GAC apresenta oficialmente o Trumpchi Emkoo, que estreia no Salão de Pequim, na China


A GAC segue apostando em uma linha de design bem ousada para os seus carros. Para o Salão do Automóvel de Pequim, na China, a marca vai apresentar o Trumpchi Emkoo, um novo SUV médio de linhas inspiradas no Trumpchi Vision Emkoo Concept, apresentado no Salão do Automóvel de Guangzhou, na China, em novembro do ano passado. O SUV possui linhas diferentes, mas que não chegam a ser absurdas. Com um certo toque de carros da Lexus, principalmente quando visto de lateral, ele possui uma identidade própria. Na dianteira, ele se destaca pelo desenho dos faróis dianteiros, que possui um estilo que parece em bumerangue, com três seções de luzes e LEDs diurnos verticais nas extremidades, interligados por meio de uma grade dianteira, que tem o logotipo da GAC ao centro. A grade dianteira possui uma abertura no próprio desenho do para-choque, em ranhuras inclinadas verticalmente em direção ao centro do SUV, em ‘V’. De acordo com a GAC, a dianteira possui faróis “Eye of Enlightenment”. Há mais uma entrada de ar inferior na parte inferior do para-choque dianteiro, com um acabamento prateado ao centro. Nas extremidades, há ainda novas entradas de ar, conectadas com a entrada de ar central. O capô possui um desenho com linhas menos vincadas. Nas laterais, o Trumpchi Emkoo possui um desenho de linhas mais recortadas, que lembram a antiga geração do Lexus NX, principalmente pelo desenho das janelas laterais, que tem um friso cromado na parte inferior. As maçanetas ainda são escamoteáveis e o desenho possui vincos horizontais e verticais inclinados. As caixas de rodas possuem uma proteção em plástico preto. 



O perfil do SUV lembra um pouco de um cupê, mas não chega a ser um, enquanto as rodas possuem um desenho mais aerodinâmico. Visto de traseira, ele também é polêmico. As lanternas são no estilo bumerangue e são verticais, com LEDs. O vidro traseiro ainda é bem inclinado e a tampa do porta-malas possui espaço para a placa traseira e a tampa possui uma abertura larga. O para-choque traseiro possui um acabamento em plástico preto na parte inferior, com quatro saídas de ar (dois de cada lado) e refletores horizontais. Ao centro, há o que parece ser um extrator de ar, que traz um acabamento prateado que se conecta aos extremos. Interessante também é ver o Emkoo de cima, onde mostra um teto com teto solar panorâmico e que possui rack de teto e aerofólio prateados e conectados. Ao centro, o brakelight possui um desenho vertical, com duas hastes. O aerofólio parece ser vazado, o que ajuda na aerodinâmica do SUV e o que pode explicar seu desenho inclinado nos vidros. No interior, ele traz a identidade visual Shadow Cool, que mescla acabamento preto e prata, além de detalhes com iluminação. Ele possui uma tela para a central multimídia que é flutuante e possui um sistema de interconexão de direção inteligente ADiGO 5.0 integrado e é equipado com o chip Qualcomm Snapdragon 8155. Esse sistema permite suportar experiência interativa multimodo. Abaixo da tela da central está a saída de ar do ar condicionado, que é inspirada em antigos pergaminhos chineses e tem um desenho único, sendo que nos extremos laterais possui uma iluminação circular. 


Há ainda um seletor de marcha em puro de cristal, além de trazer outros acabamentos metalizados. A porta adota um novo método de abertura da maçaneta interna, e a porta pode ser aberta apenas girando a alavanca no apoio de braço do painel da porta. Os bancos são esportivos e o sistema de áudio vem da Yamaha. Ele ainda possui um quadro de instrumentos com tela digital e o volante possui três raios. As linhas são bem horizontais e as saídas de ar-condicionado dos extremos do painel estão camufladas em um ‘degrau’ nas linhas do SUV. O túnel central possui grandes porta-copos, possivelmente um espaço de carregamento sem fio. Focando em consumidores jovens, o GAC Trumpchi Emkoo é desenvolvido a partir da plataforma modular GPMA e é o primeiro modelo da marca a vir com o sistema Julang Hybrid GMC2.0 na mecânica. O motor é desenvolvido em parceria com a Toyota, sendo um 1.5 ou 2.0 Turbo e um 2.0 de ciclo Atkinson que pode funcionar apenas com motor elétrico. De acordo com a marca, ele possui uma eficiência térmica de 42,1% e possui um sistema de injeção direta de alta pressão de 350bar, que ajuda a ter um consumo de 5,3 litros por 100km. Todos os motores terão câmbio automático e-CVT. Em termos de tecnologia, o carro terá três radares LiDAR, 12 câmeras HD, radares de onda de seis milímetros e 12 radares ultrassônicos na frente tecnológica. A produção começa em meados de outubro e as exportações para os primeiros mercados fora da China começa a partir de 2023.








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv