Volkswagen lança Centro de Descarbonização Way to Zero na fábrica de São Bernardo

Volkswagen inaugura unidade de Pesquisa & Desenvolvimento chamada de Way to Zero Center, instalada na unidade de São Bernardo do Campo (SP)



A Volkswagen inaugurou o seu Centro de Pesquisa & Desenvolvimento chamado de Way to Zero Center, que é inaugurado na fábrica de São Bernardo do Campo (SP). O novo centro vai abranger projetos e tecnologias que contribuem para a descarbonização de toda a América do Sul, podendo exportar tecnologias para outros mercados. O nome Way to Zero tem a ver com a própria estratégia global da Volkswagen de reduzir a emissão de carbono e ir em busca da sua neutralidade até 2050.

“A descarbonização é um dos pilares mais importantes da estratégia da Volkswagen mundialmente e a empresa tem como objetivo ser neutra em carbono até 2050. Sediar na América do Sul o Way to Zero Center é motivo de muita satisfação e também um grande desafio. O trabalho que será desenvolvido pelo time local e as parcerias já estabelecidas farão do Way to Zero Center uma referência do Grupo Volkswagen no desenvolvimento de tecnologias com baixa emissão de CO2”, destaca Alexander Seitz, Chairman Executivo da Volkswagen na América do Sul.

De acordo com a Volkswagen a equipe do Way to Zero vai buscar trazer tecnologias locais que contribuam para a redução de CO2, suportando sua implementação em mercados mais emergentes como os países dos blocos da América Latina, Ásia, África e Índia. "Almejamos ser um parceiro-chave do Grupo Volkswagen para estratégias e projetos sustentáveis em mercados emergentes por meio de geração, gestão e intercâmbio de conhecimento sobre tecnologias de baixo carbono e aspectos relacionados à sustentabilidade”, explica Ciro Possobom, COO da Volkswagen do Brasil e Vice-Presidente de Finanças e Estratégia de TI da Volkswagen para a Região América do Sul.

“Vamos ter uma equipe com competências multidisciplinares e com foco em inovação para identificar se esses potenciais mercados podem utilizar, por exemplo, os biocombustíveis; selecionar materiais com menor emissão de CO2; considerar o ciclo de vida total de nossos produtos, com a metodologia do berço ao túmulo, fazendo a gestão dessas emissões e processos”, detalha Matthias Michniacki, Vice-Presidente de Desenvolvimento do Produto & Baureihe da Volkswagen do Brasil e Região América do Sul.

De acordo com a Volkswagen, o Way to Zero Center já possui várias parcerias no Brasil, como em 10 universidades locais, entre elas, Unicamp, USP e UFABC. Há ainda empresas como Raízen, Shell e Bosch. Segundo a Volkswagen, a parceria com essas empresas buscam a Pesquisa & Desenvolvimento de Tecnologias que possam aumentar a eficiência energética incentivando o uso de fontes de energia de baixo consumo. 



Fotos: Volkswagen / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok