Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Dongfeng

Na China, Dongfeng apresenta o seu SUV compacto elétrico, o NM-V, primo do Honda HR-V

Imagem
A Honda, depois de apresentar o Everus EV-1 na China no ano passado, passou a ter um modelo irmão da Dongfeng esse ano. O modelo em questão é um HR-V com mudanças visuais, elétrico e vendido como Dongfeng M-NV na China, graças a joint-venture Dongfeng-Honda. O modelo estreia no mercado chinês com um design diferente em relação ao modelo da Honda, ganhando mudanças na dianteira, traseira e interior. Visualmente, o M-NV se destaca por contar com novos faróis, mais retangulares e com uma grade dianteira com um friso que conecta ambos os faróis, além do logotipo no capô, que também é novo no modelo da Dongfeng e o para-choque possui os faróis principais, que também são conectados por conta de um friso cromado em formato de “V” estilizado. Há entrada de ar nas extremidades do para-choque, logo abaixo dos faróis principais e também uma entrada de ar maior, central e inferior, para a bateria. Na traseira, as principais mudanças ficam por conta de novas lanternas, redesenhadas e mais compactas

Dongfeng apresenta o Palaso, uma Nissan Frontier SUV que parece carro fúnebre

Imagem
A Dongfeng apresentou na China um novo modelo, um utilitário esportivo desenvolvido a partir de uma base em chassi. O modelo em questão foi batizado de Palaso e na verdade é uma Nissan Frontier atual, com nova frente, e no lugar da caçamba recebeu um cabine fechada, como um utilitário esportivo. Isso só foi possível porque, na China, a Nissan conta com um joint-venture com a Dongfeng, chamada de Zhengzhou-Nissan. O Dongfeng Palaso foi criado com inspiração no Monte Parnaso, na Grécia, om uma mitologia ligada ao desenvolvimento do modelo. Além da caçamba fechada, o carro conta com um nítido ressalto na parte traseira, que a deixa mais alta naquela parte e que faz lembrar aqueles carros fúnebres que são adaptados. Antes de chegar na traseira, a Palaso recebeu uma nova frente em relação a Frontier, seguindo a identidade visual da marca chinesa. A frente fica parecida com uma picape que a Dongfeng possui na China, a Ruijing, também baseada na Frontier e apresentada no ano passado. Tanto qu

Forthing, marca da Dongfeng, apresentou oficialmente o T5 EVO no Salão do Automóvel de Paris

Imagem
A Forthing, marca do Grupo Dongfeng, apresentou as primeiras imagens de patente do seu novo utilitário esportivo, batizado de T5 EVO. Conhecida como Fengxing na China, a marca revelou a sua novidade com um design mais interessante que do já produzia na China. O modelo se destaca por contar com faróis bem compactos e com os faróis principais camuflados entre a grade dianteira e o elemento vertical no para-choque. Ele conta ainda com faróis de neblina em posição baixa. Visto de lateral, o T5 EVO possui um design mais convencional e sem exageros. Na traseira, o modelo possui lanternas finas e compactas que se conectam por meio de um friso luminoso em LED. Abaixo dele está o logotipo Forthing. O para-choque conta com refletores horizontais e dupla saída de escape. No interior, o T5 EVO compartilha a mesma tela para informações do quadro de instrumentos e da central multimídia. O volante aparece com duas cores, o nome da marca por extenso e os comandos do volante multifuncional. Ele possui

El Nasr, a marca egípcia renasce com parceria com a Dongfeng para produzir um elétrico

Imagem
O mercado automotivo tem recebido várias apostas de vários mercados com a popularização dos modelos elétricos, que se unem com as marcas tradicionais no mercado. O Egito passa a contar com uma marca própria, batizada de Nasr, sim, o mesmo sobrenome do ex-piloto do Fórmula 1 brasileiro. A El Nasr Automtive Manufacturing Company criou uma parceria com a Auto Dongfeng Motor, mais conhecida apenas como Dongfeng, para um acordo para a produção de veículos elétricos, de acordo com o site Al Monitor. A primeira marca de automóveis árabe foi aberta por ordem do ex-Presidente Gamal Abdel Nasser, em 1960. Desde então a marca já produziu vários modelos de outras marcas, que eram apenas rebatizados com novos nomes e com o logotipo da Nasr, até se manter no mercado egípcio até 2009, quando fechou suas portas. Com a parceria da Dongfeng, a marca renasce com uma fábrica em Helwan, às margens do rio Nilo. A moderna fábrica terá capacidade de produzir 25 mil carros por ano a partir de 2021. De acor

Depois de rumores de rompimento, PSA e Dongfeng estendem joint-venture até 2037

Imagem
O Grupo PSA e a Dongfeng possuem uma joint-venture na China há alguns anos. Dessa parceria, o mais recente projeto foi a nova picape média da Peugeot, que também trouxe uma picape para uma submarca da Dongfeng. Recentemente surgiu notícias de que os chineses queriam vender parte da joint-venture após o anúncio de fusão da FCA com a PSA. No entanto, a joint-venture foi prolongada até 2037, estendendo o seu contrato de cooperação. No momento, ambas esperam pela assinatura dos contratos, fazendo com que a ligação das duas marcas estejam ligadas por mais 17 anos. Estabelecida em 1992, a parceria já vem de longa data e ajudou a colocar a PSA na China. Com sede na cidade de Wuhan, na região de Hubei, a joint-venture DongFeng-Peugeot-Citroën Automobile Co possui a divisão igualitária entre ambos os conglomerados. No momento, a situação da PSA é um tanto quanto crítica após a queda nas vendas no mercado chinês, mas isso deve ser revisado em conjunto com a Dongfeng, a fim de tornar rentável

Renault anuncia desenvolvimento e comercialização de carros e comerciais leves elétricos na China

Imagem
A Renault confirmou que deve mudar seus planos e anunciou que deve deixar de produzir carros de passeio com motores a gasolina e a diesel na China. Com esta mudança de planos, o grupo francês deve concentrar apenas na fabricação de carros elétricos e comerciais leves. A Renault deve pôr em prática os novos planos no maior mercado mundial, transferindo sua participação na joint-venture Dongfeng-Renault Automotive Company. A francesa deve focar no desenvolvimento para a produção de comerciais leves em joint-venture com a Brilliance-Jinbei e de carros compactos elétricos com a eGT New Energy Automotive e a Jiangxi Jiangling Group Electric Vehicle. A Renault espera que até 2030, ¼ das vendas sejam de modelos elétricos na China, uma cifra bastante interessante e que atiça o desenvolvimento da marca. No ano passado, apresentou o City K-ZE com motor elétrico que confere uma autonomia de 250km, carregando 80% da bateria em 50 minutos. Em tomada comum, ele precisa de 4 horas para encher a bater

Dongfeng apresenta o Glory iX5 na Europa, seu segundo carro para o continente europeu

Imagem
A Dongfeng apresentou seu novo carro para a Europa, o Glory iX5. O SUV é o segundo carro que a marca chinesa oferece no Velho Continente. De tamanho médio, o SUV cupê oferece uma espaço para sete ocupantes. Visualmente ele se destaca por trazer uma grade dianteira com elementos cromados que parecem pixels, acompanhado dos faróis que incorporam LEDs e são grudados à grade. O para-choque ainda conta com linhas simples e retas na sua base inferior, com faróis de neblina retangulares e uma entrada de ar inferior. De lateral, o destaque fica pelo caimento suave da carroceria e pelo grosso pilar traseiro. Na traseira, o Glory iX5 também conta com lanternas retangulares e que se interligam por um friso que traz o nome da marca destacado logo abaixo. As lanternas são acopladas à tampa do porta-malas e conta com duas saídas de escape retangulares. No interior, destaque para a central multimídia horizontal e pelo acabamento caprichado, além de trazer bancos e acabamento das portas com couro

Dongfeng e PSA assinam acordo de cooperação e estreitam laços mesmo com a fusão com FCA

Imagem
Depois de se cogitar a venda das ações da PSA, a Dongefeng achou uma solução para manter as ações e estreitar a parceria com o grupo francês. Mesmo com a fusão com a FCA, a PSA decidiu fazer um importante movimento estratégico na China. Ao invés de vender ações e se afastar, PSA e Dongfeng decidiram pela cooperação comercial e estreitar laços. A fusão de FCA e PSA não seria de ajuda para a PSA na China e não resolveria os problemas no país. Ambos os grupos passam por um momento difícil e diferente de alguns players da indústria, as marcas não conseguem decolar no mercado chinês, apesar da grande possibilidade de crescimento visto no início das operações, principalmente da PSA. Com isso, a PSA deve estreitar relações com a Dongfeng e ser uma importante aliada para dar uma futura volta por cima. Ambas devem dar um passo adiante no joint-venture e devem aumentar a aposta com relação à sua empresa conjunta. Se a ocasião não era muito bem vista pelos norte-americanos da FCA para finaliz

Dongfeng deve vender ações da PSA e abrir caminho para fusão dos franceses com a FCA

Imagem
A Dongfeng confirmou que pode vender as suas ações da PSA. Uma das gigantes do mercado chinês, a Dongfeng estaria cogitando vender as ações adquiridas no período de crise da PSA e faz alguns anos que a marca chinesa cogita vender essas ações. Além da joint-venture que possui na China, a marca chinesa possui 12,2% de participação no grupo francês, movimento impulsionado pela recente anúncio da fusão entre FCA e PSA. Com a fusão com a FCA, a PSA pode ter 6,1% das ações vendidas pela Dongfeng, o que seria a metade do que o grupo chinês possui sobre os franceses. Com essa venda parcial das ações, analistas acreditam que a fusão entre FCA e PSA encontrará menos empecilhos nos órgãos regulares dos Estados Unidos. O conselho de administração da Dongfeng deve receber, dentro de alguns dias, um plano de venda das ações. Ambas as partes não fizeram comentários sobre estas informações que surgem na internet como rumores. O Cômite de Investimento Estrangeiro dos Estados Unidos (CFIUS) será det

Dongfeng apresenta o Fengon iX7 no Salão do Automóvel de Guangzhou, na China

Imagem
A Dongfeng apresentou no Salão do Automóvel de Guangzhou, na China, o Fengon iX7, seu novo utilitário esportivo de porte médio-grande. O modelo é semelhante ao Fengon iX5, mas este possui um desenho cupê, enquanto o iX7 traz linhas de SUVs tradicionais. Visualmente ele conta com uma grade dianteira com dois filetes, enquanto os faróis são finos e medianos em proporções. Engraçado notar que o SUV possui uma grade dianteira com vários pontos cromados no modelo abaixo, enquanto a unidade vermelha possui outro tipo de grade, não estipulado pela Dongfeng qual a diferença que isso significa (versões, talvez?). Ele possui também faróis que estão alinhados com a identidade visual da marca, buscando atrair os consumidores mais jovens. Os faróis de neblina são de LEDs. De lateral, o SUV tem linhas mais generalistas, com arcos de roda com desenho envolvente e as janelas traseira possui um caimento de teto mais acentuado que o da carroceria. Na traseira, as lanternas possuem um estilo em barra

Dongfeng apresenta o Fengxing T1EV, a sua versão do Renault K-ZE, com 271km de autonomia

Imagem
A Dongfeng apresentou na China, durante o Salão do Automóvel de Chengdu, o seu novo carro, o Fengxing T1EV, que é basicamente o nosso Renault Kwid. O modelo é um elétrico puro baseado no Renault K-ZE. Como a Renault possui joint-venture com a Dongfeng, o projeto foi emprestado para a marca chinesa. Vale destacar que recentemente a Venuncia apresentou a sua versão elétrica do K-ZE. Diferente do modelo da Renault e da Venuncia, o hatch da Dongfeng é o que traz o design dianteiro mais limpo dos três. Ele é vendido com novos faróis que estão conectados a grade dianteira, que abriga o sistema de recarga das baterias. O para-choque dianteiro é praticamente liso, tendo apenas o local para abrigo da placa dianteira e mais abaixo conta com uma parte preta com uma discreta entrada de ar inferior e com as luzes diurnas de LED que cumprem o papel de faróis de neblina. Ele conta com elementos azuis em sua carroceria. Fora isso ele é igual aos demais de Renault e Venuncia. A traseira recebe lant

Com queda do mercado, PSA e Dongfeng devem fechar uma fábrica e vender outra na China

Imagem
Parceiras de joint-venture na China, Dongfeng e PSA confirmaram à agência Reuters que devem fechar milhares vagas de emprego na China e encerrar a operação em duas das quatro fábricas na China. Os grupos, que possuem produção compartilhada, tentam conter as perdas de capital crescentes em razão da queda do maior mercado automotivo do mundo, o que acendeu um sinal de alerta nos dois grupos, de acordo com documentos cedidos à Reuters. Conhecido como Dongfeng Peugeot Citroën Automobiles (DPCA), a joint-venture tem sede na cidade de Wuhan e deve reduzir o seu pessoal para cerca de 4 mil trabalhadores. A DPCA deve fechar uma fábrica e vender a outra restante sob os planos acordados no ano passado entre o Chefe da PSA, Carlos Tavares, e o Presidente da Dongfeng, Zhu Yanfeng. Ambos os grupos não falam no assunto, mas a mudança pode evitar a saída da PSA da China ou até mesmo a saída do grupo francês da joint-venture, que já perdura por 27 anos. "Estamos a um passo da necessidade de

Dongfeng revela mais informações da sua picape média elétrica, a Rich 6 EV

Imagem
Depois de vazar as primeiras imagens e informações, a Dongfeng apresentou oficialmente a Rich 6 EV. Desenvolvida sobre a base da Nissan Frontier, a picape média traz algumas novidades visuais, principalmente na dianteira. Ela conta com uma capacidade de carga de apenas 490kg, pouco mais da metade que os 890kg da versão a combustão. Segundo a Dongfeng, a autonomia foi afetada para não comprometer o desenvolvimento da picape, por conta da carga extra. Apesar de ser baseada na Nissan Frontier, a picape traz uma nova dianteira, que traz linhas mais agressivas, com grade dominada por uma grossa borda cromada. Os faróis são finos e trazem LEDs diurnos em destaque. Na versão elétrica da picape, há borda azul nas luzes de neblina para diferenciar das demais versões. Na traseira, a novidade fica por conta da nova tampa da caçamba quase lisa, apenas com um vinco na altura do logotipo. A maçaneta de abertura da caçamba possui dimensões reduzidas e as lanternas aderem a um visual praticamente

Dongfeng apresenta Glory 560 na China como opção mais em conta ao mundo SUV

Imagem
A Dongfeng apresentou na China o seu novo automóvel, batizado de Glory 560. O SUV conta com 4,51 metros de comprimento, ficando abaixo do Glory 580. Com espaço para cinco ocupantes, o SUV possui um bom espaço interno e um porta-malas com capacidade de 600 litros. Situando-se como o menor dos SUVs da Dongfeng, o Glory 560 é equipado de série com dois airbags frontais e freios ABS com EBD. Faz falta uma maior quantidade de airbags, o monitoramento da pressão dos pneus e os controles de tração e estabilidade que a marca indonésia oferece com este mesmo modelo em outros países. Há ainda ar-condicionado que conta com saídas de ar nos lugares traseiros, computador de bordo, central multimídia com tela de 7 polegadas, Bluetooth, USB e função SmartLink. Visualmente, o Glory 560 em nada lembra o Glory 580. Enquanto o irmão maior busca linhas mais premium, o Glory 560 traz um aspecto de um linguagem visual tipicamente chinesa – e que parece estar ficando em desuso. O SUV conta com um design

Dongfeng apresenta Ruijing EV, sua primeira picape elétrica, com base na Nissan Frontier

Imagem
A Nissan Frontier tem se tornando a “mãe” de várias picapes ao redor do mundo. Depois de ser base de Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X, surge na China a Dongfeng Ruijing6 EV, versão elétrica da picape japonesa. Com a expansão dos elétricos no mundo, a marca chinesa revelou a intenção de apresentar a sua picape elétrica ao mundo. Ela conta com um conjunto que desenvolve 163cv de potência, mas informações sobre autonomia e quantidade de baterias não foram divulgados. Ela conta com uma capacidade de carga de apenas 490kg, pouco mais da metade que os 890kg da versão a combustão. Segundo a Dongfeng, a autonomia foi afetada para não comprometer o desenvolvimento da picape, por conta da carga extra. Apesar de ser baseada na Nissan Frontier, a picape traz uma nova dianteira, que traz linhas mais agressivas, com grade dominada por uma grossa borda cromada. Os faróis são finos e trazem LEDs diurnos em destaque. Na versão elétrica da picape, há borda azul nas luzes de neblina para dife

Dongfeng apresenta o seu novo SUV compacto, o AX4, que faz sua estreia na China

Imagem
A Dongfeng apresentou o seu novo utilitário esportivo na China, o AX4. O SUV compacto tem no design o seu principal chamariz de atenções. Com 4,19 metros de comprimento, ele chega no mercado chinês disputando espaço com modelos tradicionais e carros de outras marcas asiáticas. Ele deve ser vendido nas versões Comfort e Luxury e de série deve ser equipado com freios ABS com EBD, airbags frontais e ISOFIX, mas fazem falta os controles de estabilidade e uma maior quantidade de airbags. De série incorporam também barras de proteção lateral, alarme antirroubo e fecho automático das portas. Há ainda ar condicionado, vidros elétricos dianteiros e traseiros, computador de bordo, sistema de som integrado, volante com ajuste de altura, luzes diurnas em LED, faróis antineblina, rodas de liga leva de 16 polegadas, etc. A versão Luxury adiciona assistência à partida em rampas, sistema de infotainment com tela táctil de 8.0 polegadas, USB, Bluetooth, câmera e sensores de ré, controle de velocida

Renault-Nissan deve produzir elétricos na China em parceria com a Dongfeng a partir de 2019

Imagem
A Renault-Nissan confirmou que deve dar início em 2019 a uma parceria chinesa para a produção de elétricos no país asiático. A empresa, acionista da PSA, acabam de anunciar a parceria com o grupo franco-nipônico a fim da produção de elétricos em dois anos com a Dongfeng. A parceria foi batizada de eGT e conta com 50% dos chineses, 25% da Renault e 25% da Nissan. A missão é desenvolver um Renault Kwid elétrico, com base na mesma plataforma modular, com baixo custo para atrair a atenção dos chineses. “O estabelecimento dessa joint-venture com a Dongfeng confirma nosso compromisso no desenvolvimento de carros elétricos competitivos para o mercado chinês. Além de atender às expectativas do mercado chinês, iremos reforçar nossa posição de liderança global na produção de veículos elétricos", afirmou o brasileiro Carlos Ghosn, CEO da aliança Renault-Nissan. A eGT terá sede a cidade de Shiyan, região central da China e bem próxima da sede da Dongfeng, onde os elétricos devem ser produz

Até 2021, Citroën DS e Peugeot terão automóveis elétricos e híbridos, segundo relatório

Imagem
Em parceria com a Dongfeng, a PSA confirmar que deve lançar o seu primeiro automóvel elétrico, híbrido e movido a hidrogênio até 2021. O conglomerado francês quer ter as três opções de motores "verdes", que serão desenvolvidos juntos com sua parceira chinesa, que deve se aproveitar da mesma tecnologia. A PSA e uma de seus principais acionistas, a Dongfeng, que detém de 14% do Grupo PSA entraram num acordo chamado "5A+". O acordo foi firmado no último dia 11 para desenvolver uma plataforma elétrica baseada na CMP (Commom Modular Plataform), que nada mais é que uma derivação da EMP2. Em sua versão convencional (a EMP1) também poderá receber novidades quando o assunto é automóveis elétricos. A nova plataforma “e-CMP”, ainda sem muitos detalhes divulgados, será empregada a partir de 2019 em veículos 100% elétricos nos segmentos B e C das marcas Peugeot, Citroën, DS e Dongfeng. No relatório assinado, o grupo divulgou quais modelos deverão receber os novos motores. O r

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Opel confirma que deve expandir na América do Sul para três novos países

Pré-venda do Jeep Compass 80 Anos Edition, reestilizado, esgota 1.000 unidades em 48h

VW confirma que Jetta 1.4 TSI sai de cena e sedã é vendido apenas com versão GLI

Substituto do Volkswagen Passat e Arteon, ID.7, aparece na China com pesada camuflagem

Fiat deve revelar o Progetto 363 a conta-gotas e surgem mais alguns detalhes do SUV

Nova geração do Volkswagen Polo pode ser baseado na plataforma MQB-A00

Surgem novas imagens do Nissan 400Z, que deve fazer sua estreia em breve

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!