Retrômobilismo#102: Envemo Camper, um utilitário esportivo valente e trilheiro!


Principal novidade da Envemo para o Salão do Automóvel de São Paulo de 1988, o Camper seria lançado apenas na transição da década de 80 para 90. Lançado no fim de 1989, o Camper começou a ser vendido logo em seguida, em Maio de 1990. A Envemo (Engenharia de Veículos e Motores), tinha no Camper uma adaptação do norte-americano Jeep Cherokee Sport, mas utilizando algumas peças da Chevrolet. Na verdade, o Envemo Camper era "primo" do Engesa 4, pois usava o mesmo chassi, mas com distância entre eixos aumentada, se valendo da sua excelente suspensão de longo curso, por barras longitudinais e molas helicoidais. Era considerado pela Envemo como um utilitário versátil por ser vendido com motor gasolina, álcool e diesel, além de tração 4x2 e 4x4. O Camper usava lanternas do Chevette e painel do Opala Diplomata e faróis do Fiat Uno. Neste momento o Camper era comercializado apenas com carroceria de duas portas. O motor era o 2.5 que desenvolvia 82cv do Opala, a álcool ou gasolina, aliado a um câmbio manual de 5 marchas da picape Série 10/20, da Chevrolet. Tinha tração 4x2 ou 4x4, freios a disco na frente e direção hidráulica.


A carroceria era de fibra de vidro e tinha bancos reclináveis na frente e rebatíveis atrás, estofamento de couro e muitos acessórios, incluindo vidros e retrovisores elétricos. No primeiro semestre de 1991 o Camper passou a contar com a opção de motor 4.1 de 145cv de potência, permitindo a instalação de ar-condicionado. Em 1992 era a vez da motorização diesel, Maxion de 4 cilindros e 4.0, com injeção direta que desenvolvia 92cv. No final de 1993, a Envemo lançava mais uma versão versátil para o Camper. Trata-se da carroceria de quatro portas, mais comprida e larga que a carroceria de três portas. Em 1994 a Envemo lançava no mercado brasileiro o face-lift do Camper. Mudavam a grade, novo ótico Chevrolet de formato trapezoidal e faróis do Opala, eliminação de parte dos vincos laterais, tampa traseira mais larga, adaptando-se às novas lanternas verticais da Série 10/20, para-choque na cor da carroceria, novo painel e acabamento interior renovado. O Camper ainda recebia novos freios e o antigo motor de 4 cilindros foi substituído pela unidade 2.0 8v, com injeção eletrônica e 116cv que equipava o médio Monza.


Dentre os novos opcionais, vidro térmico e coluna de direção regulável. Visando aumentar a produção do Camper, a Envemo comprou a fábrica de Manaus (AM) e "assinava" a sua falência. A marca já passava por uma situação financeira delicada, enquanto o país passava por um momento complicado. A Envemo era uma das marcas da Engesa, que passava por um momento difícil e assinava o seu pedido de falência ainda em 1990. Mas um baque ainda mais difícil estava por acontecer. Os importados atingiram frontalmente o Camper, produto no qual a Envemo mais investira e onde depositava as maiores esperanças para sair da concordata. Em breve período, mais de 10 marcas estrangeiras invadiram o mercado brasileiro de utilitários de luxo, disputando espaço com o Camper, onde este foi pioneiro e único representante nacional. Em Outubro de 1993 a Engesa confirmava sua falência, enquanto sua subsidiária teve mais alguns meses de vida. No fim de 1994 a Envemo também entrava em falência e as vendas do Camper, mas as últimas unidades foram vendidas até 1995, mesmo ano que a marca assinou a sua falência, totalizando 650 unidades do Camper comercializadas.




Fonte: Lexicar

Comentários

  1. Para poucos apreciadores..um excelente carro, macio, disposto e valente

    ResponderExcluir
  2. Tenho um não pretendo vender tão cedo

    ResponderExcluir
  3. A curiosidade sobre esse modelo é que o merchandising para promovê-lo na época de seu lançamento, foi feito através da novela Rainha da Sucata, sucesso em 1990, onde a personagem Maria do Carmo (Regina Duarte), para conquistar seu grande amor Edu (Tony Ramos), resolveu financiar o projeto e fabricação de seu carro, que era a na verdade a Envemo Camper!
    Várias cenas foram feitas na fábrica da Envemo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Estou assistindo essa novela no YouTube e dei alguns prints desse carro. Se tiver interesse, entre em contato. Abraços.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

BYD apresenta novidades para o T3, que chega com nova bateria por R$229 mil

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Porsche apresenta oficialmente a Taycan Cross Turismo na Europa, com até 625cv

Novo Mercedes-Benz Classe C 63 AMG deve contar com motor 2.0 Turbo Hybrid EQ Power

Volvo C40 é o XC50 que tanto se comentava; elétrico estreia como SUV cupê

Substituta da versão XRS, Toyota traz o Corolla GR-S, que estreia por R$151.990

Nissan Kicks é reestilizado no mercado brasileiro e chega a partir de R$90.390