Com motor 1.2 Turbo, nova Chevrolet Montana terá câmbio MT e AT; interior pode ser digital


Com o desenvolvimento da Chevrolet Montana, vai surgindo informações que dão conta sobre o desenvolvimento da picape. A nova geração da Montana será vendida com motor 1.2 12v Turbo Flex, que desenvolve 133/132cv e 21,4kgfm de torque com câmbio manual de 6 marchas ou automático de 6 marchas, de acordo com informações do site Autos Segredos. Já o site Quatro Rodas confirmou que a Chevrolet comunicou aos seus concessionários que pretende vender cerca de 5.000 unidades da Montana ao mês. Esse número é apenas de vendas no varejo, deixando de lado as vendas jurídicas, que também são chamariz para picapes. Com isso, a Chevrolet espera ser a líder do segmento. Recentemente, surgiu outra informação que o interior da picape será inspirado no interior do Tracker RS chinês. Este, se destaca por trazer quadro de instrumentos com tela digital. Com um desenho todo novo, o painel passa a contar com um quadro de instrumentos configurável com tela de 10,25 polegadas, ao lado de uma central multimídia com tela de também 10,25 polegadas. As saídas do ar-condicionado também são novas e ficam maior, especialmente nos extremos do painel, enquanto ele traz um novo desenho do sistema de ar-condicionado e um novo console central, mais elevado. No console, ele abriga uma nova alavanca de câmbio e novos porta-objetos e porta-copos. Outra novidade é a estreia do freio de estacionamento eletrônico, que substitui a alavanca. É possível que a Montana se inspire neste interior, podendo trazer um quadro de instrumentos analógico-digital no lugar da tela completamente digital, mas a central pode ser a mesma, o que seria a maior tela dos carros da base GEM. A Chevrolet já confirmou que a nova geração terá design inteligente, já que a cabine aproveita melhor o espaço interno para oferecer mais conforto aos ocupantes enquanto a caçamba vai estrear tecnologias que proporcionam maior versatilidade. 



Na dianteira, a picape terá faróis divididos em dois andares, sendo que na parte superior terá LEDs diurnos e os faróis principais. Há ainda uma entrada de ar central e uma entrada de ar inferior. A nova Montana terá certa semelhança com a nova Silverado elétrica, quando vista de perfil. Seja pelas caixas de rodas com desenho mais quadrado e pela coluna C com um estilo de caimento mais suave, assim como o para-choque traseiro que parece contar também com um degrau. Para reforçar a sensação, a Montana ainda deve trazer acabamento plástico preto em toda a parte inferior da picape e vai trazer um santoantônio de série. Na traseira, a picape terá lanternas compactas e posicionadas na parte superior, que terá um friso que interliga as duas lanternas e camufla a maçaneta da caçamba. O para-choque traseiro terá um para-choque traseiro pequeno, que pode ter um degrau para ter mais acesso a caçamba. Estima-se que a picape tenha cerca de 4,80 a 4,90 metros de comprimento. Ficando abaixo da S10, a Montana teve produção confirmada para a fábrica de São Caetano do Sul (SP), ao lado de Tracker e Spin, a picape ainda utilizará a base GEM que vai permitir que traga motores de três cilindros mais modernos. Com a unidade de São Caetano do Sul passando por um processo de reformas para receber a produção da picape, a GM divulgou, por meio de Ricardo Urbano, Diretor de Produção da GM, que podemos esperar muita tecnologia embarcada vindo da Montana. Isso nos leva a crer que a picape tenha mais equipamentos que o Tracker, com conectividade 4G WiFi, OnStar, além de sistemas como monitoramento de ponto cego e assistente de condução. Na versão Premier do Tracker, há ainda alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, que certamente estará também na picape. O lançamento será no primeiro trimestre de 2023.


Fontes: Autos Segredos, Quatro Rodas e Jornal do Carro

Projeção: Jonathan Machado

Flagras: Gessner Motors

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

BYD lança no Brasil promoção para interessados em seus carros durante este mês de junho

Jeep Avenger pode ser produzido em Betim (MG) e participa de clínicas com potenciais clientes

RAM Rampage Laramie ganha versão Night Edition, a 'all-black', no Brasil por R$ 277.990

Toyota confirma produção do primeiro elétrico nos EUA em 2025, no estado de Kentucky

Fang Cheng Bao revela as primeiras imagens teaser do Leopard 3, que estreia em breve

Hyundai apresenta oficialmente o Ioniq 5 N, a versão esportiva com motor de 609cv

Nova geração do Peugeot 2008 e reestilização do 208 vão trazer motor T200 MHEV

Hyundai apresenta a linha 2025 de HB20, HB20S, Creta Action e Creta no Brasil com novidades

Isuzu apresenta a primeira imagem teaser da reestilização do MU-X, que aparece na Tailândia