Retrômobilismo#8: Precursor dos sedãs, DKW Belcar foi o DKW mais vendido!


Um dos carros mais vendidos do início dos anos 60 também foi o primeiro Sedan do Brasil nacionalizado. O Belcar era um sedan com desenho bem diferente aos demais modelos sedãs. Tinha a mesma frente da Vemaguet e seus derivados, e foi o DKW-Vemag mais vendido do Brasil no período em que esteve em linha! O modelo era derivado do alemão F94 e no Brasil fez muito sucesso graças por oferecer boa estabilidade, conforto interno e espaço para até seis passageiros, além de uma mecânica bastante robusta e apropriada às precárias estradas brasileiras.


Lançado em 1958 no Brasil, o Belcar era conhecido apenas por "Grande DKW-Vemag" e só em 1961 o modelo recebeu o nome de Belcar, nome que é lembrado até hoje! Na época, o nome Belcar tinha um significado: Bel era de Beautiful, que em inglês é bonito/lindo e Car, que em inglês significa carro, ou seja, "DKW carro bonito". Em seu lançamento o modelo era equipado com motor 0.9 de 2 tempos que rendia 38CV de potência e um torque de 7kgfm de força e só em 1961 o modelo ganhava o motor 1000, um 1.0 que rendia 50CV, assim como Candango e Vemaguet, auxiliado a um câmbio manual de 4 velocidades. Junto com o face-lift, em 1967 o modelo ganhava outro motor, chamado de 1000S, que tinha 60CV.


Segundo alguns testes, o Belcar com motor 1000 ia de 0 à 100km/h em longos 31,3 segundos e alcançava a velocidade máxima de 125km/h. Já com o motor 1000S, com 60CV, o modelo ia de 0 à 100km/h em 25,5 segundos e alcançava a velocidade máxima de 130km/h e fazia uma média de 13,3km/l com uma média de 60km/h. Falando em velocidade, o Belcar participou de várias corridas sempre com o modelo, até meados de 1963, quando a DKW-Vemag lançou no Brasil o GT Maltozi, um rival para o "mito" das corridas brasileiras, o Willys Interlagos. Sua dimensões eram de 4,40m de comprimento, 2,45m de entre-eixos, 1,64m de largura, 1,48m de altura, sendo que pesava 940kg e um tanque de combustível de 45 litros e levava até 6 pessoas.


Em 1961, o modelo era o primeiro carro testado por uma revista, a Quatro Rodas, que tinha um ano de fundação. Em 1963 o modelo ganhava novas rodas (Veja a diferença da roda da primeira foto às demais da postagem.) que tinha 12 furos e dava uma ventilação melhor aos freios. Assim como a Vemaguet, em 1964 o Belcar trocava as portas suicidas pelas portas no sentido natural, como os carros atuais. No ano seguinte era lançada a série especial, quem sabe a primeira do país, chamada de Rio, para parabenizar os 400 anos de fundação do Rio de Janeiro. Já em 1967 o modelo passava pela última mudança visual, tendo 4 faróis contra os 2 faróis redondos dos modelos anteriores. Essa mudança também trouxe o motor 1000S, mudanças que duraram menos de 1 ano, graças ao fim repentino dos DKWs.


Nas vendas, o Belcar, como já foi dito foi o Belcar mais vendido do Brasil, que vendeu 51.072 unidades. "Mas a Vemaguet não vendeu 55.692 unidades?" Sim, mas a Vemaguet teve auxílio da Pracinha e Caiçara, além claro da Vemaguet. Já o Belcar não. Ele não teve auxílio de nenhuma outra versão mais simples. Nos dados de vendas, temos a partir de 1962, quando o Belcar vendeu 6.998 unidades, em 1963 foram 7.280, em 1964 foram 6.916 (Vendas somadas com o Fissore), em 1965 foram 6.376 unidades, 6.980 unidades em 1966 e 6.007 em 1967. Os anos anteriores não temos dados, mas sabe-se que o total de vendas foi de 51.072 unidades.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv