Importados, maio de 2022: vendas caem mais de 25% frente a 2021; Volvo e Chery lideram


A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, a Abeifa, confirmou que as 11 afiliadas registraram 4.919 unidades vendidas em maio de 2022, sendo 1.630 unidades importadas e 3.289 unidades produzidas nacionalmente. Isso representa uma queda de 2,3% em relação ao mês de abril de 2022, quando foram vendidos 5.033 unidades. Em relação ao mesmo período de 2021, a queda é de 25,6%, quando foram vendidos 6.616 unidades. Quando vistos apenas separadamente, os importados tiveram uma alta de 8,7% em relação a abril de 2022, mas uma queda de 28% frente a maio de 2021. Com produção nacional, as 3.289 unidades representa uma queda de vendas foi de 6,9% ante as 3.533 unidades do mês anterior e redução de 24,4% em relação a maio de 2021. Com esse desempenho de abril, as marcas associadas à Abeifa anotaram no acumulado do ano 24.223 unidades licenciadas, 12% inferior às vendas dos cinco primeiros meses do ano passado. Ao separar os números de importados e unidades de produção nacional, no entanto, a disparidade ainda é marcante. Enquanto os importados amargaram baixa de 33,2% (7.035 unidades este ano contra as 10.528 veículos em 2021), a produção nacional apresentou performance positivo de 1,1% (17.188 contra as 17.001 unidades). As 4.919 unidades licenciadas (importados + produção nacional), a participação das associadas à Abeifa foi de 2,8% do mercado total de autos e comerciais leves (174.814 unidades). Entre as marcas, destaque positivo para a Volvo, que ampliou sua liderança, com 582 unidades, seguido pela Kia com 413 unidades e a Porsche em terceiro com 260 unidades. Entre os automóveis importados, o XC60 voltou ao topo com 279 unidades, seguido pelo Kia Bongo e o Volvo XC40 em terceiro. Com produção nacional, Chery, Land Rover e Suzuki lideram. Entre os automóveis, Chery Tiggo 7, Chery Tiggo 5X e Chery Tiggo 8 foram os três primeiros. Destaque positivo para o Tiggo 7, com mais de mil unidades vendidas.



RANKINGS

IMPORTADAS

  1. Volvo – 582
  2. Kia – 413
  3. Porsche – 260
  4. JAC – 171
  5. Land Rover – 100
  6. Suzuki – 65
  7. BYD – 26
  8. Jaguar – 22
  9. Aston Martin – 1
  10. McLaren – 1

 

AUTOMÓVEIS IMPORTADOS

  1. Volvo XC60 – 279
  2. Kia Bongo – 256
  3. Volvo XC40 – 109
  4. Volvo XC90 – 108
  5. Volvo C40 – 86
  6. Kia Stonic – 85
  7. Porsche Cayenne – 81
  8. Porsche Macan – 81
  9. JAC e-JS1 – 72
  10. Suzuki Jimny Sierra – 65



IMPORTADAS COM PRODUÇÃO NACIONAL

  • Chery – 3.046
  • Land Rover – 196
  • Suzuki – 47

 

AUTOMÓVEIS IMPORTADOS COM PRODUÇÃO NACIONAL

  1. Chery Tiggo 7 – 1.111
  2. Chery Tiggo 5X – 918
  3. Chery Tiggo 8 – 632
  4. Chery Tiggo 3X – 246
  5. Land Rover Discovery Sport – 131
  6. Chery Arrizo 6 – 125
  7. Land Rover Range Rover Evoque – 64
  8. Suzuki Jimny – 47
  9. Chery Tiggo 2 – 14




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR