PSA quer metade do que pagou para a GM pela Opel/Vauxhall por índices de emissões maiores que o divulgado


A PSA parece não estar muito satisfeita com os resultados de emissão da Opel e Vauxhall, que consequentemente aumentaram os índices da PSA. Por isso, a PSA estaria cobrando a metade do valor pago à GM de volta. O grupo francês pagou 1,3 bilhão de euros pelas duas marcas, mas 50% do investimento seria para manter os níveis de emissão estáveis. O alto índice de emissão é culpa da GM e o valor cobrado seria usado para cobrir os custos com a contenção dos níveis de CO2 emitidos pelos carros da marca, bem como a exposição às multas que podem ocorrer dentro da União Europeia. De acordo com a PSA, foi necessário a migração de tecnologias mais eficientes por conta da Opel e Vauxhall atendessem as exigências da Europa após 2021. O momento não teria sido planejado pela PSA no plano de compra das marcas anglo-teutônicas. O valor mais aproximado para essa compensação passa de meio bilhão de euros e o grupo francês acredita que foi enganada em relação às emissões produzidas pelas novas aquisições. Outra fonte fala em um valor que vai de 600 a 800 milhões de euros. A General Motors já teria sido informada sobre a cobrança e os dois grupos estariam em conversações, mas não houve ainda, por parte da PSA, uma reivindicação formal sobre os valores. Até o momento a PSA teria negado o recebimento da informação e a reclamação informal por parte do grupo. Para a General Motors, todos os dados foram fornecidos para a PSA antes da compra. Segundo Carlos Tavares, chefe do grupo francês, insinua que a GM distorceu os desafios de redução das emissões na Opel. Preocupada com os índices de emissões no continente, que hoje são de 130g/km e devem diminuir para 95g/km a partir de 2021 e caso a PSA não consiga reverter o caso, a Opel deve pagar uma multa de 1 bilhão de euros.




Fonte: Reuters

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Toyota Yaris Hatch só ganha nova geração entre 2024 a 2025 na Ásia, depois do sedã e do SUV

Nova geração do Toyota Corolla surge em meados de 2025, como uma geração evolutiva

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Oshan aparece no Brasil testando seu utilitário esportivo médio X5; marca será que vem?

Fiat Titano estreia na Argélia primeiro, vazando e antecipando alguns detalhes da nossa

Celta voltará? Chevrolet confirma que não vai desenvolver nenhum subcompacto novamente

Yangwang revela as primeiras imagens oficiais teaser do seu inédito sedã elétrico, o U7

Renault e Nissan passam a ter seguros com Assurant, por meio do intermédio da Mobilize

Scout revela novo teaser e confirma que seus produtos farão estreia no mês de julho