Hyundai Motor Group quer estar no pódio de vendas de modelos elétricos até 2030

Junto com Tesla e BYD? Hyundai Motor Group (HMG) espera ser uma das três maiores fabricantes de modelos elétricos até o final desta década



A Hyundai Motor Group confirmou que pretende se tornar uma das três mais vendidas de elétricos nos próximos anos. Isso acontece depois de um investimento pesado de US$ 18,2 bilhões até 2030 para acelerar os planos de carros elétricos, que serão lançados com as marcas Hyundai, Kia e Genesis. Hoje, a linha de modelos elétricos vem expandindo, mas ainda existem grandes brechas nas linhas para a chegada de novos veículos, que serão preenchidas ao longo dos anos.

Segundo informações em entrevista ao Automotive News, a Hyundai estabeleceu uma meta de longo prazo que prevê um dos três maiores produtores de carros elétricos do mundo, que hoje conta com Tesla e BYD entre os líderes. O trabalho parece ser difícil porque existem uma série de empresas que querem fazer parte deste pódio, como a Ford, GM, VAG, Toyota e outras. Até o final desta década, a Hyundai Motor Group espera conseguir produzir 1,51 milhão de unidades, elevando o volume para 3,64 milhões de unidades ao ano com as plantas globais das marcas.

O plano estratégico dos sul-coreanos prevê o lançamento de 31 modelos puramente elétricos, com a Kia erguendo uma fábrica específica para modelos elétricos ao sul de Seul. A Hyundai também planeja erguer uma fábrica de elétricos, enquanto o grupo deseja erguer fábricas de baterias em vários mercados. Do plano de 31 veículos, são 17 da Hyundai e da Genesis e outras 14 novidades para a Kia, que deve ser a líder da eletrificação com a sua linha EV, que vem se expandindo rapidamente. Para a linha Hyundai e Ioniq, são esperados seis novos utilitários esportivos, três sedãs, um comercial leve e um novo modelo que pode ser um cupê.

Já a Genesis terá quatro novos utilitários esportivos e outros dois modelos ainda são desconhecidos, mas pode ser um cupê ou até mesmo um sedã. O grupo ainda trabalha na nova plataforma Integrated Modular Architecture (IMA). Essa nova base será a evolução da E-GMP. As fábricas do grupo ainda vão passar por atualizações até meados de 2023, os coreanos terão uma produção de baterias que vai fornecer 170GWh para equipar seus carros. Mais detalhes devem surgir em alguns meses.



Fotos: Hyundai, Kia e Genesis / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Volkswagen lança promoção no Brasil para Polo, Virtus, Nivus, T-Cross, Taos, Tiguan e Amarok