SsangYong deixará nome para trás e surge como KG Mobility para afastar imagem negativa

Depois de 35 anos com nome SsangYong, marca passa por reformulação completa e passa a ser chamada de KG Mobility para espantar fantasma da falência



Foram anos muito difíceis para a SsangYong. Na verdade, décadas muito difíceis. Isso porque a empresa experimentou três falências nas últimas décadas, o que não é uma experiência boa e é louvável que a marca tenha perseverado mesmo com tantos problemas financeiros que atordoaram a SsangYong. Agora, em um processo pesado de reestruturação, a empresa confirmou que uma mudança drástica. Em tese, vai mudar tudo. Nome, logotipo e posicionamento de mercado.

A mudança ocorre por conta da sua participação majoritária, a KG Group, que decidiu que a empresa será batizada de KG Mobility. A informação foi confirmada pela Korea Automobile Journalists Association no Four Seasons Hotel Seoul. O novo nome ainda precisa ser aprovado em assembleia geral de acionistas da empresa. A KG Group é uma empresa coreana especializada em aço e produtos químicos, sendo que adquiriu 61,86% das ações da SsangYong no ano passado, quando a marca entrou em concordata.

O objeto dessa mudança é justamente deixar o passado para trás. Para isso, além da troca do nome, a KG Mobility terá ainda um novo logotipo que não foi apresentado ainda e uma nova identidade corporativa. De acordo com Kwak Jea-sun, Presidente do KG Group, disse que a mudança de nome foi “uma decisão extremamente difícil. O nome – SsangYong Motor – tem um fandom com boas lembranças, mas também tem uma imagem dolorosa. A partir de agora, todos os carros SsangYong sairão para o mundo sob o nome de KG. Mesmo com a mudança de nome, a história da SsangYong Motor não mudará”.

Desde sua estreia, SsangYong também não era o nome oficial da empresa. Isso porque ela surgiu em 1954 como Dong-hwan Motor e em 1963 se fundiu com a Dongbang Motor. A partir disso, o nome mudou para Ha Dong-hwan Motor. Em 1977, a empresa foi renomeada para Dong-A Motor e em 1984 foi adquirida pela Keohwa, que em 1986 fez a marca mudar o nome para SsangYong Business Group, confirmando o nome SsangYong em 1988. Desde então, a SsangYong passou por uma série de falências, como com a Daewoo, SAIC e Mahindra.

Atualmente, o lineup da então SsangYong conta com modelos como Tivoli, Tivoli XLV, Korando, Rexton, Musso e o Torres, apresentado no ano passado como o último produto apresentado como um SsangYong. A partir de agora, a KG Group deve apresentar uma série de novidades para a empresa, que terá que passar por uma reestruturação em todos os mercados onde atua.



Fotos: SsangYong / divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv