Volkswagen confirma que terá seu Centro P&D de Biocombustíveis na unidade de Anchieta


Anunciado em outubro do ano passado, a Volkswagen vai apostar em seu Biofuel R&B Center, sediado em São Bernardo do Campo (SP) e que será voltado para estudos de tecnologias baseadas no Etanol e outros biocombustíveis que podem ser alternativas à eletrificação da marca na região. Agora, a Volkswagen revelou as primeiras imagens do Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de Biocombustíveis na América Latina. Este centro conta com cerca de 10 engenheiros estarão dedicados, em parceria com universidades locais, ao estudo de soluções de descarbonização usando etanol e outros biocombustíveis para mercados emergentes. O conceito arquitetônico, que será inaugurado em setembro, adota o conceito de espaço aberto inspirado em coworkings, no qual a equipe trabalha em constante colaboração para estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras. O projeto considera também muita iluminação natural, o verde integrado ao ambiente e espaços flexíveis para utilização em diversas situações de interação dos times de trabalho. “Os biocombustíveis, como o etanol brasileiro, apresentam um grande potencial de contribuição para a estratégia global Way to Zero de neutralização de carbono até 2050. Com o Centro de Pesquisa de Biocombustíveis, pretendemos estabelecer parcerias locais com universidades, institutos e empresas, para explorar a vocação e conhecimento da região no tema e encontrar soluções para a mobilidade sustentável em complemento à eletrificação veicular”, destacou Matthias Michniacki, Vice-Presidente de Desenvolvimento do Produto & Baureihe da Volkswagen do Brasil e Região SAM, área que receberá o Centro de Pesquisa no Brasil. Para o desenvolvimento de tecnologias em parcerias com instituições de ensino, a Volkswagen confirmou uma parceria com a Universidade de São Paulo (USP), com o Centro de Inovação da Universidade de São Paulo (InovaUSP). “Estarmos próximos ao InovaUSP permite à Volkswagen prosperar no campo do conhecimento, obter o entendimento de frentes que são estratégicas para a empresa, capacitar nossos colaboradores e trocar experiências com o mundo acadêmico a fim de que novos insumos e pesquisas também sejam desenvolvidos em prol do desenvolvimento da indústria automotiva”, destaca Pablo Di Si, chairman executivo da Volkswagen América Latina. 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?