Porsche investe novamente em combustíveis sintéticos eFuel, em Santiago, no Chile


A Porsche confirmou um novo investimento para a produção dos eFuels. O novo montante será de US$ 75 milhões na HIF Global LLC. Em troca, o fabricante de carros esportivos está adquirindo uma participação de longo prazo na HIF Global LLC, uma holding de desenvolvedores de projetos internacionalmente ativos de instalações de produção de eFuel. Sediada em Santiago, no Chile, está sendo construindo a planta piloto Haru Oni ​​eFuel em Punta Arenas, Chile. Iniciada pela Porsche e implementada com parceiros como Siemens Energy e ExxonMobil, espera-se que a produção de eFuels a partir de hidrogênio e CO2 usando energia eólica comece em meados de 2022. Esses combustíveis sintéticos à base de eletricidade permitem que os motores de combustão sejam operados de maneira potencialmente quase neutra em CO2. A Porsche está participando de uma rodada de financiamento internacional ao lado da empresa chilena Andes Mining & Energy (AME) e das empresas americanas EIG, Baker Hughes Company e Gemstone Investments. A AME continua sendo a acionista majoritária da HIF Global LLC. O capital adicional será usado para desenvolver instalações industriais de eFuel no Chile, Estados Unidos e Austrália, que possuem grandes fontes de energia renovável. “Os EFuels dão uma importante contribuição para a proteção do clima e complementam nossa eletromobilidade de forma significativa. Ao investir na produção industrial de eFuel, a Porsche está expandindo ainda mais seu compromisso com a mobilidade sustentável. No total, nosso investimento no desenvolvimento e fornecimento dessa tecnologia inovadora chega a mais de US$ 100 milhões”, diz Barbara Frenkel, Membro do Conselho Executivo de Compras da Porsche AG. "A Porsche está investindo em uma área de negócios atraente com sua participação na HIF Global LLC. Os combustíveis sintéticos oferecem perspectivas atraentes nos setores de transporte, desde a indústria automotiva até os setores de aviação e transporte. Além disso, o e-metanol é uma importante matéria-prima para outros aplicações, como na indústria química, onde pode substituir matérias-primas de origem fóssil. O e-metanol é um produto intermediário que é produzido durante a geração do eFuel”, explica Michael Steiner, Membro do Conselho Executivo de Pesquisa e Desenvolvimento da Porsche AG. A fabricante de carros esportivos planeja inicialmente usar o eFuel do Chile em projetos emblemáticos do automobilismo.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quarta geração do Mitsubishi Outlander virá ao nosso mercado com motor híbrido plug-in

BYD lança promoção para Song Plus com bônus de até R$ 40 mil na rede de concessionárias

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Porsche comemora melhor trimestre de vendas, com 80.767 unidades vendidas e 18% de avanço

Dodge Last Call: marca apresenta as seis de sete séries finais de Challenger e Charger

Ford Explorer é avistado rodando em testes no Brasil e reacende rumores de vinda ao país

RAM apresenta promoções da Rampage para CNPJ e Produtor Rural com descontos de 6%

Prevista para 2023, a nova geração do BMW i8 pode ser totalmente elétrica

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?