por novidades na mecânica. De acordo com a revista japonesa Best Car , a Toyota deve usar o mesmo motor que vai estrear antes na nova geração do Land Cruiser 300, que deve dividir a mesma base e componentes com o utilitário esportivo. Não é de hoje que a Toyota fala sobre o desenvolvimento de uma Hilux Hybrid e SW4 Hybrid. Em meados de 2023 esse novo motor deve ser apresentado pela marca nipônica, entre motores 2.5 a 3.5 Diesel. O Land Cruiser Prado também deve usar essa mesma mecânica, com o 2.5 Turbo Diesel Hybrid, que deve ser um motor novo e que vá substituir o 2.8 Turbo Diesel. “Planejamos oferecer uma opção eletrificada em praticamente toda a nossa linha de modelos – incluindo veículos comerciais – já em 2030. Esta meta incl

Europa confirma que motor a combustão será permitido em veículos 0km até 2035, diz UE

Imagem
A União Europeia confirmou que deve dar o prazo de até 2035 para vender carros com motor a combustão, sejam eles a gasolina, diesel ou gás natural. Estes modelos emitem CO2 e devem ser banidos de serem vendidos no continente após 2035, ou seja, dentro de 14 anos. A medida é a prova de que o chamado “Fit for 55” porque as emissões de gases de efeito estufa em 2030 pode ser reduzidos em 55% em 2030 em comparado com as emissões de 1990. Com isso, entende-se que este deve ser um objetivo alcançando num primeiro momento, que deve ser a mudança de uma matriz energética dos carros para um período de tempo que parece demorar, mas que faz parte da indústria que necessita trabalhar a longo prazo. A informação de que os motores a combustão devem ser mantidos em linha apenas até 2035 foi anunciado na sede da União Europeia, em Bruxelas, na Bélgica. Essa medida já deixa bem claro que as marcas devem focar no seu processo de eletrificação e abandonar o desenvolvimento de motores a gasolina e a diese

Ford F-150 perde motor 3.0 V6 Turbo Diesel nos EUA e aposta nas opções eletrificadas

Imagem
A Ford confirmou que deve trazer mudanças para o lineup da F-150 nos Estados Unidos. A picape deve trazer novidades e deve perder as opções de motor diesel, por conta da baixa demanda pelas motorizações com este tipo de combustível. Por lá, a maioria das vendas da F-150 são de modelos com motor a gasolina, por ela ser muito barata. Com isso, a Ford deve focar ainda mais na F-150 Lightning, que surpreendeu positivamente a Ford nos EUA. Atualmente a F-150 é vendida com as opções de motor com o 3.0 V6 Power Stroke que desenvolve 254cv e 60,6kgfm. “Para clientes que precisam de torque máximo de reboque, agora oferecemos o F-150 PowerBoost como a combinação ideal de capacidade, potência e eficiência de combustível, que não estava disponível quando o Power Stroke foi lançado”, destaca Dawn McKenzie, Porta-Voz da Ford. A solução para quem quer uma picape com torque similar deve ser o PowerBoost, com motor 3.5 V6 EcoBoost junto de um motor elétrico que desenvolve 47cv de potência, acoplado a u

Audi confirma que últimos carros a gasolina e diesel estreiam em 2026; motores ficam até 2033

Imagem
A Audi definiu os seus próximos passos quando o assunto for carros elétricos e a transição de modelos. A marca das quatro argolas confirmou que deve desenvolver modelos elétricos nos próximos anos, mas deve deixar de lançar carros com motores a gasolina e a diesel em 2026. Segundo informações do Süddeutsche Zeitung , a marca deve manter esses motores em linha até 2030, pelo menos na Europa, quando deve passar puramente para carros elétricos. O jornal alemão ainda confirmou que, de acordo com falas recentes do CEO da Audi, Markus Duesmann, o executivo teria uma reunião com alguns representantes dos executivos do alto escalão da empresa. Todos os carros da marcam devem receber uma versão elétrica e o último carro a combustão da Audi estreia em 2026 e seria um modelo da linha Q, de utilitários esportivos que, ao que tudo indica, seja a nova geração do Q8. A marca já confirmou que não deve desenvolver novos motores elétricos. No mundo, a Audi deve abandonar por completo os motores a combus

Renault confirma fim do desenvolvimento de nova geração de motores diesel na Europa

Imagem
A Renault confirmou que deve abandonar o motor diesel em seus carros. A francesa revelou que não deve mais desenvolver novos motores diesel para seus carros e comerciais leves. Com os novos padrões de emissões de poluentes na Europa, a marca confirmou que deve abandonar o desenvolvimento de novos motores para seus carros – e focando em elétricos. Depois da Lexus, Mitsubishi, Nissan e Volvo confirmarem que não devem mais desenvolver motores elétricos, a Renault se une a este grupo. Essa medida faz parte do Plano RENAULuTion, apresentado no meio do ano passado. A informação foi confirmada por meio do CEO da Renault, Luca de Meo, que disse que não deve mais investir dinheiro no desenvolvimento de motores a diesel de nova geração. A última medida com os motores diesel deve ser feita com os atuais dCi, que devem ser adaptados para atender as novas normas de emissões de poluentes da Europa. Isso deve manter esses motores em linha por mais algum tempo, enquanto a Renault deve desenvolver alte

Novo SUV da Jeep pode ser batizado de Commander, terá Arla 32 e só motor MultiJet

Imagem
Após a divulgação das primeiras imagens de patente, surgiu informações de que o novo modelo da Jeep deve ser batizado de Commander. O teaser, que mostra que o final do nome do SUV deve ter as letras “ER”, a única outra alternativa seria o nome Jeepster, que não parece combinar com a proposta do modelo. Com esse nome dado quase como certo, cai por terra as chances dele ser batizado de Patriot, como se chegou a ser cogitado. De acordo com o site Autos Segredos, o SUV deve ser vendido apenas em duas versões, que pode ser a Longitude e Limited. O site ainda confirmou que o modelo deve ser produzido apenas com o motor 2.0 MultiJet Turbo Diesel, que para o Commander deve contar com uma cavalaria maior. Acredita-se que o Commander tenha o motor TD400, com o 2.0 entregando 203cv de potência com torque em torno dos 40kgfm, com câmbio automático de 9 marchas e a tração 4x4. O motor ainda deve contar com Arla 32 para o tratamento de gases do escapamento. O tanque de Arla 32 deve contar com seis l

Jeep inicia pré-venda do Compass 2.0 MultiJet Turbo Diesel, por iniciais R$196.990

Imagem
Depois da série especial 80 Anos e das versões equipadas com o motor T270, a Jeep passa a oferecer em regime de pré-venda nas versões equipadas com motor TD350. O motor é o mesmo 2.0 MultiJet Turbo Diesel que desenvolve 170cv de potência com torque de 35,7kgfm, acoplado a um câmbio automático de 9 marchas e a tração 4x4. O SUV não ganhou o motor MultiJet de 203cv, que deve ficar restrito ao novo SUV da Jeep. Ele deve ser oferecido nas versões Longitude, 80 Anos, Limited e Trailhawk. De itens de série, a versão Longitude é equipada de série com faróis de LED, nova central multimídia de 10,1 polegadas, seis airbags, rodas de liga leve de 18 polegadas, bancos em couro, retrovisor eletrocrômico, painel de instrumentos com tela TFT de 7 polegadas. A 80 Anos adiciona ainda sistema de som Beats, partida remota, park assist, detalhes em preto pela carroceria e emblemas da edição. Já a versão Limited é equipado de série com rodas de 19 polegadas, sete airbags, park assist, partida remota, monit

RAM altera o plano de revisões da 2500 e lança linha 2021 por R$397.990

Imagem
A Stellantis confirmou a chegada da linha 2021 da RAM 2500 no mercado brasileiro. A picape passa a ser importada do México com a versão Laramie e traz novidades no cronograma de manutenção e no programa de revisões programadas que passaram a ser anuais. Antes, as revisões eram a cada seis meses ou 24.000km, o que ocorrer primeiro. Segundo a RAM, o maior intervalo de quilometragem entre as revisões devem representar uma economia de 11% no valor de revisões. A mudança também passa a valer para as unidades 2019 e 2020 da picape. Agora, os preços de revisões da RAM passam a ser de: R$2.118 para os 24.000km ou 12 meses, R$2.932 para a revisões de 48.000km ou 24 meses e R$2.523 para a revisão de 72.000km ou 36 meses. Na mecânica, ela conta com motor 6.7 Cummins Turbo Diesel desenvolve 365cv e torque de 110,6kgfm, sempre com câmbio automático de 6 marchas. A transmissão é automática de seis velocidades e as opções de tração são 4X2, 4X4 e 4X4 reduzida com seletor eletrônico e o diferencial tr

Land Rover lança a linha 2021 completa do Discovery Sport, com D200 partindo de R$310.950

Imagem
A Land Rover iniciou as vendas da linha 2021 do Discovery Sport no mercado brasileiro. O SUV mais acessível da marca passa a ser vendido com as opções de motor Turbo Diesel. Produzido em Itatiaia (RJ), o Discovery Sport será vendido com essa mecânica com as versões S de 5 lugares e S de 7 lugares, além das versões SE e SE R-Dynamic. O motor é o D200, com o motor 2.0 Turbo Diesel de 199cv de potência com torque de 43,8kgfm, acoplado a um câmbio automático de 9 marchas e tração integral. Entre as novidades de equipamentos, a linha 2021 ganha uma central multimídia Pivi Pro, que conta com um sistema de atualização por nuvem, recebendo mudanças dos mapas para GPS, novas funcionalidades e mudanças automáticas. O Discovery Sport ainda ganha câmera de 360º e sistema ClearSight Ground View, que usa câmeras para mostrar o chão logo abaixo do capô, ajudando em manobras no off-road, além de novo sensor de profundidade, que avisa e monitora a altura da água ao atravessar um alagamento ou rio, avis

Land Rover Range Rover Sport ganha novas versões com motores D300 e P400e

Imagem
A Land Rover lança no mercado brasileiro a nova versão da Range Rover Sport, a D300 HSE Dynamic, que chega ao nosso mercado como novidade do modelo 2021. O SUV é equipado com motor 3.0 de seis cilindros em linha Turbo Diesel, capaz de desenvolver 300cv de potência com torque de 66,3kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas. Ele ainda ganha a série especial HSE Black baseada na versão HSE Dynamic. Entre as novidades, a série especial se destaca por contar com o pacote Black, que traz frisos e emblemas em preto brilhante, rodas de liga leve pretas de 21 polegadas e o carro deve ser oferecido nas cores Preto Santorini ou Cinza Carpathian, com teto pintado sempre em preto. No interior, o SUV pode ser vendido com bancos em couro preto, teto panorâmico fixo e sistema de som Surround Meridian. O modelo ainda ganha o motor 2.0 Turbo de 304cv de potência e 40,8kgfm junto a um elétrico de 117cv. Juntos, eles desenvolvem 410cv de potência e 65,2kgfm. O motor elétrico possui bateria de ío

Ex-fábrica de motores diesel passa a produzir motores elétricos para Stellantis Group

Imagem
A Stellantis Group confirmou que a fábrica de Tremery, na França, deve deixar de produzir motores a diesel para produzir motores elétricos. Essa fábrica deve ser apenas a primeira que deve passar por essa transição de produção de motores a diesel para elétricos na Europa. Aos poucos, o grupo franco-ítalo-americano deve apresentar novos modelos eletrificados ainda em 2021. Serão cerca de 20 novidades para este ano, de acordo com a recém formado grupo. De acordo com informações da Stellantis, a produção de motores elétricos deve subir para cerca de 180 mil unidades em 2020 para ser cerca de 900 mil unidades em 2025. Para isso, precisa ter fábricas que possam produzir esses novos motores elétricos, ou seja, essa não deve ser a primeira fábrica do grupo a passar a produzir motores eletrificados. A produção de um motor elétrico leva 1/5 dos componentes de um motor a combustão e, teoricamente, é mais fácil e rápido de produzir. Essa transição de produção de motores deve ser contínua, sendo q

Hyundai Group cancela o desenvolvimento de nova geração de motores a diesel CRDi

Imagem
A Hyundai confirmou que não vai mais desenvolver os motores diesel da linha CRDi. De acordo com informações que foram reveladas no site Korea JoongAng Daily, citando fontes internas da Hyundai e relatórios vazadas confirmaram que a sul-coreana deve interromper o desenvolvimento de motores substitutos dos atuais CRDi, que foram confirmados no segundo semestre de 2020. Com isso, a Hyundai deve focar na estratégia de atualização e aprimoramento dos motores já existentes, que devem continuar em linha por mais alguns anos antes de serem substituídos oficialmente pelos motores eletrificados. Os motores devem ser fundamentais para a Hyundai nos próximos anos, sendo que esses motores ainda são usados em hatchs, sedãs e utilitários esportivos da marca, principalmente em alguns mercados onde os automóveis tem permissão de ter motores a diesel. Vale destacar que a Hyundai ainda atua no segmento de caminhões, que usam muito essa mecânica. Já o desenvolvimento de novos motores a gasolina deve segui

Volvo retira de linha as versões puramente a combustão, a gasolina e diesel, no Brasil

Imagem
A Volvo já começou a sinalizar as mudanças no mercado brasileiro. Até o final de 2021, a Volvo deve passar a vender modelos puramente híbridos no país. Com isso, as versões puramente movidas a gasolina e a diesel devem sair de linha no Brasil dentro de alguns meses. Com isso, S60, XC40, XC60 e XC90 devem ser vendidos apenas com motores híbridos, algo que o S90 sempre foi, desde seu lançamento. O XC40, por exemplo, deve ser vendido nas versões Momentum, R-Design e Inscription com o motor 1.5 12v Turbo de três cilindros, vendido nas versões T3 do XC40, que desenvolve 180cv de potência e 27kgfm de torque junto de um motor elétrico que entrega 82cv de potência e 16,3kgfm. Juntos, eles desenvolvem 262cv de potência e 43,3kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de dupla embreagem de 7 marchas, com tração dianteira. O 0 a 100km/h fica em 7,3 segundos. Já o XC60 deve ser vendido com o motor 2.0 eDrive Turbo que desenvolve 320cv de potência junto a um conjunto elétrico de 87cv com bater

Audi confirma que não terá motores a combustão em seus carros em 2035, no mercado europeu

Imagem
A Audi confirmou que terá automóveis com motor a combustão até meados de 2035. A marca das argolas confirmou que os carros movidos a combustão devem sobreviver dentro da marca por cerca de quinze anos, com modelos híbridos, em sua maioria. De acordo com entrevista do site Wirtschafts Woche , a empresa deve eliminar os carros a gasolina e a diesel do portfólio nesses quinze anos. De acordo com o CEO da Audi, Markus Duesmann, disse na entrevista que a marca deve se concentrar no desenvolvimento de modelos eletrificados. O executivo disse em uma entrevista que "a proteção do meio ambiente e o sucesso econômico andam bem juntos" . Sem citar fontes, a Audi disse que desenvolve um cronograma de transição gradual dos motores a combustão para os modelos elétricos, sendo que isso deve ser divulgado dentro de algumas semanas. Atualmente a Audi já possui 17 modelos eletrificados, sendo 5 elétricos e 12 híbridos. Dentro de alguns anos serão 20 elétricos e 30 híbridos plug-in. Com isso, a

Fiat Toro, Jeep Compass e Jeep Renegade Diesel tem fila de espera de até 2 meses no Brasil

Imagem
A Jeep e a Fiat estão com uma fila de espera que pode chegar a dois meses para atender as versões 2.0 MultiJet Turbo Diesel de Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat Toro. No caso do Renegade Diesel, a fila de espera chega a dois meses, principalmente nas capitais. As versões Moab e Longitude estão em falta nas principais concessionárias da Jeep no país, enquanto a Trailhawk também está em falta em algumas. De acordo com informações recebidas pela revista Autoesporte , a FCA vem sofrendo com a lentidão em trazer os motores da Itália, de onde são importados. Isso porque a pandemia tem atrasado a entrega dos motores. De acordo com a FCA, em nota para a revista, "a pandemia de Covid-19 afetou o ritmo de produção de veículos ao longo de 2020, com impacto sobre o planejamento da cadeia de produção; e tem dialogado com sua cadeia de suprimentos em busca da regularidade de volumes e prazos de fornecimento. O motor é o conhecido 2.0 16v MultiJet Turbo Diesel de 170cv de potência e 35,7kgfm de

Mazda confirma desenvolvimento de novos motores de seis cilindros e o elétrico com Wankel

Imagem
Enquanto os novos motores não ficam prontos, a Mazda resolveu dar um gostinho aos entusiastas com o desenvolvimento dos mesmos. A japonesa confirmou, por meio do jornal Nikkei, que os novos modelos terão apelo esportivo, sendo que a marca deve apresentar novidades como um sedã executivo (Mazda6) e novos SUVs nos próximos anos. A marca ainda desenvolve novos motores SkyActiv, de seis cilindros em linha. Esses novos motores podem ter entre 3.0 a 3.3 litros, desenvolvidos para serem longitudinais e abastecidos com gasolina, além de um diesel. Os dois novos motores devem adotar uma tecnologia de 48V, híbrida-leve. Entre os modelos que devem usar esses motores estão as novas gerações do Mazda6 e as novas gerações de CX-5 e CX-8. A Mazda terá mais motores Wankel, que deve ser apresentado oficialmente dentro de alguns meses. A confirmação foi feita pelo CEO da Mazda, Akira Marumoto, no ano passado, que confirmou em entrevista o desenvolvimento do motor. O motor Wankel deve funcionar como um g

Honda deve desenvolver elétricos e híbridos e extinguir carros apenas a combustão até 2022 na Europa

Imagem
A Honda confirmou que deve mudar sua estratégia no mercado europeu. Até 2022, a Honda decidiu que não deve vender nenhum carro que não seja eletrificado. Depois de não conseguir atingir as metas de emissões de poluentes, a japonesa deve tomar uma atitude mais drástica e enérgica, eliminando os carros movidos apenas com motores a gasolina ou a diesel. De acordo com o site Autocar, a Honda deve passar a vender apenas modelos híbridos e movidos a eletricidade. Com as regras cada vez mais rígidas no continente europeu contra o CO2, a marca disse: "Ela será uma combinação de totalmente elétrico e híbrido. Obviamente, se a legislação começar a mudar quando nos aproximamos de 2035, ou se nos afastarmos do híbrido também, então mudaremos nosso tecnologia para longe disso. Há um papel a desempenhar para os combustíveis limpos, para a biomassa, para o hidrogênio e até certo ponto para os combustíveis convencionais e também para as baterias" , destacou Ian Howells, Vice-Presidente Sênio

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Novo Honda Civic Si é apresentado nos Estados Unidos só como sedã e com motor de 203cv

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022